29 de mar de 2017

"Temer nunca foi e nunca será dono desse país onde quem manda é o povo", declara o vereador Jatão da Rádio (DEM)

Propositor da audiência pública, vereador Jatão da Rádio (DEM) / Foto: Ricardo Pereira/
Assessoria de Imprensa da C.M.U 

O vereador Jatão da Rádio (DEM), propositor do Requerimento nª 001/2017, onde solicitava que a sessão ordinária do dia 28 de Março/2017 fosse transformada em uma Audiência Pública, para tratar sobre a Reforma da Previdência Social no Brasil. Diante a aprovação do requerimento, no último dia 21/03, a audiência pública  foi realizada nessa última terça-feira (28/03) na Câmara Municipal de Umarizal-RN. A audiência contou com a presença de vários representantes da sociedade civil, associações, representantes da igreja católica, evangélica, sindicatos entre outros. 

“Vimos aqui nessa tarde para tratar de um assunto que realmente traça o nosso futuro. Futuro do nosso país, de um povo que seja ele desde de criança até aquele que já tem a sua própria aposentadoria”, disse. 

Foto: Ricardo Pereira / Assessoria de Imprensa da C.M.U 

O parlamentar ainda destacou do ofício que o mesmo, enviou para os deputados federais e senadores do RN, para virem participarem desta Audiência Pública. Onde no ofício solicitava ainda, que os senhores deputados federais e senadores, se posicionassem a respeito da Reforma da Previdência Social no Brasil. “Quero de maneira triste, dizer a todos aqui presentes que uma só resposta nos chegou a esta Casa Legislativa, resposta essa vaga do Senador Garibaldi Alves Filho (PMDB), que diz o seguinte, "Recebi com satisfação para participar de uma Audiência Pública sobre a Reforma da Previdência. Agradeço a gentileza do convite e desejo sucesso ao evento" – disse o senador em sua resposta ao requerimento. 

Foto: Ricardo Pereira / Assessoria de Imprensa da C.M.U 

Dando continuidade a sua fala o parlamentar ainda diz, “O senador Garibaldi Alves, nem se posicionou, obviamente se vinha ou não, e nem também a sua resposta. Então não nos mandou uma resposta contundente, mais pelo ou menos se prestou ao trabalho de nos responder”, declarou. 

O vereador Jatão da Rádio (DEM), ainda em seu pronunciamento agradeceu a todos os presentes na audiência pública, “Para que pudéssemos debatermos nesta audiência algo que verdadeiramente irá traçar o futuro deste país. Quero me ater há poucas palavras, no sentido de mostrar o que foi colocado aqui por cada um dos senhores, nos deixando cada vez mais claro do que irá acontecer em nosso país, caso essa Reforma da Previdência, venha ser aprovada", disse. 

Foto: Ricardo Pereira / Assessoria de Imprensa da C.M.U 

O democrata frisou que ouvindo minuciosamente o pronunciamento do Sr. Cleilson – Representante do INSS de Patu-RN e dos demais senhores (a), que se pronunciarem nessa audiência, em relação ao hoje e o pós-reforma, "Nos levam ao um único roteiro, verdadeiramente do que há de ser acontecer em um país em quer um determinado representante em suas propagandas na Televisão, onde não coloca um país governado por TEMER, da sua maneira de topetudo como sempre notamos, ele colocou um Brasil de TEMER, ou seja o Brasil é nosso, Temer nunca foi e nunca será dono desse país, onde quem manda é o povo. Agora precisamos que nós em quanto povo, possamos e tenhamos a vontade de sair dessa inércia, o povo brasileiro como um todo e atentar para o que estar prestes à acontecer em nosso país”, disse. 


Assessoria de Imprensa da C.M.U 

"Eu acho vergonhoso colocarem em pauta um projeto como esse da reforma da previdência", declara o vereador-presidente Marcos Antônio (PSB)

Vereador-presidente da C.M.U, Marcos Antônio (PSB). 
Foto: Ricardo Pereira / Assessoria de Imprensa da C.M.U 

O presidente da Câmara Municipal de Umarizal-RN, o sr. Marcos Antônio (PSB), esteve participando nessa última terça-feira (28), da audiência pública, realizada no Poder Legislativo Municipal, na qual tratou sobre a Reforma da Previdência Social no Brasil. A audiência contou com a presença de vários representantes da sociedade civil, associações, representantes da igreja católica, evangélica, sindicatos entre outros. 

O parlamentar destaca em sua fala que o direito da aposentadoria e de todos e não foi dado por nenhum político. “O nosso direito de aposentadora foi conquistado através do suor do trabalhador. Agora eu acho vergonhoso, os políticos terem coragem de colocar em votação um projeto, como esse da Reforma da Previdência Social no Brasil, apresentado pelo o Presidente da República, Michel Temer, procurando tirar os nossos direitos. Na qual está faltando mais humanidade da parte dos nossos governantes”, disse.

Foto: Ricardo Pereira / Assessoria de Imprensa da C.M.U 

Marcos Antônio (PSB), ainda frisou que todos podem contar com o apoio da Câmara Municipal de Umarizal-RN, “E conte com todos nós vereadores desta Casa Legislativa, que estamos todos engajados nessa luta contra a Reforma da Previdência, onde creio em Deus que seremos vencedores dessa batalha”, disse. 


Assessoria de Imprensa da C.M.U 

"É uma vergonha", declara o vereador Maykon Nunes, em relação a Reforma da Previdência

Maykon Nunes (PT do B), em seu pronunciamento na audiência pública na C.M.U / Foto: Ricardo Pereira / Assessoria de Imprensa da C.M.U 

O vice-presidente da Câmara Municipal de Umarizal-RN, Maykon Nunes (PT do B), participou nessa última terça-feira (28) da audiência pública realizada no Poder Legislativo Municipal, na qual tratou sobre a Reforma da Previdência Social no Brasil. A audiência contou com a presença de vários representantes da sociedade civil, associações, representantes da igreja católica, evangélica, sindicatos entre outros. 

O parlamentar iniciou o seu pronunciamento, relatando que é com uma imensa tristeza que o mesmo vem a essa audiência, por está lutando por um direito já adquirido por todos os brasileiros que é aposentadoria, “Porque estamos lutando por um direito adquirido, há muito tempo já. Na qual acho o que está acontecendo no Brasil é uma vergonha”, disse.

Maykon Nunes (PT do B), destaca que os representantes (Deputados Federais, Senadores) do povo em Brasília-DF, não estão fazendo o que é para ser feito, “Que é defender os direitos da população brasileira”, disse. 

O parlamentar sugere que todos os brasileiros, saiam às ruas manifestando-se contra a Reforma Pública e a Terceirização que foi aprovada nesses últimos dias. 

Foto: Ricardo Pereira / Assessoria de Imprensa da C.M.U 

"Portanto temos que ir as ruas, manifestar contrário a terceirização e ao contrário também sobre a Reforma da Previdência, que é uma brincadeira e uma tapa na cara da população brasileira. Diante disso tenho certeza, enquanto vereador juntamente com os meus colegas vereadores onde juntos fazemos a Câmara Municipal de Umarizal-RN, estaremos nessa luta até o fim, porque direito adquirido não se tira, o que se pode fazer é agregar mais, porque o trabalhador brasileiro ele sofre bastante. E tenho certeza que o povo brasileiro irá se unir, e barrar essa Reforma da Previdência”, disse. 


Assessoria de Imprensa da C.M.U 

"Estaremos pressionando os nossos políticos para que essa reforma da previdência, não seja aprovada", declara o vereador Chico de Brancar (DEM)

Presidente da Comissão de Redação e Justiça, vereador Chico de Brancar (DEM), onde esteve presidindo a audiência pública na C.M.U / Foto: Ricardo Pereira / Assessoria de Imprensa da C.M.U

O Presidente da Comissão de Redação e Justiça, da Câmara Municipal de Umarizal-RN, o vereador Chico de Brancar (DEM), esteve presidindo a Audiência Pública, na tarde dessa última terça-feira (28) na sede do Poder Legislativo Municipal. A audiência pública tratou sobre a Reforma da Previdência Social no Brasil. Onde contou com a presença de vários representantes da sociedade civil, associações, representantes da igreja católica, evangélica, sindicatos entre outros. 

Foto: Ricardo Pereira / Assessoria de Imprensa da C.M.U

O parlamentar inicia o seu pronunciamento explicando a ausência da vereadora Neide Freitas (PSD), onde diz, "Estamos aqui em oito vereadores com exceção da vereadora Neide Freitas (PSD), mais tenho certeza que o pensamento dela é o mesmo de todos nós, pensamento esse de estar lutando junto a toda a população e a classe trabalhadora, para que essa reforma não venha ser aprovada”, disse.

Foto: Ricardo Pereira / Assessoria de Imprensa da C.M.U

O presidente ainda em sua fala, se dirige agradecendo a todas as instituições hora representadas, na audiência pública. O presidente ainda destaca que o legislativo municipal de Umarizal-RN, é contra a essa reforma da previdência. “Onde estaremos pressionando os nossos políticos, deputados estaduais, federais, senadores e o governador para que essa reforma não saia da forma que eles estão querendo”, disse. 


Assessoria de Imprensa da C.M.U 

Os meus Parabéns de hoje também vão para esse cara que nasceu para brilhar "Francisco Geraldo".



Parabéns amigo, felicidades e muitos anos de vida, que você continue assim, sempre sendo essa pessoa maravilhosa e carismática...

Muita saúde e paz nesse dia tão especial.

A VIDA É UMA FESTA!

Folhinha deste 29 de março, a gestora escolar Leandra Moura recebe cumprimentos especiais, seguidos dos melhores votos de paz, saúde e sucesso profissional.

"A Reforma da Previdência, é uma agressão a classe trabalhadora do Brasil", declara o vereador Gilmar Freitas (PR)

Vereador Gilmar Freitas (PR), na Audiência Pública dessa última terça-feira na C.M.U / Foto: Ricardo Pereira / Assessoria de Imprensa da C.M.U 

"A Reforma da Previdência, é uma agressão a classe trabalhadora do Brasil", declarou o vereador Gilmar Freitas (PR), na Audiência Pública, realizada nessa última terça-feira (28) na Câmara Municipal de Umarizal-RN que tratou sobre a Reforma da Previdência Social no Brasil. A audiência contou com a presença de vários representantes da sociedade civil, associações, representantes da igreja católica, evangélica, sindicatos entre outros. 

“A previdência social do Brasil, com os seus 94 anos e esse fato de reforma previdenciária já aconteceu em nosso país em tempos passados”, relata. 

O parlamentar ainda destaca que no ano de 1988 nasceu a Constituição Federal, “Onde a mesma, foi criada para oferecer direitos aos trabalhadores brasileiros. Portanto hoje vemos emendas do governo Michel Temer, feitas para fragilizar os direitos dos trabalhadores. A nossa constituição ela hoje continua forte, mais ao mesmo momento eu a considero frágil”, declara. 

O vereador Gilmar Freitas (PR), enfatiza que acredita que essa reforma da previdência não será aprovada. “Por ver as mobilizações que o país vem fazendo, também pela a que aconteceu em Umarizal-RN. Mais o governo federal vem tentando fragilizar, mais não vão conseguir”, disse.

Foto: Ricardo Pereira / Assessoria de Imprensa da C.M.U 

Gilmar Freitas (PR), ainda diz, “Quero aqui dizer que a Câmara de Vereadores de Umarizal-RN, ela está empenhada e diz não a essa reforma da previdência”, destacou. 


Assessoria de Imprensa da C.M.U 

Prefeitura de Umarizal continua com operação tapa-buracos.

Prefeitura de Umarizal, por meio da secretaria de Obras continua com a operação tapa-buracos para melhorar as condições de tráfego nas ruas de Umarizal.


Para o secretário de Obras Zome: "O trabalho vai continuar e passar por todas as ruas que precisam da recuperação no calçamento, a equipe vai atuar de início nas ruas de maior fluxo”, destaca o secretário Zome.

Governo do Rio Grande do Norte encerra folha de fevereiro nesta quinta-feira

Folha foi iniciada desde 24 de fevereiro e, no dia 11 de março, mais de 82% dos servidores já haviam recebido integralmente os salários
robinson_faria_governador_do_rn
Reprodução
Governador Robinson Faria (PSD)

O Governo do Rio Grande do Norte conclui a folha de fevereiro nesta quinta-feira-feira 30, quando deposita o complemento salarial dos 19.563 servidores ativos, inativos e pensionistas que recebem acima de R$ 4 mil.
O governo explicou que o grupo desta faixa salarial já havia recebido, desde o dia 17, uma parcela de R$ 4 mil.

Ministério Público Eleitoral pede para cassar Michel Temer e deixar Dilma Rousseff inelegível

Manifestação da Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE), mantida sob sigilo, foi encaminhada na noite desta terça-feira, 28, ao Tribunal Superior Eleitoral
temer_dilma-1
Reprodução / Internet
Michel Temer, atual presidente, e Dilma, ex-presidente

O Ministério Público Eleitoral (MPE) pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a cassação do presidente Michel Temer (PMDB) e a inelegibilidade da presidente cassada Dilma Rousseff (PT), segundo o Estado apurou com fontes que acompanham as investigações. A manifestação da Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE), mantida sob sigilo, foi encaminhada na noite desta terça-feira, 28, ao TSE.