22 de jun de 2015

O prefeito mirim Alvaro Luis participou da II semana de arte e cultura do zenon de sousa



Recebo aqui as fotos do jovem Álvaro Luís que é prefeito mirim dos bairros santa luzia, lalins e novo horizonte, o jovem prefeito disse que participou juntamente com várias autoridades da II semana de arte e cultura da escola estadual Zenon de Souza, que foi realizado nos últimos dias 17,18 e 19 do mês corrente.
“Quero aqui parabenizar toda a equipe da escola que fez um brilhante trabalho, e dizer que vocês são merecedores de todos os elogios do mundo” disse o prefeito mirim.
 

Imagens do velório do deputado Agnelo Alves

Do cemitério Morada da Paz, em Emaús, pelas lentes de Márlio Forte:
  
 

Deputados estaduais lamentam morte de Agnelo Alves‏

Deputados estaduais lamentam morte de Agnelo Alves

Crédito da foto: Assessoria de Comunicação

Os deputados estaduais do Rio Grande do Norte lamentaram nesta segunda-feira (22) o falecimento do parlamentar Agnelo Alves, ocorrido no domingo (21). Eles prestaram solidariedade à família e enalteceram a história do político e colega de Legislativo.

Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB) – presidente
“É com grande pesar que lamento a morte do deputado estadual e colega de legislativo Agnelo Alves, um homem de grande espírito público que prestou grandes serviços ao Rio Grande do Norte. Jornalista, desde cedo lutou pela democracia no Brasil, pela liberdade de imprensa, pelos direitos fundamentais do cidadão, essência que o fez senador da república, prefeito de Natal e Parnamirim e deputado estadual”.

Albert Dickson (PROS)
“Meus sentimentos pelo falecimento do nobre amigo Agnelo Alves. Homem de inteligência superior e de amizade sincera. Que Deus conforte a família e o Rio Grande do Norte por essa perda”.

Álvaro Dias (PMDB)
"A morte de Agnelo Alves deixa uma lacuna enorme na política do Rio Grande do Norte. A população potiguar está de luto, especialmente o povo de Natal e Parnamirim. Todos nós vamos sentir a sua falta. Apesar de estarmos em partidos distintos, nós tivemos uma convivência cordial e fraterna. Ele tinha firmes convicções e respeitava o contraditório. Era um democrata e fez parte da história do nosso estado. O RN está de luto”.

Carlos Augusto Maia (PTdoB) 
"É com tristeza que recebemos a notícia do falecimento do deputado Agnelo Alves, exemplo de honra e amor por Parnamirim e de luta pela vida, que ficará, para sempre, em nossas memórias e em nossos corações. Seu legado como um dos maiores ícones da política do RN permanecerá. Nossos sentimentos a seus familiares e amigos. Que ele seja acolhido pelo amor divino”.

Cristiane Dantas (PCdoB)
"Agnelo foi um dos ícones do jornalismo e da política potiguar. Sua sabedoria, simplicidade e cavalheirismo serão eternos em nossas lembranças. Desejo força e paz à sua família neste momento de dor”.

Dison Lisboa (PSD)
“Agnelo foi um grande político, uma pessoa admirável, um homem de bem, que tivemos a oportunidade de conviver de perto na Assembleia Legislativa. A política do Rio Grande do Norte perde um dos seus maiores representantes. Minhas condolências aos familiares, amigos e admiradores”.

Fernando Mineiro (PT)
“A Assembleia perde um parlamentar experiente na vida política, que sempre se posicionou frente às grandes demandas do Estado e foi protagonista da história política do Rio Grande do Norte por mais de meio século”.

Galeno Torquato (PSD)
"Um homem sensível às causas sociais e à democracia. Do nosso convívio na Assembleia, fica o aprendizado. Em nosso meio, fica o exemplo de vida de um jornalista observador, um homem que lutava pela melhoria de vida da população e que fez história em Natal, Parnamirim e no Rio Grande do Norte. Que Deus conforte a família enlutada nesse momento tão difícil e de profunda dor".

George Soares (PR)
Nesse curto período que convivi com o líder Agnelo Alves na Assembleia Legislativa, pude presenciar sua força de viver e o grande homem público que é. Deixa um legado na vida pública. Um amigo, líder e professor da vida e da política. Deus conforte a família”.

Getúlio Rêgo (DEM)
“Homem inteligente, competente, portador de uma sagacidade na interpretação dos fatos políticos, econômicos e sociais, e um administrador que demonstrou muita eficiência na condução dos destinos de Parnamirim. Amigo fraterno, Agnelo sempre nos estimulou a fazer do exercício da vida pública um instrumento permanente da valorização do povo. Deixa uma grande lacuna e um grande exemplo a ser seguido”.

Gustavo Carvalho (PROS)
“A morte de Agnelo Alves é uma grande perda para o Rio Grande do Norte. Homem inteligente, político hábil, uma voz sempre a ser ouvida na Assembleia, com seu olhar atento de jornalista experiente. Agnelo lutou a vida inteira contra doenças e tinha um amor enorme à vida, com um extraordinário senso de humor. À sua família, meus sentimentos. À dona Celina, meu pesar com o reconhecimento pelo carinho e atenção que sempre me dedicou”.

Gustavo Fernandes (PMDB)
"Agnelo Alves foi um grande homem. Se destacou na política e no jornalismo como poucos. Entra para a história do Rio Grande do Norte como uma das figuras de maior destaque do nosso Estado".

Hermano Morais (PMDB)
“Sempre fui um grande admirador da sagacidade de Agnelo Alves. Possuía uma visão ampliada dos fatos políticos, área em que se posicionava muito bem. A sua capacidade política e dedicação chamava a atenção de todos, transmitindo o seu conhecimento e a sua experiência àqueles que o cercavam”.

Jacó Jácome (PMN)
"Como conhecedor da história do deputado Agnelo Alves, admiro-o pela sua luta e batalha na política e em busca da vida. E como colega, aprendi a observar seus passos, pois quando falava, suas palavras exalavam experiência e sabedoria”.

José Adécio (DEM)
“O Rio Grande do Norte perde uma cabeça pensante, um político que marcou época pela coerência na defesa dos seus princípios político-partidários. Tendo sido prefeito de Natal, prefeito de Parnamirim, senador da república e deputado estadual, que muito nos orgulhou”.

José Dias (PSD)
“A contribuição de Agnelo Alves foi extremamente valiosa ao jornalismo e à política do Rio Grande do Norte. Senador operante, foi prefeito de Natal e Parnamirim, transformando a administração pública da cidade. A voz de Agnelo era de equilíbrio na Assembleia Legislativa. Nós deputados vamos sentir falta dos seus conselhos e posições. Sua morte diminui a vida política do RN”.

Kelps Lima (SDD)
"Agnelo teve uma vida de vitórias. Sua partida só deixa perdas, para a família, para os amigos e para a política do Estado. Que descanse em paz meu amigo Agnelo Alves".

Márcia Maia (PSB)
“Nosso pesar pela morte de Agnelo Alves. Um homem de profunda inteligência, companheiro de Legislativo e grande inspiração de vida pública. O sentimento é de solidariedade à dor dos familiares, que perderam uma grande referência. Que Deus ofereça serenidade e conforte-os neste momento tão difícil”.

Nélter Queiroz (PMDB)
“Um homem solidário, sério e respeitado. Esse é o legado que deixa o deputado, ex-senador e ex-prefeito Agnelo Alves para o Rio Grande do Norte”.

Raimundo Fernandes (PROS)
“Companheiro de Assembleia, Agnelo foi um exemplo de luta em prol da democracia do nosso estado e país. A sua liderança como homem público está espelhada nos mais variados cargos que exerceu. O Rio Grande do Norte perde uma de suas mais importantes figuras públicas, que deixou um legado de trabalho e conquistas para o povo do nosso estado. Deixo meus mais sinceros votos de pesar para os familiares e amigos”.

Ricardo Motta (PROS)
“Agnelo foi conselheiro, agasalhando momentos de tensão e incerteza com a sua presença amena, sua visão privilegiada e sua inteligência racional e certeira. Foi um parlamentar atuante, madrugador, de compromisso, primeiro a chegar, o último a sair da Casa do Povo e fortaleza de vida a cada sessão, desafiando os problemas de saúde em nome da fé no Rio Grande do Norte melhor”.

Souza Neto (PHS)
"Agnelo deixa, em mim, a lembrança da inteligência sóbria, sem afetação ou soberba. Na curta convivência com ele na Assembleia Legislativa, identifiquei o respeito e a reverência que todos manifestavam à sua presença e biografia. Deixa saudades e o patrimônio dos bons exemplos".

Tomba Farias (PSB)
“Jornalista, cronista, ex-prefeito e deputado estadual, Agnelo era muito mais do que tudo isso. Um homem que ousava sonhar e acreditar ser possível construir um estado mais justo e próspero para todos os norte-riograndenses. Agnelo morre da mesma forma que viveu: combatendo o bom combate e perseverando na fé. Aos seus familiares, externo o meu mais profundo pesar”.

Ex-prefeito de Japi é condenado por improbidade administrativa‏

Tarcísio Medeiros não prestou contas de convênio e ainda usou documentos irregulares na tentativa de justificar gastos

A Justiça acatou parecer do Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) e condenou o ex-prefeito de Japi, Tarcísio Araújo de Medeiros, por não prestar contas de recursos da União repassados para investimento em educação. Foram feitos saques em dinheiro irregularmente e foram usados documentos fraudados para tentar justificar a aplicação das verbas. Supostas prestadoras de serviço também negaram ter sido contratadas pelo ex-prefeito. Da decisão ainda cabem recursos.

A ação foi impetrada inicialmente pela Prefeitura de Japi, que foi excluída do polo ativo e substituída pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). No ano de 2000, Tarcísio Medeiros celebrou com o FNDE um convênio que previa o repasse de R$ 13.290 em recursos federais para o Município. O objetivo era investir em melhorias na educação de jovens e adultos, além da impressão de material didático para os estudantes da 1ª à 4ª série.

Tarcísio Medeiros não prestou contas dessa verba e o Ministério Público Federal se posicionou por sua condenação. Em seu parecer, de autoria da procuradora Cibele Benevides, o MPF apontou que a instrução do processo comprovou a ausência de prestação de contas dos recursos repassados pelo FNDE, acrescentando que o Tribunal de Contas da União, após instaurar uma Tomada de Contas Especial por omissão, julgou as contas irregulares.

“(...) inexistem dúvidas de que a conduta do réu enquadra-se nos atos descritos (…) ocorrendo, na hipótese, prática de ato de improbidade”, concluiu a juíza federal Gisele Leite, complementando: “observo que restou comprovado (…) que o réu, mesmo depois de notificado pelo FNDE, deixou de prestar contas dos recursos federais (…). O dolo da conduta mostrou-se evidente, ainda, ao se verificar que, quando do julgamento das contas perante o TCU, verificou-se a inidoneidade da documentação apresentada pelo réu, sendo detectadas diversas irregularidades.”

O TCU constatou saques em dinheiro da conta onde foram depositados os recursos, atitude ilegal, assim como a apresentação de recibos de prestação de serviços emitidos em duplicidade e omitindo os períodos de suposta capacitação de professores. Identificou-se ainda a existência de uma nota no valor total de R$ 8.320, cuja quantia exigiria a realização de licitação, o que não ocorreu.

Testemunhas que supostamente teriam sido beneficiadas com o dinheiro do convênio também confirmaram, em depoimento, que nunca prestaram serviços de capacitação de professores no Município de Japi. O ex-prefeito foi sentenciado ao ressarcimento integral do dano (R$ 14.740,54); suspensão dos direitos políticos por oito anos; pagamento de multa de R$ 14.740,54; e proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de cinco anos.

O processo tramita na Justiça Federal sob o número 0006543-92.2002.4.05.8400.


Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República no RN
Fones: (84) 3232-3960 / 9119-9675

Velório do deputado Agnelo Alves será no Morada da Paz

Velório do deputado Agnelo Alves será no Morada da Paz

Crédito da foto: Assessoria de Comunicação

O corpo do deputado estadual Agnelo Alves (PDT) será velado nesta segunda-feira (22) a partir das 15h30 no cemitério Morada da Paz, em Emaús. Será realizada uma missa de corpo presente às 18h e logo em seguida, o sepultamento.

A despedida ao ex-prefeito, senador da república e deputado contará com a participação dos parlamentares da Assembleia Legislativa. O corpo de Agnelo saiu de São Paulo em voo da TAM e será encaminhado diretamente para a capela do cemitério Morada da Paz.

O deputado estadual Agnelo Alves tinha 82 anos e morreu ontem (21) em São Paulo após complicações causadas pelo tratamento de câncer. Ele estava internado no hospital Sírio Libanês ao lado de familiares e faleceu na manhã do domingo.

O vereador presidente “Paulo márcio” (PSD) realizou o pagamento de todos os funcionários e fornecedores nesta última sexta feira dia 19 de junho.

Em uma forma de respeito a todos os funcionários e fornecedores, o senhor presidente da câmara de vereadores de Umarizal antecipa o pagamento de todos.
Na última sexta feira todos os funcionários e prestadores de serviço receberam o seu pagamento já com a metade do 13º salário junto ao pagamento mensal que e geralmente pago no dia 20 de cada mês.
A mais de seis (06) meses à frente do legislativo municipal, o senhor presidente, Paulo márcio vem se destacando na organização da câmara e com tudo o respeito que o mesmo tem com todos os seus funcionários e correligionários que por ali passam durante os cinco dias da semana. 

O vereador Washington Sales (PROS) participou no último sábado do arraia da escola municipal Tancredo neves no bairro José.