31 de out de 2013

RN ocupa 6ª colocação no ranking nacional de denúncias

A violência sexual preocupa o Rio Grande do Norte. De acordo com dados da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, até junho de 2013, o Estado recebeu 455 denúncias no Disque 100, o que coloca o Estado na 6ª posição no ranking nacional, considerando o número de habitantes de cada unidade da Federação.
Para resgatar jovens em situação de vulnerabilidade, o Conselho Nacional do Sesi implantou o Projeto ViraVida. A iniciativa leva apoio psicossocial e capacitação profissional para jovens com idade entre 16 e 21 anos, de baixa renda e com histórico de violência sexual. No Rio Grande do Norte, o projeto já atendeu 329 jovens e 149 foram inseridos no mercado de trabalho.
Em 2010, a equipe técnica do projeto foi convidada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte a participar de uma operação de deflagração de quadrilha de exploração sexual de adolescentes no município de Apodi, em conjunto com a polícia, para dar atendimento às possíveis vítimas que fossem encontradas nas abordagens.
Dessa operação, uma adolescente recebeu atendimento junto com sua família. A jovem foi inserida em curso profissionalizante e hoje está no mercado de trabalho. O sonho dela é, após concluir os estudos, entrar na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).
O projeto fará seu 4º Seminário Nacional ViraVida, entre 31 de outubro e 2 de novembro, em Brasília. Com o tema Poder Jovem - Inovar e Transformar, o seminário contará com oficinas, palestras e debates voltados ao universo juvenil como cuidados com a saúde, sexualidade, redes sociais, emprego e empreendedorismo. A expectativa é reunir cerca de 500 jovens.
"O objetivo é atrair a atenção da sociedade para o tema, para que, juntos, possamos fortalecer a Rede de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes", ressalta o presidente do Conselho Nacional do Sesi, Jair Meneguelli.
Durante o seminário, os participantes do projeto escreverão Carta da Juventude ViraVida, que manifesta os desejos dos participantes por uma sociedade mais justa, democrática e sustentável. O documento será entregue à presidenta Dilma Rousseff.
Publicações sobre o tema serão lançadas em novembro
No dia 1º de novembro, serão lançadas três publicações no Seminário: um livro com relatos dos jovens, o balanço do programa e a cartilha da Andi sobre como abordar o tema de violência infantil na mídia.
O livro “Histórias de Vidas Transformadas” narra histórias comoventes de jovens que com educação e apoio psicológico conseguiram sair da situação de exploração e entrar para o mercado de trabalho.
"É muito gratificante ler esses relatos e saber que eles estão caminhando para a cidadania e que não farão parte das alarmantes estatísticas de violência entre os jovens brasileiros", afirma Meneguelli.
A apresentação do relatório da Avaliação de Impacto Financeiro, Econômico e Social do programa ViraVida vai mostrar o retorno social e financeiro do programa. Segundo a pesquisa, cada R$ 1 investido no programa gerou retorno médio de R$ 1,47 para a sociedade. No total, foram investidos R$ 41,82 milhões, incluindo remuneração dos profissionais envolvidos no atendimento e na formação dos jovens, manutenção de instalações e equipamentos, compra de materiais, alimentação e bolsas de estudos concedidas aos alunos. A riqueza líquida do programa em quatro anos foi de R$ 19,22 milhões, que é a diferença entre o valor investido e a renda gerada para os jovens e seus familiares.
Durante um ano, o projeto prepara os beneficiados para o mercado de trabalho, oferecendo cursos técnicos profissionalizantes e educação básica, além de atendimento psicossocial, médico e odontológico.
Segundo o presidente do Conselho Nacional do Sesi, a meta é encerrar o ano de 2014 com o projeto implantado em todas as capitais do país. "Esses jovens têm um grande potencial e muito talento. Se dermos uma oportunidade a eles, estaremos não só incluindo-os socialmente, como também assegurando a força de trabalho e a capacidade de consumo que movem a economia", afirma.
PROJETO
Ao longo de mais de quatro anos, mais de 3,7 mil jovens foram matriculados no projeto ViraVida do Conselho Nacional do Sesi. Atualmente, o programa é desenvolvido em 19 estados, abrangendo 23 cidades, entre elas Brasília, Fortaleza, Salvador, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo. Do total, 1.854 alunos concluíram os cursos e 1.235 estão em sala de aula. Dos formados, 1.159 estão inseridos no mercado de trabalho, enquanto o restante participa de processos de seleção e aperfeiçoamento profissional.
O ViraVida é dirigido a jovens e adolescentes entre 16 e 21 anos, meninas e meninos de famílias de baixa renda, que residem nas periferias de grandes centros e têm sua história de vida marcada por experiências relacionadas à violência física e psicológica, gravidez precoce e dependência química.
A proposta socioeducativa é coordenada pelos Departamentos Regionais do Sesi, que possuem equipe multidisciplinar integrada por psicólogos, pedagogos e assistentes sociais. Os cursos realizados pelo Sesi, Senai, Senac, Sesc, Sest, Senat, Sebrae e Sescoop combinam formação profissional e educação básica, com abordagem de temas como cidadania, saúde, doenças sexualmente transmissíveis, cuidados com o corpo, orçamento familiar e direitos humanos.


via o mossoroense.com

Sindsaúde entrega pedido de impeachment de Rosalba hoje na Assembleia Legislativa

                       Rosalba pode sofrer impeachment


Hoje, às 10h, o Sindsaúde entregou aos deputados estaduais o pedido de impeachment da governadora Rosalba Ciarlini (DEM).
"O governo Rosalba está desde o começo alegando dificuldades financeiras. E sempre os servidores e a população que pagam a conta. Cansamos de esperar. Até quando vamos esperar?", alegou a dirigente do Sindsaúde, Simone Dutra.
Além do Sindsaúde, assinam o pedido de impeachment os vereadores Amanda Gurgel (PSTU) e Sandro Pimentel (PSOL), além do professor Dário Barbosa, coordenador da CSP-Conlutas e do ex-candidato a prefeito de Natal pelo PSOL/PSTU, Robério Paulino.
Antes será realizada uma manifestação que partirá às 9h, do Baldo (área localizada nas proximidades do Centro de Natal).
O ato faz parte da paralisação de 24 horas dos servidores estaduais da saúde contra o atraso nos pagamentos do funcionalismo estadual que acontecerá hoje.
A paralisação envolve ainda setores da Administração Indireta, convocados pelo Sinai.
É o segundo mês consecutivo que o governo estadual atrasa o pagamento dos salários e, segundo anunciado pelo secretário estadual de Planejamento, a reprogramação pode se estender até o final do ano. "Não podemos deixar que vire um hábito. Os servidores têm contas a pagar, e não podem ficar todo mês nessa situação", afirma Simone Dutra, coordenadora-geral do Sindsaúde-RN.
A paralisação dos servidores da saúde também reivindica o cumprimento dos compromissos assumidos pelo Governo do Estado após a greve da saúde. "O governo tem até dezembro para enviar a proposta com a revisão do nosso plano de cargos, mas está faltando empenho na comissão mista, formada após a greve. A última reunião simplesmente não ocorreu", afirma Simone.
Os servidores protestam ainda contra a redução dos vencimentos de parte dos servidores, o não pagamento das férias de julho e a lentidão no pagamento das dívidas do Ipern. Eles exigem ainda a convocação de mais servidores, para reduzir a sobrecarga de trabalho nos principais hospitais, como o Walfredo Gurgel, e cancelar as transferências que a Sesap realizou recentemente, no CRI e nos hospitais Rafael Fernandes e Ruy Pereira.


fonte: omossoroense.com

Prefeitura de Rafael Godeiro continua com salários atrasados dos funcionários deixando em situação caótica o comércio local

Ao contrário dos Municípios de Olho D`água do Borges, Riacho da Cruz,Viçosa e Lucrécia, a Prefeitura de Rafael Godeiro premia seus servidores públicos em pleno dia do Funcionário Público com salários atrasados.

Se isso não bastasse, recebemos informação de um servidor que pediu para não ser identificado,que ganha míseros R$ 450,00 por mês desrespeitando a constituição Federal que diz que todo trabalhador não pode receber salário inferior ao mínimo em vigência no Brasil que é de 678,00 R$.

Esse mesmo servidor disse que recebeu um cheque do Banco do Brasil no valor de 450,00 reais e ainda ficou sem receber o equivalente a três meses de salários. O funcionário revoltado disse: '' isso é muita humilhação,um pai de família como eu receber uma mixaria dessa e ainda receber atrasado. É melhor vender banana na feira que se submeter a uma escravidão dessa '',completou o funcionário.

É lamentável a situação do comércio de Rafael Godeiro, os comerciantes reclamam que a inadimplência é grande em decorrência da falta de circulação de dinheiro na cidade. O comércio está parado,não existe obras na cidade,não existe trabalho,não existe renda e nem emprego. Muitos jovens de Rafael estão sendo obrigados a migraram para o sul e sudeste do Brasil em busca de emprego.

Nota do Blog: Os recursos do FMP ,do ICMS e dos programas do Governo Federal são repassados ao município religiosamente em dia,da mesma maneira que Olho D'água do Borges,Riacho da Cruz,Viçosa e Lucrécia.

FONTE: RG EM NOTÍCIA

NOTA DO BLOG: O Blog Folha Regional tomou conhecimento e escutou de várias pessoas na cidade de Lucrécia que a situação não é diferente, inclusive o prefeito Walter Araújo está devedor de vários meses em atrasos, segundo as Informações colhidas.


O prefeito Walter Araújo em uma reunião dos servidores públicos municipais chegou a dizer a seguinte frase: "Quem quiser continuar trabalhando vai ficar sabendo que irão trabalhar de graça". Referindo se aos atrasos salariais que estes servidores cobravam na oportunidade. Pelo visto o povo de Lucrécia ama mesmo aquela cidade até o momento não temos conhecimento de que ninguém tenha solicitado a sua demissão.
Existe Ministério Publico nesta comarca?

VICE- GOVERNADOR ROBINSON FARIA ENFRENTARÁ A " CHAPA DO ACORDÃO " EM 2014


O Jornal de Hoje também destaca que a aliança entre o PMDB e o PT no Rio Grande do Norte, após o afastamento do PMDB da base da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), foi classificada esta manhã como fruto de um acordo de gabinetes em Brasília, resultando nas prováveis candidaturas do empresário Fernando Bezerra (PMDB) para o governo e da deputada federal Fátima Bezerra (PT) para o Senado. Em entrevista ao “Jornal da Cidade”, da FM 94, o pré-candidato do PSD a governador do RN , vice-governador Robinson Faria, afirmou que enfrentará a “chapa do acordão” nas urnas de 2014.
“Quanto mais surgem essas chapas, quanto mais surgem esses acordões, mais motivados nós ficamos”, disse Robinson, ao ser abordado sobre as últimas notícias, dando conta da aliança entre PMDB e PT no estado. Convicto, Robinson afirmou que sempre gostou da ousadia, da inovação e da motivação. “Não adianta eu me abalar a cada dia assistindo chapas, algumas delas isolando o PSD. O PSD não vai ficar sozinho. Nós vamos para a rua, vamos apresentar o nosso projeto à população”, afirmou o pré-candidato, declarando que a discussão sobre 2014 não é de nomes, mas de projetos para a população.
“O povo quer saber quem está disposto a consertar o Estado. Até disseram: Robinson, o RN está acostumado a eleger políticos com perfil carismático, simpáticos, candidatos mais leves, sorridentes. Eu digo que o RN cansou desse perfil. Candidatos com esse perfil carismático eram Micarla e Rosalba, e deu no que deu. O que o povo quer é um governador que não fique sorrindo, mas que apresente resultados para a população”, afirmou, enumerando projetos para os setores de Segurança Pública, Saúde, Educação, Turismo e Desenvolvimento.
Ainda quanto à chapa PMDB/PT, Robinson se disse amigo, tanto de Fernando, quanto de Fátima. Mas, acrescentou que, se for o caso dessa chapa se concretizar, nada irá mudar a caminhada dele rumo a 2014, por entender que quem decidirá o pleito será o povo, e não os acordos de gabinetes. “Eu não iria ser candidato apenas enfrentando um candidato ou dois. Que venha então um, ou dois, ou três, ou quatro, ou cinco. Eu não me importo. O que importa é que possamos estabelecer um grande debate para discutir com a sociedade, para discutir com a população o que o Estado está sofrendo”, observou.

UFRN registra tremor de terra de magnitude 2,2 em Pedra Preta, RN

Morando em casas antigas, habitantes de Pedra Preta temem abalos sísmicos (Foto: Jorge Talmon/G1)
O Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) registrou nesta quarta-feira (30) um novo tremor de terra no município de Pedra Preta, localizado a 149 quilômetros de Natal. O evento teve magnitude de 2,2, o primeiro acima de 2 registrado pela estação Cabeço Preto. Em seis dias, entre a última quinta-feira (24) e esta terça-feira (26) foram registrados 139 abalos sísmicos na cidade.

Rachaduras nas casas de Pedra Preta
(Foto: Jorge Talmon/G1)

Na última sexta-feira (25), a cidade foi o epicentro de um tremor de magnitude 3,7. O abalo sísmico foi sentido em várias cidades do Rio Grande do Norte, inclusive a capital, onde moradores também perceberam o tremor de terra. De acordo com os pesquisadores do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, a causa dos abalos é a formação geológica do estado.

"Todo o RN está na borda da bacia potiguar que é uma região que é a mais ativa do Brasil. Por isso, acontecem esses tremores que podem ser percebidos pela população", disse o pesquisador Joaquim Ferreira, que integra o Laboratório Sismológico da UFRN.

A atividade sísmica em Pedra Preta vem se manifestando desde dezembro de 2010 com fases de alta e baixa atividade. A atual fase, de alta atividade, teve início na última quinta-feira. A maioria dos 139 abalos sísmicos sentidos desde então são considerados micro-tremores, que não são percebidos pela população.




FONTE:G1.COM/RN

DEPUTADO VIVALDO COSTA DIZ QUE CHAPA DO PMDB " NÃO CONSEGUIU EMPOLGAR "

Durante seu programa de rádio, na manhã de hoje (31), o deputado estadual Vivaldo Costa (PROS) comentou as articulações políticas envolvendo o vice-governador Robinson Faria e o Partido dos Trabalhadores, mas ressaltou a inviabilidade de uma chapa com Fátima Bezerra e um candidato do PMDB ao governo.
“A repercussão da chapa é muito polêmica. Primeiro pelo pessoal do PT. Fernando Lucena chegou a dizer que o partido não precisa de cacique, agora vai ter cacique? Com relação à chapa de Fernando Bezerra, também não conseguiu empolgar. Ele perdeu as duas últimas campanhas, um para o Governo”, disse Vivaldo.

Para superintendente da Conab, milho enviado para o RN é insuficiente


Na segunda quinzena de novembro, chegará ao Rio Grande do Norte uma remessa de milho, após o leilão realizado no último dia 24 pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). As 4,7 mil toneladas destinadas ao Estado estão estocadas em vários armazéns do Mato Grosso e de Goiás.
Segundo o superintendente da Conab no RN, João Maria Lúcio, Natal receberá 2,2 mil toneladas, Mossoró 1,5 mil toneladas e Currais Novos, mil. As quantidades e os destinos foram definidos pelo órgão em Brasília, e de acordo com João Maria não atendem a demanda do Estado.
“Essa quantidade não é suficiente. Cada unidade deve receber três mil toneladas a cada mês e Natal tem que receber cinco mil. Não é suficiente”, afirma o superintendente.
No momento da entrevista, João Maria conta que está em Brasília para tratar das remessas dos alimentos para o Rio Grande do Norte e busca mudanças. “Falta repasse de dinheiro da Casa Civil”, completa.
O superintendente adianta que dia 6 de dezembro acontecerá um novo leilão, com 5,7 mil toneladas que serão repassadas para os municípios de Natal, João Câmara, Assu, Umarizal, Caicó e Lages.
Fonte: Portal no Ar

Walfredo ficará sem atendimento de pediatria nesta quinta

De acordo nota do Sinmed, os médicos questionam a ausência de concursos públicos ofertados pela Sesap.

Marília Rocha,








O atendimento de pediatria do Hospital Walfredo Gurgel será suspenso nesta quinta-feira (31) por causa da escala de atendimento prejudicada pela falta de profissionais que não estarão atendendo nos setores do Pronto Socorro, Enfermaria e o Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) da Unidade.

De acordo com o Sindicato dos Médicos o Walfredo Gurgel dispõe de 13 pediatras, onde quatro estão de licença médica e um com licença prêmio (todos com previsão de aposentadoria após a licença), e ainda um profissional de férias. Destes, apenas cinco possuem carga horária de 40 horas semanais.

A nota do Sinmed aponta ainda que os médicos questionam a ausência de concursos públicos ofertados pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap).*Foto: Reprodução


FONTE: PORTAL NO MINUTO

Foliaduto: Justiça absolve Carlos Faria

Irmão de Wilma de Faria foi inocentado das acusações de desvio de dinheiro possivelmente utilizado para o pagamento de bandas pelo Governo do Estado.

 Gerlane Lima,

A justiça absolveu Carlos Faria, irmão da vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, do processo que investiga o esquema de desvio de dinheiro possivelmente utilizado para o pagamento de bandas durante o Governo Wilma, o Foliaduto. À época, Carlos Faria era secretário-chefe do Gabinete Civil.
A sentença divulgada pelo juiz Cleanto Alves Pantaleão Filho sentença traz a condenação de Italo Alencar Gurgel, Haroldo Sérgio Menezes Correia, Jefferson Pessoa Tavares, José Antônio Pinheiro da Câmara Filho, Cícero Duarte e Fabiano César de Lima Mota.
O Foliaduto apura fraudes denunciadas pelo Ministério Público do Estado. O esquema consistia em pagar por shows que nunca existiram.

Justiça vê legalidade de cobrança da iluminação pública, em São Miguel.


Uma Ação movida por um morador de São Miguel, município do Alto Oeste potiguar, em desfavor da Prefeitura Municipal, foi julgada improcedente pelo juiz Felipe Luiz Machado Barros.

O autor pleiteava a declaração de abusividade da Contribuição para Custeio de Serviço de Iluminação Pública (Cosip), uma vez que, segundo informou em seu pedido inicial, o imóvel rural em que residia não contava com o serviço. Ainda desejava receber, por supostos danos morais, a importância de R$ 8 mil.

Em sua decisão (Processo Nº 0000148-62.2009.8.20.0131), citando a legislação em vigor, o magistrado recordou que municípios e o Distrito Federal podem, sim, instituir contribuição para o custeio do serviço de iluminação pública. Por outro lado, relatou a sentença, foi legalmente criada no âmbito municipal tal contribuição, por meio de Lei Complementar.

"Cumpre esclarecer que a Cosip, cuja previsão constitucional encontra-se na EC nº 39/02, a qual acrescentou a redação, o art. 149-A, tem como fim a contribuição específica ao custeio da iluminação pública e a possibilidade de sua cobrança na fatura de consumo de energia elétrica, não se confundindo com a denominada taxa de iluminação pública", afirmou o juiz.

Felipe Barros considerou, ainda, que, em decorrência da presunção de constitucionalidade conferida às leis, inclusive as editadas pelos Municípios, "não há que se falar em cobrança indevida de taxa de iluminação pública, apto a ensejar a repetição do indébito ou, ainda do dano moral".

Com a publicação em 29 de outubro no DJE, foi aberto prazo para manifestação das partes, inclusive quanto à apresentação de recursos ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

Informações do TJ-RN