4 de ago de 2011

NESTA TARDE DE QUARTA FEIRA DIA 03 DE AGOSTO, QUEM ESTAVA DE PARABÉNS ERA O MEU GRANDE AMIGO O MECANICO PÂO. SEU ANIVER FOI COMEMORADO NA SUA OFICINA NO BAIRRO COHAB., DESDE JÁ QUERO AGRADEÇER PELO CONVITE E MUITAS FELICIDADES PRA ELE.










POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 15:11

Festa do DEMocratas sábado


POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 14:54

NA VERBA PARLAMENTAR DE JUNHO, VIVALDO É O CAMPEÃO EM GASTO, HERMANO MORAIS O SEGUNDO.

No ranking dos maiores gastos da verba parlamentar do mês de junho, o deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) foi o campeão. Ele apresentou notas fiscais e recibos referentes a R$ 25. 686,51 que teria sido empregado para o exercício da atividade parlamentar. O maior gasto foi para Gráfica e Editora Rio Branco Ltda, com R$ 6.800.
O deputado Hermano Morais (PMDB) ficou em segundo lugar com R$ 25.072,57. O maior gasto foi para consultoria, onde destinou R$ 6 mil para pagamento do Castim & Rabelo Advogados.

Confira o ranking dos maiores gastadores:

VIVALDO COSTA
Gasto total: R$ 25.686,51
Maior gasto: GRAFICA E EDITORA RIO BRANCO LTDA R$ 6.800,00 (material gráfico)

HERMANO MORAIS
Gasto total: R$ 25.072,57
Maior gasto: CASTIM & RABELO ADVOGADOS S/C R$ 6.000,00 (consultoria, pesquisas e trabalhos técnicos)

NÉLTER QUEIROZ
Gasto total: R$ 24.936,41
Maior gasto: W. A. SATIRO ME R$ 6.000,00 (locomoção, hospedagem, locação de veículo)

GUSTAVO FERNANDES
Gasto total: R$ 24.774,19
Maior gasto: Sunline viagens e Turismo Ltda. R$ 4.953,80 (locação de veículo, transporte, hospedagem)

RICARDO MOTTA
Gasto total: R$ 24.350,00
Maior gasto: V C ASSESSORIA E CONSULTORIA CONTÁBIL R$ 8.000,00 (consultoria, pesquisa, trabalho técnico)

GESANE MARINHO
Gasto total: R$ 23.994,61
Maior gasto: M C P DE CASTRO ALIMENTOS ME R$ 5.522,71 (locomoção, hospedagem, alimentação)

GILSON MOURA
Gasto total: R$ 23.990,00
Maior gasto: JOÃO CLÁUDIO F. DANTAS R$ 4.000,00 (consultoria , pesquisas e trabalhos técnicos)

ANTONIO JACOME
Gasto total: R$ 23.962,98
Maior despesa: POSTO FREI DAMIAO LTDA R$ 3.380,07 (combustível e lubrificantes)

EZEQUIEL FERREIRA
Gasto total: R$ 23.957,80
Maior gasto: LUCGRAF EDITORA GRAFICA LTDA R$ 6.916,00 (material gráfico)

FÁBIO DANTAS
Gasto total: R$ 23.932,40
Maior gasto: GRÁFICA E EDITORA RIO BRANCO LTDA R$ 7.500,00 (material gráfico)

POTI JÚNIOR
Gasto total: R$ 23.701,04
Maior gasto: A. Souza de Oliveira R$ 5.000,00 (consultoria, pesquisa, trabalhos técnicos)

RAIMUNDO FERNANDES
Gasto total: R$ 23.696,78
Maior gasto: ASSOCIAÇÃO CULTURAL ESPORTIVA RODOLFENSE – ACERF R$ 6.200,00 (apoio cultural)
ACESSO RENT A CAR R$ 6.200,00 (locomoção, hospedagem, locação de veículo)

FERNANDO MINEIRO
Gasto total: R$ 23.626,51
Maior gasto: Posto Frei Damião Ltda. R$ 2.600,00 (combustível e lubrificantes)

GUSTAVO CARVALHO
Gasto total: R$ 23.549,20
Maior gasto: Vieira Veículos R$ 9.513,00 (locomoção, hospedagem, alimentação, locação de veículos)

LEONARDO NOGUEIRA
Gasto total: R$ 23.476,67
Maior gasto: Nelito Lima Ferreira Neto R$ 8.000,00 (consultoria, pesquisa, trabalhos técnicos)

DIBSON NASSER
Gasto total: R$ 23.461,35
Maior gasto: TURISBUGGY RENT A CAR R$ 12.000,00 (locomoção, hospedagem, locação de veículo)

GEORGE SOARES
Gasto total: R$ 23.450,88
Maior gasto: comercio e serviços melo ltda me R$ 8.700,00 (lomoção, hospedagem, alimentação)

TOMBA FARIAS
Gasto total: R$ 23.448,81
Maior gasto: FLÁVIO CARDOSO MARINHO R$ 3.500,00 (divulgação de atividade parlamentar)
ANA NERI DA SILVA ME R$ 3.500,00 (divulgação de atividade parlamentar)

MÁRCIA MAIA
Gasto total: R$ 22.952,48
Maior gasto: GRÁFICA E EDITORA RIO BRANCO LTDA R$ 4.750,00 (material gráfico, serviços postais)

GETÚLIO REGO
Gasto total: R$ 22.793,63
Maior gasto: L.R.S. FILHO HOSPITALAR R$ 6.215,49 (outras despesas)

JOSÉ DIAS
Gasto total: R$ 21.678,47
Maior gasto: MARINHO PESSOA ADVOGADOS ASSOCIADOS R$ 2.500,00 (consultoria, trabalhos técnicos)

LARISSA ROSADO
Gasto total: R$ 21.327,45
Maior gasto: M H C de Albuquerque R$ 7.000,00 (divulgação de atividade parlamentar)

WALTER ALVES
Gasto total: R$ 18.736,49
Maior gasto: FOCOS MARKETING EM GESTÃO EMPRESARIAL LTDA ME R$ 5.500,00 (consultoria, pesquisa e trabalho técnico)

AGNELO ALVES
Gasto total: R$ 18.528,68
Maior despesa: Letra A Comunicação Ltda R$ 5.000,00 (divulgação parlamentar)

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 14:37

EX-GOVERNADOR NEGA ACUSAÇÕES FEITAS PELO RELATÓRIO DO TCE.

Embora com parte das contas da sua administração rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado, o ex-governador Iberê Ferreira negou qualquer irregularidade e atribuiu à “desinformação” do TCE o fato de ter reprovado as contas da gestão anterior.
Ontem a tarde o ex-governador se reuniu com alguns técnicos que atuaram na sua administração e estranhou que o prazo definido pelo TCE para o envio de documentos da inspeção extraordinária seja 16 de agosto de 2011, mas antecipadamente a Corte já apresentou o julgamento. “Estou muito tranquilo, não vejo problemas nas nossas contas. O estranho é que a inspeção feita em nossas contas tenha definido um prazo para envio de documentos e respostas, que ainda não foi encerrado e o Tribunal já julga as contas”, comentou Iberê. Para ele, essa antecipação do julgamento, antes da Corte ter recebido as respostas dos questionamentos, “violou o contraditório”.
Ele negou que tenha feito pagamento de recursos destinados a outros fins para pessoal. “O Estado tem a lei que cria a conta única e eu regulamentei determinando que todos os recursos devem passar pela conta única. Esse recursos que entram na conta única não estão carimbados se é para pagar pessoal ou pagar a obra de uma estrada que estava sendo feita no Oeste”, analisou.
O ex-governador observou ainda que no balanço dos Estados publicado pela Secretaria do Tesouro Nacional o Rio Grande do Norte aparece com o disponível de R$ 613. 945.512,63 ao final do ano de 2010. “O passivo que ficou foi de R$ 230.997.279,36. Isso dá um saldo disponível de R$ 382.948.233,27. Se eu tinha saldo disponível por que iria tirar dinheiro de outras fontes para pagar pessoal?”, destacou.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 14:34

DEM QUESTIONA NA JUSTIÇA FORMAÇÃO DO PSD, INCLUSIVE NO RN.

O presidente nacional do DEM, senador José Agripino Maia, emitiu nota oficial há poucos instantes confirmando que o partido entrará com uma representação na Justiça Eleitoral contra os pedidos de registro do PSD.

Veja a nota na íntegra:

A denúncia publicada na Folha de S. Paulo de hoje (4) indica a ocorrência de grave irregularidade na formação dos diretórios municipais do Partido Social Democrático (PSD) em pelo menos três estados da federação, em prática que, muito provavelmente, se repete em todo o país.
O fato de as atas das reuniões partidárias municipais do PSD apresentarem a mesma estrutura, a mesmíssima redação, contendo até mesmo as mesmas manifestações dos líderes municipais caracteriza, no mínimo, forte indício de que os documentos em questão não correspondem à verdade dos fatos.
As atas são documentos que devem, de acordo com a legislação, corresponder ao que realmente ocorreu nas convenções partidárias, delas devendo constar estritamente o que, de fato, foi feito e dito pelos convencionais. A precisão dos dados nelas inseridos torna-se ainda mais relevante quando são apresentadas à Justiça Eleitoral, para fins de exercício de direitos políticos, como no caso da constituição de novos partidos.
A inserção de dados falsos em documentos encaminhados à Justiça Eleitoral caracteriza o crime de falsidade ideológica, previsto no art. 350 do Código Eleitoral:
Art. 350. Omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, para fins eleitorais:
Pena – reclusão até cinco anos e pagamento de 5 a 15 dias-multa, se o documento é público, e reclusão até três anos e pagamento de 3 a 10 dias-multa se o documento é particular.
Assim, sendo humanamente impossível que, em locais tão distantes geograficamente, convenções realizadas em datas diversas tenham se desenrolado de modo idêntico, com as mesmíssimas manifestações por parte dos convencionais, é muito provável que essas atas não correspondem à realidade, estando nelas contidas informações falsas.
Com efeito, essa constatação gera, igualmente, a fundada suspeita de que essas reuniões efetivamente não ocorreram, revelando-se verdadeiro simulacro a ser rigorosamente investigado pelo Ministério Público Eleitoral.
Nesse quadro, o Democratas, atento à defesa do regular processo político brasileiro, formalizará uma representação junto à Procuradoria-Geral Eleitoral, para que tais fatos sejam apurados, com o intuito de se caracterizar e punir os responsáveis por essa manifesta falsidade ideológica eleitoral.

Brasília, 4 de agosto de 2011

José Agripino – presidente nacional do Democratas

Fonte: Anna Ruth Dantas

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 14:30