31 de jul de 2013

[política] Governo Flaviano decepciona eleitores





O governo do professor Flaviano Monteiro, hoje prefeito de Apodi, tem decepcionado muitos eleitores. Apesar de uma vitória inédita e uma maioria histórica chegando a 2.924 votos, o gestor atual não consegue atender as expectativas da população tais quais defendia nas promessas de campanha.

Os desafios são grandes, o município está entre um dos maiores do Estado e a população é dividida quase que a 50% em zonas rural e urbana. Além disso tem um solo muito fértil e água em abundância somando a um grande potencial turístico, contudo não está sendo administrado como deveria, isso é o que conta a população.

O prefeito Flaviano tem centralizado o seu poder e deixado, até mesmo, os próprios aliados insatisfeitos, é o caso de vários secretários que deixaram os seus cargos. Rumores contam ainda que brevemente outros também estarão abandonando o barco.

Recentemente o que chama mais atenção inclusive a nível Estadual é o caso do acidente que envolve uma criança que foi atropelada por um outro veículo quando tentava subir, no mais conhecido, pau de arara, quando pretendia ir a escola. A imprensa do G1, Jornal de Fato e a BAND acompanham o caso além de blogs de todo território potiguar. Esse caso é o que gera mais críticas ao governo do atual gestor no momento pois, em promessas de campanha muito foi pregado e até esse exato sete meses não foi cumprido.

As defesas dos aliados são de que ainda está muito cedo, que não é possível fazer tudo em apenas sete meses, outros dizem que só poderão fazer comparações depois de 4 ou 20 anos, tempo em que o PMDB, adversário político, passou no poder. "Ora! Como se pode construir um novo se o olhar ainda está concentrado no velho?"

Depois de exatos sete meses a cidade ainda continua com muitas dificuldades e problemas, as quais dificilmente serão resolvidas se não haver a real mudança. Pensando assim podemos dizer que a mudança, infelizmente, ainda não aconteceu, nem a Nova Geração conseguiu concluir o diferente, até esse momento.


O governo do professor Flaviano Monteiro, hoje prefeito de Apodi, tem decepcionado muitos eleitores. Apesar de uma vitória inédita e uma maioria histórica chegando a 2.924 votos, o gestor atual não consegue atender as expectativas da população tais quais defendia nas promessas de campanha.
Os desafios são grandes, o município está entre um dos maiores do Estado e a população é dividida quase que a 50% em zonas rural e urbana. Além disso tem um solo muito fértil e água em abundância somando a um grande potencial turístico, contudo não está sendo administrado como deveria, isso é o que conta a população.
O prefeito Flaviano tem centralizado o seu poder e deixado, até mesmo, os próprios aliados insatisfeitos, é o caso de vários secretários que deixaram os seus cargos. Rumores contam ainda que brevemente outros também estarão abandonando o barco.
Recentemente o que chama mais atenção inclusive a nível Estadual é o caso do acidente que envolve uma criança que foi atropelada por um outro veículo quando tentava subir, no mais conhecido, pau de arara, quando pretendia ir a escola. A imprensa do G1, Jornal de Fato e a BAND acompanham o caso além de blogs de todo território potiguar. Esse caso é o que gera mais críticas ao governo do atual gestor no momento pois, em promessas de campanha muito foi pregado e até esse exato sete meses não foi cumprido.
As defesas dos aliados são de que ainda está muito cedo, que não é possível fazer tudo em apenas sete meses, outros dizem que só poderão fazer comparações depois de 4 ou 20 anos, tempo em que o PMDB, adversário político, passou no poder. "Ora! Como se pode construir um novo se o olhar ainda está concentrado no velho?"
Depois de exatos sete meses a cidade ainda continua com muitas dificuldades e problemas, as quais dificilmente serão resolvidas se não haver a real mudança. Pensando assim podemos dizer que a mudança, infelizmente, ainda não aconteceu, nem a Nova Geração conseguiu concluir o diferente, até esse momento.
- See more at: http://jairgomesapodi.blogspot.com.br/2013/07/politica-governo-flaviano-decepciona.html#sthash.AFW3DT04.hKJGyerO.dpuf

Juiz suspende ato do Prefeito de Olho D'água do Borges que removeu a professora Gildete Pinto de Paiva por perseguição politica

O Juiz da comarca de Umarizal, Dr. Breno Valério Fausto de Medeiros, concedeu liminar favorável a professora  Gildete Pinto de Paiva Oliveira, que foi transferida da Escola Municipal Antonio Carlos, onde trabalha regularmente a mais de dez anos, para a creche municipal, simples por perseguição.

Veja Decisão:

Ante o exposto, fiel aos lineamentos traçados na motivação, DEFIRO a liminar para SUSPENDER o  ato do Prefeito Municipal de Olho D'água do Borges/RN que removeu GILDETE PINTO DE PAIVA OLIVEIRA, DETERMINANDO que a autoridade coatora providencie o imediato retorno da Impetrante para a Escola Municipal Antônio Carlos de Paiva, onde anteriormente exercia suas funções, no prazo de 05 (cinco) dias, sob pena de multa pessoal diária de R$ 500,00.
Na forma do disposto no art. 7.º, II, da Lei federal n.º 12016/09, cientifique-se o órgão de representação judicial da pessoa jurídica interessada, enviando-lhe cópia da inicial sem documentos, para que, querendo, ingresse no feito.Notifique-se a autoridade apontada como coatora para, querendo, apresentar informações em 10 (dez) dias, entregando-se-lhe a segunda via apresentada pela requerente com as cópias dos documentos que a acompanham.
Prestadas ou não as informações de estilo, determino remessa dos autos ao Ministério Público, para manifestação.
Intimem-se
Cumpra-se.
Providências cabíveis.
Umarizal/RN, 29 de julho de 2013.
Breno Valério Fausto de Medeiros
Juiz de Direito

Fonte:Gilberto Dias

“Crise nas finanças do governo não é novidade”, diz Obery Rodrigues

Secretário de Planejamento e Finanças afirma que o assunto já vem sendo tratado, desde o começo do ano, em reuniões com representantes de todos os Poderes.

 

 “A crise nas finanças do Governo do Estado não é novidade”, afirma o secretário de Planejamento e Finanças, Obery Rodrigues, em entrevista ao Jornal 96 na manhã desta quarta-feira (31). Obery destaca que o assunto já vem sendo tratado, desde o começo do ano, em reuniões com representantes de todos os Poderes e Órgãos. 

“A Secretaria de Planejamento e Finanças apresentou os dados que comprovavam a situação crítica e isso de certa forma vinha sendo ignorado”, disse Obery Rodrigues.
Secretário fala que o corte de R$ 686 milhões nas despesas alcança todos os Poderes de forma equânime e está previsto legalmente na Lei de Responsabilidade Fiscal (arts. 8o e 9o) e na Lei de Diretrizes Orçamentárias para este exercício (arts. 52 e 55).
Sobre a reação do Ministério Público em dizer que não houve diálogo, Obery ressalta que a governadora Rosalba Ciarlini conversou com todos os presidentes dos Poderes e ficou acertado que se faria uma reunião técnica onde os representantes compareceram  e se foi conversado sobre a situação crítica das finanças do Rio Grande do Norte.
“Quando se tem uma frustração de Receitas de R$ 215 milhões, isso alcança a todos. Era preciso adotar as medidas previstas em lei para conter as despesas aos limites da Receita, até como medida preventiva, conservadora para que não chegue ao fim do exercício com um rombo que não se consegue tampar”, destaca Obery Rodrigues.
A arrecadação estimada do ICMS, no primeiro semestre, era de R$ 2 bilhões e se realizou R$ 1,8 bi. O FPE estava estimado em R$ 1,6 bilhão e foi realizado em R$ 1,4 bilhão. “Não adianta brigar com os números. É preciso reduzir os gastos e efetuar cortes”, fala Secretário de Planejamento.
Entre as medidas adotadas ficou determinado que haverá um rígido controle nos gastos com diárias – estão preservadas as consideradas extremamente essenciais –, com combustíveis e uma revisão em todos os contratos de locação de veículos.
Governo teve dificuldades para fazer o pagamento da folha esse mês. Foi preciso fazer um remanejamento.  Segundo o secretário de Planejamento, Obery Rodrigues, para garantir o pagamento nos próximos meses, o governo trabalha com um conjunto de medidas. Entre elas, a aplicação do teto constitucional, que implica numa redução de R$ 3 milhões a R$ 3,5 milhões por mês. Além disso, o Governo do Estado está com um Projeto de Lei sendo apreciado pela Assembleia Legislativa para reduzir o percentual de Contribuição Patronal do Fundo Previdenciário do Estado, em razão do cálculo que anualmente é feito pelo Banco do Brasil, e que aponta que o Fundo é superavitário em mais de R$8 bi. “O Governo está contribuindo com 22% sobre a folha bruta do Estado para esse Fundo desnecessariamente”, conclui Obery Rodrigues.
Em relação à suspensão das propagandas do governo, neste momento, o secretário disse que a área jurídica vai se manifestar sobre o assunto, mas que o Governo não teme, pois os valores aplicados estão disponíveis no Portal da Transparência.
* Confira entrevista do secretário Obery Rodrigues (Planejamento) ao jornalista Diógenes Dantas:

Prefeito decreta estado de calamidade na saúde pública

Entre os motivos alegados, a prefeitura destaca a precariedade estrutural, agravada com as chuvas dos últimos meses, e superlotação nas unidades de saúde da rede municipal.

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, decretou estado de calamidade pública na rede municipal de assistência à saúde. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Município, desta quarta-feira (31), e vale por 90 dias, prorrogável por igual período.
O decreto autoriza a contratação direta de profissionais nos serviços públicos de saúde e dispensa de licitação os contratos para aquisição de bens, prestação de serviços e de obras de manutenção, desde que possam ser concluídas no prazo de 180 dias.
Entre os motivos alegados, a prefeitura destaca a precariedade estrutural, agravada com as chuvas dos últimos meses, e superlotação nas unidades de saúde da rede municipal.
Segundo a prefeitura, haveria risco de desassistência em "áreas cruciais", como atenção obstétrica, cirurgia traumato-ortopédica, urgência pediátrica e neonatal, neurocirurgia pediátrica e assistência em leitos de terapia intensiva.



fonte:nominuto.com

GRANDE AMIGO LUZIMAR QUE DEUS LHE DER UM BOM LUGAR NA CASA DO SENHOR .........


Em nota, Prefeitura de São Francisco do Oeste culpa Governo Rosalba Ciarlini por atraso em obras de Ginásio Poliesportivo.

Ginásio Poliesportivo de São Francisco do Oeste: Mais um candidato a "Elefante Branco"?




Após a enorme repercussão de uma matéria publicada em nossa página falando sobre a paralisação das obras de construção de um Ginásio Poliesportivo na cidade de São Francisco do Oeste, fruto de um convênio firmado entre a Prefeitura local e o Governo do Estado (Veja AQUI)... 

Recebemos via e-mail uma Nota de Esclarecimento enviada pela Assessoria de Comunicação da Prefeita, Gildene Barreto (PTB), explicando os motivos da referida obra estar, praticamente, abandonada.

Nas justificativas apresentadas, claramente, a Assessoria da Prefeita Gildene transfere a culpa pelo atraso das obras para o Governo Rosalba Ciarlini, inclusive, deixando claro que a Chefe do Executivo, o Secretário de Obras e os Vereadores da bancada governista foram até a governadoria, inúmeras vezes, em busca de uma solução para o problema, mas até agora nada foi resolvido.

Pelo visto, o prestígio da prefeita com a governadora não está tão alto assim, caso contrário, a realidade seria bem diferente, não é verdade?

Confira logo abaixo a íntegra da Nota:

A Prefeita Municipal de São Francisco do Oeste, Antônia Gildene Costa Barreto vem por meio deste comunicado, informar aos cidadãos oestanos e a sociedade em geral, a respeito da paralisação das obras do Ginásio Poliesportivo. Esse ginásio foi conseguido através de um convênio celebrado entre o governo do Estado, na pessoa da Governadora Rosalba Ciarlini Rosado e a Prefeitura Municipal de São Francisco do Oeste, para o referido convênio foi realizado todo o processo licitatório exigido, tudo dentro da mais perfeita legalidade e publicidade. 

Pois bem, a empresa ganhadora da licitação foi a JN CONSTRUÇÕES, empresa de propriedade do engenheiro Civil o Senhor Jean Charles de Queiroz. Porém, ficou acertado entre a JN CONSTRUÇÕES e o Governo do Estado que a liberação dos recursos para a construção do Ginásio Poliesportivo seria feito em três parcelas. Acontece que até o momento só foi liberada a primeira parcela do convênio, que foi devidamente utilizada na construção do referido ginásio. Prestado contas regularmente dos recursos oriundos da primeira parcela do convênio, a Empresa JN CONSTRUÇÕES e a Prefeitura de São Francisco do Oeste aguardam até hoje a liberação das outras duas parcelas. 

Diante dessa situação e da demora na liberação por parte do Governo do Estado do restante dos recursos para a conclusão da obra do ginásio poliesportivo, é que a Prefeita Gildene Barreto, o Secretário de Obras Junior Alexandre e toda a sua bancada politica, já foram inúmeras vezes ao Gabinete da Governadora Rosalba Ciarline para tentarem conseguir a liberação do restante dos recursos do convênio, e ouviram da Chefa do Executivo Estadual várias promessas de que toda essa situação se resolveria o mais rapidamente possível, o que infelizmente até o momento não aconteceu. Apesar de tudo a Prefeita Gildene Barreto, continua na luta para que o Ginásio Poliesportivo seja concluído o mais breve possível.

Entretanto, se ficaram dúvidas a respeito desse assunto, procurem para maiores esclarecimentos os seguintes lugares: A Sede da Prefeitura Municipal de São Francisco do Oeste, a Empresa JN CONSTRUÇÕES, na pessoa do Senhor Jean Charles de Queiroz (84- 99861485) e a Governadoria do Estado do Rio Grande do Norte.

Assessoria de Comunicação
Prefeitura Municipal

SERRINHA DOS PINTOS-RN: Ministério Público recomenda que prefeita exonere parentes



O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por intermédio da Promotoria de Justiça da Comarca de Martins, instaurou Inquérito Civil após o recebimento de denúncia de prática de nepotismo no âmbito do Poder Executivo do Município de Serrinha dos Pintos e expediu Recomendação para que sejam exonerados todos os ocupantes de cargos comissionados, em caso de parentesco até o terceiro grau com os representantes do Município.

O MP expediu Recomendação ao Prefeito de Serrinha dos Pintos, no sentido de que se efetue, no prazo de trinta dias, a identificação e a exoneração de todos os eventuais ocupantes de cargos comissionados, função de confiança ou função gratificada que detenham relação de parentesco até o terceiro grau com os ocupantes de cargos do poder executivo municipal.

Mediante a instauração do Inquérito Civil nº 28/2013, o representante do MP irá investigar a prática de nepotismo perante a administração e requisitou ao Município para, no prazo de quinze dias, informar as relações atualizadas das pessoas ocupantes de cargos comissionados e também das pessoas contratadas temporariamente; bem como a relação atualizada dos contratos vigentes, indicando o nome dos sócios e CNPJ das empresas contratadas, esclarecendo o grau de parentesco entre os sócios das empresas e pessoas ocupantes de cargos no âmbito do poder executivo em Serrinha dos Pintos.

Da Assessoria do MP/Jornal de Fato/ VIA UMARIZAL NEWS

Fórum da Saúde Pública inspeciona obras atrasadas em hospitais

Foto: Jorge Filho

 Fórum da Saúde inspeciona obras em hospitais na companhia do secretário Luiz Roberto Fonseca

O MPJTCE, a OAB/RN e a Promotoria Estadual de Saúde estão realizando durante essa semana visitas às obras de 13 unidades de saúde do Rio Grande do Norte. Os Hospitais Walfredo Gurgel, João Machado, Giselda Trigueiro e Santa Catarina foram os primeiros a serem inspecionados. A maioria das obras de melhoria foi executada com dispensa de licitação. Para isso os gestores alegaram caráter emergencial. Passado o prazo de 180 dias para conclusão das obras, ainda falta muito trabalho pela frente.
     No Hospital Walfredo Gurgel a situação é caótica. Foram contratadas melhorias na unidade semi-intensiva e a reestruturação do politrauma. Até agora apenas 60% da obra foi executada.  O procurador geral do MPJTCE, Luciano Ramos se reuniu com a direção do Hospital, o Secretário de Saúde, Luiz Roberto Fonseca, e a empresa contratante para averiguar o que está atrasando a conclusão dos trabalhos.
     Foram observados entre as dificuldades, atraso no repasse por parte do Estado para pagamento do contratado. No Hospital Giselda Trigueiro a situação é um pouco melhor. Apesar do atraso do repasse, a empresa contratada, não paralisou as obras e a previsão é que até o dia 04 de outubro todas as reformas e a construção do CAF-Centro de Abastecimento de Farmácia seja concluído.
     Estão programadas ainda visitas nos Hospitais da grande Natal (Macaíba, Santo Antônio, São Paulo do Potengi e São José do Mipibu) e da região oeste – Mossoró (Hospitais Tarcísio Maia e Rafael Fernandes).

29 de jul de 2013

os parabéns hoje vai para a mais nova mamãe de Umarizal que é minha nobre amiga elenubia.......

PEDRO LUCAS

PEDRO LUCAS
ELENUBIA E SEU FILHO PEDRO LUCAS


O PAPAI CURUJA ESTA EM SÃO PAULO, MAIS JÁ ESTA LOUCO PRA VOLTAR E ABRAÇAR SEU LINDO FILHO ......

PARABÉNS AO CASAL PELO LINDO GAROTINHO

27 de jul de 2013

Novas cédulas de R$ 2 e R$ 5 começam a circular segunda-feira

Do Estadão:


BRASÍLIA – A partir de segunda-feira começam a circular no mercado as notas de R$ 2,00 e R$ 5,00 da segunda família de cédulas do real. A informação foi publicada nesta sexta-feira, 26, pelo Banco Central por meio do comunicado 24.249, assinado pelo chefe do Departamento do Meio Circulante, João Sidney de Figueiredo Filho. Há um ano, passaram a circular as novas notas de R$ 10,00 e R$ 20,00 e, em dezembro de 2010, as de R$ 50,00 e R$ 100,00.
No caso das cédulas de R$ 2,00, a cor continua a ser predominantemente azul, mas as dimensões agora são de 121mm x 65mm. Num dos lados, segundo o comunicado, segue a efígie da República como figura principal; o número ’2′; a marca tátil; as expressões ‘República Federativa do Brasil’ e ‘Deus seja louvado’; as legendas ’2 reais’ e ’2010′ (ano de aprovação do design da cédula); o quebra-cabeça; o número escondido e o elemento fluorescente.
Já o reverso apresenta a tartaruga-marinha como figura principal; as expressões ‘dois reais’ e ‘Banco Central do Brasil’; o número ’2′; o quebra-cabeça; as microchancelas e a dupla numeração da cédula, uma localizada no canto inferior esquerdo e a outra, fluorescente, no canto superior direito.
No caso da nota de R$ 5,00, a cor que prevalece é o lilás e as dimensões são de 128mm x 65mm. De um lado, a cédula apresenta a efígie da República como figura principal; o número ’5′; a marca tátil; as expressões ‘República Federativa do Brasil’ e ‘Deus seja louvado’; as legendas ’5 reais’ e ’2010′ (ano de aprovação do design da cédula); o quebra-cabeça; o número escondido e o elemento fluorescente. De outro, apresenta a garça como figura principal; as expressões ‘cinco reais’ e ‘Banco Central do Brasil”; o número ’5′; o quebra-cabeça e a dupla numeração da cédula, uma localizada no canto inferior esquerdo e a outra, fluorescente, no canto superior direito.
Segurança. Entre os principais dispositivos de segurança das cédulas estão a marca d’água, a marca tátil (impressão em alto-relevo), número escondido, itens fluorescentes, microimpressões e quebra-cabeça, que é uma novidade: impressão de partes complementares do valor das cédulas, em áreas coincidentes do anverso e do reverso, formando a figura completa quando a cédula é examinada contra a luz.

Vice-governador, Robinson Faria, participa da Feirinha de Sant’ana em Caicó.



O Vice-governador, Robinson Faria (PSD), participou, na tarde desta quinta-feira (25), da Feirinha de Sant’ana no município de Caicó. 

Acompanhado pela ex-candidata a prefeita da cidade, Francielle Lopes, e de prefeitos e vereadores da região do Serido, Robinson Faria caminhou pelas barracas montadas ao longo da praça Monsenhor Walfredo Gurgel.


"A Feirinha de Sant’ana em Caicó é um dos momentos mais tradicionais desta grande festa da fé e do reencontro do povo seridoense. Participo há muitos anos e a cada nova edição percebo a grandeza e o envolvimento de toda a cidade. Agradeço com especial carinho a todos os amigos que tenho na região pela excepcional recepção em 2013", comentou Robinson.

Gustavo Fernandes diz acreditar que Caso Bernardo Vidal "deixará Leonardo Rego por muito tempo fora da política."



Mexendo em "marimbondos".

O Deputado Estadual, Gustavo Fernandes (PMDB), em mais uma de suas visitas esporádicas ao Alto Oeste, utilizou os microfones da Rádio Obelisco FM de Pau dos Ferros, na tarde desta sexta-feira (26), para comentar as últimas movimentações processuais envolvendo o nome do Secretário Estadual de Recursos Hídricos, Leonardo Rego (DEM), que em tese seria aliado do peemedebista em nível estadual, já que ambos fazem parte do grupo político que "sustenta" o Governo Rosalba Ciarlini (DEM).

Ladeado pelo seu pai, o Ex-diretor Geral do Dnocs Elias Fernandes, Gustavo Fernandes disse que "Após conversar com vários amigos advogados, cheguei a conclusão que esse processo [Caso Bernardo Vidal] deverá deixar o Ex-prefeito [Leonardo Rego] por muito tempo fora da política."

A declaração audaciosa do parlamentar, embora possa ser encarada também como precipitada (tendo em vista que o referido processo está apenas em fase inicial), poderá deflagrar mais uma "réplica causticante" por parte do Ex-prefeito Pau-ferrense que, segundo informações, estaria ansioso para fazer um pronunciamento de desabafo direcionado aos oposicionistas, após a recente decisão judicial que liberou seus bens.

A julgar pelo histórico político e administrativo do pai de Gustavo Fernandes (Veja AQUI, AQUI e AQUI), talvez este tenha sido um péssimo momento para o parlamentar alfinetar Leonardo Rego que, diga-se de passagem, é habilidosíssimo na arte de "refrescar" a memória do povo com relação aos atos passados dos políticos "traquinos" desta província.

Como diria um amigo próximo: "Quem se atreve a mexer com marimbondos não pode dar-se ao luxo de reclamar das picadas de abelhas."


FONTE:http://politicapauferrense.blogspot.com.br/

Rafael Fernandes: Tribunal de Contas do Estado condena Ex-prefeito, Mário Oliveira, a devolver recursos aos cofres do Município.

 
 
A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN), em sessão realizada nesta quinta-feira (25), analisou processo relacionado aos atos administrativos do Ex-prefeito de Rafael Fernandes, Mário Costa de Oliveira (DEM).

Segundo informações publicadas no site do referido órgão fiscalizador, o auditor Cláudio Emerenciano relatou processo referente a prestação de contas de 2007, na qual foram detectadas uma enorme quantidade de ilegalidades cometidas pelo Ex-gestor.

Em virtude disso, foi imposta uma sanção exemplar a Mário Oliveira que terá de restituir o montante de R$ 120.281,00, aos cofres públicos referente a despesas não comprovadas, além de aplicação de multa.

Vale salientar que o ordenador da despesa ainda pode recorrer da decisão.

Mais informações detalhadas no site do TCE-RN.
 
 
 

25 de jul de 2013

" FRANCISCO DISSE QUE PARA DEUS TODOS SOMOS IGUAIS E POSSAMOS ABRAÇAR UNS AOS OUTROS SEM NENHUM TIPO DE DESCRIMINAÇÃO.


*ISSO SERVE DE REFLEXÃO PARA TODOS NÓS*

UMA ÓTIMA NOITE DE QUINTA - FEIRA 

TRT-RN faz acordo com prefeitura de Tenente Ananias para pagamento de precatórios

 
 

Durante audiência presidida pelo juiz do trabalho Michael Wegner Knabben, a prefeita do município de Tenente Ananias, Maria José Jacome, realizou acordo para pagamento de precatórios vencidos na ordem de R$ 408.990 mil reais.

O valor é referente ao pagamento de precatórios dos anos de 2010, 2011, 2012 e 2013 que será pago, em 24 parcelas, de R$ 17.040, a partir de setembro deste ano. 

Somente nesta semana, o TRT-RN realizou acordos com os prefeitos das cidades de São Tomé e Caiçara do Rio do Vento no valor de R$ 718.750 mil reais para pagamento de precatórios e Requisições de Pequeno Valor (RPVs).

Ao final de cada negociação, o TRT-RN disponibiliza em sua página na internet o termo de compromisso para consulta dos interessados, no endereço www.trt21.jus.br
 

Pontífice pede que jovens não se desiludam com a corrupção

Francisco pediu políticas nas áreas de educação, saúde e segurança e dignidade às pessoas.

 Vitor Abdala e Akemi Nitahara, Agência Brasil,

O pontífice fez um pedido especial aos jovens para que não percam a confiança em um mundo melhor. “Vocês, jovens, têm uma sensibilidade especial frente às injustiças, mas muitas vezes se desiludem com notícias que falam da corrupção de pessoas que, em vez de buscar o bem comum, procuram seu próprio benefício. Nunca desanimem, nunca percam a confiança. Não deixem que se apague a esperança, a realidade pode mudar. O homem podem mudar. Procurem ser vocês os primeiros a procurar o bem”, disse.
O papa falou do esforço da sociedade brasileira em combater a fome e a miséria, e destacou que as pessoas não podem virar as costas para os mais pobres. “Nenhum esforço de pacificação será duradouro, não haverá harmonia e felicidade para uma sociedade que abandona na periferia parte de si mesma. Ela simplesmente empobrece. Não deixemos entrar em nossos corações a cultura do descartável, porque somos irmãos e ninguém é descartável”, disse.
O discurso foi pontuado por alguns momentos de descontração do papa. Em um trecho, ele disse que gostaria de bater à porta de cada casa brasileira para “dizer bom dia, pedir um copo de água fresca, beber um cafezinho. Não um copo de cachaça”, disse para risos da plateia que se aglomerou no campo de futebol, onde ocorreu o discurso.
Em outro momento, o papa disse que o brasileiro é solidário e sempre busca compartilhar comida com quem tem fome. “Quando alguém que precisa comer bate à porta, vocês sempre dão um jeito de compartilhar a comida. Como diz o ditado: sempre se pode colocar mais água no feijão”, brincou o pontífice.
Francisco encerrou seu discurso dizendo que ele levará a comunidade de Varginha em seu coração.   O papa chegou à favela por volta das 10h40. Mesmo com a chuva, milhares de moradores do Complexo de Manguinhos, uma das áreas mais pobres da cidade, acompanharam o papa Francisco à favela.
Na chegada à comunidade, muitas pessoas gritavam o nome do pontífice e algumas faixas foram estendidas nas grades, contra as remoções forçadas e pedindo justiça pelos mortos nas comunidades.
Logo que chegou a Varginha, o pontífice saiu do carro fechado e subiu no papamóvel. Durante o trajeto, ele parou várias vezes para abençoar crianças, que eram levadas até ele por seus próprios pais ou por seguranças. Depois, o pontífice fez uma oração na capela São Jerônimo, onde se encontrou com crianças da catequese. Uma delas é João Pedro Ferreira da Silva, 15 anos, coroinha da capela.
A mãe dele, Cleonice Ferreira de Lima, cozinheira, se sente privilegiada pela oportunidade, mesmo não podendo entrar no local. "Sinto uma emoção muito grande, meu filho vai ser abençoado."
Ao sair da capela, ele caminhou pela comunidade e continuou cumprimentando moradores e abençoando crianças, mesmo cercado por forte esquema de segurança. Várias pessoas deram presentes ao papa, inclusive uma faixa do San Lorenzo, time de futebol do qual Francisco é torcedor. No meio do trajeto e pouco antes de iniciar seu discurso, ele entrou em uma casa da comunidade.

 

Estado arrecada R$ 4 bilhões em seis meses, mas pagamento dos servidores ainda não está garantido.

 
 
O Governo do Estado arrecadou no primeiro semestre deste ano R$ 4 bilhões com as três principais fontes de receita. O que não quer dizer, necessariamente, que a integralidade dos valores se assenta no bolso da administração Rosalba Ciarlini (DEM). 

Um exemplo é o apurado do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), cujo patamar no período chegou a R$ 1,8 bilhão. Vinte e cinco por cento desse montante são repassados aos municípios, ou seja, cerca de R$ 471 milhões são subtraídos das contas estaduais.

Com o Fundo de Participação dos Estados (FPE), esse sim de tutela específica do Executivo, o total foi de R$ 1,48 bilhão, dos quais 20% são verbas carimbadas,  destinadas exclusivamente à Educação.

No entanto, até ontem havia uma lacuna de R$ 89 milhões na rubrica destinada ao pagamento dos servidores. O Governo corre contra o tempo e garantiu que não haverá atraso. 

Durante reunião com o secretariado, a governadora Rosalba Ciarlini comunicou aos secretários  a frustração na receita do Estado já chega a R$ 300 milhões, podendo chegar a R$ 450 milhões.

Da tribuna do Norte

O TEMPO PASSA E O DESCASO COM AS RUAS QUE NÃO SÃO PAVIMENTADAS CONTINUAM. !!!!!!!

RUA: JOAQUIM ALENCAR / BAIRRO RUA NOVA


a secretaria de obras e urbanismo do nosso município não conseguem trabalhar, agora eu fico me perguntando o porque ?????, a cidade de Umarizal tem vários tratores, retroescavadeira e uma catre pilha como de costume chamamos.
Já se pode ouvir vários comentários pelas ruas de Umarizal de que a prefeitura de Umarizal estava com uma divida enorme no posto de combustível que abastece o município e por isso que esses veículos estão parados a vários dias.
Com essa paralisação por parte da secretaria de obras e urbanismo sempre quem sofre as consequências são os mais humildes que moram em ruas totalmente esburacadas e em total abandono.
Vejam as fotos a baixo que todos podem comprovar o veracidade dessa matéria. 

RUA: JOAQUIM DE ALENCAR EM FRENTE A CASA DO SECRETARIO DA *CASA CIVIL*

RUA: ALMIRANTE SOUTO MAIOR / TRAVESSA COM A RUA PEDRO ABÍLIO / BAIRRO MULTIRÃO

FINAL DA RUA ALMIRANTE SOUTO MAIOR / E INICIO DA AV: 27 DE NOVEMBRO

AV: 27 DE NOVEMBRO EM FRENTE E CASA DE PEDRO PINHEIRO

AV: 27 DE NOVEMBRO EM FRENTE A CASA DE MEU TOINHO

AV: DO ALGODÃO / COM AV: 27 DE NOVEMBRO EM FRENTE A BENEDITO DA BESTA

AV: 27 DE NOVEMBRO CHEGANDO NO CONJUNTO *IPE*



SERÁ QUE EU ESTOU FALANDO DE MAIS ??????? ACORDA UMARIZAL