26 de jul de 2011

Tem político no Rio Grande do Norte querendo vestir pele de cordeiro


Mesmo as eleições acontecendo só no próximo ano, já tem muito político do Rio Grande do Norte querendo vestir a pele do cordeiro e se passar por “bons gestores”.

Sem falar dos “pais dos pobres” , “dos descamisados”, “dos sem teto”, “dos excluídos” e principalmente das obras, que na maioria das vezes estão inacabadas com promessas de conclusão.

Cuidado “lobo político” o povo não está tão bestinha como parece não!

DO BLOG - A PERGUNTA FICA NO AR!!!!! QUEM SERÁ O PELE DE CORDEIRO DE UMARIZAL ????????? ALGUÉM SE ARRISCA EM DISER ????????

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 15:10

Caicó: Prefeito Bibi Costa é alvo de ação de improbidade administrativa do Ministério Público Federal


O Ministério Público Federal em Caicó ingressou nesta terça-feira(26) com uma ação de improbidade administrativa contra o atual prefeito Bibi Costa(foto).

Bibi é acusado de doar, de forma irregular, material disponibilizado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil à Fundação Hospitalar Doutor Carlindo Dantas, popularmente conhecida como “Hospital do Seridó”.

De acordo com a investigação efetuada pela Procuradoria da República em Caicó, em 2008, houve a decretação de emergência em decorrência da incidência de fortes chuvas na região.

Em virtude dos extensos prejuízos causados pela precipitação pluvial, a Secretaria Nacional de Defesa Civil enviou à Prefeitura mais de 900 itens de ajuda humanitária, sendo eles colchões, cobertores, toalhas de banho, travesseiros e mosquiteiros.

Em resposta enviada à própria Procuradoria, o presidente da Comissão Municipal de Defesa Civil em Caicó, Edno Lopes dos Santos, informou que alguns dos objetos repassados pelo Governo Federal foram doados ao Hospital do Seridó.

"O argumento utilizado na tentativa de explicar a doação ao Hospital do Seridó de material que deveria ter sido destinado à ajuda humanitária das famílias prejudicadas pelos alagamentos foi o de que o Governo Federal enviou a ajuda com atraso (em dezembro de 2008). As famílias não residiriam mais nos locais informados à Prefeitura. Mosquiteiros e travesseiros teriam sido incinerados por se tornarem impróprios para uso", frisa o Ministério Público Federal do RN.

O MPF em Caicó chegou a ouvir algumas da famílias atingidas pelas chuvas que informaram nunca haver se mudado do local onde moravam, alguns residem na mesma casa há mais de 30 anos.

Os depoimentos colhidos evidenciam que os moradores da região não receberam qualquer material encaminhado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil e que sequer foram procurados pela Prefeitura de Caicó.

A Procuradora da República Clarisier Azevedo Cavalcante de Morais, que assina a ação, ressalta que é dever fundamental de quem trabalha com a coisa pública preservar o patrimônio público. “Descumprida tal imposição, revela-se inafastável a aplicação das penas de improbidade administrativa correspondentes. Assim, o envolvido na malversação dos bens públicos, seja na doação ou na deterioração, deve ser responsabilizado”,enfatiza a Procuradora.

Se for condenado pela Justiça Federal, o prefeito Bibi Costa pode ter que ressarcir o dano e perder a função pública. Além disso, fica sujeito a suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, pagamento de multa civil e proibição de contratar com o poder público, conforme determina o artigo 12, inciso II da Lei 8.429/92.

Fonte: Assessoria de Comunicação da
Procuradoria da República no RN

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 15:01

Eleições de 2012 serão nos dias 7 e 28 de outubro

As eleições municipais de 2012 vão ser realizadas nos dias 7 e 28 de outubro. A decisão das datas do primeiro e segundo turno foi tomada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). No ano que vem os eleitores vão escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos mais de 5.500 municípios brasileiros. Os eleitores têm até dia 9 de maio de 2012 para transferir o título de eleitor ou fazer a inscrição na justiça eleitoral. Segundo o TSE, as convenções partidárias para a escolha dos candidatos devem ser feitas entre 10 e 30 de junho. Os candidatos terão até dia 5 de julho para registrar as candidaturas no TSE. A propaganda eleitoral no rádio e na televisão começa no dia 21 de agosto e vai até dia 4 de outubro, três dias antes da realização do primeiro turno.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 10:57

Governismo está dividido para sucessão municipal

Impasse sério no governismo em Felipe Guerra. As forças que compõem o governo não se entendem até aqui.

O prefeito Braz Costa (PMDB) dá sinais de que deseja inflar o nome de Fagner Morais (PMDB) à sua sucessão. Ele é titular da pasta financeira da Prefeitura de Felipe Guerra.

Já o ex-prefeito Hugo Costa (PMDB), de participação ainda onipresente na administração, costura a ascensão à disputa do seu filho Victor Hugo, acadêmico de Medicina da Universidade Potiguar (UnP) – Natal.

Faltando pouco mais de um ano para as eleições municipais, as diferenças entre prefeito e ex-prefeito ainda não foram reparadas.

Quem será o candidato do governismo?

Eis a questão.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 10:03

Prefeitos aguardam obras e podem fazer protesto

O Governo do Estado promete que retoma o próximo mês dezenas de obras paralisadas, por sua própria intervenção. São advindas de convênios da gestão passada com prefeituras.

A questão é muito delicada, tendo criado muita celeuma nas relações entre prefeitos e governos.

O caso mais emblemático é de Areia Branca, que levou a prefeitura a entrar com ação judicial contra o Estado, para garantir repasses à conclusão do Hospital Maternidade Sara Kubitschek. A própria população envolveu-se num movimento à garantia da obra.

Há alguns meses, prefeitos chegaram a discutir possibilidade de um protesto sincronizado contra o Estado. Em casa local de obra paralisada seria colocada uma placa identificando o Governo do Estado como culpado.

O assunto terminou sendo estancado, transformando-se numa iniciativa natimorta. Mas pode voltar a entrar em pauta.


POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 09:49

Alves e Alves costuram acordo a partir de Natal

Está em pleno andamento um acordo, que não é apenas tácito, entre o peemedebismo e o ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT). Não se trata de um pacto de não-agressão.

O canal aberto, facilitado pelas relações familiares Alves-Alves, tem a ver com a sucessão natalense e já um pouco mais adiante, a campanha estadual de 2014.

Num primeiro turno das eleições de Natal, o PMDB e o PDT vão ter candidaturas próprias. Contudo é no tocante a um eventual segundo turno, que a parceria PMDB-Alves/PDT-Alves deve ganhar dimensão de formalidade.

Carlos Eduardo é favorito – hoje – à Prefeitura do Natal, tendo atrás de si, conforme constantes pesquisas, a ex-prefeita e ex-governadora Wilma de Faria (PSB).

O PMDB do senador-ministro Garibaldi Filho e do primo e deputado federal Henrique Alves ensaia lançamento do nome do deputado estadual Hermano Morais.

Qualquer pessoa razoavelmente atenta à política da capital sabe que na prática, as chances de Morais são ínfimas. Deve entrar na campanha para marcar posição partidária, sem desgastar diretamente qualquer “estrela” do clã Alves. Só.

No PDT, Carlos é nome irrefutável. E outro Alves, seu pai e deputado estadual Agnelo Alves (PDT), não tem qualquer razão para alimentar diferenças com o PMDB dos sobrinhos Henrique e Garibaldi.

Tudo está em casa.


POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 09:08

Deputado Felipe Maia é investigado pelo TCU

O deputado federal Felipe Maia (DEM) está incluído na lista de parlamentares que são sócios majoritários em empresas que prestam serviço ao Governo. A informação foi veiculada na revista Veja, edição dessa semana. Além do deputado do DEM, o senador Eunício Oliveira e o deputado Paulo Maluf também figuram na mesma situação.

Segundo a publicação, em uma auditoria realizada pelo Tribunal de Contas da União os técnicos encontraram mais de 80 mil indícios de irregularidades cometidas pelas empresas, catalogadas em sete modalidades principais de fraudes, como é o caso de “Interesses Políticos”.


POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 09:21

PR ainda com a mão no cofre

Embora praticamente sem poder no DNIT, o Partido da República ainda tem um orçamento para chamar de seu. Trata-se da direção do Refer, fundo dos metroviários e ferroviários do país, com saldo bilionário. O diretor da entidade, Marco André Marques Ferreira, é apadrinhado da cúpula republicana: Alfredo Nascimento (AM), Valdemar Costa Neto (SP) e Luciano Castro (RR).

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 07:44

Dilma garante que só ingressará no ministério dos transportes quem tiver ‘ficha limpa’


A presidente Dilma Rousseff determinou que seja adotado um novo critério de contratação para blindar o Ministério dos Transportes contra interferência política no preenchimento dos cargos: a partir de agora, todas as indicações para cargos de segundo e terceiro escalões têm que ser avaliadas pelos critérios da Lei Ficha Limpa.

Ou seja, só assumirá cargo no governo quem não tiver condenação na Justiça. Essa condição será exigida, inclusive, para as substituições nas superintendências do Dnit.

A determinação foi dada pela própria Dilma ao ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos. A presidente também avisou que não aceitará indicações políticas para a pasta, seguindo a regra já adotada para o preenchimento de cargos em agências reguladoras.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 07:42

Justiça do Trabalho, Governo do Estado e Sinai assinam acordo no valor de R$ 1 milhão para pagamento de parte das dívidas dos servidores da Datanorte

Mais uma audiência de conciliação entre representantes da Datanorte, do Governo do Estado e do Sindicato dos Servidores da Administração Indireta(Sinai) foi realizada nesta segunda-feira(25) na sede do TRT/RN. Audiência foi presidida pela juíza do trabalho Maria Rita Manzarra.

Na ocasião, foi assinado um acordo no valor de R$ 1 milhão para pagamento de parte das dívidas trabalhistas dos servidores da Datanorte.

Pagamento será dividido em quatro parcelas de R$ 250 mil, a serem pagas a partir do mês de janeiro de 2012.

“O acordo favorece aos trabalhadores que têm prioridade, como os idosos e os portadores de alguma doença. Mesmo com a conciliação de hoje, o processo continuará em execução, isto é, continuará tramitando normalmente, podendo gerar novas definições até o início do pagamento da primeira parcela, em janeiro de 2012”, disse a juíza Maria Rita.

As dívidas trabalhistas da Datanorte são superiores a R$ 60 milhões. Desse total, a empresa já negociou o pagamento de R$ 4 milhões com a Justiça do Trabalho.

Um levantamento dos bens da Datanorte está sendo feito pelo TRT/RN. Esses bens penhorados e incluídos no próximo leilão judicial das Varas do Trabalho de Natal, marcado para o mês de outubro.

Com o dinheiro da arrematação desses bens, a Justiça do Trabalho pretende quitar o pagamento de outros servidores da Datanorte.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 07:39

Estudo elaborado pelo Ibope aponta que disputa presidencial de 2010 foi mais acirrada na internet

A disputa eleitoral foi mais acirrada na internet que no eleitorado em geral, mostra estudo divulgado pelo Ibope nesta segunda-feira, 25.

O estudo, elaborado pelos pesquisadores João Francisco Resende, do Ibope Inteligência, e Juliana Sawaia Cassiano Chagas, do Ibope Mídia, cruzou dados das pesquisas eleitorais realizadas pelo instituto entre 30 de junho e 30 de outubro de 2010.

O trabalho apontou que a diferença na intenção de votos entre os principais candidatos à Presidência da República - Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV) - era menor entre os eleitores conectados que entre o eleitorado em geral.

Dilma, que venceria a disputa, aparece em todas as pesquisas realizadas com porcentuais mais baixos que os apresentados no eleitorado geral. Já o tucano José Serra e a então candidata do PV apareciam com números mais altos.

No início do período, os dois apareciam empatados entre os conectados - em 30 de junho os dois somavam 36%, em 29 de julho e em 15 de agosto, 37% -, enquanto no eleitorado geral, Dilma já começava a abrir dianteira, em função do maior conhecimento que as pessoas passaram a ter sobre ela - 39% a 34% em 29 de julho, 43% a 32% em 15 de agosto.

No início do segundo turno, Serra se aproximou de Dilma no eleitorado geral, chegando a 43%, ante 49% de Dilma. Entre os conectados, Serra assumiu a liderança, com 50% a 41% em 13 de outubro. Em 20 de outubro, o tucano tinha 48% contra 42% e no dia 28 de outubro, Dilma virava o resultado: 49% a 43% entre os conectados e 52% a 40% no eleitorado geral.

A alteração no cenário eleitoral entre o final do no início do segundo turno se deve a boatos que passaram a circular pela internet, dando conta que Dilma apoiaria a legalização do aborto e criticando sua participação em grupos armados que lutaram contra o regime militar e o seu suposto ateísmo.

Ainda no primeiro turno, uma declaração de Monica Serra, mulher do presidenciável tucano, contribuiu para o acirramento da guerra virtual entre PT e PSDB. Em campanha na Baixada Fluminense, Monica afirmou que Dilma "é a favor de matar as criancinhas", referência ao fato de que a petista seria a favor do aborto.

Em resposta, blog ligado ao PT divulgou documento assinado por Serra quando ministro da Saúde que regulamenta a realização do aborto em casos previstos na legislação, como estupro e em casos de risco de morte da mãe e indicou que a versão do Plano Nacional de Direitos Humanos feito na gestão FHC "defende a ampliação da legalização do aborto".

Fonte: Jornal O Globo


POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 07:36