29 de jun de 2012

Festa para o prefeito Lawrence



Por 3 votos a 2 TRE-RN não cassa o prefeito Lawrence Amorim, de Almino Afonso. O gestor que deixou o PP e migrou para o PMDB, não cometeu infidelidade partidária que tinha sido denunciado pelo o Ministério Público Federal.


Muita festa na noite de hoje em Almino Afonso com a chegada do prefeito Lawrence Amorim.

NOTA DO BLOG - AS VEZES FICA UM CLIMA DE IMPUNIDADE NO AR, O PREFEITO DE CARAUBAS E VARIOS VEREADORES DO RIO GRANDE NORTE FORAM CASSADOS POR INFIDELIDADE PARTIDARIA, JÁ O DE ALMINA AFONSO NÃO FOI CASSADO, SERÁ O POR QUE ????????

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 10:31

Lucrécia: Toma posse Cleide Silva

Foi empossada na manhá de ontém na Câmara Municipal de Lucrécia, a queridinha Cleide Silva suplente da vereadora Edilma Soares que foi cassada semana passada pelo o TRE-RN por infidelidade partidária quando saiu do PPS para o DEM.

foto: raimundinho duarte




Nota do blog - Pela primeira vez em Lucrécia estou vendo que o atual prefeito está com medo de disputar a reeleição, tudo isso por que esse ano varias lideranças que faziam parte da situação hoje estão na oposição, formando assim um grupo muito forte.
O medico candidato a prefeito pela oposição dr. Fernando já está colocando calo no sapato de muita gente, Lucrécia parece está acordando de um pesadelo que dura muitos anos.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 10:18

Deputado: Situação do Governo Rosalba "é desesperadora"


Ao fazer um balanço sobre o primeiro semestre político-administrativo do Rio Grande do Norte, o deputado José Dias afirmou que esta avaliação é "péssima". Segundo ele, sob o ponto de vista político, o RN vive um "descalabro".
"Um governo que foi eleito há menos de dois anos atrás desadministra o Estado com os adversários. Tudo que foi dito na campanha não valeu. Nós levamos uma mensagem. O adversário levou uma mensagem contrária. Hoje, quem manda no governo é quem combateu a atual governadora na campanha. Só isso já comprovaria o erro gravíssimo", afirmou, se referindo à troca de aliados promovida pela governadora Rosalba Ciarlini durante seu governo.

Sobre o comportamento político do governo, José Dias afirma que este é revelado pela opinião pública, que oferece índices de reprovação que em alguns municípios ultrapassam 70%. "Na capital, a situação da governadora é desesperadora. No próprio reduto político dela, Mossoró, que ela domina há década, a governadora está inibida até de pronunciamentos públicos. Ela não teve condições sequer de se manifestar na abertura das festividades do Mossoró Cidade Junina", disse.

No que diz respeito à administração, segundo Dias, "a coisa é cruel". Ele diz que se for observar o que está acontecendo na saúde "nós vamos ao desespero porque nós estamos vendo uma falência total do sistema". E o pior, segundo ele, "é que o governo alega que está gastando mais". No entanto, ele finaliza: "Aí a gente tem que aplicar o termo 'gastar' mais no sentido de 'desperdiçar' e 'esbanjar' a não no sentido de 'encontrar soluções'. A segurança é outra que está em petição de miséria. O balanço é feio e triste", finalizou.

TSE decide que reprovação de contas de campanha não impede candidaturas

Por maioria de votos, o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que a falta de aprovação de contas de campanha não impede a obtenção, pelos candidatos, da certidão de quitação eleitoral e do registro de candidatura nas Eleições 2012.

Ao apresentar seu voto-vista na sessão administrativa de ontem, o ministro Dias Toffoli desempatou o julgamento em favor do pedido de reconsideração apresentado pelo Partido dos Trabalhadores (PT), que solicitava que o TSE voltasse atrás em sua decisão, tomada no dia 1º de março, que passou a exigir dos candidatos a aprovação das contas eleitorais para a obtenção do registro. Toffoli solicitou vista do pedido na sessão do dia 26 de junho, quando o julgamento estava empatado em três votos a três.

Após mencionar a evolução do tema no TSE, o ministro Dias Toffoli votou com os ministros que acolheram o pedido do PT, que foi apoiado por outros 13 partidos. Segundo Toffoli, a legislação eleitoral em vigor não exige a aprovação das contas eleitorais para que os candidatos às eleições municipais deste ano obtenham o registro de candidatura.

“A jurisprudência é no sentido de que a apresentação das contas de forma regular não constitui óbice à obtenção da certidão de quitação eleitoral, conforme o disposto no parágrafo 7º do artigo 11 da Lei das Eleições (Lei 9.504/97), inserido pela Lei 12.034”, disse o ministro.

Essa é uma ótima noticia pra todos os políticos que estavam barrados para disputar as eleições desse ano, principalmente os candidatos da cidade de Apodi já que os três pré candidatos a prefeitos estão com as contas sujas.

São eles a atual prefeita gorete, o ex prefeito dr.pinheiro e o ex – candidato a deputado estadual flaviano monteiro.

Bom também para neto da emater lá na cidade de Portalegre que agora poderá disputar mais uma vez a prefeitura daquela cidade, e parabéns para todos os candidatos contas sujas do estado do rio grande do norte.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 09:20