1 de ago de 2012

“O político que compra voto tem que ser excluído da vida pública”, diz juiz eleitoral de Caicó

notícia chega do blog de Marcos Dantas. O juiz da 25ª Zona Eleitoral, Luiz Cândido Vilaça, condenou a compra de voto e confirmou que já recebeu as primeiras denúncias sobre esse crime na sucessão caicoense.

Em entrevista a Rádio Caicó, o magistrado defendeu que o político que compra voto deve ser banido da vida pública. “O eleitor é o maior prejudicado pela compra de voto, porque ele se submete a uma gestão de quatro anos, decorrente de um voto dado de maneira comprada. Não venda o seu voto. É preciso que o povo entenda que a corrupção tem que acabar em todos os níveis, a começar por nós eleitor. O político que compra voto tem que ser excluído da vida pública”, disse.

umarizal 20:57 minutos

Lista de servidores e salários da Assembleia Legislativa será publicada até a próxima semana

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ricardo Motta (PMN), leu hoje, na primeira sessão ordinária do semestre, a portaria em que define as regras para publicação dos salários e dos servidores da Casa. Também foi estabelecido o prazo para o Legislativo atender os pedidos de informação, conforme prevê a legislação.

Como a portaria será publicada amanhã, o prazo máximo para publicação da lista dos salários será a outra sexta-feira (dia 10 de agosto).


postado por cleumy candido fonseca ás 20:54

Motoqueiros podem ser presos durante eventos políticos na região de Pombal/PB

A Juíza da 31ª Zona Eleitoral, Isa Mônia Vanessa de Freitas, baixou uma portaria nesta terça-feira (31) proibindo o uso de motocicletas com cano adulterado e/ou estourado nas cidades de Pombal, Paulista, São Bentinho, Lagoa, Cajazeirinhas e São Domingos.

De acordo coma a portaria o descumprimento da mesma poderá ocasionar em apreensão do bem, multa e até mesmo na prisão do infrator num período de 15 dias a seis meses. No caso do infrator não possuir CNH, o mesmo pagará multa ou poderá ficar preso de seis meses a um ano.
Também fica proibida a realização de manobras e arrancadas bruscas que ofereçam riscos aos presentes ou a população.
O objetivo da portaria é proteger a população dos abusos que normalmente são praticados nesse período.

NOTA DO BLOG - Isso também era pra acontecer aqui na cidade de Umarizal , por que todos os dias somos obrigados a conviver com esse barulho horrível.

SEM ROSALBA :::: TUDO CAMINHA EM PAZ PARA O PROXIMO SABADO DIA DA CARREATA DA UNIÃO DO PREFEITAVÉL MANO !!!!!!!!!



O EX - PREFEITO ADSON LUIS DEVE CHEGAR AMANHÁ EM UMARIZAL E OS DEPUTADOS JOSÉ DIAS E FABIO FARIAS NO PROXIMO SABADO TAMBÉM ESTÁ COMFIRMADA A PRESENÇA DO DEPUTADO ESTADUAL GETULIO REGO DO "DEM" E DO DEPUTADO FEDERAL LICENCIADO BETINHO ROSADO DO "DEM" PARTIDO DO CANDIDATO A PREFEITO MANO.

GRAÇAS A DEUS A GOVERNADORA ROSALBA CIARLINE QUE TAMBÉM É DO "DEM" NÃO COMFIRMOU PRESENÇA, DIGO ISSO POR ELA ESTÁ SENDO RECUSADA DE PARTICIPAR DE VARIOS COMICIOS POR TODO O ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, TUDO ISSO REFLEXO DA PESIMA ADMINISTRAÇÃO DELA A FRENTE DO GOVERNO POTIGUAR.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 10:02

TCE mostra resultados com planejamento estratégico



“Não acredito em nenhuma gestão cujos servidores não tenham efetuado o planejamento estratégico”. Assim, de forma incisiva, o presidente do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte, conselheiro Valério Mesquita, ministrou a palestra “A Gestão Estratégica do Controle Externo no TCE/RN”, no 6° Congresso de Gestão Pública do Rio Grande do Norte, nesta segunda-feira, 30 de julho, no auditório do Hotel Praiamar.
Durante 45 minutos, o presidente do TCE falou sobre os desafios da sua gestão e os resultados alcançados, a partir da adesão ao planejamento estratégico institucional. “Me sinto feliz em ter conseguido realizar um grande trabalho. Tive que tirar o TCE da inércia em que estava. E tinha que começar pela matéria-prima do Tribunal: o processo”, relatou Valério Mesquita, lembrando que quando assumiu a presidência tomou um susto quando se deparou com o acumulo de 37.437 processos empilhados no Tribunal. “Era tanto papel, tanto peso, que tinha medo que o andar cedesse”, brincou.

Para enfrentar o problema, convocou a equipe do Planejamento Estratégico, do Promoex (Programa de Modernização do Controle Externo), do Ministério Público de Contas, Consultoria Jurídica e Corregedoria, entre outros, pedindo sugestões para o trabalho. De início, optaram pela realização de mutirões para reduzir o estoque de processos, começando pela Diretoria de Atos de Pessoal – DAP, que apresentava mais de 14 mil processos, no início de 2011. “Hoje, graças as ações executadas, este estoque foi zerado”, relatou Valério. No total geral, dos mais de 37 mil processos estocados, atualmente o Tribunal contabiliza 10.619 processos, ou seja, houve uma redução de 71,6%.

Mas era necessário não somente diminuir o volume de processos, sim definir estratégias que evitassem o acumulo processual. O Presidente do TCE explicou que, paralelamente, foi realizada uma série de ações com este objetivo, dando como exemplos: formatação da nova Lei Orgânica e Regimento Interno, que permitiu a atualização dos métodos de analise processual; contratação, via concurso público, de 69 novos servidores; criação da Secretaria de Controle Externo; fortalecimento da Escola de Contas; implementação de uma nova política de pessoal (em estudo), atuação de forma concomitante e seletiva e implantação do processo eletrônico (também em fase de execução).

Só para ter uma ideia dos resultados alcançados, somente com relação a 23 processos analisados de forma seletiva, nos últimos 12 meses, o TCE possibilitou uma economia equivalente a R$ 411 milhões; com a detecção de indícios de irregularidades em licitações de obras e serviços. “Isso representa sete vezes o valor do orçamento do TCE”, relatou Valério Mesquita, sendo complementado pelos técnicos do Escritório de Planejamento Estratégico do TCE, Gláucio Torquato e Ricardo Vilaça, que apresentaram o mapa estratégico e informaram que a primeira etapa do Planejamento estratégico será revisada em 2013.

AQUI NO RN / PF encontra indícios de relação entre Agaciel com Cachoeira



A Polícia Federal encontrou novos indícios do envolvimento do deputado distrital Agaciel Maia (PTC), irmão do líder do PR no Rio Grande do Norte, João Maia, com o grupo de Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Os policiais descobriram na casa de José Olímpio Queiroga Neto, um dos comparsas do "bicheiro", um pen-drive com fotos do deputado distrital Agaciel Maia durante uma viagem de família à Europa.
A informação foi denunciada pelo Radar On-line, do jornalista Lauro Jardim, da revista Veja e veio com a ressalva de que um dos filhos de Agaciel namora a filha de Olímpio, que também está na viagem. Segundo a investigação federal, Olímpio controlava um conjunto de empresas (abertas nos nomes dos próprios filhos) que serviam de rota para a camuflagem do dinheiro obtido na rede de bingos clandestinos. A PF descobriu que uma dessas empresas registradas no nome dos filhos, a Lavaggio Lubrificação, foi transferida mais tarde para Daniel Lago Maia e Agaciel Maia Júnior, filhos de Agaciel Maia.

A PF registra no relatório enviado à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) mista, que investiga a participação de parlamentares com Carlinhos Cachoeira que não encontrou citações na movimentação financeira do bando em relação a Lavaggio, mas considerou a mudança societária entre os filhos de Olímpio e Agaciel uma prova substancial da “relação estreita” do deputado com o integrante do bando do bicheiro.

Essa não é a primeira vez que Agacial Maia é citado como um dos envolvidos com Cachoeira. Antes, gravações feitas pela PF na operação Monte Carlo mostram que os negócios do grupo do bicheiro podem ter orientado o voto de deputados distritais na Câmara Legislativa. O caso teria começado no dia 15 de junho do ano passado, quando o deputado Raad Massouh (PPL) apresentou uma emenda ao projeto de lei que prevê a instalação de postos de combustíveis em supermercados e shoppings.

Pela emenda, só seria permitida a abertura de postos por empresas que conseguissem a licença depois da aprovação da lei – ficariam de fora as grandes redes que já têm postos instalados, mas que ainda não estão em funcionamento. José Olímpio Queiroga – apontado como um dos chefes do grupo de Cachoeira – é cobrado por um homem identificado como Ricardo Porto, que pergunta por que o deputado Agaciel Maia (PTC) não votaria a favor da emenda como teria sido combinado previamente. Cachoeira teria interesse na aprovação.

Em seu blog particular, Agaciel Maia se manifestou sobre o caso. Ele explicou que, como relator da Comissão de Economia, Orçamento e Finanças, foi contra todas as emendas colocadas ao projeto de lei que era originalmente do deputado Chico Vigilante. Porém, o projeto foi alterado pelo próprio autor e colocado para votação, tendo recebido voto favorável por parte de Agaciel Maia.

OUTROS CASOS
Frequentemente o deputado Agaciel Maia aparece envolvido em algum escândalo. Agora deputado distrital, o irmão do deputado federal potiguar, João Maia, já foi diretor geral do Senado e protagonizou os chamados "atos secretos". Essa é uma das causas dos processos por improbidade administrativa que o parlamentar responde na Justiça Federal. O outro investiga a participação dele na assinatura de dez contratos para a prestação de serviços de publicidade sem licitação, entre 2005 e 2008. As ações ainda não foram julgadas.

Sobre o caso de grilagem de terras, a Polícia Civil e o Ministério Público do Distrito Federal apuram a atuação do deputado distrital, protagonista do escândalo dos atos secretos do Senado, como mandante de invasões em São Sebastião, região administrativa a 26 quilômetros do Palácio do Planalto e base eleitoral do parlamentar. Segundo o jornal, os depoimentos de invasores mostraram que Agaciel Maia é suspeito de incitar as ocupações. (CM)

TODOS EM ALERTA PRA NÃO PERDE O PRAZO !!!!!!!

Os candidatos, os comitês financeiros e os partidos políticos têm prazo até o dia 2 de agosto para apresentar à Justiça Eleitoral a primeira prestação de contas parcial de campanha. Faltando dois dias para o fim do prazo, o TSE recebeu apenas 7% do total dessas contas.

A preocupação da área técnica de análise das contas é de que a maioria deixe para a última hora o envio das informações, o que poderá causar um congestionamento na rede e até mesmo a indisponibilidade do sistema, já que são esperados mais de 450 mil balanços contábeis. O prazo de entrega da segunda prestação de contas parcial termina no dia 2 de setembro, podendo ser enviada a partir do dia 28 de agosto.

Os relatórios parciais devem discriminar as doações em dinheiro ou estimáveis em dinheiro recebidas para o financiamento da campanha eleitoral e os gastos realizados. As informações devem ser encaminhadas pelo Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE) desenvolvido pela Justiça Eleitoral para essa finalidade.

AUTOR DE CRIME BÁRBARO CONTRA CINTHIA DE TIBAU É APRESENTADO PELA POLÍCIA




A cada relato, um tapa na cara das pessoas de bem e honestas de Tibau. Cada relevação feita por Poliano, o monstro de Tibau, é como uma adaga que se crava no coração dos parentes de Cínthia Lívia de 12 anos, menina que tinha toda uma vida pela frente, mas que foi impedida de viver por um doente e maníaco. Um inimigo a espreita que morava ao lado, pronto para dar o bote. A polícia apresentou o acusado à imprensa em coletiva na DIVOPE em Mossoró hoje à tarde. O competente jornalista Ismael Sousa, que desde cedo, fez a melhor cobertura sobre o caso, esteve presente e nos faz um apanhado do desfecho do crime
denúncia levou polícia ao monstro de Tibau Poliano Cantarelli Fernandes Lacerda matou a jovem Cintia Lívia cruelmente em Tibau. Com ele foi encontrado um vasto material ilicito .Segundo a polícia, uma denúncia os levou até o assassino. O homem parecia ser obsecado pela família de Cínthia. Manteve relacionamento amoroso com a mãe da menina, com uma irmã dela e estava tentando relacionar-se com outra.

COMO O MONSTRO PEGOU A MENINA
Segundo informações, Poliano pegou Cínthia de moto por volta das 19:30hs do dia 23 de julho e a levou espontaneamente para uma casa onde ele trabalhava como caseiro na Praia das Emanoelas.
MENINA ESTAVA COM DUAS CALCINHAS QUANDO MONSTRO A MATOU
Durante o relato do delegado Poliano disse que ela estava com duas calcinhas, e quando estrangulou a menina, a mesma acabou defecando.A menina defecou devido o susto. Então ele calmamente verificou o pulso e viu que tava fraco quase parando.Como a menina estava com duas calcinhas, ele a limpou e vestiu a outra peça íntima.
FRIEZA QUE CHOCA
Depois de matar, ele até chegou a visitar a casa da menina durante o sofrimento passado pela família.Na manha de hoje, ele passou na rua onde teria matado a garota e percebeu que tinha muita gente na casa onde a menor foi encontrada. Já desconfiando de que o corpo da menina seria encontrado, ele então juntou algumas coisas e tentou ir para Mossoró,mas foi detido pela polícia.
Com Informações Ismael Sousa- Via V&C.

ATUALIZANDO O MEU PC !!!!!!!!!! VOLTO JÁ COM MUITAS NOVIDADES DA POLITICA LOCAL !!!!!