3 de jun de 2014

"ACORDÃO" PERDE SUA SEGUNDA ELEIÇÃO A PRIMEIRA FOI A DE MOSSORÓ E AGORA HENRIQUE, GARIBALDI, WILMA DE FARIAS E JOSÉ AGRIPINO SÃO DERROTADOS PELO CANDIDATO DE FATIMA BEZERRA E ROBSON FARIAS EM IPANGUAÇU.

Geraldo Paulino (PT) vence as eleições suplementares em Ipanguaçu com 52,28% dos votos.

A candidata adversária, Maria Rizomar de Figueiredo (PMDB) obteve 4.551 votos, correspondentes a 47,72%. Os votos válidos foram 9.919, com 142 brancos e 240 nulos.

O candidato Francisco Geraldo de Paula (Geraldo Paulino), do PT foi o vencedor das eleições suplementares realizadas neste domingo, 1º de junho, no município de Ipanguaçu. Ele obteve 4.985 votos, o que corresponde a 52,28% dos votos válidos. A candidata adversária, Maria Rizomar de Figueiredo (PMDB) obteve 4.551 votos, correspondentes a 47,72%. Os votos válidos foram 9.919, com 142 brancos e 240 nulos.
Geraldo Paulino venceu eleições com 52,28% dos votos (Ipanguaçu News)
Geraldo Paulino discursa ao lado do seu vice, Valderedo Bertoldo, do PPS (Ipanguaçu News)

Maria Rizomar concorreu com o nome, o número e, na urna eletrônica, com a fotografia do substituído, José de Deus Barbosa Filho.

Condenado a perda dos direitos políticos por oito anos, pela prática de improbidade administrativa, José de Deus teve seu registro de candidatura indeferido pela juíza da 29ª. Zona Eleitoral, Aline Belém, decisão que foi referendada pela Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, por unanimidade de votos, na sessão da última quinta-feira, 29.

A nova eleição de Ipanguaçu foi determinada a partir da cassação do mandado do prefeito eleito em 2012, Leonardo da Silva Oliveira (PT), e do vice, Josimar da Silva Lopes (PSB), condenados por abuso de poder econômico na captação ilícita de votos, nas últimas eleições municipais. O presidente da Câmara de Vereadores assumiu a chefia do Poder Executivo do município até o resultado do novo pleito.

Fonte: TRE/RN

O TITULO DA MATÉRIA É DE RESPONSABILIDADE DE "CLEUMY CÂNDIDO FONSECA"

 

Walter Alves consolida apoios para pré-candidatura a deputado federal Postado por Alex Viana em Política

Postado por Alex Viana em Política

02

jun
12ª Copa Primo Fernandes
O deputado estadual Walter Alves, líder do PMDB na Assembleia Legislativa, cumpriu agenda política no Alto Oeste, nesta sexta-feira 30 e sábado 31, para fortalecer a pré-candidatura a deputado federal. Todos os compromissos foram feitos com o também deputado Gustavo Fernandes, com que irá fazer “dobradinha” durante o período de campanha.
Na sexta-feira ele já tinha visitado os municípios de Taboleiro Grande, Portalegre, São Miguel, Rafael Fernandes, Água Nova e Major Sales. No sábado, foi a vez de Luís Gomes, Paraná e, novamente, a Major Sales.
O deputado percorreu os municípios consolidando o apoio à pré-candidatura. O primeiro dos compromissos foi em Luís Gomes, onde consolidou o apoio do grupo da oposição, liderado pelo ex-prefeito Pio X. Em seguida, Walter se deslocou para Paraná, onde também teve o apoio confirmado da prefeita Oriana Rodrigues. Retornando a Major Sales, o líder do PMDB ainda consolidou o apoio da base do prefeito Thales Fernandes e o apoio do grupo político de Tenente Ananias e assistiu à final da Copa Primo Fernandes.
“Esse é o momento de visitar as bases e de consolidar o apoio de todos em torno de um projeto. Estamos percorrendo o Estado e ficamos felizes com o apoio que temos recebido de políticos e do povo para à nossa pré-candidatura para uma das cadeiras da Câmara dos Deputados em Brasília”, agradeceu.

Agripino: “DEM não terá candidatura própria ao governo nas eleições” Postado por Alex Viana em Partidos


agripino3
O Diretório Estadual do Democratas no Rio Grande do Norte decidiu na manhã desta segunda-feira (2) não lançar candidatura própria ao governo do Estado e, portanto, formar aliança na chapa proporcional para as eleições de outubro.
A votação, que ocorreu na sede do partido em Natal, teve o seguinte resultado: dos 59 votantes, 45 optaram para que o Democratas faça coligação na chapa proporcional, 10 votaram favorável para que a legenda forme uma chapa majoritária, houveram 2 abstenções, 1 voto em branco e 1 voto nulo.
Durante a reunião, o presidente estadual do partido, senador José Agripino, facultou a palavra aos diretorianos. A governadora Rosalba Ciarlini no uso da palavra, fez um balanço da sua administração e expôs o desejo de ser candidata à reeleição. Em seguida, a chefe do executivo se absteve de votar e deixou a reunião na companhia de seus assessores alegando que o encontro do diretório não deveria definir os rumos do partido.
De acordo com o presidente da sigla, o Diretório é o órgão máximo consultivo do partido, formado por “personalidades emblemáticas que traduzem legitimamente a expressão política e a história do Democratas” (ex-PFL). “Meu papel era ouvir o partido, o que fiz aqui hoje. É minha obrigação defender que ele (o partido) sobreviva”, declarou.
Para Agripino, o resultado da votação demonstra claramente o desejo do partido de priorizar o crescimento da legenda, principalmente na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados. “Para a maioria dos membros do Diretório, uma candidatura própria, neste momento, isolaria o partido e dificultaria a eleição de postulantes aos cargos de deputado estadual e federal”, ressaltou o líder do DEM.
A convenção estadual do Democratas já está marcada para o próximo 15 e será realizada na sede do partido na avenida Amintas Barros, 4448, no bairro de Morro Branco, em Natal.

ESCOLA MUNICIPAL TANCREDO NEVES ARRAIÁ TRADIÇÃO DO SERTÃO


ESSE ARRAIÁ TODOS OS ANOS É DE ARREBENTAR DE BOM, A ORGANIZAÇÃO SEMPRE CAPRICHA EM TODOS OS DETALHES...

"COMO DE COSTUME COMPRAREI MINHA MESA NOVAMENTE" .....

PROCESSO DE BETINHO ROSADO ESTÁ PAUTADO PARA JULGAMENTO NESTA QUINTA-FEIRA NO TSE


betinho mossoroenseNa próxima quinta-feira, o Tribunal Superior Eleitoral julgará o processo de infidelidade partidária contra o deputado federal Betinho Rosado, que foi eleito pelo Democratas e migrou para o "PP " Partido Progressista. O relator do caso é o ministro João Otávio Noronha.
Caso Betinho Rosado perca o mandato ele  não poderá ser candidato neste pleito, já que a governadora Rosalba Ciarlini é sua cunhada, configurando parentesco, o que traz impedimento previsto na legislação eleitoral.

Fonte:Panorama Político

WILMA PERDE ESPAÇO EM DIVERSAS CIDADES DO ESTADO




DSC_0168
Quem observou a visita da ex-governadora Wilma de Faria a Macau, na semana passada, estranhou a ausência dos líderes e filiados do PSB na cidade. Wilma desembarcou em Macau sozinha, sem os aliados que tanto foram prestigiados em Governo nas duas gestões, ocupando cargos comissionados.
Tanto na recepção oferecida pelo prefeito Kerginaldo Pinto (PMDB) em um restaurante, quanto no conjunto da Cohab, não foi registrada a presença de nenhum liderado político da ex-governadora.  O PSB em Macau é comandado pelo médico Eduardo Lemos, que foi candidato a prefeito nas eleições de 2012.
 

DO BLOG - ISSO É APENAS O COMEÇO, A REJEIÇÃO DE HENRIQUE VAI REFLETIR SOBRE WILMA DE FARIAS, SÃO MUITOS OS INSATISFEITOS QUANTO A UNIÃO DE WILMA COM HENRIQUE ALVES, TODOS SABEMOS QUE A CANDIDATURA DE HENRIQUE NÃO DECOLOU E ELE PERMANECE CONGELADO...

Após sessão, vereador é mordido por ex-prefeito no interior do RN

O vereador Ubiracy Pascoal (PR), da cidade de Felipe Guerra, foi mordido na testa por um ex-prefeito municipal na manhã desta segunda-feira (2). Segundo Ubiracy, o fato se deu após a sessão plenária na Câmara Municipal. O vereador teve que ser levado para um hospital. Ele registrou boletim de ocorrência contra o adversário político. Felipe Guerra fica a 351 quilômetros de Natal, na região Oeste do Rio Grande do Norte.

"Na sessão desta segunda, eu comentei em plenário o fato de o Tribunal de Contas do Estado (TCE) estar cobrando prestação de contas do período em que ele, por 23 dias, ter sido prefeito interino de Felipe Guerra. Não falei nada de mais. Quando a sessão terminou, já na saída da Câmara, fui agredido com um capacete. Em seguida, ele avançou sobre mim e mordeu a minha testa", falou o vereador Ubiracy Pascoal.

O G1 tentou falar com o ex-prefeito de Felipe Guerra por telefone, mas as ligações não foram atendidas. Segundo Ubiracy, o adversário político foi prefeito interino por 23 dias em 2012 após o então prefeito e o então vice-prefeito terem sido afastados do cargo por decisão judicial. "Foi um período conturbado aqui. Eu apenas reforcei em plenário que esse meu adversário tem que prestar as contas. Nada mais que isso", completou.

Ubiracy Pascoal foi levado para um hospital da cidade vizinha de Apodi, onde também registrou boletim de ocorrência na delegacia de Polícia Civil. "Fui desrespeitado em meu local de trabalho, agredido fisicamente, xingado e ameaçado. Agora quero que ele pague pelo o que fez", concluiu.

Do G1

O DEM de Rosalba não vai perdoar José Agripino Maia

Agripino
Agripino
O veto do DEM a candidatura à reeleição da governadora Rosalba Ciarlini deverá trazer dissabores para o senador José Agripino Maia, para o deputado federal Henrique Eduardo Alves e para o deputado federal Felipe Maia.
A tropa de Rosalba não vai perdoá-los.

Prefeito de Jardim de Piranhas reafirma apoio a Robinson Faria

Robinson e Elídio
Robinson e Elídio
Não é verdade que o prefeito de Jardim de Piranhas, Elídio Queiroz (PSD), pense em mudar seu posicionamento político, para votar no conterrâneo e pré-candidato a vice-governador, deputado federal João Maia (PR).
Elídio continua firme e forte com o pré-candidato ao governo, vice-governador Robinson Faria (PSD). Os adversários locais do prefeito continuam os mesmos em Jardim de Piranhas, ou seja, a família Macaco e parte da família Maia.

Maioria de prefeitos não é indicador de vitória para o governo

Robinson
Robinson
O pré-candidato a governador Robinson Faria (PSD) conta com uma tropa de 22 prefeitos, 19 vice-prefeitos e 191 vereadores no Estado. Um dado considerável partindo da suposição de que numa candidatura para o governo cuja vitória foi de Wilma de Faria, ela contava apenas com 2 prefeitos. E derrotou o adversário que tinha mais de 140 gestores municipais ao seu lado.
Quando o eleitor quer o que é mais importante na eleição é o candidato.
Portanto, barbas de molho!

Palanque triplo de Henrique

Deu na coluna Panorama Político, d’O Globo:
henrique denuncia
Candidato ao governo, o deputado Henrique Alves (PMDB-RN) pode abrir seu palanque para os três candidatos ao Planalto. Esses dias recebeu Eduardo Campos, porque o PSB é seu aliado. O PSDB fechou e o DEM tira do páreo a governadora Rosalba Ciarlini. O senador Agripino Maia (DEM) conta com Alves, que apoia Dilma, para posar ao lado do seu presidenciável, o tucano Aécio Neves.

Ex-prefeito de Jucurutu diz que Henrique está de “sapato alto”

sola sapatoO ex-prefeito de Jucurutu Junior Queiroz procurou recentemente a sede do PMDB em Natal para uma conversa com o ministro da Previdência Garibaldi Alves Filho.
Por causa de outros compromissos não sobrou tempo para Garibaldi receber Junior que chegou de surpresa e sem marcar horário.
Queiroz deixou a sede do PMDB “meio que irritado” dizendo que não votaria em Walter Alves para deputado federal e iria apoiar um “forasteiro” para mostrar o seu “potencial político no município”.
De quebra ainda deixou dito que o pré-candidato a governador Henrique Eduardo Alves estava “usando sapato alto” e que tivesse cuidado.
Junior é rosalbista de carteirinha. O que ele queria mesmo na sede do PMDB?

Rosalba: Convenção é quem vai decidir minha candidatura

Rosa 74798
A governadora Rosalba Ciarlini externou na manhã de hoje, momentos antes de encontrar-se com o senador José Agripino, presidente nacional do DEM, que independentemente do resultado da reunião com integrantes do Diretório Estadual do partido, que levará a decisão de ser candidata ou não à reeleição, para a convenção do Democratas que ocorrerá no próximo dia 15. “A minha expectativa é de união, mas se não tivermos êxito a convenção é quem decidirá”, disse a governadora.

Situação de deputado estaduais do PSD continua delicada

gesane jose dias
PSD, PT e PCdoB estão encaminhando suas coligações na chapa majoritária e proporcional, mas ainda certas situações a se resolver. Os deputados estaduais do PSD, José Dias e Gesane Marinho, afirmam que terão dificuldades, já que os petistas não se coligaram na disputa pela Assembleia Legislativa.