19 de jun de 2012

CONVENÇÔES MUNICIPAIS



O QUE ESTÁ SE COMENTANDO NA CIDADE DE UMARIZAL DESDE DO ULTIMO SÁBADO , É A AUSÊNCIA DE VARIAS LIDERANÇAS NA CONVENÇÃO DA PRÉ CANDIDATA A PREFEITA ELIJANE PAIVA DO PR.
O PRESIDENTE DO PARTIDO O DEPUTADO FEDERAL JOÃO MAIA NÃO PARTICIPOU DO EVENTO, E É POR QUE PR E DEM ESTÃO BEM AFINADOS EM NÍVEL ESTADUAL .

O DEPUTADO FEDERAL HENRIQUE ALVES TAMBÉM NÃO PRESTIGIOU O EVENTO, DA A ENTENDER QUE EXISTE UMA CERTA RESISTÊNCIA EM ANUNCIAR O APOIO OFICIALMENTE A PRÉ CANDIDATA ELIJANE PAIVA.

“ PR E PMDB “ SÃO OS PRINCIPAIS PARTIDOS DA OPOSIÇÃO, MAIS OS SEUS PRINCIPAIS LIDERES NÃO PARTICIPARAM DA CONVENÇÃO !!!! POR QUE ???????


POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 16:29


Mais de 6 mil políticos que ocupam cargo no serviço público estão inelegíveis, diz TCU

Destaque da Agência Brasil:

Mais de 6 mil políticos que ocupam algum cargo de gestão no serviço público já estão inelegíveis por oito anos a contar das eleições municipais de outubro. Essas pessoas tiveram suas contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e, por isso, serão atingidos pela Lei da Ficha Limpa.

A informação é do presidente do TCU, Benjamim Zymler, que hoje entrega a lista completa dos gestores, às 17 horas, à presidenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Cármen Lúcia. “Este é um momento muito importante porque dá consequência concreta ao julgamento das contas irregulares do TCU”, destacou o presidente do tribunal.

Zymler acrescentou que além da punição por multas e quitação dos débitos pendentes por causa de má gestão de recursos públicos, essas pessoas estarão inelegíveis. O ministro lembrou que todos os gestores tiveram suas contas julgadas em caráter definitivo, prerrogativa para que uma pessoa seja enquadrada na Lei da Ficha Limpa.

“Realmente essa é uma consequência importante, e muito bem-vinda a possibilidade de tornar inelegíveis aqueles que não souberam lidar com o dinheiro público de forma adequada”, ressaltou Benjamim Zymler. O presidente do TCU lembrou que esses gestores tiveram direito, até a última instância, à ampla defesa.

TRE divulga eleitorado apto a votar em 07 de outubro!





O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte - TRE - divulgou os últimos números do eleitorado apto a votar nas próximas eleições de outubro 2012, no Rio Grande do Norte. São mais de 2,35 milhões de pessoas, exatos 2.350.355. Os números, atualizados, referem-se ao mais recente cadastramento de eleitores, registrados até o mês de maio de 2012.

18 TCU entregará amanhã à Justiça Eleitoral lista dos que poderão ser inelegíveis

O Tribunal de Contas da União (TCU) entregará amanhã à Justiça Eleitoral a lista de responsáveis que tiveram contas julgadas irregulares pelo tribunal. O presidente do TCU, ministro Benjamin Zymler, apresentará o documento à presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra do Supremo Tribunal Federal Cármen Lúcia Antunes Rocha, às 17h.

A lista deve ser encaminhada pelo TCU à justiça nos anos eleitorais até 5 de julho. Consiste na relação de pessoas físicas que tiveram contas julgadas irregulares por decisão válida contra a qual não caiba mais recurso. As informações subsidiam a declaração de inelegibilidade, feita pela Justiça Eleitoral. O período considerado para a elaboração da lista são os oito anos imediatamente anteriores à realização de cada eleição.

Em 2012, o primeiro turno das eleições será no dia 7 de outubro e a lista elaborada pelo TCU deverá conter todos os responsáveis que se enquadrem nos critérios legais desde 7 de outubro de 2004. A lista será atualizada diariamente.

Deputados Federais articulam reajuste de 25% em verba de gabinete

Destaque do Estadão:

A Câmara dos Deputados articula um reajuste de 25% para verba para gastos dos deputados. Hoje, cada parlamentar tem direito a R$ 60 mil por mês para custos de gabinete. A cúpula da Casa negocia que o valor vá para R$ 75 mil, o que acarretaria em um adicional de R$ 92,3 milhões ao ano.

Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, a justificativa é que os salários estão congelados por 4 anos. Os deputados pressionam ainda pelo aumento da cota voltada a gastos com divulgação, consultoria e combustíveis, que vai de R$ 23 mil a R$ 33,5 mil.

Cada deputado pode ter até 25 funcionários por gabinete, mas fisicamente em Brasília ficam somente 5. O restante fica distribuído nos Estados.

Os deputados vêm pressionando o presidente Marco Maia a por em pauta o reajuste, já que essa foi uma das bandeiras que, segundo a reportagem, o elegeu para o comando da Casa.

O último reajuste foi feito em 2008, quando passou de R$ 50,8 mil, fixado três anos antes, para os atuais R$ 60 mil. Os salários dos assessores dos deputados variam de R$ 664 a R$ 6,2 mil, além de auxílio-alimentação de R$ 741.