16 de jan de 2012

Deputado critica “reciprocidade” do Governo a aliados


Um dos apoiadores da campanha da então candidata Rosalba Ciarlini (DEM) ao Governo do Estado, o deputado Federal Fábio Faria (PSD) externou sua insatisfação com a “reciprocidade” do Governo.

No twitter, Faria escreveu que “os que apoiaram recebem um tratamento de adversário e os que votaram contra recebem o tratamento de aliado”. Mesmo que a postagem um pouco confusa, Fábio cita como exemplo o prefeito de Assu.

O parlamentar argumentou que “enquanto Ivan Jr foi um dos maiores apoiadores da campanha no Vale do Assu, esta agora tendo que dividir os espaços em Assu com o adversário que votou em Iberê (Ferreira, ex-governador e que disputou a eleição com Rosalba Ciarlini).

Para completar sua crítica, ele postou a seguinte mensagem no twitter: “Vote a favor que você vai ser tratado com oposição.. Vote contra que você terá tratamento aliado”.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 15:41

Posse de secretários tem horário alterado

A governadora Rosalba Ciarlini (dem) antecipou para as 11h30 desta segunda-feira (16), a posse dos secretários Fábio Hollanda (Justiça e Cidadania) e Alber Nóbrega (Administração e Recursos Humanos).

A solenidade acontecerá na Governadoria.

Rosalba viajará às 13h a Caicó, onde participará das últimas homenagens ao ex-prefeito da cidade, Manoel Torres, que será sepultado no Cemitério Campo Jorge às 16h, horário para o qual estava marcada anteriormente a solenidade de posse.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 11:05

DEP. JOÃO MAIA CUMPRE AGENDA NO INTERIOR!


O deputado federal João Maia (PR) cumpriu agenda nesta sexta-feira (13) em Apodi. Ao lado da governadora Rosalba Ciarlini e do senador José Agripino, ambos do DEM ele participou de compromissos oficiais do governo, mas antes se reuniu com alguns de seus aliados, dentre eles o presidente da Câmara Municipal, José Evangelista (PR). Líderes locais do DEM, como Batista e integrantes da família Freire também participaram da reunião, que ainda contou com a presença do senador Agripino.
Evangelista aproveitou a ocasião para reafirmar a João Maia que a posição do PR de Apodi continua sendo viabilizar a pré-candidatura a prefeito, do médico José Pinheiro (PR), que já governou os destinos da cidade. João Maia deixou claro que apoiará qualquer decisão do diretório, e aproveitou para convidar o DEM a somar-se ao projeto.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 10:57

MUITA ATENÇÃO NA HORA DE VOTAR!

A eleição está se aproximando e com ela a imensa quantidade de candidatos em busca de votos. são candidatos para todos os gostos. EM NOSSA REGIÃO existem alguns "POLÍTICOS" querendo ludibriar seu voto para colocá-los no poder. Em algumas cidades do Potengi, tem MUITOS pré-candidatos que irão disputar os cargos de vereador e prefeito, muitos almejam projetarem sua reeleição fazendo promessas para tentar enganar você, caro eleitor.


O BLOG COMENTA:


Será que Eles são comprometidos com o progresso da cidade e das pessoas que aqui vivem? Vale a pena votar em quem não trabalha e não tem compromisso com o seu mandato? Que prometem coisas que não podem cumprir? Já falamos isso várias vezes neste blog, não vote em candidato que só quer tirar proveito do mandato para mudar de vida, são quatro anos, e quatro anos é muito tempo para consertar o seu voto perdido. Lembre-se, um voto errado compromete toda uma geração.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 09:13

PR adere ao governo oficialmente


Em 2002, quando deixou de lado boa parte dos seus negócios para abraçar uma carreira política, o deputado federal João Maia só tinha um propósito: ser o sucessor de Wilma de Faria.

Para alcançar o objetivo, ele montou um partido [PR], virou secretário de estado [Desenvolvimento Econômico] e elegeu-se deputado federal por dois mandatos consecutivos.

Economista experiente e empresário tarimbado, não demorou muito para João Maia ser uma das referências econômicas do Estado e promessa para cargos majoritários.

Tudo parecia caminhar bem, mas os sucessivos escândalos no DNIT [ Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes], sob seu comando político no Rio Grande do Norte, e as denúncias envolvendo a cúpula do PR no Ministério dos Transportes adiaram a concretização do sonho majoritário.

Há quem diga que João Maia inviabilizou-se para disputas de governo e do Senado. Não é bem assim. O caminho ficou mais tortuoso, é verdade. Mas inviável, não.

Pragmático, João Maia mudou a estratégia e aderiu ao governo do DEM no Rio Grande do Norte para terraplenar novas estradas que lhe possibilitem manter o sonho de governar o Estado.

Fala-se muito que a aliança com o Democratas, em curso, deve-se ao interesse de João Maia na vaga de vice de Rosalba Ciarlini numa eventual chapa de reeleição, já que Robinson Faria foi defenestrado.

João quer ser o Iberê de Rosalba, vice do segundo mandato e candidato natural do grupo governista à reeleição. É bem provável. O primo José Agripino Maia parece dar aval ao plano do líder do PR. Mas um prócer do DEM me dizia esta semana que acordo político tem tempo de validade. De curto prazo.

O novo projeto de João Maia depende das acomodações políticas nas eleições municipais deste ano e dos fatos oriundos do Ministério Público Federal e dos órgãos de fiscalização da União.

O PR embarca oficialmente no governo com a nomeação do advogado Fábio Hollanda, dirigente do partido em Natal, para o cargo de Secretário de Estado da Justiça e Cidadania. Outros espaços virão, certamente.

Fonte: nominuto.com

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 08:59