18 de fev de 2016

FPM: Segundo decêndio de fevereiro terá crescimento nominal de 25,49%


O repasse referente ao segundo decêndio de fevereiro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) será creditado nas contas das prefeituras brasileiras na próxima sexta-feira, 19 de fevereiro.
O montante distribuído será de R$ 522.863.951,19, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, isto é, incluindo a retenção do Fundeb, o repasse será de R$ 653.579.938,99.

Em comparação com o segundo decêndio de fevereiro de 2015, o presente decêndio teve um crescimento de 14,74%, em termos brutos e reais. Se levado em conta o valor nominal dos repasses, isto é, desconsiderando as consequências da inflação, observa-se um crescimento de 25,49%.

Acumulado do Ano - No acumulado de 2016, o FPM soma R$ 13,972 bilhões, enquanto que, no mesmo período do ano anterior, o acumulado ficou em R$ 14,310 bilhões. Em termos nominais, o somatório dos repasses caiu 2,36%, o que caracteriza uma redução nos valores efetivamente repassados. Considerando os efeitos danosos da inflação, o fundo acumulado em 2016 tem queda bem mais expressiva: 11,34% menor do que o mesmo período do ano anterior.

No relatório de 11 de fevereiro, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) apresentou a previsão de R$ 1.632.295.600 para o repasse referente ao terceiro decêndio de fevereiro. Isso representa uma expectativa de crescimento de 1,01%, em relação ao mesmo período do ano anterior por parte da STN. Para março e abril, a STN espera crescimentos nominais de 6,1% e 11,1%, respectivamente.

* Notícias de São Miguel

A luta contra o mosquito continua, sábado dia (20) vamos pegar piabas no açude da baixa para distribuir para toda a população...


A luta contra o mosquito continua, sábado dia (20) vamos pegar piabas no açude da baixa para distribuir para toda a população...

Ontem à tarde lendo uma matéria em um blog da cidade de Acari, percebi que a criação de piabas em reservatórios de água tem acabado com as larvas do mosquito causador da dengue e outras doenças.

Por isso em contato com vários amigos e com o locutor Jatão, resolvemos marcar para o próximo sábado dia 20, uma verdadeira pesca de piabas no açude da baixa, temos o intuito de pegar essas piabas e fazer a doação para tosa a população de Umarizal.


Se cada um fazer sua parte, juntos poderemos vencer essa guerra.....

Tem lobo na pele de cordeiro na sucessão municipal em Umarizal. Acredite


Filho de Eduardo Campos inicia caminhada na vida pública


joao_campos
Ao assumir a chefia de gabinete do governador Paulo Câmara (PSB), o jovem João Campos, provável herdeiro do espólio Arraes, dá o start da sua vida pública da mesma forma do pai, o governador Eduardo Campos, que foi ocupou a função no segundo mandato do avô Miguel Arraes. O governador fez uma acertada escolha. Habilidoso e jeitoso, João tem futuro na política.

Congresso promulga hoje emenda que abre janela para troca de partidos

O Congresso Nacional promulga hoje (18) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 182/2007 que abre espaço para que os candidatos às eleições deste ano, que exercem mandatos de deputados ou vereadores, mudem de legenda.
A emenda abre a chamada janela partidária, um período de 30 dias após sua promulgação para que os deputados federais mudem de partido sem que haja punição por parte da Justiça Eleitoral e “sem prejuízo do mandato, não sendo essa desfiliação considerada para fins de distribuição dos recursos do Fundo Partidário e de acesso gratuito ao tempo de rádio e televisão”.

A PEC, aprovada em 2015, altera a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de 2008, que entende que os parlamentares que mudassem de partido sem justificativa perderiam o mandato, pertencente à legenda.

Smartphone mais barato do mundo é lançado na Índia


251
Chegou  às prateleiras das lojas indianas o smartphone Freedom 251, chamado de a “maior revolução na indústria de telecomunicações” pela empresa Ringing Bells, responsável por seu desenvolvimento e produção. O preço do celular deve ficar abaixo de 4 dólares, ou seja, menos de 20 reais. A companhia indiana foi fundada no ano passado e foca na produção de smartphones acessíveis com a ajuda da campanha governamental Made in India, que visa fomentar os investimentos no país.