6 de fev de 2016

Prefeito de Caicó pode ser afastado caso não repasse duodécimos integrais à Câmara

O procurador jurídico da Câmara Municipal de Caicó, Síldilon Maia, impetrou ação de improbidade contra o prefeito Roberto Germano junto ao Tribunal de Justiça. A alegação é de que Roberto não repassou o duodécimo integral ao Poder Legislativo. Em dezembro, RG teria retido R$ 3 mil e janeiro, R$ 95 mil.
O desembargador Virgílio Macedo, do TJRN, acabou de conceder liminar em favor da Câmara Municipal de Caicó, determinando que o prefeito Roberto Germano repasse os duodécimos de forma integral. A decisão foi publicada no Diário Oficial da Justiça Eletrônico e pode implicar, caso não seja cumprida a determinação judicial, no “afastamento do cargo para eventuais e futuros descontos”.
prefeito_decisao

Preso, Delcídio continua sendo ‘líder’ de Dilma


delcidio_liderPreso há dois meses e 12 dias por ordem do Supremo Tribunal Federal, Delcídio Amaral continua sendo o líder do governo Dilma Rousseff no Senado. A presidente não indicou um substituto. Tampouco preocupou-se em formalizar a destituição do encarcerado. Nos registros internos e no site do Senado, Delcídio ainda ocupa o posto de líder do conglomerado governista.
A demora de Dilma em escolher um substituto para Delcídio já lhe rende críticas. “Em política, não convém confiar em ninguém com mais de 30”, ironiza em privado um senador do PDT. “Não convém confiar sobretudo em alguém com mais de 30 dias de cadeia”.


Por Josias de Souza