5 de jun de 2012

Fim da discussão: partidos aliados de Larissa Rosado definem Josivan Barbosa como candidato a vice na chapa do PSB

Fim da discussão. Os 13 partidos que apóiam a pré-candidatura da deputada estadual Larissa Rosado (PSB) definiram que o reitor da Universidade Federal do Semiárido Josivan Barbosa (PT) será o candidato a vice na chapa.

A reunião ocorreu há poucos instantes. Com isso, o cenário eleitoral em Mossoró está fechado: Cláudia Regina (DEM) e Wellington Filho (PMDB) contra Larissa Rosado (PSB) e Josivan Barbosa (PT).

Cláudia Regina com o apoio da governadora Rosalba, do senador José Agripino, do deputado federal Henrique Eduardo Alves e do ministro Garibaldi Filho.






Larissa Rosado tendo no palanque a deputada federal Sandra Rosado, o vice-governador Robinson Faria, a ex-governadora Wilma de Faria e a deputada federal Fátima Bezerra.

fonte: panorama politico

CALENDÁRIO ELEITORAL – ELEIÇÕES 2012

JUNHO - TERÇA-FEIRA, 5.6.2012

1. Último dia para a Justiça Eleitoral enviar aos partidos políticos, na respectiva circunscrição, a relação de todos os devedores de multa eleitoral, a qual embasará a expedição das certidões de quitação eleitoral (Lei nº 9.504/1997, art. 11, § 9º).

JUNHO - DOMINGO, 10.6.2012

1. Data a partir da qual é permitida a realização de convenções destinadas a deliberar sobre coligações e escolher candidatos a prefeito, a vice-prefeito e a vereador (Lei nº 9.504/1997, art. 8º, caput).

2. Data a partir da qual é vedado às emissoras de rádio e de televisão transmitir programa apresentado ou comentado por candidato escolhido em convenção (Lei nº 9.504/1997, art. 45, § 1º).

3. Data a partir da qual os feitos eleitorais terão prioridade para a participação do Ministério Público e dos juízes de todas as justiças e instâncias, ressalvados os processos de habeas corpus e mandado de segurança (Lei nº 9.504/1997, art. 94, caput).

4. Início do período para nomeação dos membros das mesas receptoras para o primeiro e eventual segundo turnos de votação (Resolução nº 21.726/2004).

5. Último dia para fixação, por lei, dos limites de gastos de campanha para os cargos em disputa, observadas as peculiaridades locais (Lei nº 9.504/1997, art. 17-A).

6. Data a partir da qual é assegurado o exercício do direito de resposta ao candidato, ao partido político ou à coligação atingidos, ainda que de forma indireta, por conceito, imagem ou afirmação caluniosa, difamatória, injuriosa ou sabidamente inverídica, difundidas por qualquer veículo de comunicação social (Lei nº 9.504/1997, art. 58, caput).

7. Data a partir da qual é permitida a formalização de contratos que gerem despesas e gastos com a instalação física de comitês financeiros de candidatos e de partidos políticos, desde que só haja o efetivo desembolso financeiro após a obtenção do número de registro de CNPJ do candidato ou do comitê financeiro e a abertura de conta bancária específica para a movimentação financeira de campanha e emissão de recibos eleitorais.

8. Data a partir da qual, observada a realização da convenção partidária, até a apuração final da eleição, não poderão servir como juízes eleitorais nos tribunais regionais, ou como juiz eleitoral, o cônjuge ou companheiro, parente consanguíneo ou afim, até o segundo grau, de candidato a cargo eletivo registrado na circunscrição (Código Eleitoral, art. 14, § 3º).

JUNHO - SEGUNDA-FEIRA, 11.6.2012

1. Data a partir da qual, se não fixado por lei, caberá a cada partido político fixar o limite de gastos de campanha para os cargos em disputa e comunicá-lo, no pedido de registro de seus candidatos, à Justiça Eleitoral, que dará a essas informações ampla publicidade (Lei nº 9.504/1997, art. 17-A).

JUNHO - SÁBADO, 30.6.2012

1. Último dia para a realização de convenções destinadas a deliberar sobre coligações e escolher candidatos a prefeito, a vice-prefeito e a vereador (Lei nº 9.504/1997, art. 8º, caput).


FONTE: TRE/RN

“Rosalba é uma das piores gestões que o RN já teve”



Fátima Bezerra04

"O governo do DEM no Rio Grande do Norte é um fracasso", define a deputada federal Fátima Bezerra (PT), abordada sobre a gestão da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) nestes 500 dias de governo. A avaliação da petista é dura. Simplesmente, afirma que o governo não tem projeto. "Infelizmente, é uma das piores gestões que o RN já teve", diz, classificando o governo de "autoritário, centralizador e incompetente". Para Fátima Bezerra, "a frustração está em todo o Estado, em todos os setores", afirma e constata: "É o que pode ser observado nas pesquisas de opinião", afirma.
"Estamos caminhando para a metade do mandato de Rosalba e não conseguimos enxergar nada de novo, pois um governo que vive no passado, olhando pelo retrovisor, não tem a menor condição de avançar. O feito do DEM, até agora, foi conseguir a façanha de desmantelar o que antes funcionava no Estado", afirmou a petista.

Segundo ela, ao descumprir promessas de campanha, a governadora frustrou as expectativas da população. Ela disse que os programas do governo federal foram desrespeitados pela gestão democrata. Além disso, acusou Rosalba de falhar ao não construir os acessos do novo aeroporto. "Para um governo com o slogan 'fazer acontecer' é no mínimo estranho que sequer os projetos idealizados pelo governo anterior, realizados com recursos oriundos do governo federal, avançaram. Exemplos disso são os acessos ao Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, a duplicação e manutenção de estradas, obras de infraestrutura hídricas e os parques eólicos", afirma a petista.

Segundo a deputada do PT, administrativamente, o governo Rosalba é "um caos"; politicamente, é conservador e autoritário. "Como exemplo disso basta citar a postura da governadora no enfrentamento da greve dos servidores públicos", recorda, fazendo menção ao descumprimento dos planos de cargos e salários e a dura repressão aos funcionários que lutam por seus direitos.

A falta de secretários nas principais secretarias estaduais também é vista com ressalvas pela petista, que aponta o setor de saúde como o mais preocupante. Ela também critica a imagem negativa do RN fora do estado. "A gestão agoniza, o RN ficou meses sem secretários em áreas estratégicas como segurança pública. A saúde continua sem gestor num momento em que a assistência à população vai chegando ao fundo do poço. O RN tem sido notícia frequente na mídia nacional devido a toda essa crise na saúde", observou.

“Governo promove arrocho salarial violento e desmonte da máquina”
No tocante ao estilo de governar, Fátima Bezerra considera a prática de Rosalba desrespeitosa e diz que sua gestão é avessa ao diálogo. "O funcionalismo estadual vive a base de água e sal. Lamentação e descontentamento, é o que sente os servidores diante desse governo que tem se mostrado avesso ao diálogo, tratando o funcionalismo de forma desrespeitosa não cumprindo os acordos firmados com diversas categorias", diz.

Ao sinalizar para a terceirização dos serviços públicos, o governo parte para o que a deputada classifica como "desmonte cruel" da máquina pública. "O governo promove um arrocho salarial violento em cima do funcionalismo, avança em direção ao desmonte cruel da máquina pública com o projeto de lei que preconiza a privatização dos serviços públicos numa demonstração clara do desmonte da máquina".

Por fim, Fátima diz que o governo Rosalba reza na cartilha do DEM e dos aliados PSDB e PPS, por isso que "está igualzinho à oposição no plano nacional. Perdido, sem rumo, sem plano, sem projeto". A deputada conclui afirmando o seguinte: "O que dói é que quem arca com as consequências é a população que não merece um tratamento deste", finalizou.

Deu no Jornal de Hoje

1 VOTO : ‘Não sei quem votou em mim’, diz manicure eleita com apenas um voto

Sirlei Brisida deve assumir o cargo de vereadora de Medianeira, no Paraná.
Sete outros suplentes mudaram de partido e não puderam ser chamados.





Sirlei Brisida deve assumir o cargo de vereadora de Medianeira com apenas um voto
(Foto: Cassiane Seghatti/G1)

A manicure Sirlei Brisida não imaginava passar pela experiência de ser a mais nova vereadora de Medianeira, a 50 km de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Ela recebeu apenas um voto nas eleições de 2008. Separada e com dois filhos, ela garante que ninguém da família votou nela. "Não sei quem votou em mim, só sei que o voto não foi meu", brinca. "O dia que me avisaram que eu assumiria o cargo eu não vou esquecer tão fácil. Não sabia se corria, se gritava. Foi uma surpresa muito grande, mas fiquei feliz", contou em entrevista ao G1 nesta sexta-feira (1º).
Sirlei é filiada ao PPS e é suplente do vereador Edir Josmar Moreira (PSDB), conhecido na cidade como Nenê. Ele teve o mandato cassado por infidelidade partidária, pois foi eleito pelo PPS e decidiu mudar de partido. Ivonei José Paludo (430 Votos), Abrão de Freitas (357 Votos), Ildo Conrath (341 Votos), Douglas de Almeida (270 Votos), Kleber Gonçalves (180 Votos), Jurema Ferreira França (155 Votos), João Wilmar Hitlesheinn (90 Votos) também mudaram de partido e perderam a chance de assumir.
saiba mais

* Candidata que recebeu um voto deve assumir cargo de vereadora


Brisida filiou-se ao PPS em 2008. A pedido de um vizinho, que na época era presidente do partido, decidiu se candidatar como vereadora do município. “Eu sempre gostei de política. Desde 1996 eu já fazia campanhas, participava de comícios. Gostava de estar envolvida”. Contudo, devido a um problema de saúde, resolveu não fazer campanha, pois achava que não iria se eleger. “Me candidatei, mas nunca procurei saber de nada”. Como vereadora ela vai receber um salário bruto de R$ 3.700 com os benefícios. A renda mensal atual não passa de um salário mínimo.

A notificação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) chegou à Câmara de Vereadores de Medianeira na segunda-feira (28). De acordo com o presidente da Câmara, vereador Jean Bogoni, a Justiça deu prazo de dez dias para fazer a convocação. “Eu vou convocá-la na terça-feira (05), no máximo”, garantiu o vereador. Depois disso, Brisida tem cinco dias para levar toda a documentação exigida. Se aprovado, deve tomar posse na segunda-feira (11).

Prioridades
A mais nova vereadora de Medianeira, com 41.830 mil habitantes, disse que vai assumir ao novo cargo. Pretende dar prioridade à saúde e à educação. “Vou tentar fazer o melhor por Medianeira. É uma oportunidade que veio né? Vou abrir mão da minha profissão de manicure, que gosto tanto, mas será por pouco tempo”, argumenta.

Brisida contou que ainda não sabe se pretende se candidatar para as eleições deste ano. “Foi tudo rápido. Não esperava que fosse dar toda essa repercussão. Ainda estou confusa e não sei se quero continuar no ano que vem como vereadora”, explica.

DO G1.COM

NOTA DO BLOG - ESSE CASO,DEIXA BEM CLARO QUE POR UM VOTO VOÇÊ PODE PERDE UMA ELEIÇÃO , ENTÃO POLITICOS AQUI DE UMARIZAL TRATEM BEM OS SEUS ELEITORES !!!!!!!!

Juízes da Corte Eleitoral são homenageados em Apodi



Em sessão conjunta das Câmaras Municipais de Apodi, Rodolfo Fernandes, Itáu e Severiano Melo, ocorrida na tarde desta quarta (30), os desembargadores Saraiva Sobrinho e Vivaldo Pinheiro, e os juízes Ricardo Procópio, Nilson Roberto Cavalcanti e Nilo Ferreira, da Corte Eleitoral potiguar, foram agraciados com títulos de cidadania dos municípios reunidos no Fórum Eleitoral de Apodi.

Os desembargadores Saraiva Sobrinho e Vivaldo Pinheiro receberam as homenagens de Itaú, Severiano Melo e Rodolfo Fernandes. Já os juízes Ricardo Procópio e Nilson Roberto Cavalcanti receberam títulos de cidadania de Itaú, Severiano Melo, Rodolfo Fernandes e Apodi. Por fim, o juiz Nilo Ferreira foi agraciado com títulos de cidadania severianense e apodinense. Em sua fala, Ferreira destacou que suas raízes culturais são daquela região: “sou o representante desta terra no TRE/RN."

O juiz Ricardo Procópio, escolhido para falar em nome dos homenageados, citou as belezas naturais e a pujança econômica da região: “Mas hoje ficamos conhecendo Apodi, Itaú, Rodolfo Fernandes e Severiano Melo por uma riqueza maior: a capacidade de tocar o coração das pessoas”, finalizou, emocionado.

A sessão contou com a presença da diretora-geral do TRE/RN, Lígia Limeira, e as homenagens foram entregues pelos presidentes das câmaras Municipais: João Evangelista (Apodi); Marcos Costa (Rodolfo Fernandes); Gildo Pinheiro (Itaú) e Hanni Bruno (Severiano Melo). O vereador João Evangelista destacou que aquela foi a primeira sessão solene conjunta das quatro câmaras.



*Com informações: Tatiana Lima

CPI que une

Cláudio Humberto – do Jornal do Commércio

A candidatura do deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) à presidência da Câmara foi beneficiada pela dobradinha PMDB-PSDB na CPI mista de Cachoeira, que levou à convocação do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), e blindou o do Rio, Sérgio Cabral (PMDB).

Alves tenta garantir apoio na oposição, para se cacifar em 2013, e a surpreendente aliança na CPI pode ter garantido os votos dos tucanos.

Também participaram da articulação PMDB-PSDB na CPI mista de Cachoeira partidos insatisfeitos com o governo: PP, PTB e PR. Além da vice Rose de Freitas (PMDB-ES) e de Inocêncio Oliveira (PP), Henrique Alves poderá disputar o cargo com Márcio França (PSB-SP).

nota do blog - não há um mau que não traga um bem, o deputado federal henrique alves sabe muito bem administrar o seu poder sobre o congresso nacional.

Governadora se reúne hoje para avaliar ações do Comitê de Combate a Seca

A governadora Rosalba Ciarlini se reunirá, no final da tarde de hoje, com os integrantes do Comitê de Combate a Efeitos da Seca. O Rio Grande do Norte está com 139 municípios em estado de emergência devido a falta de chuvas.

Todas as ações da gestão estadual estão sendo coordenadas pelo Comitê. O anúncio mais recente foram obras para construção de adutoras no Alto Oeste potiguar.

Partidos reagem a indicação de Josivan Barbosa como vice de Larissa Rosado

A informação chega do jornal Gazeta do Oeste. Os partidos aliados da deputada estadual Larissa Rosado, pré-candidata a prefeita de Mossoró pelo PSB, estão reagindo a tentativa do PT de colocar Josivan Barbosa como vice na chapa. O PC do B quer indicar a sindicalista Aldeirton Pereira enquanto o PDT decidiu colocar o nome do empresário Rutilo Coelho como opção para composição da chapa.

No entanto, a preferência da deputada Larissa é mesmo pelo vice do PT, no caso Josivan Barbosa. Inclusive, o nome dele já foi homologado em reunião interna do diretório estadual petista.

JOSÉ DIAS: "O MAIOR PRESENTE QUE UMARIZAL GANHOU FOI A UNIÃO ENTRE ROGÉRIO E ADSON".

cenário político de Umarizal se redesenhou nos últimos meses. De oponentes nas eleições para prefeito em 2008, na disputa pela prefeitura da cidade, o ex-prefeito Adson Luis, o deputado estadual José Dias e o prefeito Rogério Fonseca se uniram para as próximas eleições de 2012.

De acordo com o deputado José Dias, que esteve ontem em Umarizal participando da inauguração da praça “João Florêncio de Oliveira”, o maior presente que o povo de Umarizal ganhou foi à união entre o Grupo do prefeito Rogério e o grupo do ex-prefeito Adson Luis.

O cenário político de Umarizal se redesenhou nos últimos meses. De oponentes nas eleições para prefeito em 2008, na disputa pela prefeitura da cidade, o ex-prefeito Adson Luis, o deputado estadual José Dias e o prefeito Rogério Fonseca se uniram para as próximas eleições de 2012.

De acordo com o deputado José Dias, que esteve ontem em Umarizal participando da inauguração da praça “João Florêncio de Oliveira”, o maior presente que o povo de Umarizal ganhou foi à união entre o Grupo do prefeito Rogério e o grupo do ex-prefeito Adson Luis.

“Essa união entre o nosso grupo e o de Rogério é muita boa para o município de Umarizal, tenho certeza que seu João Florêncio ficaria muito feliz em ver que hoje estamos juntos e lutando pelo bem de Umarizal”, comenta José Dias.

Fonte: O Mural de Riacho da Cruz

Confira a entrevista com o novo secretário de Saúde do RN, Isaú Gerino

O que levou o senhor a aceitar ser secretário estadual de Saúde?

Todo homem tem seus desafios e é quando a gente sente que pode produzir mais um pouco. Quando cheguei no Santa Catarina (no Hospital Santa Catarina) estava uma situação deligada; com a ajuda de todos conseguimos melhorar algumas coisas. Atravessamos recentemente dificuldades de abastecimento, mas estamos resolvendo. Conversei com a governadora (Rosalba Ciarlini) na casa dela e essa (o abastecimento) será uma das metas. Fiz algumas reivindicações (para a governadora) e conto com o apoio dela. Pretendo unir as classes sindicais, os conselhos regionais, os conselhos estadual e municipal de saúde. E queremos contar também com a imprensa. Enquanto eu for secretário as portas estarão abertas para imprensa.



Quais foram as reivindicações que o senhor fez a governadora?

A primeira é a autonomia, inclusive administrativa. Vou (para a Secretaria de Saúde) com total autonomia. Não sou político, sou técnico. Preciso de autonomia. Não gostaria que houve qualquer tipo de ingerência política. Quero trabalhar como técnico. Quero responder a altura da confiança que está sendo depositada em mim. Há percalços, mas se todo mundo der as mãos vamos conseguir. Precisamos melhorar o atendimento humanizado ao usuário. Próxima semana irei a Brasília para conhecer os meandros do Ministério. Terei reunião com o ministro da Saúde (Alexandre Padilha). Vamos buscar alternativa para melhorar o padrão dos hospitais, os equipamentos. Nesse trabalho quero também ter respaldo permanente dela (da governadora). Esse respaldo será usado para buscar junto ao setor Financeiro, ao Planejamento, o melhor entendimento para conseguirmos viabilizar um bom trabalho. O desafio é grande, mas, se Deus quiser,não serei eu um secretário de saúde, seremos a família da saúde. O meu partido é o partido da saúde.

Um dos principais problemas da saúde está concentrado no Hospital Walfredo Gurgel, que até sem diretor geral está há mais de dois meses.

Está sendo mais difícil viabilizar uma direção para o hospital (Walfredo Gurgel) do que o próprio secretário de Saúde. Mas a gente vai buscar alternativas, junto com a classe de profissionais que lá trabalham, não apenas com os médicos. Vamos buscar, de mãos dadas, uma pessoa que possa conduzir os trabalhos no Hospital Walfredo Gurgel. Hoje há uma grande sobrecarga no hospita. Precisamos do aumento de leitos, precisamos viabilizar também o hospital de trauma que é uma promessa de campanha da governadora. É necessário também aumentar o número de leitos nas UTIs.

FONTE: PANORAMA POLITICO

TCE cobra de 68 Câmaras atas das sessões que julgaram as contas dos municípios de 2000 a 2010

O Presidente da Primeira Câmara do Tribunal de Contas, conselheiro Carlos Thompson Costa Fernandes está cobrando dos presidentes das Câmaras Municipais a remessa de cópias das atas de julgamento, acompanhadas das correspondentes atas das sessões, relativas às Contas Anuais do Município, que tenham recebido parecer prévio do TCE e sido submetidas a julgamento da respectiva Casa Legislativa, concernente aos exercícios de 2000 a 2010.

O conselheiro informou que a cobrança se deve a falta de atendimento por partes de 68 Câmaras Municipais. Ele alerta que o Órgão de Contas estabeleceu um prazo de 10 dias, a partir do recebimento do comunicado enviado pelo Tribunal, na data de 27 de fevereiro de 2012, para a remessa da documentação. Entretanto, 68 Câmara Municipais estão devedoras de documentos ou com atas de alguns exercícios pendentes.

Diante da inadimplência foi concedido um novo prazo, improrrogável de cinco dias, para o envio dos documentos requisitados.

Carlos Thompson esclarece ainda que, no caso de o Poder Legislativo persistir inerte, sem remeter a documentação, o TCE irá comunicar a omissão ao Ministério Público Estadual, bem como ao Ministério Público Eleitoral para adoção das providências cabíveis no âmbito de suas competências.

Relação das Câmaras Municipais que estão inadimplentes ou faltando documentação:



1. Antônio Martins

2. Areia Branca

3. Assu

4. Baía Formosa

5. Barcelona

6. Bento Fernandes

7. Boa Saúde

8. Bodó

9. Bom Jesus

10. Campo Grande

11. Caraúbas

12. Carnaubais

13. Coronel Ezequiel

14. Coronel João Pessoa

15. Doutor Severiano

16. Encanto

17. Equador

18. Felipe Guerra

19. Galinhos

20. Grossos

21. Guamaré

22. Ipanguaçú

23. Itajá

24. Jaçanã

25. Jandaíra

26. Janduis

27. João Câmara

28. Lagoa Dantas

29. Lagoa de Pedras

30. Lajes Pintada

31. Luís Gomes

32. Macaíba

33. Major Sales

34. Martins

35. Maxaranguape

36. Montanhas

37. Mossoró

38. Paraná

39. Paraú

40. Parnamirim

41. Passagem

42. Patú

43. Pedra Preta

44. Pendências

45. Poço Branco

46. Porto do Mangue

47. Pureza

48. Rio do Fogo

49. Santa Maria

50. São Bento do Norte

51. São Bento do Trairí

52. São José de Campestre

53. São José do Seridó

54. São Miguel

55. São Miguel do Gostoso

56. Senador Eloi de Souza

57. Serra Caiada

58. Serra de São Bento

59. Serra Negra do Norte

60. Serrinha

61. Severiano Melo

62. Tibau

63. Tibau do Sul

64. Touros

65. Várzea

66. Vera Cruz

67. Viçosa

68. Vila Flor