5 de nov de 2014

UMARIZAL A CIDADE QUE ESTÁ QUASE FALIDA....





Aqui não é matéria do fantástico não, mais é impressionante a que ponto o poder executivo perdeu o total controle de sua administração.

1.       A firma de limpeza urbana do município já acumula mais de dois meses de atraso com seus funcionários, vale apena lembrar que os garis da cidade de Umarizal já entraram em greve por duas vezes em menos de um ano.

2.       Está faltando merenda escolar nas escolas publicas do município e os alunos estão sendo liberados mais cedo para fazer suas refeições em suas casas.

3.       Salários atrasados já se transformou em piada aqui em nossa cidade, todos os setores estão afetados.

4.       Falta combustível para as maquinas de grande porte da cidade, apenas metade da frota estaria funcionando.

5.       Conselheiros tutelares não querem mais trabalhar por que já são mais de quatro meses em atraso.

6.       Os únicos salários em dia na nossa cidade são os dos vereadores,  por que a até o salario do vice prefeito está em atraso e faz tempo se não me engando já acumula quatro meses....

Ai eu me pergunto por que insistem em defender uma administração que não está dando certo, e que está chegando ao fundo do buraco, agora eu sei por que ainda existe pessoas defendendo essa administração, por que estão fazendo o seu pé de meia e outras querendo é que o prefeito se ferre, isso já pensando nas eleições de 2016.

Aécio diz que brasileiros não toleram mais corrupção e ineficiência

aecio discurso
O senador Aécio Neves (PSDB-MG) iniciou há pouco seu primeiro pronunciamento em Plenário após a disputa das eleições presidenciais. Ele disse que houve uma disputa desigual, com uso do aparato estatal pelo governo, e voltou a se apresentar como uma alternativa na defesa de um estado mais moderno e eficaz.
Como já havia feito nesta terça, Aécio ressaltou que sua candidatura deixou de ser apenas “de um partido político”, para se tornar um movimento maior, que pode ser sentido mesmo depois das eleições nas ruas e nas redes sociais. Segundo ele, os brasileiros não toleram mais a corrupção e a ineficiência que caracterizam o atual governo.

Robinson quer evitar que “ritmo tartaruga” de Rosalba contamine equipe de transição



Robinson quer evitar que “ritmo tartaruga” de Rosalba contamine equipe de transição

robinson rosalba tce











O prazo de cinco dias solicitado pelo secretário chefe do gabinete civil do governo do Estado, Carlos Augusto Rosado, para responder aos ofícios da equipe de transição foi considerado largo demais por integrantes da equipe indicada pelo governador eleito, Robinson Faria (PSD). Embora não haja um prazo definido no decreto 21.955, de 2010, que dispõe sobre a atuação dos órgãos e entidades da administração pública estadual durante o processo de transição governamental, a equipe gostaria de maior agilidade do governo Rosalba Ciarlini (DEM). “Não podemos esperar cinco dias para receber uma informação. Este não é o ritmo de governo que Robinson quer implantar no RN”, reagiu, na tarde de ontem, um dos integrantes da comissão.
Ontem, durante cerca de duas horas, os integrantes do grupo coordenado pelo vice-governador eleito Fábio Dantas (PC do B) traçaram as primeiras atividades da equipe, com divisão de tarefas por setor. Hoje, os membros entregarão os primeiros ofícios com solicitações de informações ao coordenador. Amanhã, essas solicitações serão encaminhadas oficialmente ao Gabinete Civil do governo do Estado, órgão que irá centralizar os pedidos de informações, bem como as respostas, conforme o decreto governamental que regulamenta a transição. “Caso venha a respeitar o prazo divulgado pelo governo, de cinco dias, só teremos essas informações na próxima quarta-feira, uma semana depois. O ideal seria um processo mais ágil. Afinal, hoje em dia, tudo está informatizado e em rede. Não há razão para esse prazo”, completou a fonte, destacando que caberia ao coordenador da equipe, Fabio Dantas, tratar deste tema com o secretário chefe do Gabinete Civil.
Jornal de Hoje

Advogados de Adriano descartam denúncia de tráfico de drogas

Por meio de uma nota da assessoria de imprensa, os advogados do atacante Adriano negaram que ele esteja envolvido com o tráfico de drogas. Segundo a defesa do jogador, os fatos noticiados recentemente se tratam de acontecimentos de 2008, quando Adriano teria sido na verdade uma vítima.
De acordo com os advogados, a moto que estava no nome do jogador e foi registrada no nome da mãe do traficante conhecido como “mica” foi vendida sem autorização de Adriano, que teve sua assinatura falsificada nos documentos da transação. Confira a nota na íntegra:
Por: Dr. Raphael Mattos e Dr. Ary Bergher, advogados
Na qualidade de advogados do senhor Adriano Leite Ribeiro, em razão das últimas notícias vinculadas pela imprensa, esclarecemos que trata-se de fatos ocorridos em 2008, sendo certo que a denúncia oferecida pelo Ministério Público não encontra qualquer respaldo legal/probatório, no inquérito policial. O certo é que o senhor Adriano não foi indiciado na mencionada investigação, havendo claro excesso acusatório.
Neste mesmo episódio, o senhor Adriano foi vítima, em razão da venda da moto que lhe pertencia, por terceira pessoa, sem sua autorização ou consentimento e com o uso de sua assinatura falsificada. Fato inclusive registrado pelo mesmo, junto à delegacia de polícia e apresentado para as autoridades competentes.
Quanto ao pedido de apreensão do passaporte. Trata-se de pleito descabido, sem qualquer fundamento idôneo e que busca violar seu direito constitucional ao trabalho.
A Defesa confia na Justiça, de forma a acreditar que esta acusação será rejeitada de plano.
Rio de Janeiro, 5 de novembro de 2014
Raphael Mattos e Ary Bergher, advogados.

Rosalba tenta tirar dinheiro do Fundo Previdenciário para pagar aposentados

Governo, no entanto, consegue sacar valor do Fundesp para completar folha de pagamento dos servidores

87o78op78o
O Tribunal de Justiça negou o pedido do Governo do Estado e da Direção do Instituto Previdenciário do RN (IPERN) de utilização dos recursos do Fundo Previdenciário para pagamento de aposentados e do pessoal da ativa. A intenção do Executivo era sacar quase R$ 1 bilhão do Fundo, contudo, o desembargador Cláudio Santos, ao indeferir a solicitação, nesta segunda-feira, argumentou que tal saque significaria a compactuar com a “malversação de recursos públicos”.
“A se permitir que os gestores do Estado usem esse valor financeiro de mais de R$ 900 milhões (que necessita, isto sim, receber ainda mais resultados de remuneração e aportes financeiros) estar-se-ia compactuando com verdadeira malversação de recursos que não podem e não devem ser utilizados com outra finalidade, que serviriam como um cheque especial para uso indevido em objetivos nobres, como o é o pagamento dos proventos de aposentadoria, mas que certamente desaguariam em ruinosa catástrofe do sistema previdenciário estadual, desse já combalido erário estadual”, destacou Claudio Santos.
Segundo informações trazidas pela direção do IPERN, autarquia responsável pela gestão previdenciária do Estado do Rio Grande do Norte, a Lei Complementar 308/2005 instituiu dois fundos previdenciários, embora mantendo um regime único. As contribuições dos servidores e do Estado são vinculadas de acordo com a entrada no sistema, ou seja, se antes ou após a entrada em vigor da referida lei.
De acordo com o IPERN, o chamado Fundo Financeiro é o mais antigo, comportando a maior parte dos servidores estaduais, cujas contribuições não são suficientes para cobrir todas as despesas com benefícios previdenciários, gerando um déficit previdenciário para o Tesouro Estadual, que deve arcar com essa diferença. Por outro lado, o Fundo Previdenciário detém provisões além de suas necessidades de curto prazo, registrando inclusive superávit de receitas.
As informações do processo mostram que o Fundo Financeiro tinha um déficit de R$ 1,3 bilhão em agosto de 2014, enquanto o Fundo Previdenciário mantinha um superávit de R$ 871,21 milhões naquela data. Diante desse quadro, o diretor do IPERN requereu autorização para utilizar os recursos do Fundo Previdenciário para cobrir o déficit mensal do Fundo Financeiro, exclusivamente para pagar os benefícios previdenciários referentes aos meses de outubro a dezembro de 2014, incluindo o 13º salário, limitado a R$ 65 milhões por mês.
DECISÃO
Ao analisar os pedidos, o desembargador Claudio Santos indeferiu a autorização para utilização do Fundo Previdenciário, pois “os recursos financeiros, sob poupança, para o pagamento de aposentados, mostram-se como algo ‘sagrado’, a muito custo acumulado, o que poderá comprometer várias gerações de aposentados”, destacou.
O magistrado apontou que a Lei nº 9.717/98 – que dispõe sobre as regras para organização e funcionamento de regimes próprios de previdência social dos servidores públicos – veda explicitamente em seu artigo 6º, inciso V, a utilização de recursos para empréstimos de qualquer natureza. Vedação também prevista pela Lei de Responsabilidade Fiscal, em seu artigo 43.
TJ autoriza Executivo a utilizar Fundesp para pagar folha
Apesar de negar a utilização do Fundo Previdenciário, o desembargador Cláudio Santos autorizou o pedido do Executivo para autorizar a transferência de até R$ 20 milhões do Fundo Estadual de Desenvolvimento do Servidor Público (Fundesp). O motivo apresentado para efetuar o saque foi a já conhecida dificuldade com o pagamento do salário dos servidores públicos – que estão recebendo com atraso desde setembro de 2013.
O Executivo alegou que, na data de 29 de outubro de 2014, as disponibilidades do Tesouro Estadual eram insuficientes para quitar a folha de ativos e inativos, apontando um déficit de R$ 29,60 milhões. E enfatizou a necessidade de acolhimento do pedido, tendo em vista o “inequívoco caráter alimentar da remuneração dos servidores, bem como a ausência de prejuízo para o Fundo Previdenciário e o Fundesp, ante a garantia de recomposição de suas disponibilidades”.
A gestão Rosalba Ciarlini argumentou ainda que não havia previsão para uso no ano corrente dos R$ 19,99 milhões disponíveis para o Fundesp, fundo destinado a ações voltadas à capacitação de servidores públicos e melhoria das condições de trabalho.
É importante lembrar que nesta segunda-feira, durante encontro com o governador eleito Robinson Faria (PSD), Rosalba Ciarlini afirmou que está trabalhando para melhorar a situação financeira do Estado e garantiu que entregará o Executivo em situação financeira melhor que a que encontrou.
“A coordenação da equipe de transição será feita pela Casa Civil e a partir de amanhã já estaremos preparando toda a estrutura para garantir que o novo Governo possa iniciar as suas ações para executar a partir de janeiro. Uma das certezas que nós temos é que passaremos o governo melhor do que encontramos, com projetos como o Sanear RN, RN Sustentável e os planos estadual de educação, saúde e cultura em andamento”AFIRMOU ROSALBA

Após perder para o Senado, PSB quer agora a candidatura de Wilma para a CMN

Parlamentares defendem candidatura da ex-governadora em 2016

8o78o6eeee
Joaquim Pinheiro
Repórter de Política
Vereadores do PSB defendem a candidatura da presidente do partido, Wilma de Faria à vereadora em Natal nas eleições de 2016 como forma de aumentar sua representatividade no Poder Legislativo Municipal através de uma expressiva votação, que segundo o vereador Bispo Francisco de Assis, poderia chegar a 40 ou 50 mil votos, elegendo ainda mais 3 ou 4 candidatos do PSB. O Bispo Francisco de Assis foi um dos integrantes do partido que participaram de uma reunião com Wilma de Faria após o pleito deste ano, oportunidade em que foram feitas análises e reflexões sobre a campanha eleitoral e suas consequências.
“A orientação é unir a bancada e trabalhar para ampliar a representatividade na Câmara Municipal de Natal”, disse o vereador do PSB, que é evangélico da Igreja Universal do Reino de Deus e foi candidato a deputado estadual, mas não conseguiu se eleger, segundo ele, em razão da atual legislação eleitoral que pune candidatos com votações superiores a muitos eleitos, dependendo das coligações efetivadas em cada pleito eleitoral.
NOVO PROJETO POLÍTICO
O vereador do PSB, Bispo Francisco de Assis disse não ter ouvido por parte da presidente do partido Wilma de Faria a confirmação de que seria candidata à vereadora, mas no seu entendimento ela deveria disputar mandato de vereadora para se eleger e ajudar na eleição de 3 ou 4 vereadores, segundo ele, “transformando o PSB na maior bancada da Câmara Municipal de Natal”. Questionado sobre as razões que levaram Wilma de Faria ao insucesso eleitoral para o Senado na última eleição, o Bispo Francisco de Assis preferiu não emitir opinião, limitando-se a dizer que o erro foi a vice-prefeita de Natal não ter disputado o Governo do Estado. “A sorte de Robinson Faria foi Wilma não ter sido candidata à governadora”, observa, acreditando que a presidente do seu partido teria sido eleita porque, segundo ele, “o povo do Rio Grande do Norte queria Wilma governadora”.
Nome de Wilma de Faria foi citado para vereadora em reunião do PSB
Júlia Arruda, também vereadora do PSB, confirma que na reunião com Wilma de Faria foi falada a possibilidade da vice-prefeita de Natal ser candidata à vereadora, entretanto nada confirmado. Segundo a vereadora, a pauta principal do encontro foi a reestruturação do partido a partir de agora com a realização de novas filiações e interiorização do PSB com vistas as eleições de 2016. “No momento Wilma está engajada no seu trabalho na condição de vice-prefeita de Natal”, ressaltou.
Questionada sobre as razões do insucesso eleitoral de Wilma de Faria na disputa para o Senado, Júlia Arruda entende que a eleição foi municipalizada, prejudicando não só a candidata à senadora, mas também o candidato ao Governo do Estado, Henrique Eduardo Alves. Um outro fator considerado pela vereadora Júlia Arruda foi a perda prematura do líder nacional do partido, Eduardo Campos, que segundo ela, abalou profundamente o partido no Brasil inteiro deixando-o fragilizado. “Eduardo Campos era nossa maior referência”, disse a vereadora.
Candidata à reeleição em 2016, a vereadora Júlia Arruda não descarta a possibilidade de um dia ser candidata à prefeita de Natal, entretanto, informa que o seu projeto político é continuar exercendo o seu mandato de vereadora  trabalhando em benefício do povo natalense na elaboração de projetos que venham ao encontro dos anseios da população. “O futuro a Deus pertence, mas estou na política e não posso descartar uma candidatura à prefeita de Natal, o que me honraria muito. Mas, é cedo e vamos esperar pelos acontecimentos dos fatos”, concluiu Júlia Arruda. (JP)

MARTINS/RN:PROGRAMAÇÃO ALUSIVA PELOS 173 DE EMANCIPAÇÃO POLITICA DO MUNICÍPIO



A Prefeitura de Martins por meio das Secretárias de Educação e Turismo lançam a Programação Alusiva aos 173 Anos de Emancipação Política do Município.


Pensando em promover lazer e bem estar para todos os Martinenses, a Prefeitura preparou uma programação voltada à Cultura e Esportes.

Programação:


Sábado – 01/11 a 09/11

*Início da 4ª Copa João Caetano de Queiroz de Futsal;

Sexta-Feira – 07/11

* Dia “D” com a Secretária de Assistência Social, às 8 horas (Rua do Centro de Fisioterapia – lateral da Prefeitura) – Confecção de Carteira de Trabalho e CPF;


* Festival de Teatro – Grupo de Teatro Cia. Cultuarte (Martins) e PoukaRoupa (Martins), às 15 horas na Praça Jocelyn Villar – Indústria do Conhecimento;

* Apresentação de Violeiros – Praça Almino Afonso, às 20 horas;

Sábado – 08/11

* Caminhada Ecológica – Praça Almino Afonso até a Casa de Pedra, às 7 horas da manhã;


* Diplomação dos membros da ALAM – Hotel Serrano, às 19 horas;

Domingo – 09/11

* Passeio Ciclístico – Início (Praça Almino Afonso), às 7 horas da manhã;

* Sarau Poético – Mercado Público, às 19 horas;

Segunda-Feira – 10/11

* Alvorada – Centro da Cidade, às 5 horas da manhã;

* Desfile Cívico das Escolas Estaduais e Municipais – Centro da Cidade, às 9 horas da manhã;

* Apresentação da Banda Marcial Eliel Nunes Rodrigues, IFPB - Praça Almino Afonso, às 9h30min;

* Missa festiva pelos 173 anos de Emancipação Política – Igreja Matriz, às 19 horas;

* Show Pirotécnico – Praça Almino Afonso, às 20 horas;

* Festa Dançante – Praça Pública, às 22 horas.


Assessoria de Comunicação Social/ Martins do POVO/Gardênia Oliveira

No RN, o PSD elegeu três deputados estaduais. Presentes no encontro com Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto, Galeno Torquato e Dison Lisboa. Ausência justificada do deputado reeleito José Dias. Prefeitos de Mossoró, Francisco José Júnior, e Elídio Queiroz, de Jardim de Piranhas.



fonte: Facebook Fabio farias

Câmara dos Deputados aprova em 1º turno PEC que aumenta repasse ao FPM


fpm 1
O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, em primeiro turno, por 368 votos, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 426/14, do Senado, que aumenta em um ponto percentual o repasse de recursos de impostos federais ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM).
De acordo com a proposta aprovada, em julho de 2015 passa a vigorar metade no novo repasse e, em julho de 2016, a outra metade será acrescida. A matéria precisa passar ainda por um segundo turno de votação. A Constituição determina que a União repasse ao FPM um total de 23,5% do produto líquido da arrecadação do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Com a PEC, o total passa a 24,5%.

“Comeram o figo de Dilma” no jantar de ontem do PMDB

bife de figadoDurante o jantar que o vice-presidente da República, Michel Temer, ofereceu ontem à noite aos caciques do PMDB eles “comeram o figo de Dilma” como se diz no ditado popular.
Apesar de não ter havido nenhum discurso, nas rodinhas que se formaram as palavras de ordem eram as de: olho no olho e dente por dente. Não haverá trégua.
O PMDB demonstrou uma profunda mágoa com o PT. Resultado das eleições estaduais deste ano.
Dilma foi triturada.

Fábio Faria foi o deputado federal mais votado do PSD em termos proporcionais


fabio faria fpm


Dos 38 deputados federais eleitos pelo Partido Social Democrático (PSD) no Brasil, Fábio Faria obteve o maior percentual em relação aos votos válidos para o cargo. Fábio obteve 166.427 votos, o que representa 10,53% dos eleitores que escolheram um parlamentar para representa-los na Câmara. Ainda em termos proporcionais, Fábio foi o oitavo mais votado do país dentre todas as siglas.
“Merecer a confiança dos eleitores do Rio Grande do Norte me deixa muito feliz, mas aumenta a responsabilidade. São mais de 160 mil pessoas que confiaram a mim representá-los na Câmara. E posso garantir que vou fazer o máximo para continuar trabalhando firme na elaboração e discussão de matérias relevantes para o nosso país, e honrar cada voto”, disse Fábio Faria, que em 2013 foi eleito pela revista Veja o deputado federal mais atuante do RN.

Ministério Público denuncia jogador Adriano por associação ao tráfico

Em 2008, o jogador se envolveu na compra de uma moto que estava em nome da mãe de um traficante da Vila Cruzeiro, local onde Adriano se criou.

O Ministério Público (MP) denunciou hoje (4) o jogador Adriano por associação ao tráfico. A denúncia foi apresentada à 29ª Vara Criminal. A assessoria do MP não quis dar maiores detalhes, nem o nome do promotor responsável pelo processo.
Em 2008, o jogador se envolveu na compra de uma moto de alta cilindrada, que estava em nome da mãe de um traficante da Vila Cruzeiro, local onde Adriano se criou e costumava frequentar, mesmo depois de ganhar fama.
Adriano estava hoje (4) na França, negociando sua contratação para o Clube Le Havre. Não foi possível entrar em contato com o jogador, nem com seus representantes. O último clube pelo qual ele jogou no Brasil foi o Atlético Paranaense.