22 de fev de 2013

TERMINANDO A TARDE DO DIA DE HOJE COM UMA IMAGEM QUE REFLETE A SAÚDE DO NOSSO MUNICIPIO.



                                                                  * ATÉ AMANHÁ *

Presidente estadual do PMDB diz que não há grupo político no Governo Rosalba


O presidente da Câmara dos Deputados, o deputado federal Henrique Eduardo Alves, é cauteloso ao movimento da governadora Rosalba Ciarlini de ampliar os espaços do PMDB como forma de consolidar a aliança do partido com a ala governista. Ele ratificou as críticas de isolamento do Executivo e afirmou que o problema não está com os peemedebistas, mas é necessário discutir a relação com toda base de apoio.
“Não adianta ter conversa com o PMDB, a insatisfação é generalizada. Todo governo tem um grupo político de apoio, de sustentação, que discute estratégias, faz críticas, reformulações. Não vejo o grupo político em torno de Rosalba”, disse o deputado federal. Ele analisou que o grupo político traria uma discussão conjunta sobre projetos e ideias a médio e longo prazo.
Para Henrique Eduardo Alves de nada adiantaria o Governo buscar apenas o PMDB para conversar. “A reunião teria que ser com o grupo político que ainda apoia o seu governo (de Rosalba Ciarlini), para ver se é possível mudar de cara, tornar-se resultado de um trabalho coletivo, ajudar, dar sua colaboração”, destacou o líder peemedebista.
O presidente da Câmara dos Deputados analisou que vê atualmente apenas conversas pontuais, “gentilezas”. “Mas não é só isso. Está faltando articulação política, um grupo político competente e verdadeiro”, completou o deputado federal.

Vereador Erico Onofre critica a primeira seção presidida pelo atual presidente Washington Sales.


VEREADOR ERICO ONOFRE (PMDB)


INFELIZ. Em Umarizal, Presidente da Câmara revela seu perfil e dá primeiros sinais de falta de habilidade na condução dos trabalhos. Não diria arbitrário, mas desatento e deselegante nas decisões, ao presidir, quanto ao bom senso. O vereador Érico em dado momento iria comunicar, através de aparte no discurso do próprio presidente, a abertura das portas do gabinete do dep. Henrique ao próprio presidente Washington e ao Prefeito Mano na tentativa de melhorar a saúde, quando foi interrompido sem, sequer, tomar conhecimento do que se tratava. Com o tempo, a experiência que lhe falta, será suprida através da observância do trabalho coletivo e entrosamento com a prática dos bons costumes políticos de relacionamento amistoso. Vamos dá de presente um bambolê ao presidente rs rs rs rs rs. (Se diz o ato de presentear um bambolê a alguém quando não existe "jogo de cintura" por parte daquela para administrar situações de modo que haja satisfação às partes). A palavra a ser estudada é sintonia. Tudo bem, vamos relevar; afinal, foi a primeira.Tudo serve de experiência. Boa sorte para o Presidente...

*texto retirado do facebook*

Com o foco no pleito de 2014, Robinson Faria fará peregrinação pelo Alto Oeste.




Bem cotado nas últimas pesquisas realizadas, o Vice-governador, Robinson Faria (PSD), segue traçando planos e estratégias para consolidar de vez a sua postulação ao comando do Executivo Estadual no pleito de 2014. 

Em virtude disso, estaria intencionando realizar uma verdadeira peregrinação por todas as regiões do Estado (objetivando a "costura" de alianças políticas com Prefeitos, vereadores e lideranças simpáticas ao seu projeto político), para apresentar-se com uma opção de mudança na política do Rio Grande do Norte.

Pelo que nos foi repassado, o Alto Oeste estaria nos planos de Robinson Faria para uma breve visita já agora no mês de março (provavelmente no feriado da semana santa), oportunidade em que o Vice-governador buscará o diálogo com figuras políticas importantes da política regional.

Evidentemente que Pau dos Ferros será o ponto de partida da agenda a ser cumprida por Robinson Faria na região, entretanto, nenhuma informação mais concreta sobre quem recepcionará o Vice-governador em sua chegada nos foi repassada. 

Contudo, é certo que Robinson não caminhará sozinho por essas bandas. Embora ainda seja predominante a estratégia do silêncio entre os principais apoiadores do Vice-governador no Alto Oeste (que ainda esperam pela liberação de recursos por parte do Governo), brevemente esses apoios hoje velados, amanhã serão desvelados pela força das circunstãncias.

Enquanto isso, Robinson inicia sua jornada rumo ao Palácio do Governo bem no estilo mineirinho de fazer política: sem alardes e com muita perspicácia.

Taboleiro Grande: Klébia Bessa consegue liminar no TSE e volta ao comando do Executivo.





A cidade de Taboleiro Grande vivencia momentos "eletrizantes" na política local, fruto de uma completa instabilidade política instaurada logo após o término das eleições municipais. 

A Prefeita eleita no pleito de outubro de 2012, Klébia Bessa (PSD), que já teve o seu mandato cassado em duas instâncias da justiça eleitoral por, suposta, compra de votos está retornado, mais uma vez, ao comando do Executivo.

Tal façanha se tornou possível em virtude de Klébia Bessa ter logrado êxito num pedido de liminar, impetrado por seus advogados no Tribunal Superior Eleitoral, que garante-lhe o retorno à condição de Prefeita legalmente constituída do município.

Claro que esta decisão temporária favorável a "Klebinha" ainda poderá ser revertida no julgamento do mérito, mas enquanto o TSE não dá o veredicto final sobre o caso, os asseclas da Prefeita saem às ruas para comemorarem.

Como diria o poeta: "Que seja eterno enquanto dure..."

Veja abaixo o trecho final da decisão do Ministro Relator, Henrique Neves da Silva:

Pelo exposto, defiro o pedido de liminar a fim de conferir, de forma extraordinária, efeito suspensivo ao recurso especial interposto nos autos do RE nº 183-92/RN, para manter ou, caso já afastados, reconduzir os autores aos cargos de Prefeito e Vice-Prefeito do Município de Taboleiro Grande/RN, até o julgamento do referido recurso especial.

Comunique-se, com urgência, ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte e ao Juízo da 63ª Zona Eleitoral daquele estado.

Publique-se.

Intime-se.

Brasília, 20 de fevereiro de 2012.

Ministro Henrique Neves da Silva
Relator

SÃO JOSÉ DE MIPIBU - DÍVIDA COM O PASEP PODE CHEGAR A 2 MILHÕES‏



O prefeito do município de São José de Mipibu, Arlindo Dantas, está preocupado com as receitas retidas em detrimento aos débitos herdados no início da sua gestão. Segundo o setor de finanças do município o débito com o PASEP pode alcançar a cifra de 2 milhões de reais. A cota do FPM referente ao dia 20 foi retida para saldar dívidas do PASEP pela falta de pagamento nos meses de julho e novembro do ano passado.