17 de out de 2015

O dinheiro Público está sendo gasto assim aqui no Brasil.


Pressão por saída aumenta, mas Cunha resiste


paixao-5Provas suíças desmontam discurso de defesa do peemedebista. A revelação de mais detalhes das contas na Suíça do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aumentaram a pressão política para que ele deixe o comando da Casa.
Os detalhes são constrangedores, porque desmontam o discurso de defesa do presidente da Câmara. Mostram que ele mentiu na CPI da Petrobras quando disse que não tinha contas no exterior, o que caracteriza quebra de decoro parlamentar. Isso já seria motivo suficiente para cassação do mandato do peemedebista.

Brasileiro vão demorar a tirar “a corda do pescoço”


tumblr_nfih67RQzd1raflu8o1_500A economia brasileira vai demorar para sair do buraco. Segundo a percepção de economistas do mercado financeiro ouvidos pelo Banco Central e analistas, as previsões que, no início de 2016, indicavam um ajuste mais rápido para controle da inflação, para as contas públicas e nível de atividade, agora mostram que esse processo deve demorar bem mais tempo.
E assim….

O brasileiro vai continuar “com a corda no pescoço”!

‘Nova Serra Pelada’ provoca corrida do ouro


ouroHomens e mulheres sobem aos montes pelas serras da Borda e Santa Bárbara em busca de algum pontinho que brilhe em meio a terra.



Ali, o que reluz realmente é ouro. Atraídos pelo o que estão chamando de “nova Serra Pelada”, milhares de forasteiros chegam todos os dias à cidade de Pontes e Lacerda, em Mato Grosso.

Operação "Pente Fino" combate venda de produtos piratas em Natal

Foto: Cedida/Polícia Civil-RN


Da redação

Na manhã desta sexta-feira (16), foi desencadeado no Mercado da Quatro, localizado no bairro do Alecrim  em Natal, a “Operação Pente Fino”. A ação conjunta foi efetivada pela Polícia Civil, pela Polícia Militar, pelo Ministério Público do Estado e pelo Fisco Estadual e prendeu dois suspeitos pela prática do crime de pirataria, nas primeiras horas de efetivação da Operação.

A “Pente Fino” foi coordenada pela 3ª. Delegacia de Polícia de Natal e pela Promotoria do Consumidor para apreender mercadorias sem notas, produtos falsificados, possíveis armas e drogas que estivessem no local.

Além da 3ª. DP, trabalham na Operação mais três delegados, um da Delegacia Especial de Furtos e Roubos (Defur ), da Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD) e da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc); 20 agentes da Polícia Civil; um promotor público; 13 Fiscais e aproximadamente 20 homens da Polícia Militar, que usaram dois cães farejadores durante toda a Operação.

“ O grande objetivo da Operação tem um caráter educativo. Queremos deixar claro que o Mercado da Quatro deve ser ocupado por comerciantes que querem exercer o seu trabalho dentro da lei”, destacou o delegado titular da 3ª. DP, Fábio Montanha. 

Durante a Operação foram presos em flagrante João Batista da Silva (46 anos) e Francisco de Assis Pereira (47) pelo crime de pirataria. João Batista comercializa mídias de jogos eletrônicos pirateados e Francisco de Assis vendia mídias de DVD´s também pirateados. Os dois suspeitos foram encaminhados para a Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD), que ficará responsável pelos inquéritos.

“A Promotoria do Consumidor de Natal está dando uma atenção especial aos tipos de produtos que estão sendo comercializando nas feiras e mercados públicos de capital. Sabemos que há a venda de produtos ilícitos e nos precisamos combater isto de forma enérgica, coibir este tipo de venda. Além disto é preciso, que junto com o poder público, haja um recredenciamento das pessoas que trabalham aqui. Pretendemos fazer uma reunião com a Prefeitura de Natal para que tais medidas sejam tomadas”, revelou o promotor de justiça Leonardo Cartaxo.