18 de ago de 2011

Quanto custa ser deputado??????

Cruzamento inédito mostra como o dinheiro é decisivo na disputa por uma vaga na Câmara
Ricardo Mendonça (texto), Alberto Cairo, Marco Vergotti e Gerardo Rodriguez (gráfico). Com Ângela Pinho, Danilo Thomaz e Matheus Paggi

Para ser eleito deputado federal no Brasil, há uma série de exigências formais e uma grande exigência informal. As formais estão na Constituição: o candidato precisa ter mais de 21 anos, nacionalidade brasileira e filiação partidária. A exigência informal não está em nenhuma lei, mas é tão verdadeira quanto as demais: para ser eleito, é preciso ter muito dinheiro.

ÉPOCA cruzou os resultados das eleições de 2010 com os dados de financiamento de campanha de 3.767 candidatos a deputado em todo o país. A conclusão é que em todos os Estados há uma forte correlação entre arrecadação de dinheiro e sucesso eleitoral. As estatísticas provam que é até possível arrecadar muito dinheiro e mesmo assim perder a eleição. Mas parece dificílimo vencer sem arrecadar muito.

Juntos, os 3.767 candidatos a deputado captaram R$ 887 milhões. Os 513 eleitos mais os 58 suplentes que assumiram alguma cadeira na Câmara após licença do titular foram responsáveis por 70% do montante. O Estado que teve a eleição proporcionalmente mais cara foi Roraima, onde cada voto custou R$ 66,16. Entre os eleitos, o campeão em receitas foi Sandro Mabel (PR-GO), com R$ 4,9 milhões. Já o custo por voto mais alto foi de Edio Lopes (PMDB-RR), com uma média de R$ 152,14 para cada eleitor. Curiosamente, os dois candidatos que mais arrecadaram no país não foram eleitos.

DO BLOG - OLHÁ SÓ A REALIDADE DO BRASIL ., ENQUANTO FALTA DINHEIRO PRA SAÚDE E ETC., SOBRA PRA OS POLITICO.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 15:41

PSD se encontra com Dilma Rousseff e Gilberto Kassab anuncia posição de independência

Depois de tomar café da manhã com a presidente Dilma Rousseff e pelo menos sessenta representantes do PSD, no Palácio do Planalto, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, reiterou a posição de independência dos integrantes do novo partido.

Ele explicou que "não fará oposição sistemática" e nem haverá "alinhamento automático".

"Podemos ter convergências em questões que envolvam o futuro do Brasil", disse Kassab.

O prefeito informou que a presidente não pediu apoio, foi "extremamente respeitosa" e "demonstrou entusiasmo" com a criação do novo partido, que nasce com 44 deputados e 2 senadores.

"A presidente disse que a relação será republicana, respeitando as diferenças existentes e consciente de que somos independentes", afirmou Kassab, lembrando que a visita à presidente não teve qualquer vinculação com o posicionamento do partido no Congresso. Segundo ele, o objetivo foi apenas apresentar os integrantes da nova legenda.

Leia também:

Contra o relógio, PSD quer registro até 10 de setembro
Kátia Abreu: cada parlamentar do PSD votará como quiser

O deputado Júlio Cesar (PI) disse que a única ajuda que a presidente pediu ao partido foi em relação ao enfrentamento da crise internacional para evitar reflexos negativos para a economia brasileira. "Ela disse que essa crise pode durar em torno de dois anos e que é preciso que todos trabalhem para que o Brasil não seja afetado pela crise internacional", afirmou.

Além dos presidentes dos diretórios regionais do partido, participaram da reunião 39 deputados federais e um senador.

Segundo Kassab, o PSD "surge forte, estruturado e veio para fortalecer a democracia". Ele explicou que as alianças do partido nos Estados para as próximas eleições serão feitas em cima de programas. Por isso, citou, haverá alianças tanto com partidos da oposição quanto do governo.

Kassab disse que no encontro com a presidente não foi discutida a série de denúncias no governo, mas que ela voltou a reclamar da exposição de fotos dos presos em Amapá, suspeitos de envolvimento em irregularidades no Ministério do Turismo.

*Com Agência Estado.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 15:11

Tribunal de Contas manda ex-prefeito Amaro Saturnino devolver ao erário a quantia de R$ 465.843,49

O Tribunal de Contas do Estado(TCE) determinou que o ex-prefeito de Maxaranguape, Amaro Saturnino, devolva aos cofres públicos a quantia de R$ 465.843,49.

O valor corresponde à soma dos processos solicitados para análise pelo TCE e não entregues. O processo foi relatado pela conselheira Adélia Sales.

Segundo o TCE, Amaro teve a prestação de contas referente ao 4º bimestre de 2002 considerada irregular .

“A omissão quanto ao dever de prestar contas, por si só, gera presunção de irregularidades das despesas, e no presente caso, o gestor foi notificado e citado por mão própria, deixando transcorrer o prazo para remessa da documentação solicitada por esta corte de contas”, assinala a relatora da matéria, conselheira Adélia Sales.

O voto da relatora também foi pelo encaminhamento das principais peças do processo ao Ministério Público Estadual para as devidas providências no âmbito do MPE.

DO BLOG -SÓ PRA REFERSCAR A MEMORIA DOS LEITORES DESSE BLOG., AMARO SATURNINO É AQUELE MESMO QUE SE LANÇOU PRÉ CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL AQUI NO RIO GRANDE DO NORTE, E QUE TERIA O APOIO DE VEREADOR CHICO DE BRANCAR DO DEM., MAIS AMARO FOI BARRADO PELA LEI DA FICHA LIMPA.

FONTE:TCE/RN
POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 15 :02

É NECESSÁRIO MELHOR REMUNERAÇÃO.

DEU NO RN EM DIA POLITICA 20122


Hoje, vendo o patrocínio da prefeitura de Riacho de Santana ao ENCONTRO DE BLOGUEIROS E ADMINISTRADORES DE SITES, presenciei uma situação que para mim, é revoltante:
Uma agente de saúde, com 5 anos de trabalho prestado de forma árdua, como é a vida destes profissionais, ter, devido a pouca remuneração, que recorrer ao prefeito para ter condições de ir à Natal.
Sei que auxílio não é nada, absolutamente, vergonhoso. Todos nós necessitamos sempre da ajuda de outrem. Mas saber que uma profssional da importância de um agente de saúde para o município, por ter seu salário adminículo, pequeno, insuficiente, tem que valer-se de uma assistência desta a um gestor público, me angustia.
Mais respeito com a classe se faz necessário.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 14:52

CAMPANHA DE 2012 EM UMARIZAL "ENTREVISTA AO BLOG"



AINDA ESSA SEMANA O PRÉ CANDIDATO A VEREADOR BAZOCA QUE FAZ PARTE DO GRUPO DO PREFEITO ROGERIO FONSECA SERÁ ENTREVISTADO PELO BLOG.

AGUARDEM!!!!!!!


POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 11:25

Deputado federal Mendes Ribeiro, do PMDB, substituirá Wagner Rossi no Ministério da Agricultura

Foto: Agência Câmara

O presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), afirmou no início da madrugada desta quinta (18) que a presidente Dilma Rousseff aceitou a indicação do deputado federal Mendes Ribeiro (PMDB-RS), atual líder do governo no Congresso, para ministro da Agricultura no lugar do também peemedebista Wagner Rossi, que pediu demissão nesta quarta (17).

Segundo Raupp, o vice-presidente Michel Temer (PMDB) comunicou a decisão a um grupo de líderanças do partido que se reuniu na noite de quarta, após o anúncio da demissão de Rossi, para discutir o nome do substituto a ser oferecido à presidente. Ele disse que Mendes Ribeiro será oficialmente anunciado como ministro nesta quinta e tomará posse na segunda (22) ou na terça (23).

Raupp participou da reunião, no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente. Também estavam presentes ao encontro o líder do partido na Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (RN) e o próprio Mendes Ribeiro.

Se Mendes Ribeiro se tornar ministro, a vaga que ele deixará na Câmara será ocupada pelo suplente Eliseu Padilha (PMDB-RS), ex-ministro dos Transportes. Segundo Raupp, Padilha, que teria divergências com o governo, vai se integrar à base aliada.

Antes da decisão da cúpula, o PMDB trabalhava, segundo Michel Temer, com quatro nomes para o Ministério da Agricultura. “O novo ministro terá de ser ficha limpa, como Rossi”, disse o vice.

Fonte: Portal G1

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 10:14

Robinson Faria participa em Brasília de reunião do PSD e hoje tem encontro com Dilma Rousseff

O vice-governador Robinson Faria está em Brasília desde ontem. Ele foi participar de encontro nacional do PSD.

Encontro aconteceu na noite desta quarta-feira(17) e teve a presença do presidente nacional do partido, prefeito Gilberto Kassab, e dos presidentes estaduais da legenda.

Pelo twitter, Robinson comemorou o número de assinaturas entregue ao diretório nacional do PSD para a criação do partido.

“Mais uma vitória do PSD: esta noite foram entregues ao diretório nacional 539 mil assinaturas certificadas para criação do partido”, escreveu Robinson na noite de ontem.

Acrescentando: “Ultrapassou nossas expectativas. Eram necessárias 480 mil. È a população mostrando que aprova a criação do PSD”.

Robinson também anunciou que agora pela manhã os dirigentes do diretório nacional do PSD e os presidentes estaduais do partido irão tomar café com a presidenta Dilma Rousseff.

Robinson Faria também anunciou que hoje os dirigentes estaduais do PSD e a cúpula nacional do partido irão se encontrar com a presidenta Dilma Rousseff.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 09:34

PLAGIANDO CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE: E AGORA, JOSÉ?


O ex-prefeito de Antônio Martins, José Júlio será candidto a prefeito em 2012?
Essa é uma das grandes incógnitas da política do Alto Oeste Potiguar, no momento.
Por que?
Por que? analisemos juntos:
Filiado ao Partido dos Trabalhadores, sendo seu primeiro suplente da assembleia, Zé Júlio seria o vitual candidato da legenda ao executivo antoniomartinense. Entretanto, dias atrás o ex-prefeito anunciou que estaria de malas prontas paa desembarcar no PMDB, com o apadrinhamento do deputado federal Henique Alves. Sabemos disso, o atual prefeito, Edmilson Fernandes, dando uma de conterrâneo de Tancredo, (mineiro), caladinho foi à Brasília e veio e lá com a promessa de que teria uma vaga assegurada no partido. O que deu-se já no fim e semana seguinte, quando em Messias Targino foi recepcionado e acolhido pelo PMDB, sob os olhares de Garibaldi; Henrique e Válter Alves.
O PT, como sabemos, é severo com aliados que pensam ou até mesmo sonham em mudar de lado. Gostam de fidelidade total, ampla e plena. Tendo Zé Júlio, devaneado em virar peemedebista, será que o PT riá confiar na fidelidade de Zé, agora?
E mais: é público e notório que Fernando Mineiro será candidato a prefeito de Natal, abrindo uma lacuna na casa legislativa. Zé Júlio terá duas opções, caso mantenha-se no partido: ser candidato a prefeito ou assumir a vaga deixada por Mineiro, mesmo por possivelmente por pouco tempo.
O blog entrou em contato com a asessoria de Fátima Bezerra, mas recebeu o silêncio, como resposta.

DEU NO RNPOLITICAEMDIA2012

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 09:32