20 de jul de 2011

TROCA DE TIROS DEIXA DOIS MORTOS AQUI EM UMARIZAL

NA TARDE DESTA QUARTA FEIRA ACONTECEU MAIS UM CONFRONTO ENTRE POLICIAIS E ASSALTANTES., AS POLICIAS MILITAR E CIVIL EM UM TRABALHO CONJUNTO PERCEGUIRAM UM ASTRA PRETO AINDA DE PLACA NÃO INDETIFICADA, OS SUSPEITOS AO PERCEBEREM QUE ESTAVAM SENDO SEGUIDOS, ABANDORAM O CARRO E ENTRARAM NO MATAGAL., MAIS A POLICIA CONSEGUIO CERCAR OS BANDIDOS E EM TROCA DE BALA DOIS BANDIDOS FORAM MORTOS E SE ENCONTRAN NO CENTRO DE SAUDE DE UMARIZAL OS DOIS CADAVRES AINDA NÃO IDENTIFICADOS PELA POLICIA POR QUE ELES NÃO PORTAVAM DOCUMENTOS.

APÓS DEIXAR OS DOIS CADAVERES NO CENTRO DE SAUDE A POLICIA VOLTOU PRA PROCURAR UM SUPOSTO TERCEIRO ASSALTANTE QUE ESTÁ BALEADO.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 18:33

Henrique garante que PMDB terá candidato próprio à Prefeitura de Natal


Pela enésima vez Henrique Eduardo Alves afirmou que o PMDB terá candidato próprio à Prefeitura de Natal, seguindo a orientação da executiva nacional da legenda.

O líder do PMDB não quis comentar outros cenários e foi taxativo: "O PMDB terá candidato próprio no primeiro turno das eleições", declarou numa boa entrevista ao Jornal 96 na manhã desta sexta-feira (15).

Além de comentar a eleição em Natal, Henrique Eduardo falou sobre as relações do PMDB com o PT em Brasília, o acordo para presidir a Câmara dos Deputados, a reforma política, entre outros temas.

EXCLUSIVO DO BLOG UMARIZAL COMPLETO

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 15:20

A professora potiguar Amanda Gurgel, que ficou conhecida nacionalmente após seu discurso na Assembleia Legislativa, será a estrela do programa partidário do seu partido, o PSTU, amanhã (21), às 20h30.

Amanda ocupará metade do tempo do programa. As lideranças nacionais da legenda vão se revezar na outra parte do horário televisivo. Os dirigentes também vão lançar depois do programa um twittaço com o tópico #indignados.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 14:42

Festival em Martins acontece neste fim de semana

Neste fim de semana a região serrana de Martins vivência o seu festival gastronômico. Na sua 7ª edição, o evento acontece de 21 a 24 deste mês e reune um grande público.

O festival vai mostrar a versatilidade dos sabores da região e difundir as boas práticas alimentares, comprovando que é possível fazer gastronomia com os produtos frescos da própria cidade. Será também em Martins a inauguração da nova “Cozinha-Show”, que ganhará bancada de inox e servirá 1600 pessoas.

Confira a programação:

Quinta (21): 20h às 22h – Grupo Sambakana
Sexta (22)
18h às 19h – Banda de Música de Martins
19h às 20h – Gustavo Costa
20h às 20h40 – Solenidade Oficial
21h às 22h30min – Diogo Guanabara e Camila Masiso
22h30 às 00h – Rodolfo Amaral
00h30 às 2h – As Nordestinas
Sábado (23):
18h às 19h – Banda de Música de Martins
19h às 20h30 – Missa na Igreja Matriz
20h30 às 22h – Antônio de Pádua
22h às 23h30 – Macaxeira Jazz
23h30 às 1h – Caxumbo a Quatro
1h às 2h30 – Banda Café
PALCO PRINCIPAL
Sexta (22) – Enúbio e Banda Forró dos 3
Sábado (23) – Os Tremendões e Everton Jr
Domingo (24) – Waldonys e Fabiano Show

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 14:41

Governo pode pagar R$ 100 mil de multa por dia pela falta de professores em escolas de Alexandria

O Governo do Estado pode pagar multa diária de R$ 100 mil. Esse é o pedido que o Ministério Público Estadual (MPE) fez na Ação Civil Pública nº 0000433-60.2005.8.20.0110, que trata do problema de falta de professores em escolas estaduais do município de Alexandria.

“O valor da multa diária, apesar de parecer excessivo, é o mesmo que o Estado do Rio Grande do Norte asseverou que iria pedir ao Sinte/RN por descumprimento de dias de decisão judicial, no caso da greve dos professores. Assim, diante de um descumprimento reiterado de mais de cinco anos, o Ministério Público entende que só um valor realmente alto tenderá a influir na vontade de cumprir a decisão liminar”, explica o Promotor de Justiça Sidharta John Batista da Silva.

A Ação foi ajuizada em 2005 para tentar resolver judicialmente o problema da falta de professores nas Escolas Estaduais Leôncio Barreto e 7 de Novembro. E mesmo com liminar deferida pela Justiça o Estado não tomou providências para resolver a questão.
A decisão previa multa diária de R$ 10 mil, que também nunca foi paga. Com isso, o MP reitera o requerimento para que sejam tomadas providências para cumprir a decisão judicial e pede o aumento do valor da multa como forma de pressionar os gestores.

“O objetivo não é a arrecadação da multa, mas suprir o déficit de professores, pois os estudantes continuam sem algumas aulas, com risco de perder o ano letivo.”, frisa o Promotor de Justiça.

De acordo com ofício emitido pela Direção da Escola Estadual 7 de Novembro, o corpo docente está desfalcado de professores de Biologia e Química.

Fonte: Assecom/MPE

postado por cleumy candido fonseca ás 14:39
20/07/2011 10h08 - Atualizado em 20/07/2011 11h02
Governo exonera mais três servidores dos Transportes
Um deles era do ministério e dois da estatal de ferrovias Valec.
Ministério é alvo de denúncias sobre superfaturamento de obras.

Débora Santos Do G1, em Brasília

Um funcionário do Ministério dos Transportes e dois da estatal Valec Engenharia, Construções e Ferrovias, subordinada ao ministério, foram exonerados nesta quarta-feira (20) de acordo com o “Diário Oficial da União”.

Na terça, haviam sido exonerados outros seis servidores do ministério e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Desde o começo de julho, 15 servidores já foram afastados ou exonerados. As denúncias de superfaturamento e irregularidades em obras do Ministério dos Transportes levaram à saída de integrantes da cúpula da pasta e de órgãos ligados e à demissão do ex-ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento (PR). As suspeitas de irregularidades também foram responsáveis pelo afastamento do diretor-geral do Dnit, Luiz Antônio Pagot. Ele está de férias, mas não deve voltar a comandar o órgão, conforme já afirmou o Palácio do Planalto.

No Ministério dos Transportes, a portaria de exoneração do servidor Eduardo Lopes, que tinha cargo em comissão, foi assinada pelo ministro Paulo Sérgio Passos.

Na Valec, as exonerações são assinadas pelo diretor-presidente da Valec Antonio Sanches Costa. Foram exonerados Cleilson Gadelha Queiroz do cargo comissionado de gerente de licitações e contratos. O assessor Pedro Ivan Guimarães Rogedo foi exonerado "a pedido".

A Valec, que teve dois funcionários exonerados nesta quarta, já teve inclusive afastado o seu presidente, José Francisco das Neves, chamado de Juquinha. Neves foi afastado ainda no começo das denúncias, em 4 de julho.












postado por cleumy candido fonseca ás 11:20

Presidente do PSD reunirá deputados na sexta-feira

Na próxima sexta-feira o futuro presidente do PSD no Rio Grande do Norte, o vice-governador Robinson Faria, reunirá os deputados estaduais que irão se filiar a legenda. “Iremos nos encontrar para conversar, discutir a situação do partido”,comentou.

O encontro será uma reunião-almoço. O local ainda não foi definido. O PSD no Rio Grande do Norte terá mais de 80 diretórios municipais e tem como meta lançar candidatos próprios em 60 cidades.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 10:13

20 de julho de 2011 às 08:50 Estadão: “Ex-diretor do Dnit-RN deve ser denunciado por fraudar licitação”

20 de julho de 2011 às 08:50
Estadão: “Ex-diretor do Dnit-RN deve ser denunciado por fraudar licitação”

Destaque do jornal O Estado de São Paulo de hoje:

Ex-diretor do Dnit-RN deve ser denunciado por fraudar licitação



O Ministério Público Federal do Rio Grande do Norte está preparando uma denúncia contra Gledson Maia, que atuava como diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit) no Estado. Gledson foi um dos suspeitos presos durante a Operação Via Ápia, da Polícia Federal, deflagrada em novembro do ano passado, que investigou uma suposta fraude no Dnit.



Gledson é sobrinho do deputado João Maia (PR-RN) e do deputado distrital Agaciel Maia (PTC). A investigação da Operação Via Ápia, que identificou uma quadrilha atuando em fraudes e superfaturamento de processos licitatórios no Dnit, resultou em um inquérito com mais de 20 volumes. Os documentos foram repassados agora para o procurador da República Ronaldo Pinheiro, que deve apresentar a denúncia à Justiça Federal.



Além de Gledson, foram presos o diretor-geral do Dnit no Estado, Fernando Rocha Silveira, também indicado de João Maia, e outras quatro pessoas . Os suspeitos são acusados de desviar cerca de R$ 2 milhões das obras de duplicação da BR-101, no trecho entre a cidade de Arez até a divisa com a Paraíba.



Flagrante. A investigação da Polícia Federal no Dnit do Rio Grande do Norte resultou ainda em outro inquérito, que também tem como réu Gledson Maia, além do empresário Túlio Gabriel de Carvalho Beltrão Filho. Os dois foram presos pela Polícia Federal em um estacionamento de uma churrascaria na zona sul de Natal.



No momento da autuação, Gledson estava recebendo R$ 58.950,00 do empresário. Com o dinheiro também foi apreendida uma lista com nomes de empresas e valores, que estava em poder do sobrinho do deputado do PR.



A denúncia – feita pelo Ministério Público Federal e já recebida pela Justiça Federal – indica que Gledson recebia propina da empresa Arteleste Construções, que pertence ao pai de Túlio Gabriel e tem contrato com o Dnit.



O processo agora aguarda despacho do juiz Mário Jambo, da 2.ª Vara Federal. Ele analisará as defesas prévias apresentadas pelos réus, que pedem absolvição sumária. No despacho o magistrado terá duas alternativas: acolher o pedido de absolvição sumária ou continuar com o processo e já marcar as audiências para ouvir réus e testemunhas.



PARA LEMBRAR

Não é a primeira vez que a família Maia se envolve em escândalos políticos. Em 2009, o então diretor-geral do Senado, Agaciel Maia, foi protagonista do escândalo dos atos secretos na Casa. Agaciel respondeu a processo administrativo e também foi investigado pelo Ministério Público.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 10:11

Ex-prefeito de Tibau, Francisco de Assis Diniz, é alvo de Ação Civil Pública do Ministério Público Federal

O Ministério Público Federal(MPF) em Mossoró ajuizou Ação Civil Pública(ACP) contra o ex-prefeito de Tibau, Francisco de Assis Diniz.

O ex-gestor é acusado de improbidade administrativa por não haver realizado a prestação de contas ao Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde e Educação (Siops e Siope) das receitas e gastos em ações e serviços públicos de saúde e investimentos em educação nos anos de 2007, 2008 e 2009.

Ao se omitir do dever de prestar contas, o ex-prefeito levou o município de Tibau à inscrição no Cadastro Único de Exigências para Transferências Voluntárias para Estados e Municípios (CAUC), gerando bloqueio no repasse de verbas federais ao município.

Informações do Núcleo Estadual do Siops e do FNDE confirmaram a não prestação de contas no período.

O Siope é operacionalizado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e objetiva levar ao conhecimento da sociedade o quanto as três esferas do governo investem efetivamente na manutenção e desenvolvimento da educação.

"A falta de transparência no que se refere à regular aplicação dos recursos públicos é um vício que deve ser combatido a bem da sociedade", ressalta o procurador da República Fernando Rocha de Andrade, que assina a ACP.

A falta de transparência no que se refere à regular aplicação dos recursos públicos é um vício que deve ser combatido a bem da sociedade", ressalta o procurador da República Fernando Rocha de Andrade, que assina a ação.

O MPF requer à Justiça as seguintes penalidades para o ex-prefeito de Tibau: ressarcimento integral do dano, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos pelo período de três a cinco anos, pagamento de multa e proibição de contratar com o poder público pelo prazo de três anos.

Fonte: Assecom/MPF-RN

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 10:05

O jogador e o político


POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 10:03

Governo Rosalba diz que 81% das escolas da rede estadual de ensino estão tendo aulas normalmente

Segundo o Governo do Estado, 81% das escolas estaduais funcionaram normalmente nesta terça-feira(19) no Rio Grande do Norte.

O percentual equivale a 553 escolas funcionando de um total de 691 estabelecimentos de ensino existentes na rede estadual de ensino.

Na Dired de Natal, de acordo com o Governo, 125 das 155 escolas estaduais estão funcionando, o que representa 80,7% do total.

Integram também a Dired de Natal A Dired os municípios de São Gonçalo do Amarante, Extremoz e Macaíba.

Resta saber se os dados do Governo batem com a realidade.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 10:00