18 de abr de 2015

Polemica sobre possíveis irregularidades nas viagens de pacientes que precisam viajar para a capital do estado.




Acabo de receber uma ligação onde a pessoa pediu para não se identificar, a denuncia é de que a secretária de saúde do município a Sr. Fernanda estaria cobrando uma certa quantia para abastecer as ambulâncias dos pacientes que viajam para natal.

Segundo a denuncia, a PMU está apenas abastecendo a ambulância para a ida a capital, a volta está sendo por conta dos pacientes, a pessoa que me ligou disse que esse absurdo está saindo da própria secretária de saúde do nosso município.
---------------------------------------------------------------------------------

O blog entrou em contato que a secretária de saúde da nossa cidade para saber o que de fato está acontecendo com essas pessoas que rescisão de tratamento na capital do estado., Fernanda disse que de fato ela teve que conversar com familiares de pacientes que fazem tratamento na capital do estado, ela disse que a PMU está passando por uma crise financeira e que todos tem o conhecimento disso.

“ Tenho feito de tudo para amenizar os problemas da saúde do nosso município, mais quero deixar bem claro que todas as viagens para natal as ambulâncias são abastecidas aqui em nossa cidade,  eu tenho pedido as pessoas que entendam que o retorno da ambulância para a nossa cidade está difícil por questão do combustível, já que nós enchemos o tanque aqui mais infelizmente não da para ir e voltar, então o que eu estou fazendo é pedir a colaboração das pessoas para que as mesmas possam colaborar com um pouco de combustível, já que as ambulâncias só vem pegar reserva na cidade de paraú, e as pessoas tem entendido de certa forma, tem viagem que eu estou abastecendo do meu bolso isso quando vejo que a pessoa não tem nenhuma condição financeira. Estou fazendo tudo que posso inclusive uma das ambulância quebrou a poucos dias e a peça iria demorar a chegar e eu preocupada com muitas pessoas comprei a peça do meu bolso, quero também dizer que de nenhuma maneira está sendo exigido dinheiro para dar aos motoristas que isso fique bem claro" disse a secretária ao blog por telefone.

Parte da Rua: Raul Alencar se encontra assim, uma situação que até para andar apé a população corre o risco de cair.


Fotos: Lidinardo Costa Oliveira Costa

Doe sangue: Unidade móvel do Hemocentro de Mossoró estará hoje em Umarizal


A unidade móvel do Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemocentro) de Mossoró estará hoje, 18, em Umarizal promovendo mais uma campanha de doação de sangue. A ação é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde e equipe de serviço social do Hemocentro. O ônibus com a equipe estará colhendo sangue das 07h30 às 15hs em frente ao Bosque Municipal.



GOVERNADOR ROBINSON FARIA CONFIA EM HENRIQUE ALVES A FRENTE DO MINISTÉRIO DO TURISMO



henriquerobinson
O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), disse esperar ter uma boa parceria com o ministro do Turismo, seu adversário na eleição passada, Henrique Eduardo Alves (PMDB). Em entrevista aos jornalistas Marcos Aurélio de Sá, Túlio Lemos e Enio Sinedino, no Jornal das Seis, da FM 96, o governador avaliou a nomeação do novo ministro e abordou outros temas.

Ex-deputada federal Sandra Rosado admite ser candidata a vereadora

Do blog de Robson Pires:

A Gazeta do Oeste  destacou que a ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB) admitiu dificuldades políticas do seu agrupamento para as eleições do próximo ano. Entrevistada pelo jornalista Carlos Skarlack no Jornal Difusora (Rádio Difusora de Mossoró), a advogada e ex-parlamentar levantou inclusive a possibilidade de ser candidata à vereadora no embate eleitoral do próximo ano.

A declaração evidencia a situação de dificuldades políticas da ex-deputada e de todo o seu agrupamento política. Na eleição de 2014, o chamado “sandrismo” sofreu a pior baixa política desde que foi instituído, com as derrotas dela e de sua filha, a ex-deputada estadual Larissa Rosado (PSB).

Inflação em 1,07% é a maior taxa para o mês de abril desde 2003


tumblr_lqlbhj7H1t1r2o856o2_500A prévia da inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), ficou em 1,07% em abril deste ano. A taxa é inferior à observada no mês anterior (1,24%). No entanto, a taxa é a maior para o mês de abril desde 2003, quando a taxa ficou em 1,14%. O IPCA-15 acumula taxas de 4,61% no ano e 8,22% em 12 meses.
Os dados foram divulgados hoje (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O principal impacto na prévia de abril veio do grupo de despesas habitação, que teve inflação de 3,66%. Entre os itens que influenciaram essa alta de preços estão a energia elétrica (13,02%), água e esgoto (1,05%), artigos de limpeza (0,93%) e condomínio (0,87%)

Decreto presidencial pode resultar em perda de recursos das prefeituras

O corte de gastos promovido pelo governo federal atingiu as prefeituras de todo o país. Os municípios do Rio Grande do Norte correm o risco de perder R$ 730 milhões de Restos a Pagar (RAP) dos exercícios de 2013 e 2014. Isso por causa do decreto presidencial 8407/2015, que pode cancelar todos os RAPs de despesas cuja execução não tenha previsão de início até o próximo dia 30 de junho.
 Esses recursos – em sua maioria provenientes de emendas parlamentares ou emendas de bancadas ao Orçamento da União – são destinados à aquisição de equipamentos e realização de obras, em que os pagamentos sofreram atraso e são deixados para o ano seguinte.