14 de set de 2012

NÃO EXISTE MAIS O DIREITO DE IMPRENSA NO BRASIL????? SERÁ ????? / Justiça Eleitoral frusta tentativa da Coligação Respeito pelo Povo de "calar" imprensa







Como já dizia, o vitorioso ex-presidente do Brasil, Fernando Hentique Cardoso, " A mídia é trilho por onde corre a politica, e o politico que não entender isso, se dá mal...". Pois sim, a Justiça Eleitoral indeferiu a representação judicial da coligação ‘Respeito pelo Povo’, ( cadê o respeito ?), que pedia a retirada imediata da propaganda eleitoral irregular veiculada nos blogs Umarizal em Fotos( Léo Silva ), Gente Que Faz e Acontece( Walter Baptista ) e Umarizal Completo ( Cleumy Cândido Fonseca ).


Segundo a decisão do Juiz, a coligação “Não trouxe qualquer comprovação das postagens que considera Irregular. Limitando-se a sua transcrição”. “Assim, a presença do fumus boni juris, que concerne à verossimilhança da pretensão deduzida em juízo, não se apresenta identificável de plano”.


“Ante o exposto, não conjugados os pressupostos normativos, INDEFERIFO a liminar postulada”. Destaca a decisão do juiz Breno Valério Fausto de Medeiros.




Repercussão Social: Blog Raniele Gomes




A atitude da coligação Respeito pelo Povo em entrar com processos contra blogueiros foi vista como negativa pra campanha do grupo. Usuários da rede social facebook manifestaram revolta com a atitude através de postagens e comentários.


Um dos usuários da rede publicou “Agora a oposição está querendo denunciar os blogueiro de nossa cidade, que tanto desespero é esse, nunca tinha visto isso em Umarizal”. Um outro comentou “Existem tantas outras coisas a se preocupar”.


Em uma das páginas da rede social foi postada a seguinte texto por uma usuária “Não é de revolta o meu sentimento, também não é de indignação. Na verdade mesmo, o sentimento que explode nesse momento no meu peito pela OPOSIÇÃO é de muita pena. Tentar calar a voz da IMPRENSA, gente, que absurdo, isso me lembra o tempo da Ditadura Militar, o exílio de Gil e Caetano quando ambos tiveram na época do Tropicalismo cerceada a sua liberdade de expressão, e em Londres por um longo período ficaram exilados, felizmente foi nessa ocasião que eles artisticamente criaram composições históricas, engradecendo dessa forma a nossa cultura musical. Mas veja, bem, querida OPOSIÇÃO, ninguém vai sair daqui, não, viu? E bem diferente daquele tempo, a imprensa é livre, e vai continuar desempenhando o trabalho deles, e vamos acabar com essa 'conversinha' de que ela está sendo 'tendenciosa', que coisa!”


Nas ruas a notícia de que a coligação entrou na justiça contra blogs também não foi bem recebida. Um cidadão que não quis se identificar disse que “foi um tiro no pé” tal atitude, o que “acaba por repercutir drasticamente ruim para a coligação”.




Eles bem que tentaram, disse Léo Silva




Os blogueiros Léo Silva, Raniele Gomes e Walter Baptista disseram que já esperavam o resultado. “Eles bem que tentaram, mas a vida segue. Sempre trabalhamos com seriedade. Acho que até o juiz sabe disso. Sempre divulgamos todos os eventos da coligação da mesma forma que registramos a da coligação da situação. Não dá pra compreender. Prestamos um serviço que toda cidade elogia. Divulgamos esta cidade, cidade esta que eles esperam administrar e acho que não é bom começo. Atacar os cidadãos que prestam serviço a essa terra. Foi a primeira vez desde que cheguei a essa cidade que hoje tenho no coração que me senti tão decepcionado com as pessoas daqui. Ainda bem que são uma minoria”, comentou Leo Silva, autor do Uzl em Fotos – O Retrato da Notícia.




A insatisfação com a ação da coligação foi demonstrada também pelos autores dos blogs Raniele Gomes e Gente Que Faz e Acontece. “Foi uma atitude antidemocrática. É voltar ao passado ao tempo de ditadura. Toda censura é burra, mas parabéns ao Juiz por sua decisão”, disse Raniele Gomes que apesar de não ter sido citado na ação desaprovou a atitude.


O tiro que saiu pela culatra: Perdendo tem e voto...!


Para o blog Gente Que Faz e Acontece...! " Quem sabe a onde que chegar , escolhe certo, o caminho e o jeito de caminhar", que por sinal, não é o caso da Coligação " Respeito pelo Povo" em Umarizal, que nessa campanha vem se comportado de maneira, que tem deixando a desejar... Para esse blog, é lamentável, o desrespeito dessa coligação com o povo de Umarizal, é a coligação da representação, da proibição da perseguição etc e mais...Na qualidade de umarizalense da gema, desconhecemos que nunca tenha sido registrado nos anais da historia politica dessa cidade , tanta perseguição..., isso só pode ser sintomas desse desespero, que de longe já tá sendo visibilizado, e de um autoritarismo sem precedente, ao qual o blog não tem nada ver com isso. Hora nenhuma nos furtamos da nossa simpatia e amizade com o candidato Mano Onofre, a quem agente conhece, ama e respeita..., afinal somos livre e independente de qualquer aconchavo politico ou coisa do tipo. Não estamos negociando cargos politicos e nem a mercê de promessas duvidosas, para por em situações de risco, a nossa dignidade, etc e tal. O que blog tem feito, é divulgar os fatos, que tem acontecido na nossa cidade, com as duas coligações. Principalmente acerca da Coligação intitulada "Respeito pelo Povo", divulgamos sim: seus convite, sua programação e também, a revolta do povo de Umarizal, com a proibição das reuniões de bairros, onde em seguida o povo exercia o seu direito de liberdade, e saía em moto passeata pelas ruas festejando os nomes de Mano Onofre e Marcos Fernandes , coisa que não impedia que a "Oposição" fizesse o mesmo, se tivesse gente para tanto. Depois divulgamos, o lamentável equivoco politico que gerou revolta , incomodo e mal estar social politico novamente no povo de Umarizal, o livre acesso politico ao Alto do Hospital, que foi poldado. Divulgamos ainda os insucessos de publico e na cor azul, nas suas manifestações, para comprovação da verdade, cito o exemplo da noite desta quinta feira, dia ( 13/09 ), que mais uma vez o " azul não aconteceu..." o e o povo vermelho, tá comemorando de vento em polpa..., lamento, mais ainda não aprendi a mentir. Achando tudo isso pouco, depois de chamarem os blogueiros de Umarizal, de "Desclassificados", em plena praça pública,( agora eu pergunto, isso é repeito pelo povo???? ), por último, vergonhosamente tentaram calar a voz da imprensa, sob falsas alegações. Entraram com uma medida de representação judicial contra os blogueiros Cleummy Candido, Leo Siva e Walter Baptista, e dessa vez o tiro saiu pela culatra..., além de perderem na justiça por falta de prova na argumentação, que segundo o juiz na sua sentença, não foi apresentando provas dos fatos, perderam tempo e credibilidade junto ao povo de Umarizal, pois só na noite desta quinta-feira, esse blog recebeu 128 manifestações de apoio, solidariedade e de parabéns, por telefone e email, a quem nesse momento agente externa votos de elevada gratidão pelo apreço, respeito e consideração. Por fim eles perderam votos, pois na minha familia ainda tinha de três a cinco votos que iam votar nos candidatos da tal coligação, a quem apesar de tudo , resvetidos do espiirito de democracia, estávamos respeitando cada uma da opinões, mas, como diz o dito popular, ' cada um de nós, sabe a grandeza e delicia de ser mais você mesmo...", pior para eles, em nome do bem querer, a indignação falou mais alto, e gratuitamente mudaram de opinão. Como já dizia, o rei dos reis, Jesus Cristo, que com certeza e maior..., melhor e mais justo do que eu e eles, " o mal por si se destroi ", e de certeza eles perderam mais mais três. Moral da historia quem perdeu é que conte...

TEXTO: WALTER BATISTA









quinta-feira, 13 de setembro de 2012 Justiça Eleitoral frusta tentativa da Coligação Respeito pelo Povo de "calar" imprensa


A Justiça Eleitoral indeferiu a representação judicial da coligação ‘Respeito pelo Povo’ que pedia a retirada imediata da propaganda eleitoral irregular veiculada nos blogs Umarizal em Fotos – Léo Silva -, Gente que Faz e Acontece – Walter Baptista – e Umarizal Completo – Cleumy Cândido Fonseca.

Segundo a decisão do Juiz, a coligação “Não trouxe qualquer comprovação das postagens que considera Irregular. Limitando-se a sua transcrição”. “Assim, a presença do fumus boni juris, que concerne à verossimilhança da pretensão deduzida em juízo, não se apresenta identificável de plano”.

“Ante o exposto, não conjugados os pressupostos normativos, INFERIFO a liminar postulada”. Destaca a decisão do juiz Breno Valério Fausto de Medeiros.

Decisão repercute em redes sociais.

A atitude da coligação Respeito pelo Povo em entrar com processos contra blogueiros foi vista como negativa pra campanha do grupo. Usuários da rede social facebook manifestaram revolta com a atitude através de postagens e comentários.

Um dos usuários da rede publicou “Agora a oposição está querendo denunciar os blogueiro de nossa cidade, que tanto desespero é esse, nunca tinha visto isso em Umarizal”. Um outro comentou “Existem tantas outras coisas a se preocupar”.

Em uma das páginas da rede social foi postada a seguinte texto por uma usuária “Não é de revolta o meu sentimento, também não é de indignação. Na verdade mesmo, o sentimento que explode nesse momento no meu peito pela OPOSIÇÃO é de muita pena. Tentar calar a voz da IMPRENSA, gente, que absurdo, isso me lembra o tempo da Ditadura Militar, o exílio de Gil e Caetano quando ambos tiveram na época do Tropicalismo cerceada a sua liberdade de expressão, e em Londres por um longo período ficaram exilados, felizmente foi nessa ocasião que eles artisticamente criaram composições históricas, engradecendo dessa forma a nossa cultura musical. Mas veja, bem, querida OPOSIÇÃO, ninguém vai sair daqui, não, viu? E bem diferente daquele tempo, a imprensa é livre, e vai continuar desempenhando o trabalho deles, e vamos acabar com essa 'conversinha' de que ela está sendo 'tendenciosa', que coisa!”

Nas ruas a notícia de que a coligação entrou na justiça contra blogs também não foi bem recebida. Um cidadão que não quis se identificar disse que “foi um tiro no pé” tal atitude, o que “acaba por repercutir drasticamente ruim para a coligação”.

Eles bem que tentaram, diz blogueiro

Os blogueiros Léo Silva, Raniele Gomes e Walter Baptista disseram que já esperavam o resultado. “Eles bem que tentaram, mas a vida segue. Sempre trabalhamos com seriedade. Acho que até o juiz sabe disso. Sempre divulgamos todos os eventos da coligação da mesma forma que registramos a da coligação da situação. Não dá pra compreender. Prestamos um serviço que toda cidade elogia. Divulgamos esta cidade, cidade esta que eles esperam administrar e acho que não é bom começo. Atacar os cidadãos que prestam serviço a essa terra. Foi a primeira vez desde que cheguei a essa cidade que hoje tenho no coração que me senti tão decepcionado com as pessoas daqui. Ainda bem que são uma minoria”, comentou Leo Silva, autor do Uzl em Fotos – O Retrato da Notícia.

A insatisfação com a ação da coligação foi demonstrada também pelos autores dos blogs Raniele Gomes e Gente que Faz e Acontece. “Foi uma atitude antidemocrática. É voltar ao passado ao tempo de ditadura. Toda censura é burra, mas parabéns ao Juiz por sua decisão”, disse Raniele que apesar de não ter sido citado na ação desaprovou a atitude.

Walter se reservou a comentar: “Uma atitude baixa”, mas prometeu repercutir o fato em seu blog.


"DO BLOG CLEUMY CANDIDO FONSECA"

Caro amigo Walter batista , concordo plenamente com o seu raciocínio é inadmissível que em pleno século 21 esse tipo de episodio ainda possa acontecer , agora digo a você colega Walter que nós conhecemos já a bastante tempo e tenho certeza de nem eu , você e Léo silva agimos errados.
Todos nós temos todos os direitos de expressão e de forma nossas opiniões, agora o que essa coligação que se diz respeito pelo povo fez foi um tremendo desrespeito com a própria constituição federal de 1988.
Agora tudo isso mostrar a falta de atitudes ,de projetos ,de ideias por parte da oposição, mas isso me deixa feliz por uma parte, que o meu raciocínio de que a candidata elijane paiva está em uma verdadeira queda livre na opinião publica aqui de Umarizal é a mais pura realidade, por que só um motivo desses para fazer a oposição desrespeitar os nossos direitos de expressão.
Um forte abraço
CLEUMY CANDIDO FONSECA