7 de fev de 2012

TRE baixa portaria dispondo sobre mudanças eleitorais

De acordo com o calendário eleitoral 2012, 09 de maio é o último dia para que os eleitores requeiram inscrições eleitorais, transferências de domicílio ou ainda pedir alteração de endereço no título eleitoral.

Considerando o calendário eleitoral e buscando medidas que visem aumentar a eficiência do atendimento ao público no período final, a presidência do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE) publicou a Portaria 46/2012 – GP, que dispõe sobre o horário de funcionamento da Justiça Eleitoral no Estado durante o período.

Durante os dias 7, 8 e 9 de maio, os Cartórios Eleitorais, postos de atendimento eventualmente criados pelos juízes eleitorais e boxes da Justiça Eleitoral nas Centrais do Cidadão permanecerão abertos no horário compreendido das 08 às 15h, com distribuição de senhas aos eleitores presentes no final do expediente.

Já no dia 10 de maio de 2012 o expediente dos Cartórios Eleitorais do Estado será cumprido internamente. Essa medida se dá em função da necessidade de organização da interna dos cartórios, inclusive da documentação recebida e procedimentos finais relativos aos sistemas eleitorais.

O dia 09 de maio é também o último dia para que o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicitar sua transferência para seção eleitoral especial.

Com informações do TRE.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 16:02

MAIS UMA OBRA SERÁ ENTREGUE PELO ATUAL PREFEITO DE UMARIZAL

O PREFEITO DE UMARIZAL ROGERIO FONSECA VAI ENTREGAR EM BREVE MAIS UMA OBRA, DESSA VEZ SERÁ ENTREGUE UM POSTO DE SAÚDE NO BAIRRO SÃO JOSÉ, ESSA OBRA IRÁ BENEFICIAR DIRETAMENTE MAIS DE 300 FAMÍLIAS DOS BAIRROS SÃO JOSÉ, MUTIRÃO E CARAÍBAS.

NOTA DO BLOG - PARABÉNS PARA O PREFEITO ROGERIO QUE VENHE DESEMPENHANDO UM ÓTIMO TRABALHO EM SUA ADMINISTRAÇÃO.

VEJAM AS FOTOS DA OBRA!!! ABAIXO!!!!!!!










POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 14:53

DEM admite alianças com PSD

Do Valor

O PSD, partido criado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, foi o alvo preferencial dos palestrantes do evento do DEM.

- “É melhor ser cabeça de cachorro do que rabo de leão”, disse Demóstenes Torres, referindo-se ao caráter adesista do PSD.

- “Muitos de nós receberam propostas [para migrar ao PSD] que, meu Deus, eu teria até vergonha de dizer aqui”, relatou o deputado federal Antonio Carlos Magalhães Neto.

O partido, no entanto, não vetará alianças com o PSD.

- “São um partido como qualquer outro. Eles procuram o espaço deles. Nós, o nosso”, afirmou o presidente José Agripino.

Pelas contas do DEM, o partido perdeu aproximadamente 150 dos 498 prefeitos que elegeu em 2008 com a criação do PSD.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 14:35

Lei da Ficha Limpa deve passar no STF

De Mônica Bergamo par Folha

A Lei da Ficha Limpa deve ser aprovada no STF (Supremo Tribunal Federal). O ministro Marco Aurélio Mello, que era tido como contrário à regra, votará, na verdade, favoravelmente a ela.

Com Mello, a Ficha Limpa terá ao menos seis votos, ou a maioria do STF, que tem 11 ministros. Luiz Fux e Joaquim Barbosa já se declararam favoráveis.

Carlos Ayres Britto, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski devem acompanhá-los.

O posicionamento de Mello tem surpreendido os ministros. Em votações anteriores, ele se posicionou contra prazos da lei.

Mas, a interlocutores, resumiu porque pode votar para que ela seja aplicada a partir deste ano:

- “Você contrataria para trabalhar alguém que tivesse inquérito ou uma ação penal em andamento?”.

CLEUMY COMENTA: Ponto número um; muitos pré-candidatos a prefeito do Rio Grande do Norte estão dependendo desta lei para resolver seus destinos políticos. Ponto dois; se aprovada, como será o alcance da legislação. e a quem?

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 14:32

Democratas não quer mais ser chamado de DEM

Destaque do jornal Valor Econômico:

O Democratas não quer mais ser chamado de DEM. Com base em uma pesquisa qualitativa apresentada nesta segunda-feira, em seminário da legenda em São Paulo, detectou-se que a diminuição do nome é prejudicial a seu reconhecimento junto à população.

“Nós nunca inventamos esse DEM. Portanto, massifiquem o nome Democratas”, pediu o senador e presidente do partido Agripino Maia (RN). Lideranças da sigla avaliaram que o uso da sigla “DEM” foi forçado pela imprensa.

O DEM, ou Democratas, no entanto, aderiu à ideia que agora rechaça, já que o usa em sites do partido como o demnacamara.com.br, que consta inclusive no folder distribuído no evento.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 14:30

Presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, recebe o deputado potiguar Fábio Faria

O deputado federal Fábio Faria se reuniu hoje com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. Em pauta, a conjuntura política nacional, o cenário potiguar e o posicionamento do PSD (Partido Social Democrático) nas eleições municipais.

“Temos convicção de que o PSD, que já nasceu forte, se firmará com uma das três legendas mais representativas do Brasil após as eleições de 2012″, avalia Fábio Faria.

Após o encontro com o prefeito Gilberto Kassab, presidente do PSD, Fábio se reuniu com o líder do partido na Câmara, Guilherme Campos. Trataram da composição do PSD que passou a ter estrutura de liderança a partir deste mês.



POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 08:54

Ney afirma que Agripino preteriu partido em nome do filho


O ex-deputado federal Ney Lopes de Souza, em seu mais recente artigo semanal veiculado neste blog, abordou as indefinições da sucessão natalense, mas revelou fatos ocorridos durante articulações para formação de chapas em pleitos passados, do qual participou.

Segundo Ney, em 2004, o PMDB anunciou que apoiaria seu nome para prefeito de Natal. O anúncio teria sido feito após compromisso firmado em Brasília, com a participação dos senadores José Agripino, Garibaldi Filho e do deputado federal Henrique Alves.

A aliança do então PFL com o PMDB para a eleição de Natal estava praticamente definida, com Ney Lopes como candidato a prefeito com o apoio do PMDB.

O fato não se concretizou, de acordo com o ex-deputado Ney Lopes, porque o senador José Agripino abdicou de ter uma candidatura própria para indicar, em aliança com a então governadora Wilma de Faria, o filho Felipe Maia como candidato a vice-prefeito na chapa de Carlos Eduardo Alves.

Ainda segundo Ney Lopes, a tentativa de fazer Felipe vice-prefeito não foi efetivada por causa de Wilma: “A governadora achou que seria “Maia demais”, o PFL ficou sem alternativa”, disse Ney, para acrescentar que foi candidato já sabendo da derrota antecipada, mas com o compromisso de ser candidato ao senado em 2006, o que também não ocorreu.

Na verdade, em 2004, a negativa de Wilma ao nome de Felipe e sua substituição pelo da então apresentadora de TV, jornalista Micarla de Sousa, foi o estopim para o rompimento de José Agripino com o grupo de Wilma e o aprofundamento de sua aproximação com a família Alves, pois votaria, dois anos mais tarde, em Garibaldi para o Governo, tendo Ney Lopes como vice e Rosalba como senadora.


O ex-deputado Ney Lopes acrescenta: "Este depoimento é dado como jornalista e não político. Não tenho qualquer mágoa de não ter sido lançado candidato a prefeito, quando o PMDB admitiu apoiar-me em 2004. Tanto é verdadeiro, que continuei no PFL e no DEM até hoje, com boa convivência com a cúpula partidária. Além do mais, não haveria nada de errado se o senador Agripino desejasse em 2004 oferecer o nome de Felipe Maia, como vice prefeito da chapa de Carlos Eduardo. Seria apenas a antecipação do que ocorreu em 2006. Teria até evitado o sacrificio partidário de ter sido candidato de última hora a prefeito, sem chances de ganhar e com pefelistas já comprometidos com os adversários".

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 08:51