13 de set de 2011

UMA HISTORIA DE SUCESSO E RESPEITO COM AS PESSOAS


ESSE É O SARGENTO PEDRO, ELE JÁ TENHE 23 DE PROFISSÃO NA AREA DE SEGURANÇA DO NOSSO ESTADO,TRABALHOU EM VARIAS CIDADES DO RIO GRANDE DO NORTE, COMO MARTINS,VIÇOSA,CARAUBAS,PATU,ASSU,UMARIZAL E HOJE ESTÁ A FRENTE DO DESTACAMENTO DA CIDADE DE RIACHO DA CRUZ, ASSUMIU NO DIA 30 DE JUNHO DE 2011 E DURANTE ESSE PERIODO VENHE SE DESTACANDO PELO OTIMO TRABALHO REALIZADO NAQUELA CIDADE.

E DURANTE ESSE PERIODO QUE ESTÁ EM RIACHO DA CRUZ, FORAM APENAS FEITO UM FLAGRANTE POR DIREÇÃO PERIGOSA E DOIS TCO POR CONDUTORES DE VEICULOS ALCOLIZADOS., TANBÉM ESTÁ FAZENDO UMA RONDA OSTENCIVA NAS ESCOLAS NO CENTIDO DE INIBIR MENORES INFRATORES., E DANDO TOTAL APOIO AO CONSELHO TUTELHAR QUE É UMA ENTIDADE QUE PRESCISA MUITO DO APOIO DA POLICIA.

DO BLOG - PARABÉNS AO SARGENTO E QUE ELE CONTINUI SENDO ESSA PESSOA DIGNA DO RESPEITO DE TODOS NÓS.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 11:34

Deputado Paulo Wagner é campeão em gasto de verba no mês de agosto


O deputado federal Paulo Wagner foi o campeão da bancada potiguar no gasto de verba de gabinete. Durante o período, ele apresentou R$ 23.546,65 em gastos a serem ressarcidos pelos cofres públicos.

Desse total, o maior gasto do parlamentar do PV foi com locação de veículo, onde foram empregados R$ 8.300. Para receber o ressarcimento, o deputado apresentou três notas fiscais da empresa Pontocar.br Venda e Aluguel de Veículo Ltda.

VEJA QUANTO E COM QUE CADA DEPUTADO GASTOU
Paulo Wagner: R$ 23.546,65
Maior gasto: R$ 8.300,00 com locação de veículo
Fábio Faria R$ 17.259,04
Maior gasto: R$ 5.812,58 com telefonia
João Maia: R$ 14.504,50
Maior gasto: R$ 8.000,00 com consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos
Rogério Marinho: R$ 13.821,32
Maior gasto: R$5.500,00 com locação de veículo
Felipe Maia: R$ 12.732,29
Maior gasto: R$6.000,00 com divulgação da atividade parlamentar
Sandra Rosado: R$ 10.337,55
Maior gasto: R$5.337,35 com telefonia
Fátima Bezerra: R$ 5.962,53
Maior gasto: R$2.784,20 com telefonia
Henrique Eduardo Alves: R$ 4.419,67
Maior gasto: R$3.535,44 com combustíveis e lubrificantes

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO ÁS 10:04

Rombo da previdência dos servidores públicos no Estado do Rio Grande do Norte foi de R$ 237 milhões

O crescimento das despesas com a previdência dos servidores públicos nos Estados fez com que, nos últimos anos, os governos estaduais comprometam cada vez mais suas receitas nos gastos com pessoal.

Hoje, só cinco Estados - Tocantins, Acre, Amapá, Rondônia e Roraima - arrecadam em contribuições dos servidores um valor suficiente para bancar as aposentadorias e pensões pagas aos inativos.

Só no ano passado, segundo o anuário do Ministério da Previdência Social, os regimes de previdência dos servidores públicos dos Estados registraram um déficit de R$ 31,133 bilhões, o que representa um aumento de quase 15% em relação a 2009.

O rombo na Previdência Social do servidor público é uma das contas mais salgadas e engessa a folha de pagamento.

Pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), os governos estaduais só podem desembolsar até 49% da Receita Corrente Líquida (RCL) com pessoal. O limite prudencial é de 46,55% da RCL.

Em caso de "desenquadramento", o Estado fica sem receber transferências voluntárias e proibido de contratar novos empréstimos até que a situação seja normalizada.

Para resolver o problema, os governos estaduais precisam apertar os cintos. Como não podem cortar o pagamento das aposentadorias, a margem de manobra pode implicar até na dispensa de trabalhadores.

Caso da Paraíba - Levantamento feito pelo Estado com base nos demonstrativo das despesas com pessoal dos entes estaduais, divulgado pelo Tesouro Nacional, mostra que apenas a Paraíba havia ultrapassado o limite de gasto com pessoal no primeiro quadrimestre deste ano, ao permitir que a despesa com pessoal chegasse a 53,36% da RCL.

Da despesa total com pessoal de R$ 2,9 bilhões acumulada em 12 meses até abril, cerca de R$ 1 bilhão se referiam ao pagamento de benefícios previdenciários.

Em 2010, o déficit do regime próprio de previdência do Estado foi de R$ 418,5 milhões. Se mantida a tendência de expansão dos gastos com inativos como tem ocorrido nos últimos anos, o governo estadual, que já ultrapassou a margem de gasto permitida e terá que adotar um programa de ajuste para reduzir despesas, ficará ainda mais sufocado.

Rio Grande do Norte - Em situação parecida encontram-se outros três Estados. Rio Grande Norte, Goiás e Tocantins estão acima do limite prudencial (46,55%).

Em 2010, o rombo da previdência dos servidores públicos no Estado do Rio Grande do Norte foi de R$ 237 milhões e em Goiás de R$ 903,4 milhões.

Apesar da elevada despesa com folha de pagamento, Tocantins registrou um superávit de R$ 283,6 milhões em seu regime próprio de previdência.

Para o secretário de Previdência Social, Leonardo Rolim, apesar dos déficits, a situação dos Estados é menos preocupante que a da União.

Fonte: o Estado de S.Paulo

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 09:41

EMPRESSARIO CHIQUINHO ABILIO


O BLOG RECEBEU DE UMA FONTE BEM SEGURA, DE UMA CONVERSSA POR TELEFONE QUE ACONTEÇEU ONTEM A TARDE POR VOLTA DAS 17:00, ENTRE O PREFEITO ROGERIO FONSECA E O EMPRESSARIO CHIQUINHO ABILIO QUE É TIO DO EX-PREFEITO ADSON LUIS.

E TEMA CLARO FOI AS ELEIÇOES DE 2012 ONDE OS DOIS GRUPOS ESTARAM UNIDOS, TANTO O GRUPO DO EX-PREFEITO ADSON LUIS COMO O GRUPO DO PREFEITO ROGERIO FONSECA.

QUANDO SE FALOU SOBRE QUALQUER TIPO DE DUVIDA SOBRE AS ELEIÇÔES DE 2012 O EMPRESSARIO DISSE AO PREFEITO ROGERIO QUE SE OUVER ADVERSSARIO CONTRA ESSES DOIS GRUPOS UNIDOS , ELE APOSTA QUANTO FOR ,ISSO COM VALOR SEM LIMETES SEJA QUANTO FOR.

ISSO MOSTRA O QUANTO ESTÃO UNIDOS OS DOIS GRUPOS E COM ISSO FICA DIFICIL ACONTECER UMA DERROTA NAS URNAS EM 2012.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 09:15