7 de nov de 2012

Idoso dado como morto se levanta em necrotério do HWG

Um idoso dado como morto se levantou no necrotério do Hospital Walfredo Gurgel, em Natal, na manhã desta terça-feira (6). A informação foi confirmada por uma funcionária da direção de enfermagem da unidade médica, que preferiu não ser identificada.

Segundo essa funcionária, foi feito inclusive um exame de eletrocardiograma e foi constatado que o paciente apresentara parada cardíaca. Contudo, enquanto era ensacado no necrotério do hospital, o maqueiro percebeu uma movimentação no invólucro e verificou que o ancião ainda vivia, respirando.

A funcionária não sabe o que foi feito com o paciente depois que se contatou que ele vivia. "Mas é o que se comenta a todo instante aqui no hospital".

PREFEITO E VICE DE FELIPE GUERRA SÃO AFASTADOS

O Ministério Público Estadual no Rio Grande do Norte (MPE-RN) deflagrou na manhã de hoje (7) a Operação Ave de Rapina no município de Felipe Guerra, a cerca de 330 km da capital potiguar, investigando supostos desvios de recursos públicos na administração municipal. A operação foi realizada com apoio da Polícia Civil e Miltar e afastou o prefeito Braz Costa Neto, o vice-prefeito Francisco Canindé de Menezes, além de vereadores e secretários municipais.

Foram realizadas buscas e apreensões na Prefeitura, nas residências do prefeito, do ex-tesoureiro do município e de uma servidora pública. Os vereadores afastados são Francisco Flávio Gurgel e Pedro Alves Cabral Neto. Além desses, a secretária municipal de Finanças, Regina Coeli Costa e Silva, e a servidora Sônia Maria da Silveira Barra estão afastadas.

foi decretado também pelo MPE-RN o sequestro de bens do prefeito Braz da Costa Neto e de João Gualberto de Brito Neto, ligado ao governo municipal de Felipe Guerra. Também foi pedido pelo Ministério Público o levantamento de sigilo mas o pedido foi indeferido, fazendo com que o processo corra em segredo de justiça.

A Operação Ave de Rapina contou com o apoio da Polícia Militar, da Divisão de Polícia do Oeste (Divipoe) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).




Fonte: Tribuna do Norte.

PREFEITURA DE UMARIZAL JÁ COMEÇA A ATRASAR O FUNCIONALISMO PUBLICO !!!!!!


A LINDA FOTO DA IGREJA NÃO REFLETE A VERDADEIRA REALIDADE VIVIDA PELO POVO SOFRIDO DE UMARIZAL.


fotos de Umarizal



Prefeitura de Umarizal não paga os funcionários da limpeza desde do mês outubro , também está em atraso os funcionários contratados , os mesmos eram pra ter recebido o pagamento referente ao mês de outubro dia 02 de novembro mais até o fechamento dessa matéria o pagamento ainda não aconteceu.

Isso mostra o reflexo das eleições desse ano , todos sabíamos que a prefeitura não tinha condição de suportar tantos funcionários.

Com esse atraso , todos os fornecedores e funcionários ficam frustrados , já que o dinheiro não está circulando na cidade e a economia do município fica desastrosa.



Reeleito, Obama diz que volta à Casa Branca mais determinado e inspirado


DO G1.COM



O presidente dos EUA, Barack Obama, reeleito após vencer o republicano Mitt Romney na eleição da véspera, disse nesta quarta-feira (7) que, para os Estados Unidos, "o melhor ainda está por vir" e que ele volta à Casa Branca "mais determinado e inspirado" para o segundo mandato.

Obama, que ganhou mais quatro anos para continuar implantando seu programa de mudanças, teve dificuldades para iniciar seu discurso. A plateia gritava para o presidente: "Mais quatro anos! Mais quatro anos".

Obama disse que parabenizou o candidato republicano, Mitt Romney, e seu candidato a vice, Paul Ryan, pela campanha.

O presidente dos EUA, Barack Obama, reeleito após vencer o republicano Mitt Romney na eleição da véspera, disse nesta quarta-feira (7) que, para os Estados Unidos, "o melhor ainda está por vir" e que ele volta à Casa Branca "mais determinado e inspirado" para o segundo mandato.

Obama, que ganhou mais quatro anos para continuar implantando seu programa de mudanças, teve dificuldades para iniciar seu discurso. A plateia gritava para o presidente: "Mais quatro anos! Mais quatro anos".

Obama disse que parabenizou o candidato republicano, Mitt Romney, e seu candidato a vice, Paul Ryan, pela campanha.

Reeleito
Obama habia conseguido, até a última atualização desta reportagem, 303 votos de um total de 538, contra 206 do rival, segundo projeção da AP. Eram necessários 270 votos para garantir a vitória.

No voto popular, Obama tinha 56.129.652, contra 54.674.214 do rival até o momento.

A festa da vitória acontece no McCormick Place, em Chicago, base política de Obama e cidade onde ele acompanhou a apuração.

"Isto aconteceu graças a vocês, obrigado. Mais quatro anos", disse Obama - um pioneiro em utilizar politicamente as redes sociais - no Twitter, logo após ter a certeza da vitória.

Quase duas horas depois, Romney, em discurso em Boston, admitiu a derrota e desejou boa sorte ao rival.

As pesquisas de intenção de voto realizadas dias antes da eleição apontavam um empate técnico entre os dois candidatos em âmbito nacional, no voto popular, mas com ligeira vantagem para o presidente nos chamados estados-chaves.

No complexo sistema eleitoral americano, é o resultado em cada estado é que importa. Ao votar em um candidato, a população na verdade escolhe um colégio eleitoral dentro de seu estado, composto por delegados, que só então elegerá o presidente. Por isso, muitas vezes, o candidato preferido na soma total dos votos acaba não sendo o eleito.

Antes da eleição, os estados de Nevada (6 delegados), Colorado (9 delegados), Iowa (9 delegados), Wisconsin (10), Ohio (18), Pensilvânia (20), Michigan (16), Virgínia (13), Carolina do Norte (15), New Hampshire (4) e Flórida (29) eram considerados tecnicamente empatados, e oficialmente poderiam ser ganhos por qualquer um dos candidatos.

A vitória em Ohio acabou sendo crucial para determinar a vitória de Obama, após um tenso processo de apuração.


BANCADA DO PMDB DEFENDE ROYALTIES DO PETRÓLEO PARA EDUCAÇÃO E SAÚDE



Brasília - O líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (RN), reuniu a bancada do partido, na tarde desta terça-feira (06), para discutir detalhes da votação da matéria que trata da nova partilha dos royalties do petróleo entre a união, estado e municípios.


A proposta, relatada pelo deputado Carlos Zarattine (PT-SP), vincula 100% dos recursos dos royalties para a educação nos estados e municípios. Já a maioria da bancada do PMDB decidiu pleitear, através de uma emenda de plenário, que metade dos recursos seja destinada para a saúde. A emenda da bancada, antes de ser apresentada em plenário, foi submetida à apreciação dos deputados do PMDB pelo líder Henrique Alves.




O partido também liberou os deputados do PMDB do Rio de Janeiro e Espírito Santo para que votem de acordo com a realidade de cada estado. Os dois maiores produtores de petróleo do país reclamam que, futuramente, irão perder receitas com a partilha dos royalties entre os estados não produtores de petróleo. O proejto, que será votado ainda nesta terça-feira, assegura a atual arrecadação dos estados produtores. As novas regras se referem aos futiros contratos e leiões.


Antes da reunião da bancada, o líder Henrique Alves já havia defendido em plenário, durante sessão extraordinária, a posição do PMDB para a votação da matéria em regime de urgência. Pela manhã Henrique Alves também participou das negociações dos líderes da base aliada com o ministro da Educação, Aluízio Mercadante, para decidir o encaminhamento da posta ao plenário.


Assessoria de Imprensa

Liderança do PMDB

Câmara dos Deputados

WWW.henriqueedaurdoalves.com.br

Twitter: @HenriqueEAlves


fotos: Lindauro Gomes

O líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves, preside reunião da bancada do PMDB.