2 de abr de 2018

Temer recompõe ministério com prepostos do rebotalho

Considerando-se que sete em cada dez brasileiros rejeitam Michel Temer, interesse público é algo que poucos ainda acreditam que ele tenha. E o presidente, sempre que pode, demonstra que realmente não tem. Crivado de denúncias e inquéritos, Temer compõe uma nova equipe ministerial com os velhos suspeitos de sempre. O rebotalho continua dando as cartas.

“O que a Constituição garante é o duplo grau de jurisdição”

 Por Robson Pires, emNotas:

 A soltura de Lula é um golpe contra a democracia.  Carlos Velloso, no Estadão, foi didático:  “A execução da condenação em segundo grau é a regra em países de boa prática democrática. No Brasil, essa era a regra, até quando o Supremo Tribunal reformulou a jurisprudência (…).