25 de mar de 2014

O CENÁRIO POLITICO EM UMARIZAL HOJE ESTÁ BASICAMENTE ASSIM . !!!!!!!!!!!!!!!!



Se a eleição fosse hoje .... Quem votaria em quem ?????? Pelo menos quase todo o cenário politico está montado, mas ainda falta alguns ajustes para se possa desenhar uma imagem perfeita, mas essas indecisões não é culpa dos políticos daqui de umarizal e sim dos políticos do alto escalão que não decidiram ainda quase nada. !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


APOIOS FIRMADOS EM NOSSA CIDADE ATÉ O MOMENTO.................

 NÉO E SEUS DEPUTADOS / FEDERAL WALTER ALVES (PMDB) E ESTADUAL GUSTAVO FERNANDES (PMDB)  ........ TUDO AINDA INDEFINIDO PRA O GOVERNO E SENADO
 ROGÉRIO FONSECA E SEUS DEPUTADOS / PRÉ - CANDIDATO FEDERAL RAFAEL MOTTA (PROS) E O ESTADUAL JOSÉ DIAS (PSD).......TUDO AINDA INDEFINIDO PRA O GOVERNO E SENADO
 PREFEITO MANO ONOFRE / O FEDERAL BETINHO ROSADO (PP) E O ESTADUAL GETÚLIO REGO (DEM) ......TUDO AINDA INDEFINIDO PRA O GOVERNO E SENADO.


 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------




OPINIÃO DO BLOG - EU CONTINUO ACREDITANDO QUE WILMA DE FARIAS SAIRÁ CANDIDATA AO GOVERNO DO ESTADO, EU SEMPRE DEIXEI CLARO A MINHA OPINIÃO, EU NÃO TENHO NADA CONTRA HENRIQUE ALVES, MAS A VERDADE TENHO QUE DIZER HENRIQUE ALVES É UM POLÍTICO DE ELITE OU SEJA CANDIDATO DE RICO, ELE NÃO TEM O CARISMA QUE O POVO DO RIO GRANDE DO NORTE QUERIA QUE ELE TIVESSE, JÁ WILMA DE FARIAS É UMA EXPERTA QUANDO O ASSUNTO É DAR A VOLTA POR CIMA, TODOS NÓS SABEMOS QUE ELA FOI A ÚNICA MULHER A DERROTAR TODOS OS ALVES E UMA PARTE DOS MAIAS EM NOSSO ESTADO, POR ISSO AINDA ACREDITO QUE ELA SEJA A CANDIDATA AO GOVERNO DO ESTADO.







 

Wilma governadora e Fátima senadora (?)

FOTO MONTAGEM: CLEUMY CANDIDO FONSECA


O nome do deputado João Maia (PR) que já não tinha simpatia de alguns henriquistas muito próximos, começou a ser fritado da chapa no final da semana passada.

E o que se diz é que o mesmo grupo ‘simpático’ a João, seria mais ‘simpático’ ainda à candidatura de Wilma de Faria ao Senado.

O que levou o grupo a crer que Wilma poderá ser a próxima vítima.
E ela sabe disso.
*

Nas conversas de fim de semana, que foram muitas no circuito da região metropolitana de Natal, uma nova chapa começou a ser desenhada.
Chapa que teria Wilma de Faria candidata ao Governo, como sonha o presidente de seu partido, Eduardo Campos, com o deputado João Maia permanecendo vice e a deputada Fátima Bezerra (PT) candidata ao Senado.
No arco de alianças, entraria ainda o PP de Betinho Rosado, que hoje está sozinho, patinando para tentar se reeleger, mas sem coligação.
Também foi levantada a possibilidade do Pros do deputado Ricardo Motta fazer parte da nova aliança.
*
Tudo conversado levando-se em consideração a migração do PSD de Robinson Faria e Fábio Faria para o grupo do deputado Henrique Alves (PMDB).
Robinson como candidato a deputado estadual, podendo ter apoio para voltar à presidência da Assembleia Legislativa, e Fábio garantindo a coligação para tentar se reeleger federal, o que o PT não lhe garantiu, vez que preferiu sair sozinho na proporcional.
*
Tudo isso foi conversado com alguns dos personagens da cena acima…
Alguns confirmaram ao Blog a possibilidade.
Outros, ainda não passam de especulação…
*
Detalhe: Wilma, João e Fátima, derrotaram o PMDB em 2006.
Robinson, à época, estava junto.

Fonte Thaisa galvão

EITA QUE O CENARIO POLITICO ESTÁ PEGANDO FOGO !!!!!!!





NO RIO GRANDE DO NORTE O CENÁRIO POLÍTICO ESTÁ PEGANDO FOGO, O ESTOPIM FOI ACESO  DEPOIS DA CONVERSA DE HENRIQUE COM PAI DO PREFEITO DE NATAL AGNELO ALVES QUE É DEPUTADO ESTADUAL PELO PDT.

O NOME JOÃO MAIA FOI PRATICAMENTE DESCARTADO POR AGNELO ALVES , E JOÃO MAIA NÃO PERDEU TEMPO, PASSOU O FINAL DE SEMANA REUNINDO PREFEITOS DO PR POR TODO NOSSO ESTADO.

AS COISAS PODEM MUDAR A QUALQUER MOMENTO, E SE ISSO VIER ACONTECER VAMOS TER UM EFEITO DOMINO EM TODO O ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, E NÃO DEVE DEMORAR A CHEGAR POR AQUI NÃO.

João Maia e os prefeitos do PR fora do grupo de Henrique (?)

O governadorável Henrique Alves (PMDB) não entrou em contato com o deputado João Maia (PR), ex-vice na sua chapa…
 
 
Durante todo o dia foram muitas as especulações em torno da nota publicada pela blogueira Laurita Arruda, mulher de Henrique, que minutos depois de João dar a primeira entrevista assumindo sua posição na chapa puxada pelo PMDB, e informando que já tinha lançado o nome da médica Zenaide Maia como candidata a federal em seu lugar, noticiou que a chapa será anunciada na sexta-feira, porém….sem o nome do vice.
Minutos antes João havia confirmado que estaria no evento da sexta-feira formando chapa com Henrique.
A crise foi lançada…e Henrique silenciou.
O deputado João Maia passou o dia conversando. E com quem conversou, deixou claro que está fora, não da chapa, mas da coligação.
E não por ter sido retirado da chapa. Mas, pela forma como foi informado.
Com o deputado deixando a coligação, o candidato Henrique Alves deixa de contar com o apoio dos prefeitos de Arês, Barcelona, Brejinho, Ceará-Mirim, Currais Novos, Jandaíra, Lagoa D’Anta, Lajes Pintadas, Marcelino Vieira, Parazinho, Rodolfo Fernandes, São Gonçalo do Amarante, São Pedro, Sítio Novo, Tibau do Sul, Upanema e Venha-Ver.
Fora vice-prefeitos, ex-prefeitos, e lideranças do PR que tem diretório formado em todo o Rio Grande do Norte.
A saída de João Maia da chapa foi para acomodar o PDT que tem duas Prefeituras. O prefeito da capital, Carlos Eduardo e o de Parnamirim, Maurício Marques.
Sobre os votos da capital…não há comando. A capital do Rio Grande do Norte sempre foi conhecida pelo voto independente. Sobre os votos de Parnamirim, se depender do prefeito, eles irão para Henrique…mas não chegarão à senadorável da chapa de Henrique, Wilma de Faria.
Maurício Marques já anunciou que vota em Fátima Bezerra para o Senado.

Fonte: Thaaisa Galvão

Assembleia homenageia o PC do B pelos 92 anos




Em comemoração aos 92 anos de existência do Partido Comunista do Brasil (PC do B), o deputado estadual Fábio Dantas reuniu membros, lideranças políticas, além de convidados da legenda, em sessão realizada ontem, na Assembleia Legislativa.
O deputado Fábio Dantas (PCdoB), autor da propositura, contou a história do partido desde a sua fundação, em meio a realização da Semana de Arte Moderna, em 1922, até os dias atuais, citando as bandeiras defendidas e dificuldades enfrentadas ao longo de mais de nove décadas. "Hoje temos mais de 400 mil filiados e marcamos presença institucional em todas as esferas: municipal, estadual e federal. São muitos desafios, mas destacamos que 92 anos não são 92 dias. Viva o velho partido, das pessoas comuns, que desejam simplesmente o bem da sociedade", homenageou.
O presidente estadual do PCdoB, Antenor Roberto, homenageou o vereador do Partido Comunista, Demontier Rocha, assassinado no início do ano, pedindo um minuto de silêncio entre os presentes. Antenor Roberto fez um discurso em tom de agradecimento pela homenagem prestada na Casa e falou sobre os desafios políticos que a legenda enfrenta e enfrentará neste ano, período eleitoral e ainda defendeu as alianças firmadas e decisões tomadas para, segundo ele, respaldar a história do Partido Comunista do Brasil. "O grande desafio é responder aos anseios da população em um país complexo como o nosso", afirmou.
O vereador e presidente municipal do partido, George Câmara, destacou duas características que tornam, segundo ele, o PCdoB um partido único: a longevidade e o respeito pelas características de cada região. "A longevidade é fruto de uma visão estratégica por sabermos onde queremos chegar, e isso se deve também por ter traços diferenciadores dos outros, que respeita as características de cada região", citou.
Os deputados estaduais Fernando Mineiro (PT) e Hermano Morais (PMDB), presentes na sessão, prestaram homenagem ao partido. "Tenho uma relação muito forte com o PCdoB. Foi através do PCdoB que comecei no movimento estudantil", destacou Mineiro.
Foram homenageados o atual presidente do diretório municipal do PT e ex-presidente do PC do B, Juliano Homem de Siqueira; a ex-presidente do PC do B, Eveline Almeida de Souza; in memoriam os ex-presidentes José de Anchieta Ferreira Lopes e Glênio Fernandes de Sá, além do atual presidente do diretório estadual do partido, Antenor Roberto
.

Aeroporto de São Gonçalo só entrará em funcionamento em maio

Durante a vistoria, Moreira anunciou adiamento de um mês para que as empresas se instalem e comecem a operar.


Assecom/ Divulgação
Com o atraso e os novos itens para o aeroporto, a inauguração deve ser feita no fim de Maio.
A estrutura do aeroporto internacional de São Gonçalo do Amarante no Rio Grande do Norte está quase finalizada. Quase. Mas o problema não é na estrutura dos aeroportos e sim a operacionalização dele.
Em vistoria as obras do aeroporto nesta segunda-feira (24) o ministro da Aviação Civil, Moreira Franco anunciou o adiamento da inauguração do equipamento para o mês de Maio.
Anunciado para ser inaugurado no dia 15 de abril, o aeroporto precisa ter os acessos das estradas liberados e ainda empresas trabalhando com estrutura de internet, comunicação e tecnologia.
A explicação é que as empresas precisam transferir os voos e rotas para Natal e essa transferência demanda tempo.
Os representantes da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) acompanharam a vistoria e programaram para os próximos 10 dias para que as empresas encaminhem um projeto de instalação no aeroporto de São Gonçalo. 
Com o atraso e os novos regras que precisam ser cumpridas no aeroporto, a inauguração deve ser feita no fim de Maio. 

AGNELO BOICOTA CHAPA DE : HENRIQUE E JOÃO MAIA



João Maia em reunião com aliados de Caraúbas
João Maia em reunião com aliados de Caraúbas
De um observador sobre as últimas notícias divulgadas na imprensa potiguar: domingo (23) à tarde em Natal, estavam reunidos Henrique Alves, Wilma de Faria e Agnelo Alves, onde o próprio Agnelo supostamente teria sugerido uma substituição ao nome já definido como pré-candidato a vice-governador na chapa de Henrique. 
Enquanto isso, no mesmo dia na região do Médio-Oeste, quase que no mesmo horário, o deputado federal João Maia (PR), nome definido pela aliança para a vaga de vice, reunia mais de cinqüenta correligionários de vários municípios da região, iniciando a missão de convencê-los da importância de votarem no projeto, tendo Henrique como candidato a governador. Missão essa que por sinal também tem que ser do próprio Henrique e da ex-governadora Wilma.TAGS:ELEIÇÕES 2014