12 de nov de 2012

AINDA SOBRE AS ELEIÇÕES DE 2012 / Polícia faz operação em Serra do Mel


Polícia desencadeou operação para acalmar os ânimos em Serra do Mel
A Polícia Civil de Mossoró, em parceria com a Polícia Militar, realizou uma ação ostensiva em Serra do Mel, neste domingo (11). O objetivo era garantir a segurança no município, tendo em vista a instabilidade política local pós-eleições, além de trabalhos de fiscalização.

Cerca de 50 policiais, entre Civis e Militares se espalharam pelas mais de 20 vilas do município. Foram apreendidas 34 motos (uma delas estava adulterada) e três pessoas foram conduzidas por falta de documentos, mas liberadas. "Há uma preocupação especial com Serra do Mel porque aqui o resultado das eleições ainda não se confirmou. Está sob julgamento da Justiça Eleitoral e isso tem sido motivo para crimes como ameaça, perturbação do sossego e também brigas entre os adversários políticos", explicou o delegado Clayton Pinho.

De acordo com o titular da 2ª Delegacia Regional de Policia Civil, essa indefinição tem gerado diversos conflitos na cidade, tirando o sossego da população local. “Mas o trabalho de hoje é pra mostrar que a Polícia Civil está presente e não vai permitir confusões", concluiu o delegado Clayton.

POLITICA / ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE DA CAMARA DE UMARIZAL !!!!!!



Os dias estão passando bem mais rápido do que antes , isso para os vereadores que vão disputar a presidência da câmara de Umarizal. “ Paulo márcio e Washington Sales.”
São dois candidatos totalmente diferentes , um do (PSD) o outro do (PSB) , uma união aconteceu entres esses partidos durante a ultima eleição , mas que pode acabar mais rápido do que todos imaginam.

Paulo márcio disse que não abre mão , Washington também não , e ai quem vai ganhar no final , uma logica agente já pode tirar essa união vai estremecer muito cedo.

O blog tentou entrar em contato com o líder do (PSD) o ex – prefeito de Umarizal Adson Luís para falar sua posição sobre a eleição da câmara , mas como sempre ele não atende uma única ligação se quer. , era bem interessante que Adson Luís se manifestasse publicamente e não apenas atrás de curtinas e paredes.

O blog antecipa “ vai ter queda de cadeiras no secretariado de Umarizal.”




Poti Júnior é o único candidato “ficha suja” a pleitear vaga de conselheiro do TCE

Do Blog de Valderi Tavares:

Com a aposentadoria compulsória do conselheiro Valério Mesquita, que deverá ser oficializada até terça-feira, dia 20, os deputados estaduais Antônio Jácome (PMN), Fábio Dantas (PHS), Poti Júnior e Nélter Queiroz, ambos filiados ao PMDB, são os nomes mais cotados na disputa do processo de escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado – TCE, que será deflagrado em breve pela Assembléia Legislativa para preencher a vacância do cargo na Corte de Contas.

Os três deputados Fabio Dantas, Antônio Jácome e Nélter Queiroz, que são parlamentares com ficha limpa devem ser os indicados pelas bancadas do PHS, PMN e PMDB, já que eles se enquadram perfeitamente na minuta do projeto da “Lei da Ficha Limpa” estadual, elaborado pelo Ministério Público Estadual e repassada pelo procurador-chefe do MPE, Manoel Onofre Neto, à governadora Rosalba Ciarlini.

O deputado Poti Júnior é o único “ficha suja” dos quatro parlamentares que pleiteiam a vaga de conselheiro do TCE. Segundo dados do projeto Excelências (http://www.excelencias.org.br/@candidato.php?cs=20&id=6386) que traz informações sobre todos os parlamentares em exercício nas Casas legislativas das esferas federal e estadual, o deputado do PMDB, Poti Junior, é alvo de ação penal na área Cível movida pelo Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte.

Além disso, Poti Júnior responde a ação de execução fiscal movida pelo município de Natal e mais cinco ações de improbidade administrativa movidas pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte. O parlamentar pemedebista também responde a três outras ações civis públicas movidas pelo Ministério Público Estadual – MPE, na Comarca de São Gonçalo do Amarante.

Com esse currículo extremamente negativo, o deputado Poti Júnior deverá desistir de pleitear a vaga de conselheiro do TCE para não criar constrangimento aos seus colegas da bancada do PMDB, já que na convenção da legenda, deputado Henrique Eduardo Alves e o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, destacaram exaustivamente em seus discursos a ficha-limpa do ex-candidato a prefeito de Natal Hermano Morais.

Na realidade, o mote do partido na campanha para prefeito de Natal foi baseado na ficha-limpa. Em março, o deputado federal e presidente estadual do PMDB Henrique Eduardo Alves fez uma reunião, em Natal, com todos os pré-candidatos a prefeito pela legenda nas eleições municipais do último dia 07 de outubro e cobrou dos pré-candidatos que todos apresentassem documentação que atestassem não estar incluídos na Lei da Ficha Limpa.

O presidente regional do PMDB e deputado federal Henrique Alves que acredita que a Lei da Ficha Limpa pegou como ferramenta de qualificação dos candidatos, já comunicou ao presidente da Assembléia e deputado Ricardo Motta que Nélter Queiroz é o seu candidato e dos deputados da bancada do PMDB nesse processo de escolha para preenchimento de uma vaga de Conselheiro do TCE.

Detalhe: Se Poti for o escolhido pela Assembleia, logicamente, como de direito, será empossado conselheiro do TCE. Até aí tudo bem. Mas…e se o Ministério Público pedir a cassação da posse de Poti como conselheiro, após ele ter renunciado ao mandato de deputado? Ele volta para Assembleia? Pode ser candidato a deputado em 2014? Como fica?

Rosalba Ciarlini pode ser multada em até R$ 100 mil e gerar nova eleição em Mossoró

Segundo o Ministério Público Eleitoral (MPE), por meio da denúncia feita pelas promotoras Ana Ximenes e Karine Crispim, a atitude da governadora Rosalba Ciarlini em nomear a filha de Chico da Prefeitura para o Detran, pode resultar na realização de novas eleições em Mossoró. Isso porque a representação, que trata de um assunto ocorrido em julho, mas foi enviada para a Justiça só no dia 7 de novembro, pede, entre outras providências, a realização de um novo pleito na cidade. “Uma vez que os votos dados aos candidatos representados são tidos como nulos e, juntamente com o percentual de abstenções, votos nulos e votos em branco, totalizam mais da metade do eleitorado da circunscrição”.
A anulação dos votos seria consequência de outros pedidos do MPE: “A cassação do registro de candidatura de Cláudia Regina e Wellington Filho e a conseqüente não expedição de seus diplomas, caso a decisão ocorra antes da diplomação; a cassação do diploma de Cláudia Regina e Wellington Filho e a conseqüente perda de seus mandatos, em caso de julgamento posterior à diplomação, em conformidade com a disposição do § 5° do artigo 73 da Lei das Eleições”, diz a representação assinada pelas promotoras.
Em relação a Rosalba Ciarlini, por ter praticado o ato, e aos candidatos Claudia Regina e Wellington Filho, o MPE pediu também o pagamento de multa, nos moldes do § 4° do artigo 73 da Lei das Eleições, “sem prejuízo das aplicações punitivas da Lei de Improbidade Administrativa. Assim vejamos a penalidade encartada na Lei das Eleições, fundamento da presente representação: descumprimento do disposto neste artigo acarretará a suspensão imediata da conduta vedada, quando for o caso, e sujeitará os responsáveis a multa no valor de R$ 5 mil a R$ 100 mil”.

Vigia é amarrado, amordaçado e caixa arrombado em Mossoró, no RN

Crime aconteceu na madrugada deste domingo (11), no Hiper Queiroz.
Para violar o terminal, assaltantes usaram maçarico; dinheiro foi levado.




Assaltantes especializados em arrombamento de terminais bancários voltaram a agir no interior do Rio Grande do Norte. O alvo da vez, segundo a Polícia Militar, foi um caixa eletrônico localizado no interior do Hiper Queiroz de Mossoró, na região Oeste do estado. O fato foi registrado por volta das 4h deste domingo (11). Um vigilante foi rendido, amordaçado e trancado numa sala. Para violar o terminal e saquearem todo o dinheiro, os criminosos usaram um maçarico.

Segundo o sargento Alfredo Carneiro, do 12º Batalhão da PM, o crime teria sido cometido por pelo menos três homens. “Eles entraram na loja pelo estacionamento e renderam o vigia. Colocaram um capuz na cabeça dele, tamparam a boca com uma fita e o trancaram numa sala. O vigia só foi libertado quando um colega chegou para a troca de turno, já por volta das 4h”, detalhou o policial.

Ainda de acordo com o sargento da PM, os homens escaparam levando todo o dinheiro do terminal. Diligências ainda foram realizadas na região, mas nenhum suspeito foi encontrado.


Relatório enviado ao G1 pelo comando da Polícia Militar contabiliza, somente neste ano, 28 ações criminosas envolvendo arrombamentos e explosões contra terminais bancários. Com o arrombamento desta madrugada, o número subiu para 29.

Para ler mais notícias do G1 Rio Grande do Norte, clique em g1.globo.com/rn. Siga também o G1 RN no Twitter e por RSS.

Ex-prefeito de Marcelino Vieira é assassinado


Do Jornal de Fato

O ex-prefeito de Marcelino Vieira, Arimateia Fernandes, foi morto com sete tiros na manhã deste sábado, no sítio Exú, zona rural do município. As primeiras informações que chegaram a Delegacia Regional de Pau dos Ferros são de que se trata de Latrocínio.

Arimatéia estava se dirigindo da cidade de Marcelino Vieira para a zona rural, onde tem uma propriedade no Sítio Exú, em uma motocicleta e teria sido abordado pelos supostos assaltantes/assassinos. O (s) suspeito (s) levou a moto Honda Fan, preta, sem placas, da vítima.

Arimatéia Fernandes foi eleito prefeito constitucional em 1992, assumindo o cargo em 1º de janeiro de 1993 até 31 de dezembro de 1996.

DO BLOG : A história se repete na cidade. O ex-prefeito Josemar Alexandre também foi assassiano num passado recente. Lamentável!


Dificuldades (do RN) na mesa

O deputado estadual Fernando Mineiro (PT) quer discutir a situação financeira do Rio Grande do Norte junto com a proposta orçamentária para 2013 .

Para isso, convocou uma audiência pública no próximo dia 13 de novembro:

- “O Governo Rosalba sempre alegou dificuldades financeiras, queremos discutir isso”, afirma Mineiro. Na ocasião, estarão presentes representantes do Ministério Público e do Tribunal de Contas do Estado.

Oportunidade que reunirá na mesma mesa: o Secretário de Planejamento e das Finanças (SEPLAN), Francisco Obery Rodrigues Júnior; o Procurador Geral de Justiça, Manoel Onofre; a Presidente do Tribunal, Judite Nunes; e o Presidente do Tribunal de Contas, Valério Mesquita.


Terceiro turno nas capitais


Do Jornal de Fato

Os seis pedidos de cassação de candidatura da prefeita eleita Cláudia Regina (DEM) e do seu vice Wellington Filho (PMDB), feitos pelas promotoras eleitorais Karine Crispim e Ana Ximenes, iniciam uma pendenga jurídica que deve percorrer o longo caminho da Justiça.

De Mossoró, passando por Natal, até chegar a Brasília (DF). Os recursos são intermináveis, com direito liquido e certo e de lado a lado.

Quanto ao conteúdo dos processos, não há como fazer juízo de valor. Qualquer opinião deve ficar no campo da torcida ou no entendimento de juristas, com os seus interesses.

DO BLOG : O fato novo na capital do Oeste une-se à incerteza do quadro jurídico em Natal. Todos, por último, provocados pelo Ministério Público. Em Natal, o parecer do promotor Christiano Baía opina pela validade do julgamento da Câmara Municial, reprovando as contas do ex-prefeito Carlos Eduardo e pedindo a sua condenação. Caso seja acatado pelo juiz da Terceira Vara da Fazenda Pública o futuro prefeito da capital potiguar não será o escolhido em outubro último. Assimo como o MP pretende em Mossoró..


De pires na mão, dezenas de prefeitos vão a Brasília nesta terça ‘cobrar’ socorro


Josias de Souza lembra que a 48 dias do encerramento de seus mandatos, dezenas de prefeitos desembarcam em Brasília nesta terça-feira (13). Sem dinheiro para fechar as contas, vão pedir socorro a Dilma Rousseff. Na iminência de descumprir as metas previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal receiam sofrer processos judiciais. A lei prevê punições que vão de multa a cadeia.

Os prefeitos se reunirão num auditório do Senado. Reivindicam audiência com a ministra Ideli Salvatti, coordenadora política de Dilma, a quem enviaram uma carta no mês passado. Responsabilizam o governo pela penúria que se espraiou pelos municípios. Esperam atrair a solidariedade dos prefeitos eleitos, que assumirão em janeiro e herdarão as dívidas e os cofres vazios.

Responsável pela mobilização, a Confederação Nacional de Municípios esquadrinhou a encrenca num estudo. O texto anota que a crise roeu a arrecadação de tributos federais que irrigam o FPM (Fundo de Participação dos Municípios). Com isso, estima o documento, as prefeituras deixarão de receber R$ 6,9 bilhões em 2012.
robsonpires