19 de ago de 2014

0 Cantor Briola e sua esposa afirmam apoio ao deputado José Dias 55.123


10481876_660073104088383_3140636634031628136_n
Cantor Briola e sua esposa (candidata a prefeita da cidade de Janduís), esteve hoje  conversando com o deputado estadual José Dias, e confirmaram apoio ao deputado. A cada dia, o parlamentar recebe importantes apoios em prol  de sua reeleição.

Para José Dias, RN vive situação de insegurança total

19 de agosto de 2014 | Rio Grande do Norte


 
O tema segurança pública foi retomado nesta tarde (19) pelo deputado José Dias (PSD) que em pronunciamento no plenário da Assembleia Legislativa afirmou que o povo do Estado está vivendo um dos mais difíceis momentos, que é o da insegurança total.

“É uma situação que atinge a todos. Não há discriminação. Se há uma coisa que o atual governo conseguiu fazer no Rio Grande do Norte foi a equiparação da insegurança para toda a população. Hoje, esse é, indiscutivelmente o maior problema que o Estado vive, pois tem implicações com a vida humana. Estamos expostos a uma insegurança completa”, asseverou. 
Fonte: Marcos Dantas

Perguntar não ofende! VIA - RANIELE GOMES .....

Depois do ocorrido no último domingo (17), as vaias ao prefeito Mano em plena praça pública.

Analistas políticos do município de Umarizal avalia como seria, caso a pedagoga e prefeitável Elijane Paiva, fizesse um discurso depois do prefeito?

Alguns acreditam que Elijene seria ovacionada, outros analistas acreditam que não.

O que é verdadeiro e que hoje toda Umarizal já percebeu, que o nome da pedagoga cresce naturalmente, sem forçar a barra e sem grupo político e sim pela aclamação popular.

Elijane por sua vez o que se comenta, é que não quis participar do evento do candidato Henrique no último domingo (17), mesmo tendo declarado apoio ao candidato.

O zum zum zum é que Elijane achou que no palanque já tinha gente demais!

Garibaldi: “Henrique está assumindo muitos compromissos. Eu não teria essa coragem”

Ministro da Previdência demonstra preocupação com quantidade de pedidos e compromissos assumidos


Garibaldi Filho acompanhou Henrique Alves nas mobilizações que ocorreram neste final de semana no interior do Estado. Foto: Divulgação
Garibaldi Filho acompanhou Henrique Alves nas mobilizações que ocorreram neste final de semana no interior do Estado. Foto: Divulgação
Ciro Marques
Repórter de Política
Com 18 partidos apoiando sua candidatura ao Governo, Henrique Eduardo Alves, do PMDB, tem ouvido nesta campanha uma série de pedidos de prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais e se comprometido com todos. A questão é que, são tantos, que poderão representar um problema para o peemedebista se ele não conseguir honra-los se eleito governador do RN. Pelo menos, foi isso que externou o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, ex-governador e aliado de Henrique nesta disputa.
“Em cada cidade que Henrique chega, é um novo pedido, é um compromisso que ele assume. Sinceramente, eu não sei se teria essa coragem de ser candidato assumindo tanto compromissos quanto ele. Acho que não teria essa coragem”, afirmou Garibaldi, que governou o Estado duas vezes.
A declaração de Garibaldi, feita durante o discurso dele em Umarizal, cidade que fechou a serie de visitas feitas pelos candidatos do grupo de Henrique no Oeste Potiguar neste final de semana, ocorreu logo após o prefeito da cidade, Mano dizer que, para apoia-lo, havia feito três pedidos e Henrique já se comprometeu com um: o Hospital de Umarizal. “Henrique terá uma responsabilidade imensa que é honrar com tudo isso”, acrescentou o ministro.
Além de ter vários prefeitos apoiando, vale lembrar, Henrique tem também muitos grupos políticos ao seu redor o que causou, até certo constrangimento em algumas cidades visitadas neste final de semana. Em Rodolfo Fernandes, por exemplo, Henrique é apoiado pelo atual prefeito e pelo ex, Chiquinho Germano. Como são adversários, somente o atual subiu no carro que levou o peemedebista pelas ruas da cidade.
Quando passou pela casa do ex-prefeito, entretanto, Henrique desceu do veículo e o cumprimentou. A atitude, vista como positiva por alguns, foi analisada como um constrangimento por outros, uma vez que ele deixou o atual prefeito sozinho no carro aberto. “Henrique precisará ter muito jogo de cintura para não desagradar ninguém”, afirmou um dos presentes na cidade.
É bem verdade que, caso seja eleito, como o próprio Henrique ressaltou em Umarizal, ele espera ter o apoio de 85% da Assembleia Legislativa, 75% da Câmara Federal e 100% do Senado. Pelo menos, da bancada potiguar nestas duas Casas. “Vamos ter 20 das 24 cadeiras da Assembleia, seis das oito da Camara e, com Wilma, todas as vagas do Senado”, previu Henrique, durante o discurso.
O parlamentar, também, fez questão de ressaltar que, se por um lado são muitos os compromissos, por outro, ele só é hoje candidato por ter conseguido tudo isso. “Sozinho, eu teria tentado a reeleição e, com certeza, teria assumido meu 12° mandato de deputado federal”, discursou Henrique, ressaltando que, ao seu lado, estão dois ex-governadores: Wilma e Garibaldi.

Turbulência na eleição da bancada potiguar para a Câmara Federal.

federais 1
federais 2
Segundo analistas políticos, estariam com vaga garantida na Câmara Federal os candidatos Walter Alves (PMDB), Rafael Motta (PROS), Fábio Faria (PSD) e Zenaide Maia (PR). Para as demais vagas, surgem as especulações. Será que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) conseguirá ajudar a eleger o sobrinho, Betinho Segundo (PP)? E o prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), poderá eleger um de seus principais aliados, o jornalista Sávio Hackradt (PDT)?

De Mossoró dois nomes fortes estão no páreo: Fafá Rosado (PMDB) e Sandra Rosado (PSB). Para o senador José Agripino, presidente do DEM, o desafio é reeleger seu filho Felipe Maia (DEM). E Fátima Bezerra (PT)? Conseguirá eleger seu assessor Adriano Gadelha (PT). 
E ainda tem Rogério Marinho (PSDB) tentando retornar à Câmara Federal. 
Do blogue: São dez nomes para oito vagas. Quem sobrará?
Fonte: O Xerife

De Getulio Rêgo, candidato à reeleição pela nona vez, no dia do lançamento da sua campanha no Éden Clube, Pau dos Ferros.


Rafael Motta recebe apoio de todas as principais lideranças de João Dias


Candidato a deputado federal pelo PROS, Rafael Motta visitou na noite desta segunda-feira (19) a cidade de João Dias, que comemora ao longo da semana a sua emancipação política. Lá, ao lado do deputado estadual Gustavo Carvalho (PROS), Rafael Motta foi oficializado como o candidato do atual prefeito Girlano; do vice-prefeito Sebastião; do ex-prefeito Paulo de Tarso, e de todos os nove vereadores da cidade – Luciana, Luana, Oselita, Negão, Marcelo, Helena, Sandoval, Juninho e Everaldo.

HOJE MEUS PARABÉNS VAI PRA ELA .... CAMILA SOARES ...FELICIDADES AMIGA .....


Rafael Motta visita sete municípios do Oeste Potiguar em um dia



Candidato a deputado federal pelo PROS, Rafael Motta visitou sete municípios da região Oeste Potiguar neste domingo (17). As últimas duas cidades foram Umarizal e Rodolfo Fernandes, onde Rafael Motta encontrou a Caravana da Mudança, do candidato ao Governo do RN, Henrique Eduardo Alves, do PMDB.

Em Umarizal, última cidade visitada no domingo, Rafael Motta andou pelas ruas do município e conversou com lideranças locais, como o ex-prefeito Rogério Fonseca; o atual presidente da Câmara, Washington Sales; o ex-presidente da Casa, Chico de Brancar; e os vereadores Bazoca e Naldo de Brancar.

Antes, ao lado do deputado estadual Raimundo Fernandes, Rafael Motta visitou o ex-prefeito de Rodolfo Fernandes, Chiquinho Germano, o vereador Minervanio Menezes e a ex-vice-prefeita, Neide Nazaré. Lá, ele também se encontrou com o candidato a governador e a Caravana da Mudança.

Ao todo, só neste domingo, Rafael Motta visitou sete municípios do Oeste. Venha Ver, São Miguel, Coronel João Pessoa e São Francisco do Oeste, ao lado de Raimundo Fernandes, e Pilões, com o deputado estadual Gustavo Carvalho.

Nova pesquisa Datafolha mostra Dilma com 36%, Marina, 21%, e Aécio, 20%

Divulgada ontem  mais uma pesquisa Datafolha. Dessa vez o cenário já traz Marina Silva como candidata a presidente da República pelo PSB.
O Datafolha ouviu 2.843 eleitores em 176 municípios nos dias 14 e 15 de agosto. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.
A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00386/2014.
Veja os números:
- Dilma Rousseff (PT): 36%
- Marina Silva (PSB): 21%
- Aécio Neves (PSDB): 20%
- Pastor Everaldo (PSC): 3%
- José Maria (PSTU): 1%
- Eduardo Jorge (PV): 1%
- Luciana Genro (PSOL): 0%
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%
- Eymael (PSDC): 0%
- Levy Fidelix (PRTB): 0%
- Mauro Iasi (PCB): 0%
- Brancos/nulos/nenhum: 8%
- Não sabe: 9%

Segundo turno
- Marina Silva: 47%
- Dilma Rousseff: 43%

- Dilma Rousseff: 47%
- Aécio Neves: 39%

Rejeição

- Dilma Roussef: 34%
- Aécio Neves: 18%
- Pastor Everaldo: 17%
- Zé Maria: 16%
- Eymael e Levy Fidelix e Rui Costa: 13%
- Marina Silva, Luciana Genro e Mauro Iasi: 11%
- Eduardo Jorge: 10%

Avaliação da presidente

- Ótimo/bom: 38%
- Regular: 38%
- Ruim/péssimo: 23%


Infográfico divulgado pelo portal G1
Infográfico divulgado pelo portal G1

Em noite memorável em Umarizal, prefeito Mano é vaiado por uma multidão durante discurso!

Sem pulso de controle administrativo, a noite de ontem domingo (17), foi a vez do prefeito Mano Onofre (DEM) de Umarizal perceber que também anda sem pulsos e controle político.

Mano entra para história política de Umarizal como o primeiro prefeito a receber vaias em pleno palanque de ponta a ponta da multidão.

Sem controle sobre seu próprio grupo político, Mano hoje é refém de seus próprios aliados políticos que articulam como quer e onde quer, sem ouvir o prefeito.

Hoje Mano atua diferente de outros prefeitos do RN quem mostra como ser um líder político e que mantem todo grupo unido mostrando forças e lideranças em seus municípios.
Ou Mano começa chamar seus “aliados a uma conversa” ou vai piorar.

Hoje Mano soma a desorganização administrativa (salários atrasados, saúde ruim, violência) com a ajuda de seus “aliados políticos” que observa de longe com sorrisos no canto da boca as vaias, tudo isso faz com que Mano caminhe para um terrível fim político, ou Mano começa tomar medidas estremas, imediatas ou vai passar do fundo do poço.

Henrique Alves

Foi cavalheiro e Gentil, em seu discurso fez questão de subir a alta estima do prefeito Mano, e se comprometeu em ajudar sua gestão em Umarizal caso seja governador, ou seja foi cavalheiro com o prefeito Mano na hora difícil, coisa que seus próprios aliados locais não faz.
 
fonte:  http://muralderiachodacruz.blogspot.com.br/2014/08/em-noite-memoravel-em-umarizal-prefeito.html?spref=fb