2 de set de 2015

O 2º Sargento - Flavio de Freitas Oliveira é o novo comandante do pelotão de polícia militar de Umarizal


Boletim interno Nº 156 de 28 de agosto de 2015, do 7º Batalhão de polícia militar - Pau dos ferros/RN.
----------------------------------------

Esse boletim designa o 2º Sargento de polícia, o senhor Flavio de Freitas Oliveira para ficar à frente e no comando do pelotão de polícia militar da cidade de Umarizal/RN.

Fonte: Sargento Flavio via telefone                                                                 

"Quero a prova de tudo que foi falado no áudio", diz prefeito Marcos de Umarizal

O prefeito em exercício, Marcos Fernandes (PSD) disse, nessa terça-feira, 01, durante pronunciamento na Câmara dos Vereadores, que quer provas de tudo que foi falado pelo sargento Azevedo em dois áudios gravados por um aplicativo de celular e veiculado através das redes sociais na internet. “Quero prova de tudo que foi dito e falado naquele áudio”.

Em um dos áudios gravados, o policial militar diz que o prefeito tem amizade com um criminoso conhecido do município e chega a insinuar que o mesmo faz uso de drogas.

Conheço todo mundo em Umarizal. Todo mundo bom e todo mundo ruim. Não tenho nada contra ninguém ou o que eles fazem, agora não compartilho e nem compartilhei com nada que eles fazem”, disse Marcos em seu pronunciamento.

O prefeito interino disse acreditar que a atitude do policial militar tenha interesse político. “Já estou vendo que tem outros interesses. Está vendo que estou trabalhando. Está vendo que estou fazendo o que outros não puderam fazer e que estamos tomando as medidas que Umarizal precisava a muito tempo”, declarou o prefeito.

Marcos disse que já registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil e que agora, espera que o caso seja esclarecido. O prefeito disse ainda que vai levar os áudios a promotoria para que a justiça tome as devidas providências.
Não vai ser por essas coisas que vou baixar a cabeça. Estou dando esse esclarecimento porque a população merece respeito”, disse o prefeito.

Do Umarizalense

Ex-prefeito de Santana do Seridó deve trocar o PMDB pelo PSD

O ex-prefeito de Santana do Seridó, Iranildo Pereira, protocolou pedido de desfiliação do PMDB, no último dia 20 de agosto. Iranildo deve desembarcar no PSD.
20150901150441

Gilberto Kassab virá a Natal para ato de filiação de prefeitos ao PSD



O ministro das Cidades e fundador do PSD, Gilberto Kassab, virá a Natal, provavelmente no dia 16 de setembro, para abonar a filiação de mais de 30 prefeitos à legenda. Ele será recepcionado pelo presidente estadual do partido, governador Robinson Faria.

Investimento de Dilma em saúde entre janeiro e julho cai 32%

O gasto do governo federal com investimentos (obras e compras de aparelhos) na saúde caiu 32% nos primeiros sete meses de 2015 em relação a igual período do ano passado. De janeiro a julho de 2014, o desembolso para construção de unidades de saúde e compra de equipamentos médicos chegou a R$ 2,5 bilhões. Neste ano, o montante não passou de R$ 1,7 bilhão.
Em meio à crise, o Ministério da Saúde sofreu um corte de R$ 13 bilhões em seu orçamento original, que era de R$ 121 bilhões para 2015. Foi o segundo maior ajuste na Esplanada –superado apenas pelo da pasta das Cidades. Mesmo com o corte, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, dizia que a pasta havia sido “preservada” e não sofreria forte impacto.

No Rio Grande do Norte o gás de cozinha terá reajuste de 23%


botijaoConforme levantamento da Tribuna do Norte, o preço do botijão de gás está cerca de 23% mais caro no Rio Grande do Norte a partir desta quarta-feira (2). Além do reajuste de 15% anunciado na segunda-feira (31) pela Petrobras, o consumidor também sentirá no bolso o aumento dado pelas revendedoras de gás aos funcionários no acordo do dissídio coletivo.
Segundo Francisco Correia, presidente do Sindicato das Revendedoras Autorizados de Gás LP no Rio Grande do Norte (Singás-RN), foi preciso repassar o aumento integral para o consumidor. Por causa disso, o valor do botijão de gás, que atualmente está em cerca de R$ 50, passará a custar entre R$ 57 a R$ 62 no estado, dependendo da região.