17 de ago de 2012

Agripino nega “combinemos” com PTB


O senador José Agripino (RN) se pronunciou em relação a publicações sobre o suposto ingresso da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) no PTB:

- “Eu não faço combinação com ninguém para deixar o Democratas, nem no Rio Grando do Norte, nem em qualquer parte do Brasil. Qualquer especulação nesse sentido é desinformação ou má fé”.

Pelo twitter, Agripino foi além:

- O que eu tenho a dizer é que sobre os assuntos do Democratas eu opino. Os do PTB, fala o PTB.


CANDIDATO A VEREADOR DA OPOSIÇÃO DESISTE DE UMA APOSTA QUE ELE MESMO INICIOU !!!!!!!!!!!!







O candidato a vereador da oposição zé moura chamou hoje pela manhã o cidadão Naldo batista para apostar o seu carro em pop que Naldo têm, zé moura estava dando 500 votos de maioria para a candidata da oposição elijane paiva.


Até ai tudo bem , mas quando Naldo batista foi na sua residência buscar os documentos da sua moto para entregar a Eriverton das peças , para se concretizar a posta o candidato a vereador zé moura não apareceu , Naldo foi surpreendido com uma ligação do irmão do candidato onde o mesmo pediu para que Naldo não apostasse por que Juarez tinha conversado com o seu irmão e tomaram a decisão de não apostar mais.

Mano e Marcos são recebidos por multidão em visita ao bairro Caraíbas






Os candidatos Mano (DEM) e Marcos (PSD) iniciaram na noite dessa quinta-feira (16) o ciclo de visitas de campanha aos bairros e comunidades de Umarizal. A reunião na noite de ontem foi realizada no bairro Caraíbas e surpreendeu a coordenação da campanha dos candidatos.

“É comum os candidatos Mano e Marcos reunirem muita gente durante as suas caminhadas em Umarizal, mas a reunião do Bairro Caraíbas ganhou uma proporção surpreendente" comemorou a coordenação.


Uma multidão saiu às ruas para acompanha o discurso das lideranças. O candidato a vice Marcos destacou o otimismo com o andamento da campanha da chapa situacionista e a recepção da população. "Todo dia me admiro mais com o apoio do meu povo”, disse Marcos.
O candidato Psdista ainda completou. “Nas ruas, as pessoas pararam para declarar apoio aos candidatos. Nas residências, o sorriso e o abraço caloroso dos eleitores comprovaram o fortalecimento da campanha que não para de crescer. A cada visita ficamos mais confiantes da vitória, e não somos nós que estamos dizendo, é o povo que afirma com convicção em cada lugar que passamos”.

FONTE: UZL EM FOTOS E RANIELE GOMES

Caraúbas: TSE devolve mandato a Ademar Ferreira




Em maio último, o TRE julgou a perda de cargo eletivo por desfiliação partidária ao então prefeito de Caraúbas, Ademar Ferreira da Silva.

Hoje, foi a vez do TSE , à unanimidade, se pronunciar em favor de Ademar, reconhecendo que sua desfiliação do Partido Social Brasileiro (PSB) decorreu de grave discriminação pessoal, caracterizada por divergências partidárias, impossibilitando assim a sua permanência no partido.

Pioneirismo baiano

Na política do Rio Grande do Norte, alguns casos recentes de mudança de comando partidário através de processos, em algumas situações, nada amistosos.

Vejamos alguns exemplos:

PP : Fernando Freire → Nélio Dias

PSDB: Geraldo Melo → Rogério Marinho

PDT: Leonardo Arruda → Álvaro Dias

PTB: Fernando Bezerra → Ezequiel Ferreira de Souza

PV: Rivaldo Fernandes → Micarla de Sousa

PMN: Renato Dantas → Robinson Faria

PSB: Waldson Pinheiro → Wilma de Faria

DO BLOG - O inedistismo conquistado pelo secretário baiano Benito Gama foi realizar o caminho inverso, retirando o comando do PTB de um deputado estadual com votação expressiva para um cidadão também baiano, sem mandato e histórico na política potiguar.

Relatório aponta falta de transparência na "Gestão Rosalba Ciarlini".


Os investimentos (ou a ausência deles) não foram os únicos motivos que fizeram o conselheiro Paulo Roberto Alves, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e irmão do senador Garibaldi Alves Filho, reclamar da ação do Governo do Estado no primeiro ano de gestão Rosalba Ciarlini, durante análise da prestação de contas dela.
A transparência pública, ou melhor, a falta dela, foi tema de um tópico a parte. Justamente, pela dificuldade que é conseguir informações a respeito da utilização de recursos.
Dos 27 tópicos listados pelo TCE como a transparência deve existir, 13 deles foram “cumpridos apenas de forma parcial”, “confusa”, “não deu para analisar” ou, simplesmente, “não foram cumpridos”. A exigência de “relatório Resumido da Execução orçamentária”, por exemplo, a gestão “cumpriu, mas de forma confusa”.
Houve também falta de transparência na “pessoa física ou jurídica beneficiária do pagamento, inclusive nos desembolsos de operações independentes da execução orçamentária, exceto no caso de folha de pagamento de pessoal e de benefícios previdenciários”. Isso porque o Governo cumpriu, mas parcialmente, “pois em alguns casos não identificou o credor”, apontou o ministro relator irmão de Garibaldi Alves.


Vale lembrar que o TCE apontou também que a “transparência da gestão fiscal está encartada na LRF, em seu capítulo IX, dele decorrendo regras para a divulgação de relatórios e demonstrativos de finanças públicas segundo padrões de confiabilidade, abrangência e comparabilidade. Cabe, portanto, aos gestores públicos tornar sua administração mais transparente, prestando contas de uma forma mais efetiva, através do Relatório Resumido da Execução Orçamentária e do Relatório de Gestão Fiscal, nos termos dos artigos 52 a 55 da LRF”.


Além da transparência, o TCE reclamou dos baixos investimentos feitos pela gestão na área da saúde pública: apenas R$ 11 milhões. Na terça-feira, por sinal, o ex-secretário estadual de Saúde Pública (Sesap), Domício Arruda, afirmou que só a metade desse valor foi realmente investido em benfeitorias nas unidades médicas. O resto foi para convênios.

Baseado no relatório do orgão, foi constatado que o Governo do Estado investiu menos de 1% em áreas fundamentais da administração pública, como saneamento básico, habitação, esportes e cultura.
Blog do Túlio Lemos

Wilma de Faria participará da campanha de Bráulio Figueiredo, em Pau dos Ferros.


A Ex-governadora, Wilma de Faria (PSB), confirmou presença na mobilização dos candidatos Bráulio Figueiredo e Maison Rêgo, Prefeito e Vice-prefeito, respectivamente, que deverá ocorrer no próximo domingo (19), em Pau dos Ferros.


A manifestação oposicionista terá comício na Rua São João, a partir das 19 horas, e em seguida, passeata pelas principais ruas do município, finalizando no Comitê 15.


Mesmo estando em plena disputa pela Prefeitura de Natal como candidata a Vice-prefeita na chapa encabeçada por Carlos Eduardo Alves, Wilma de Faria resolveu ajudar os candidatos da oposição com a sua presença em solo pau-ferrense, já que quando foi governadora...

A "Guerreira" trouxe muitos benefícios para a cidade como o Restaurante Popular, a Central do Cidadão, equipou uma UTI no Hospital Regional, asfaltou a Rua 13 de Maio, além de ter reformado e ampliado a UERN.


Com a presença de Wilma de Faria no palanque da oposição no próximo domingo, muitos passarão a questionar a ausência da atual Governadora, Rosalba Ciarlini (DEM), na campanha do candidato governista, já que até a presente data a Chefe do Executivo estadual não disse se virá à "terra de Nossa Senhora da Conceição".


Caso a Governadora resolva ficar de fora da campanha eleitoral de Pau dos Ferros, será a primeira vez que um candidato a Prefeito aliado do governo estadual deixará de ter em seu palanque um representante do Palácio Potengi. Fato inédito!
Que dureza, hein?!
Via Blog Politica Pauferrense

1 MP pede na Justiça que secretário de Saúde e governadora sejam multados por desabastecimento de hospitais

O Ministério Público Estadual entrou com Ação Civil Pública para que a Justiça fixe multa no valor de R$ 10 mil para o Secretário Estadual de Saúde, Isaú Gerino; a Governadora do Estado, Rosalba Ciarlini; e o Secretário Estadual de Planejamento e Finanças, Francisco Obery Rodrigues Júnior, por dia de inadimplemento pelo fato de descumprir decisão judicial que determina providências com vistas ao abastecimento da rede hospitalar estadual.

A petição do MP foi protocolada nos autos da Ação Civil Pública n° 0116296-56.2012.8.20.0001, que trata do desabastecimento hospitalar no Estado, após reunião do Fórum em Defesa da Saúde Pública realizada no início da semana no qual observa-se que o percentual de abastecimento do Hospital Walfredo Gurgel caiu, mesmo após a decisão da Justiça.

Segundo dados do Conselho Regional de Medicina, em meados de julho deste ano o Hospital Walfredo Gurgel tinha um percentual de abastecimento de 34% e passados menos de trinta dias da visita anterior o CRM voltou à unidade para verificar a melhoria no estoque de medicamentos, materiais e insumos tendo em vista a decisão judicial determinando providências o percentual de abastecimento caiu para 32%.

Situação idêntica a do Walfredo Gurgel é vivenciada no Hospital Giselda Trigueiro onde inúmeros medicamentos também estão em falta, com evidente comprometimento do tratamento dispensado aos portadores de doenças infecto-contagiosas.