28 de ago de 2013

Colapso no abastecimento de água atinge 11 cidades do RN


Chuvas não foram suficientes para encher os mananciais potiguares.
Perspectiva do governo é que número aumente no segundo semestre.

 

 

A falta de chuvas e os baixos níveis nos reservatórios de água gerou colapsos no abastecimento de 11 cidades atendidas pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern). A perspectiva da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) é que esse número aumente no segundo semestre, quando as chuvas tendem a diminuir. A Caern atende 153 dos 167 municípios do RN.

 
As cidades com serviços paralisados estão concentradas nas regiões Oeste e Seridó do estado. Atualmente sofrem com o colapso no abastecimento os municípios de Luís Gomes, Pilões, Água Nova, São Francisco do Oeste, Ipueira, Equador, São José do Seridó,  Jucurutu, Riacho de Santana, João Dias e Carnaúba dos Dantas.

O gerente regional da Caern no Seridó, José Nilson Araújo, disse que as comportas da barragem Coremas (PB) foram abertas há 16 dias e espera que a água chegue até o final desta semana para religar o abastecimento de Jucurutu.

Na avaliação da coordenadora de Gestão de Recursos Hídricos da Semarh, Joana D'arc Freire de Medeiros, praticamente todos os reservatórios do estado estão sofrendo perdas quanto aos níveis de água. "No período chuvoso alguns melhoraram a situação, mas outros não. A tendência é que todos diminuam no segundo semestre", analisa. De acordo com a coordenadora, a recomendação é que os moradores tenham cuidados no uso da água, evitando desperdícios.

Diversos reservatórios estão com níveis considerados alarmantes pela Semarh. Os reservatórios de Zangarelhas e Cruzeta, por exemplo, apresentam índices de 7,66% e 6,51%. Ambos estão localizados na Bacia Piranhas/Açu. "Estão praticamente vazios", ressalta a coordenadora de Gestão de Recursos Hídricos. No reservatório Itans, que abastece cidades da região Seridó, o nível é de 18,2%.

 

Diário Oficial traz nomes de novos secretários do RN

O jornalista Paulo Araújo assume a comunicação do Estado.
Secretaria de Trabalho será comandada por Francisca Targino.

Do G1 RN

 

O Diário Oficial do Rio Grande do Norte desta quarta-feira (28) trouxe a nomeação dos novos secretários de estado. Para a secretaria de Comunicação Social foi nomeado o jornalista Paulo Araújo e para a pasta do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), Francisca Shirley Ferreira Targino.
O DOE trouxe ainda a exoneração de Luiz Eduardo Carneiro que respondia pela Sethas, e de Edilson Braga e Valéria Costa, titular e adjunta da Comunicação, respectivamente. Para o cargo de secretária adjunta de comunicação foi nomeada a jornalista Glácia Marillac.

 

RN terá 7 médicos cubanos

Do Novo Jornal
Com a chegada dos cubanos e a homologação da relação de inscritos no Ministério da Saúde, a relação do número de profissionais no Mais Médicos para o Rio Grande do Norte foi alterada, passou de 43 para 49, incluindo os sete estrangeiros vindos da ilha caribenha.
Ontem à noite, o Conselho Regional de Medicina anunciou que vai entrar na Justiça para não ser obrigado a registrar médico estrangeiro que não tenha sido submetido ao exame Revalida.
Os profissionais cubanos, escolhidos pelas entidades médicas brasileiras como símbolos do repúdio ao Mais Médicos, vão trabalhar nos municípios de São Tomé, Riacho de Santana e São Miguel que haviam ficado de fora da primeira inscrição do programa. Agora, o RN tem 19 municípios beneficiados pelo programa.
O Ministério da Saúde (MS) e as secretarias estadual e municipais de saúde no RN estão se preparando para o acolhimento aos profissionais selecionados pelo Mais Médicos. Além de Cuba, eles vêm da Argentina, Espanha, Itália, Portugal e Rússia.
Os sete médicos cubanos que vêm para o RN fazem parte dos 400 que vieram de Cuba em um acordo assinados entre o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). Eles foram designados para unidades básicas de saúde de 701 cidades brasileiras inscritas no programa federal, mas que não tiveram adesão de nenhum profissional brasileiro ou estrangeiro na fase de seleção.
Segundo a apoiadora do MS, Solane Maria Costa, a chegada dos 49 médicos confirmados até ontem está sendo preparada por uma comissão estadual formada por membros do Provab (Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica) e Governo Federal.


Aniversário da Prefeita


Aniversariante do dia, a Prefeita de Mossoró Cláudia Regina (DEM) terá missa de ação de graças no final da tarde  na Igreja de São José.




TRT-RN convoca municípios que ainda não negociaram precatórios

O Serviço de Precatórios Requisitórios do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) já marcou uma nova data para continuar com as negociações envolvendo quatro prefeituras, que têm dívidas de precatórios em tramitação e que ainda não firmaram nenhum termo de compromisso.

As novas audiências de conciliação estão agendadas para o dia 6 de setembro, quando o juiz Antônio Soares Carneiro espera concluir a negociação iniciada semana passada com a prefeitura de Macau.

Naquela oportunidade, o magistrado fez a proposta ao prefeito Kerginaldo Pinto do Nascimento de parcelar o valor da dívida, de R$ 6.906.623,83, em 80 pagamentos de R$ 95.000,00.

O município de Macau tem precatórios a pagar dos anos de 2011, 2012 e 2013, relativos a 453 processos.

Quem também deve negociar com o TRT-RN é o município de Natal, que deve R$ 997.441,91 a 48 credores, de precatórios inscritos no orçamento de 2013 e não compareceu na última audiência de conciliação de precatórios.

A terceira negociação do dia será feita com a prefeita de Jardim de Angicos, Suely Fonseca Bezerra de Lima, cujo município tem uma dívida de R$ 302.775,08 de um precatório de 2013, referente a um único processo.

A última audiência do dia será com o prefeito de Serrinha, Fabiano Henrique de Sousa Teixeira, que negociará o pagamento dos precatórios inscritos no orçamento de 2013.

 

   TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 21ª REGIÃO - COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL  -  FONES: (84) 4006-3081/4006-3280/9614-0111

KELPS CONSTATA QUE 23% DA CONSTITUIÇÃO ESTADUAL NÃO VALEM DE NADA

O deputado estadual Kelps Lima deu entrada hoje na Assembleia Legislativa com uma proposta para atualizar a Constituição do Rio Grande do Norte com base nas mudanças havidas na Constituição Federal em 1988.
“No levantamento que fizemos, encontramos 38 artigos em desacordo com a Constituição Federal”.
Segundo Kelps, há casos de completa dissonância, como o fato de ainda existir um dispositivo na Constituição Estadual que proíbe reeleição para cargos de Governador e Prefeito.
Segundo o deputado, depois da promulgação da Carta Magna, a nossa Constituição do RN nunca foi atualizada e, por isso, alguns trechos não mantém consenso ou se sujeitam à hierarquia legal que deve haver entre os dois textos constitucionais, o Federal e Estadual.
Após realizadas as mudanças, Kelps quer que a Assembleia mande imprimir novamente a Constituição do Estado, com um texto novo e mais harmonizado com a realidade atual do Rio Grande do Norte.