26 de out de 2016

Em defesa da vaquejada…


vaquejada_bahia



O deputado estadual Lucas Ramos (PSB) fez questão de reforçar o ato em favor da regulamentação da vaquejada, ontem, em frente ao Congresso. Aliou-se à bancada federal para levar ao Congresso a sua posição favorável. “Conseguimos a garantia do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de que o assunto será tratado com a ministra do STF Cármen Lúcia para que seja elaborado um marco legal que contemple a atividade e não prejudique os mais de 700 mil empregos que são gerados pelos eventos”, afirmou.

Governo do RN suspendeu concurso de 2015 para professor


concursoED
Em publicação no Diário Oficial do Estado, edição de hoje (26), a secretaria estadual de Administração e dos Recursos Humanos, suspende os efeitos do concurso público deflagrado por meio do Edital n. 001/2015 – SEARH-SEEC/RN. O documento trata do concurso para professores efetivos e especialistas em educação para a rede estadual de ensino.

Segundo o artigo 2º da publicação no DOE, “fica a Coordenadoria de Gestão de Pessoas – COGEP/SEARH proibida de elaborar as minutas de atos de nomeação ou posse em decorrência do concurso público deflagrado por meio do Edital n. 001/2015 – SEARH-SEEC/RN, até ulterior deliberação”.

Suplentes de olho no anúncio do secretariado de Rosalba




As conversas existem e estão relacionadas à convocação de suplentes na Câmara Municipal de Mossoró. Os interessados conversam em dois patamares, isto é, com Rosalba no plano municipal e com Robinson em nível estadual. O espaço existe e tudo pode acontecer.

Reforma administrativa: falta cortar 24% dos cargos


tesoura_2O governo ainda terá de cortar 24% de cargos e funções comissionadas no Poder Executivo para concluir a reforma administrativa e a racionalização dos custos, anunciada em junho, com o objetivo de colaborar para o ajuste fiscal do país.



A economia para os cofres públicos, até o momento, está estimada em R$ 176 milhões. Até o fim do ano, a previsão é de redução de R$ 230 milhões na folha de pagamento do funcionalismo. Montante que significa 0,09%, apenas, do desembolso total com os servidores, estimado para 2016, em cerca de R$ 257 bilhões.

Cármen Lúcia não quer ‘papo’ com Renan e Temer

A presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, recusou encontrar-se com o presidente Michel Temer e o presidente do Senado, Renan Calheiros, hoje (26.out), às 11h, no Palácio do Planalto.
prisão de 4 policiais legislativos, na última 6ª feira (21.out), produziu uma crise entre os representantes dos Três Poderes.

temer e lucia