18 de jun de 2013

A POPULAÇÃO BRASILEIRA ESTÁ ACORDANDO ...... JÁ ERA HORA .....ANTES TARDE DO QUE NUNCA


Equipe da Globo é expulsa de manifestação em SP

Manifestantes expulsam equipe da Rede Globo. O jornalista Caco Barcellos e seus repórteres não conseguiram ficar no protesto, que fecha a avenida Faria Lima.

 

O jornalista Caco Barcellos e sua equipe, da Rede Globo, foram expulsos do protesto em São Paulo. (Foto: Mauricio Camargo / Brazil Photo Press)         

 

Os manifestantes que protestam contra o aumento da tarifa do transporte público no largo da Batata, em São Paulo, expulsaram uma equipe da Rede Globo do ato que acontece desde as 17h. O jornalista Caco Barcellos e seus repórteres não conseguiram ficar no protesto, que fecha a avenida Faria Lima. Os manifestantes expulsaram os profissionais com gritos de “Fora Globo” e “Central Globo de Mentiras”.
Militantes identificados com bandeiras de partidos também foram hostilizados por manifestantes. Houve um princípio de briga entre eles. A multidão gritava para filiados de legendas como PSTU, PCO e PCB: “Nenhum partido nos representa”. Os manifestantes também bradavam palavras de ordem, destacando que o protesto “não é comício”. “Sem bandeira”, gritavam.
Meia hora após a confusão, jovens que portavam bandeiras de partidos deixaram o protesto. O clima entre os manifestantes é tenso.


FONTE: www.pragmatismopolitico.com.br

Aposentado de Apodi mantém em casa biblioteca com mais de 4 mil livros.

18 de Junho de 2013 - O aposentado José Pequeno de Sousa aprendeu a ler aos 39 anos de idade e nunca mais parou. Hoje, aos 81 anos, ele tem em casa uma biblioteca com cerca de quatro mil livros. Seu Zé é um colecionar de palavras que nunca acumulou bens materiais na vida, só conhecimento. Desde 1962 que esse paraibano de Campina Grande, não pensa em outra coisa, a não ser juntar livros na casa onde mora em Apodi, município a 320 quilômetros de Natal . Já são 50 anos de leituras e de inúmeras descobertas.

“É o conhecimento que a gente leva”, diz. Hoje, com a visão cansada, seu Zé já não lê como antes, mas a biblioteca particular continua crescendo. A pequena casa está entupida de livros, na última contagem eram 4 mil títulos devidamente organizados na sala, no armário da cozinha, em cima da bicicleta, sobre a mesa, onde tiver espaço sobrando tem livro ao alcance.

A esposa de José Pequeno, Maria Crisóstomo, apesar de viver numa biblioteca, nunca leu nada. Ela é analfabeta, mas diz que gosta da presença dos livros. “Eu acho muito bom porque é cultura. A casa fica animada, tem visita de pessoas que querem ver os livros”, diz Maria.

Na biblioteca de Zé Pequeno não existe seleção. De tudo tem. Enciclopédias, literaturas, manuais, no acervo é possível encontrar até guias para alunos de medicina. Ele não se importa de repartir o conhecimento dos livros que tem guardado, ele gosta de receber visita das pessoas interessadas em aprender. Mas tem um detalhe a pessoa tem que fazer a leitura na casa, sob a vigilância dele. Ele não empresta livro a ninguém.

“Eu tenho ciúme dos livros”, diz Seu Zé. Essa regra de não emprestar livros veio depois de algumas experiências desagradáveis. Certa vez, seu Zé emprestou um exemplar da biblioteca a uma pessoa que nunca mais voltou pra devolver. Mesmo sabendo que os livros não podem mais sair de casa, tem gente que ainda insiste em pedir alguns títulos emprestados.

Com tantos livros em casa, uma pergunta precisa ser feita: no futuro, quem vai ficar com esse acervo? A ideia é deixar essa responsabilidade nas mãos do único filho de Zé Pequeno, que hoje mora em Pau dos Ferros. Mas isso não é uma certeza. A biblioteca deve ficar com pessoas que  gostem de ler, colecionar, preservar o conhecimento assim como seu Zé Pequeno vem fazendo ao longo de década.
 
 
FONTE:ideias-efatos.blogspot.com.br/Via: gardêniaoliveira. 

PT critica atraso e falta de planejamento do Governo do RN em obras de saneamento.

Ao lançar o programa "Sanear RN", que visa sanear 80% o estado e 100% de municípios como Natal e Mossoró, o governo do Estado recebeu críticas da oposição. A maioria delas se refere ao fato de que o Estado está bastante atrasado na execução das obras, uma vez que os recursos federais estão disponíveis desde o início da gestão atual. Os petistas também reclamam da incapacidade gerencial e da falta de planejamento.

"Todas as obras ali relacionadas são obras que já estavam previstas pelo próprio governo. Obras que estavam atrasadas. Existem recursos para saneamento disponibilizados há algum tempo. São obras decorrentes de empréstimos aprovados pela Assembleia Legislativa que estavam paralisadas", afirma o deputado estadual Fernando Mineiro (PT).

Para o deputado estadual, o atraso reflete o imobilismo predominante na gestão estadual como um todo.  "Devia ter feito desde o início. Devia ter tocado as obras. Perdeu-se muito tempo, o governo é muito lento para dar continuidade. Reflete o imobilismo, a lentidão do governo Rosalba para tocar as obras importantes e necessárias para o Estado". Apesar disso, o petista reputa tais intervenções "mais do que necessárias". Na sua avaliação, "todas são obras do governo federal, com execução da CAERN".

A deputada federal Fátima Bezerra (PT) critica o governo do Estado pelo atraso nas obras. "Os recursos são do governo federal e estão aí há muito tempo, desde 2010. Lamentavelmente o governo levou três anos, e agora anuncia que vai tocar o sanear. Esperamos que o governo execute as obras com rapidez e o quanto antes, porque são muito importantes para melhorar a qualidade de vida da população do RN", destacou.

Segundo Fátima, o governo federal tem enviado recursos para o RN, mas falta capacidade de gestão e planejamento. "O governo federal tem mandado muitos investimentos para o RN, mas por outro lado tem faltado capacidade de gestão e planejamento no Estado". Segundo a deputada petista, os recursos do Sanear são do PAC. "Os recursos do investimento são do governo federal e estão disponíveis desde 2010, herdados do governo anterior".

A deputada criticou o fato de o governo Rosalba entrar no terceiro e penúltimo ano e só agora o governo anuncia as obras. "Infelizmente no terceiro ano de governo que o governo anuncia que vai agora tocar as obras, tomara que toque".

No total, segundo o governo, 18 municípios passarão por obras estruturantes de esgotamento sanitário e abastecimento de água, incluindo a capital. A expectativa é que Natal passe dos atuais 36,5% para quase 100% de coleta e tratamento de esgotos. Os investimentos são da ordem de R$ 1 bilhão.

Informações do Jornal de Hoje

Sisu Prefeito que baixou salário de professores é detido nos Estados Unidos por excesso de dólares




O prefeito de Juazeiro do Norte (CE), Raimundo Macedo (PMDB), foi detido pelo FBI e Receita Federal ao desembarcar na semana passada em Washington, nos Estados Unidos. Ele permaneceu sob investigação por ter em seu poder, supostamente, mais dólares do que a lei permite.


A comitiva de prefeitos do Cariri que era acompanhada pelo secretário Camilo Santana (Cidades) ficou aguardando liberação durante todo o tempo em que Raimundão, como é conhecido o prefeito, esteve detido para dar explicações. Camilo Santana teria inclusive acionado embaixada  brasileira para tentar resolver o escândalo.

Raimundão só foi liberado após explicar a origem dos cerca de dez mil dólares que carregava em sua mala. Segundo ele, optou pelo valor em espécie por não gostar de cartões de crédito e débito.

Fonte:Blog do Magno

Quadrilha que sequestrou Fábio Porcino tem 13 pessoas, diz polícia civil

Delegada Sheila Freitas detalhou operação que libertou empresário mossoroense Fabinho Porcino (Foto: Alberto Leandro)  

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte informou que a quadrilha que sequestrou o empresário Fabinho Porcino, libertado na última sexta-feira em Canindé-CE seria formada por 13 pessoas, das quais dois foram presos, José Carlos Anastácio Leitão e Rivelino Raquel Filho, outros três identificados, mas ainda foragidos e outros oito que realizaram o sequestro em Mossoró e não foram localizados. 
Os detalhes foram repassados na manhã desta segunda-feira pelo delegado geral Ricardo Sérgio e a delegada de combate ao Crime Organizado Sheila Freitas detalharam na manhã desta segunda-feira a operação que libertou o empresário mossoroense Fábio Porcino após quatro dias de sequestro. Sheila explicou que a polícia civil do RN que contou com o apoio da polícia cearense e da Polícia Federal chegou inicialmente ao motorista José Carlos Anastácio Leitão, o “Carlinhos” que trabalha para uma empresa terceirizada da Prefeitura de Canindé e foi o motorista da quadrilha que estava com Fábio Porcino.
“Após a prisão do Carlinhos, ele nos levou até o local do cativeiro que ficava em uma fazenda distante e em um local de difícil acesso, onde encontramos a vítima”, explicou a delegada. Carlinhos levou à polícia até a fazenda Garrote de propriedade do seu tio que fica na zona rural de Canindé-CE distante 118 km de Fortaleza. No local do cativeiro foi preso Rivelino Raquel Filho que tinha a responsabilidade de custodiar a vítima por 24 horas.
“Fábio era mantido sob vigia o tempo todo, além de ficar amarrado com uma corrente em uma das pernas. Não chegou a sofrer violência física no cativeiro, mas psicológica de que poderia morrer se a policia chegasse ou se não fosse pago resgate”, contou Sheila. No local do cativeiro a polícia civil encontrou três revólveres com munições, além de capuz, corrente e um carro tipo CrossFox de placas OIE-6507 utilizado no sequestro. A delegada ainda identificou mais três envolvidos no sequestro e que estavam em Canindé-CE. José Wilson Trajano Freitas que seria o líder da quadrilha, Ezequiel Serafim Leitão, dono da fazenda que serviu de cativeiro e um outro que não foi revelado pela polícia e também estava responsável pelo cativeiro.
Segundo Sheila Freitas o trabalho agora é de investigação para identificar o grupo que realizou em Mossoró o sequestro e a prisão dos que ficaram responsáveis pelo cativeiro no Ceará. “O nosso trabalho investigativo continua para identificar os integrantes da quadrilha e prendê-los”, concluiu Sheila.


Fonte: Eduardo Dantas/Portal no Ar

Servidores da Prefeitura do Apodi deflagram greve por tempo indeterminado.


Depois de varias tentativas de negociação, os Agentes de Comunitários de Saúde e de Endemias, Técnicos de Educação, Vigilantes e outros servidores da Prefeitura Municipal de Apodi se reuniram, na manhã dessa segunda-feira (17), com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Apodi, professor João Bosco, e decidiram entrar em greve por tempo indeterminado.

A Assembleia foi iniciada às 8 horas, no auditório da Casa de Cultura Popular de Apodi, onde o presidente do Sindicato dos Servidores fez uma explanação sobre as reivindicações dos servidores da municipalidade. "Temos de tomar a decisão a partir deste momento, pois as propostas foram feitas e até agora o prefeito Flaviano Monteiro não nos deu respostas", disse João Bosco.


De acordo com o sindicalista João Bosco, para o prefeito cumprir a lei deveria dar um reajuste de 30%. Só que o Sindicato baixou a reivindicação para 24% e depois para 8%, isso tudo para tentar evitar a greve. Mas o prefeito Flaviano Monteiro ofereceu um aumento de 4 a 5%, proposta que foi totalmente rejeitada pelos servidores.

Depois da realização da assembleia na Casa de Cultura e oficializada a greve, os servidores/grevistas juntamente com o presidente do SINTRAPMA, João Bosco, foram até a sede da Prefeitura Municipal de Apodi para anunciarem a greve que foi deflagrada por tempo indeterminado.

A Prefeitura do Apodi conta com cerca de 1.000 servidores. O município foi destaque no Jornal Nacional e no Programa Fantástico da Rede Globo pelo brilhante trabalho realizado pelos Agentes de Saúde, que combatiam a lava do mosquito o Aedes aegypti, com piabas, mas devido à greve dos profissionais a população corre risco de uma infestação do mosquito da dengue.