23 de set de 2013

Prefeitos do PMDB querem nome do PMDB para concorrer ao governo

VIA - Diógenes Dantas,

Ontem (22), domingão, eu encontrei o prefeito de Extremoz, Klaus Rêgo, do PMDB num dos shoppings da cidade. Perguntei a ele sobre os planos do partido para 2014.
Klaus, um dos 53 prefeitos do PMDB e presença no último encontro da legenda, na segunda-feira (16) passada em Natal, me disse que o partido precisa apresentar uma candidatura própria.
- Este é o sentimento da maioria dos prefeitos do PMDB. Tem de ser do PMDB. Não dá para ficar apoiando nomes de outras legendas e ficar de pires na mão durante o governo - disse Klaus.
Provoquei-o:
- Mas me parece que o candidato será de outro partido. Carlos Eduardo (PDT), talvez.
- Haverá resistência das bases do PMDB. Se for nome de outra legenda, haverá resistência. Carlos Eduardo só será aceito se estiver no PMDB. Se for candidato (a governador) no PMDB.
Coincidência ou não, uma fonte me informou sexta-feira (20) que Carlos Eduardo Alves avalia filiação ao PMDB.
Em conversa recente com um interlocutor em Brasília, o prefeito Carlos Eduardo Alves teria admitido, pela primeira vez, a possibilidade de se filiar ao PMDB caso seja convidado por Henrique Eduardo Alves e Garibaldi Alves Filho.
Indagado sobre a possibilidade, Carlos Eduardo foi taxativo:
- Se for convidado, eu aceito - disse o prefeito.
- Por que não aceitou o convite de Garibaldi em 2012 para disputar a Prefeitura? - perguntou o interlocutor.
- O contexto era diferente. Era a eleição em Natal. Já no caso do governo é preciso um partido com maior capilaridade e maior presença nos municípios - respondeu Carlos Eduardo.
As palavras do prefeito vazaram na mesma semana que o vice-governador Robinson Faria, do PSD, estimulou na imprensa um autoconvite para ingressar no PMDB. O vice, coitado, faz um esforço sobre-humano para manter viva a chance de concorrer ao governo dentro de uma ampla aliança. E o PMDB é fundamental nesse sonho do Robinson.
O chefe do Gabinete Civil da Prefeitura de Natal, Sávio Hackradt (PDT), negou no sábado (21) qualquer possibilidade de o prefeito Carlos Eduardo Alves migrar para o PMDB.
"Isso está fora de cogitação. O prefeito vem mantendo conversas políticas com o PMDB, mas em nenhum momento isso foi tratado. Carlos Eduardo é líder do PDT e vai se manter nele", declarou o secretário pelo telefone. Sávio está em São Paulo.
O chefe de Gabinete do prefeito não confirmou a candidatura de Carlos Eduardo a governador, mas admitiu que ele tem discutido as eleições do próximo ano com vários líderes partidários. "As conversas com Henrique Eduardo e com Garibaldi Filho têm sido muito boas", disse.
Eu acho difícil que Carlos Eduardo cogite deixar o PDT, partido do qual é líder estadual. Mas opiniões como a de Klaus Rêgo, do município de Extremoz, filiado ao PMDB, deverão pesar na hora de o partido escolher o candidato a governador.
Segundo Klaus Rêgo, o melhor cenário para o PMDB seria a candidatura de Henrique Eduardo, Garibaldi Filho ou Walter Alves. Se não for nenhum deles, tem de ser alguém filiado ao PMDB. Quem?

VOTAÇÃO DO PROJETO FICHA LIMPA, QUE ESTABELECE CRITÉRIOS PARA CARGOS COMISSIONADOS, SERÁ RETOMADA NESTA TERÇA NA CCJ

Será retomada nesta terça-feira, 24 de setembro, a votação do projeto de lei do deputado Kelps Lima que exige critérios técnicos qualificadores para contratação de cargos comissionados no Governo do Estado. A votação será na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa.
O projeto prevê que a publicação das nomeações dos cargos comissionados venham acompanhadas, obrigatoriamente, de currículo da pessoa indicada, de forma que a opinião pública saiba se ela tem qualificação para o trabalho.
A proposta também inclui que os ocupantes de Cargos tem de se enquadrar na Lei da Ficha Limpa.
“O objetivo do projeto é dificultar politicagem com cargos públicos. Tendo critérios técnicos para cumprir, fica mais difícil a troca de empregos por votos. E, o mais importante de tudo, é que, qualificando as nomeações para os cargos de gerenciamento, o Estado concorre a ter uma prestação de serviço melhor.”
Pelo projeto, 50% do total de cargos em comissão em cada secretaria devem ser ocupados por servidores efetivos.
O projeto já teve dois votos dentro da Comissão de Constituição e Justiça. Um a favor da tramitação (do deputado Hermano Morais, que foi o relator do projeto) e outro contra (do deputado Getúlio Rêgo). Três deputados ainda podem votar, Agnelo Alves, Kelps Lima e Ezequiel Ferreira de Souza. Para ter sua tramitação aprovada, o projeto precisa de mais dois votos.

Deputado Kelps Lima
(84) 9986-1545
Assessoria de Imprensa – (84) 9904-9683

Foi comemorada ontem as Boudas de ouro 50 anos de casados de seu “Audizio dias de Paiva e Maria do Carmo silva Paiva”















O RESUMO COMPLETO DESSE MARAVILHOSA FESTA EM INSTANTES QUANDO CHEGARAM O RESTANTE DAS FOTOS.


EXCLUSIVIDADE / PREFEITO MANO DEVERÁ COMPRA UMA AMBULÂNCIA AINDA HOJE

FOTO: ILUSTRADA




Com exclusividade a redação do blog recebeu uma ligação ontem a noite do secretario da casa civil “maycon cavalcante” ele informou ao blog em primeira mão de que o prefeito de Umarizal mano Onofre estará comprando uma ambulância ainda no dia de hoje.

Vale lembra que o município estava sem esse tipo de veiculo desde do mandato passado, mas o atual prefeito estará comprando uma ambulância com recursos próprios, verba essa que foi fruto de um leilão realizado pela própria prefeitura onde foi vendido vários veículos sucateados existentes em nosso município.
Quem ganha com isso é a saúde do nosso município que a mais ou menos dois meses vem dando sinais de melhoras.