19 de fev de 2015

Com informações do presidente da câmara de vereadores de Umarizal


O presidente da câmara de vereadores aqui de Umarizal “Paulo Marcio” convida a toda a população de Umarizal para participar da abertura dos trabalhos legislativos dessa cidade, depois de um breve recesso e apenas duas seções solenes acontecidas durante esse ano. Os vereadores devem voltar a rotina normal na próxima terça – feira dia 24 desse Mês de fevereiro.



A seção será transmitida pela TV WEB CAMARA, FM FRATERNIDADE e pelo blog Umarizal completo que faz a assessoria de imprensa e comunicação da câmara de vereadores aqui de Umarizal.

PSB e PDT formalizam mais um bloco parlamentar



Conforme o blogue adiantou, ao final da sessão ordinária desta quinta feira (19), o deputado Tomba Farias (PSB) protocolou na Mesa Diretora a solicitação oficial. É formado por ele e Márcia Maia, ambos do PSB e o deputado Agnelo Alves (PDT). No mesmo ofício há a indicação do líder do bloco que será o próprio Tomba.

Carlos Eduardo destacou “busca do equilíbrio nas contas públicas”

carlosmensagem
O prefeito de Natal, Carlos Eduardo, fez nesta quinta-feira (19) a leitura da mensagem anual à Câmara Municipal de Natal, na abertura da 17ª legislatura. Ele fez um balanço dos dois primeiros anos da administração e traça metas para os próximos anos.



“Foram tempos de muitos esforços para resgatar a autoestima de todos os natalenses sem perder de vista a retomada dos investimentos. Foi um período de trabalho difícil por ter sido levado a efeito concomitantemente com o árduo trabalho da busca do equilíbrio nas contas públicas”, disse Carlos.

BARBOSA DIZ QUE É UM CIDADÃO LIVRE ATACA PETISTAS

Presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa durante sessão para julgar os recursos dos 13 réus que não tem direito aos embargos infringentes no processo do mensalão, nesta quinta-feira (14)

O ex-presidente do STF, Joaquim Barbosa: ministro da Justiça deveria ser demitido (Fellipe Sampaio/SCO/STF /VEJA)
O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal e ex-relator do mensalão, Joaquim Barbosa, reagiu nesta terça-feira à fúria da tropa virtual do PT, que passou a bombardeá-lo nas redes sociais. Na noite de sábado, Barbosa pediu a demissão do ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) por ter mantido encontros sigilosos com os advogados dos executivos presos na Operação Lava Jato da Polícia Federal. Reportagem de VEJA desta semana mostra as conversas impróprias do ministro. Não por acaso, os advogados gostaram do que ouviram de Cardozo. Dirigentes do PT também atacaram Barbosa, segundo o jornal Folha de S. Paulo. Hoje, o ex-presidente do Supremo escreveu em sua conta no Twitter: “Sobre as reações aos meus posts recentes sobre confusão entre política e Justiça: meus críticos fingem não saber que hoje sou um cidadão livre”. A exemplo do que fizera em 2013, durante o julgamento do mensalão, ele voltou a usar a expressão “plumes à gages” – numa tradução aproximada em francês, refere-se a críticos que se manifestam a serviço de alguém. “Às ‘plumes-à-gages’ furiosas com meus comentários: experimentem ser livres! Sei que isso seria extremamente penoso e ‘custoso’ para vocês'”, disse.

EX-PRESIDENTE DA CÂMARA FEDERAL HENRIQUE ALVES MAIS DISTANTE DO MINISTÉRIO DO TURISMO
Henrique Eduardo apresentou a pré-candidatura com a presença de representantes de partidos aliados
Carlos Eduardo Alves já teria oferecido a Secretaria de Turismo de Natal para seu primo, Henrique Alves indicar.
Se depender da veracidade coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo, o ex-deputado federal e candidato derrotado, Henrique Alves não será ministro do Turismo.
Segundo a coluna, estão desenterrando um dossiê da época da Operação Vaucher que comprometeria o marido de Laurita Arruda de cheio.
Confira a nota:
Captura de Tela 2015-02-17 às 08.22.52
O Distrito Federal sempre foi referência de bons serviços públicos na comparação com o resto do país. A explicação é evidente: por sediar os três Poderes da República, a capital recebe um gordo auxílio do Fundo Constitucional. Os salários da segurança – e parte dos da saúde e educação – são pagos pela União. O governo local arrecada todos os impostos que, no resto do país, se dividem entre autoridades municipais e estaduais, além de embolsar ao mesmo tempo recursos do Fundos de Participação dos Estados e dos Municípios. A economia brasiliense, movimentada pelos salários dos servidores públicos, tem uma arrecadação alta e baixos níveis de desemprego. A renda per capita é a maior do país.
Por isso, o recém-empossado governador Rodrigo Rollemberg (PSB) não esperava que, em vez de anunciar o início de programas de governo ou de grandes obras, tivesse de gastar todas as energias do começo de mandato para cortar gastos e cancelar investimentos. Mas é só o que ele tem feito desde que assumiu o cargo, em um esforço para amenizar a profunda crise financeira na qual o ex-governador Agnelo Queiroz (PT) jogou o Distrito Federal.
Há três semanas, o governo anunciou um pacote de 21 medidas que incluem aumento de ICMS sobre a gasolina, revisão da tabela do IPTU e o fim da isenção de IPVA para carros zero. O governo promete extinguir 60% dos cargos comissionados, os secretários andarão em carros populares e nenhuma obra de peso será iniciada num horizonte próximo. Antes disso, o governo já havia anunciado um inédito parcelamento dos salários dos servidores. É isso mesmo: na rica capital do país, falta dinheiro para a folha de pagamento. “Não há condição de pagar. Se não parcelarmos, alguém terá que ficar sem receber”, justifica o secretário de Fazenda, Leonardo Colombini.
O pacote anunciado por Rollemberg vai devolver 400 milhões de reais aos cofres locais em 2015 e outros 800 milhões de reais em 2016. Ainda é muito pouco para desfazer a herança maldita de Agnelo. A estimativa é de que o rombo ao final de 2015 seja de 5 bilhões de reais.BLOG:O PRIMO

CRISE NO PSD DE MARTINS.

Em  minutos o blog Martins política traz uma matéria completa sobre a crise existente entre o PSD de Martins.A crise começa pela governadoria,passando pelo Estaleiro,seguindo até Serra Nova, passando pelo centro da cidade de Martins e terminando no bairro Jocelyn Vilar.Em resumo o fundador do PSD na cidade de Martins poderá perder o comando do partido para o candidato a vice- prefeito da chapa derrotada do pleito de 2012.

Henrique enfrenta dificuldades para ser ministro

Da coluna Painel (Folha de São Paulo)
Dossiê
Aliados do ministro Vinicius Lages (Turismo) levantaram dados da Operação Voucher, que desbaratou esquema de corrupção na pasta e atingiu um aliado político do ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).
Histórico
Alves é cotado para assumir o Turismo, caso não seja incluído no rol de políticos implicados na Operação Lava Jato. Sua indicação seria uma forma de o governo recompor relações com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Royalties do petróleo vão encolher para municípios

Por Felipe Patury (Revista Época)
A queda no preço do petróleo reduzirá em R$ 15 bilhões o valor dos royalties repassados pela Petrobras aos municípios nos quais explora o combustível.
Nota do Blog – Sinal de alerta, portanto, para os municípios potiguares que têm esse benefício.
Prudência, prudência, controle de custeio

Morre o ex-prefeito de Serra Negra, Coronel Bezerra Faria

O Seridó do Rio Grande do Norte perdeu, nesta terça-feira de carnaval, um de seus últimos Coronéis.
Morreu em Serra Negra, aos 94 anos, o Coronel Bezerra Faria, como era conhecido Clementino Bezerra Faria.
Sobrinho de Juvenal Lamartine, Bezerrinha, como também era conhecido, foi por 4 mandatos, prefeito de Serra Negra.
Ele é irmão do ex-prefeito de Natal, Vauban Faria, e tio do ex-prefeito de Serra Negra, Rogério Mariz, e da vice-prefeita de Natal e ex-governadora, Wilma de Faria.
Bezerra Faria estava internado há quase uma semana.
Seu corpo será enterrado hoje em Serra Negra.

IMG_4241.PNG