3 de out de 2013

SAIBA UM POUCO DA CONVERSA QUE O BLOG TEVE COM O SECRETARIO DE AGRICULTURA DA CIDADE DE ITAÚ.





No ultimo final de semana aconteceu no sitio Rapé município de Apodi mais um bolão de vaquejada e na oportunidade me encontrei com o atual secretario de agricultura da cidade de Itaú Zé roberto.

Conversando com ele sobre politica ele logo abordou o assunto das estradas rurais do município de Umarizal que segundo ele estão em péssimas condições de rodagem, diante desse fato me comprometi com ele de postar uma matéria cobrando das autoridades competentes do nosso município que olhe com bons olhos pra o homem do campo que precisa se deslocar todos os dias para resolver seus assuntos sejam ele quais for.
Então fica cobrança para que o secretario de agricultura do nosso município o ex – vereador Eliete Pilim tão logo possa estar resolvendo esse problema que está afetando diretamente o homem do campo.

Prazo para filiações partidárias com vistas ao pleito de 2014 encerram-se no próximo sábado (05).

O dia 5 de outubro de 2013 marcará exatamente um ano de antecedência das Eleições 2014, quando serão eleitos presidente da República, governadores, senadores, deputados federais e estaduais.

Esse dia é o fim do prazo para criação de novos partidos, filiação partidária e estabelecimento do domicílio eleitoral do candidato que pretende concorrer a um desses cargos. 

A data está detalhada no Calendário das Eleições 2014, aprovado pelo Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e disponível na página do Tribunal na internet.

Os prazos para desincompatibilização variam de acordo com o cargo ocupado pelo candidato.

LOGO - LOGO O BLOG VAI CONVERSSAR COM EX - PRESIDENTE DA CAMARA CHICO DE BRANCA.



Vereador por dois mandatos aqui em nossa cidade e presidente da câmara por (04) quatro anos, chico de branca foi o maior destaque politico dos últimos anos, um vereador que eu seu primeiro mandato ainda era pouco entusiasmado com a politica de nossa cidade, mas que no passar dos anos foi conquistando seu espaço por consequência de muito trabalho.
Chico é conhecido como um dos melhores articuladores políticos de nossa cidade, breve conversarei com ele pessoalmente para saber qual são seus planos para as eleições de 2014.

TSE decide hoje se aceita criação da Rede

Paulo Celso Pereira e Carolina Brígido
TSE decide hoje se aceita criação da Rede, sigla pela qual Marina quer disputar Presidência
BRASÍLIA - Exatamente três anos após obter quase 20 milhões de votos na eleição presidencial, e ainda um fenômeno nas pesquisas de intenção de votos, a ex-senadora Marina Silva verá hoje no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o desfecho de seu projeto de criação de um novo partido, a Rede Sustentabilidade, pelo qual pretende disputar as eleições de 2014. Segunda colocada em todas as pesquisas de intenção de voto, Marina começou ainda em 2011 o debate sobre a possibilidade de fundar a legenda, mas corre o risco de não conseguir sua aprovação em função da demora em obter certidões que comprovassem o apoio mínimo de cerca de 492.000 eleitores ao seu plano — ironicamente, cerca de módicos 2,5% do número de votos que recebeu em 2010. O julgamento marcado para a noite é decisivo para Marina e deve ter impacto direto no quadro da eleição presidencial do ano que vem. Mas ela garante que não vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal no caso de derrota.

Entre terça-feira e ontem, três ministros do TSE que vão participar do julgamento do processo da Rede falaram publicamente sobre o caso e geraram muita apreensão entre apoiadores da Rede. Mas os ministros ouvidos concordam também que o julgamento será precedido de um grande debate sobre a situação atípica da Rede, de lastro na sociedade, e sobre a possibilidade de abusos na rejeição de assinaturas, que pode virar o jogo.

Após passar o dia em casa, Marina participou, ao lado de parlamentares, de uma última reunião no escritório do seu advogado Torquato Jardim, onde ouviu uma prévia da linha que ele adotará da tribuna do TSE. Torquato reiterou estar confiante na tese jurídica que sustentará. Pela lei eleitoral, todo partido político que pretenda disputar as eleições do próximo ano precisa ser aprovado pelo TSE até sábado. Na saída do encontro, Marina disse estar "muito tranquila", mas evitou se estender:

— Agora, não vamos mais falar. Só amanhã, com o registro na mão, e aí a conversa vai ser bem mais tranquila. Estou saindo daqui muito tranquila, vou dormir com muita confiança.

Como a Rede apresentou apenas 442.000 certidões de apoio — cerca de 50.000 a menos que o exigido em lei —, o partido aposta todas as suas fichas na tese de que o TSE deveria "validar" cerca de 95.000 assinaturas rejeitadas pelos cartórios sem justificativa. Mas a tese enfrenta resistências. Depois de o ministro João Otávio Noronha afirmar ainda na terça-feira que caberia à Rede atender aos requisitos legais, e que os cartórios eleitorais não eram obrigados a justificar quando rejeitam assinaturas de apoio, ontem outros dois ministros que participarão do julgamento também se pronunciaram.

Tanto Gilmar Mendes quanto Marco Aurélio Mello destacaram considerar difícil a situação do partido da ex-senadora. Mas não arriscam que haverá a rejeição.

— É muito difícil (a concessão do registro). Sob a minha ótica. É o que eu digo, colegiado é uma caixa de surpresas. É possível que eu esteja errado, porque fiquei na corrente minoritária, já flexibilizaram a nossa resolução relativamente ao PSD e ao Solidariedade. Vamos esperar para ver. Ela (Marina Silva) já tem pela proa o parecer (pela rejeição) da Procuradoria — disse Marco Aurélio, reiterando em seguida sua admiração pela ex-senadora, mas destacando que o tribunal não vai julgar a personalidade dela:

— A ex-senadora forma no melhor quadro da República em termos de apego a princípios, em termos de ética, mas, em Direito, o meio justifica o fim, e não o fim o meio. Não podemos estabelecer, considerados esses aspectos ligados à personalidade de quem capitaneia o futuro partido, o critério de plantão. O critério é linear para todos. A exigência legal é que a autenticação seja implementada pelos escrivães dos cartórios. E cartório aí é o da zona eleitoral, não é o Tribunal Superior Eleitoral como terceiro patamar do Judiciário e da administração em si da matéria.

Gilmar Mendes, ministro substituto do TSE, que participará da sessão no lugar de Dias Toffoli, que está no Panamá, afirmou que o tribunal terá de discutir se flexibiliza ou não a regra das assinaturas.

— Vamos examinar, em função das alegações que são feitas de que teria havido aqui e acolá abusos na rejeição (de registros de partidos). Há exemplos que estão sendo mostrados. Isso tem de ser examinado, e o TSE está sendo muito criterioso. Participei do julgamento do PROS, e a relatora foi muito minuciosa nesse exame — afirmou.

Reservadamente, aliados da senadora reagiram às declarações, que na avaliação deles configurariam uma antecipação de voto. Em um vídeo divulgado ontem na página da Rede na internet e no perfil de Marina no Facebook, a senadora destacou que cabe ao TSE reparar as falhas dos cartórios.

— A Rede Sustentabilidade encaminhou para o TSE o pedido de validação dessas assinaturas para que a própria Justiça repare essa falha dos cartórios. (...) Muitos partidos se institucionalizam para depois ganharem representação social. Nós fizemos exatamente o contrário: ganhamos representação social no país inteiro e depois buscamos a institucionalização. E estamos confiantes de que a Justiça reparará esse erro cometido pelos cartórios e teremos o registro de um novo partido político para defender a democratização da democracia, a Rede Sustentabilidade — afirmou.

O PDT ingressou ontem com mandado de segurança no TSE pedindo a anulação do registro do Partido Solidariedade, concedido semana passada pela corte. O PDT alega que houve ao menos cinco ilegalidades no processo, desde erros procedimentais adotados pelo tribunal até a contabilização de apoiamentos comprovadamente falsos.
Publicado no Globo de hoje. Paulo Celso Pereira e Carolina Brígido são repórteres do Globo em Brasília.

Governadora do RN é vaiada em discurso e Dilma pede respeito

Rosalba Ciarlini parabenizou alunos, mas fala foi recebida com vaias.
'Vamos respeitar a governadora que está aqui. Isso é feio', disse Dilma.

Do G1 RN

 

Chamada para falar ao público na solenidade de inauguração de três Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia no Rio Grande do Norte, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) foi vaiada nesta quarta-feira (2) em Ceará-Mirim, na Grande Natal.
Durante os quase dez minutos em que discursou, Rosalba ouviu vaias de estudantes insatisfeitos com a gestão estadual. Ao final, a governadora foi defendida pela presidente Dilma Rousseff, que pediu respeito.

"Nós também respeitamos as pessoas, a gente pode discordar delas, mas tem que deixá-las dizer o que pensam. Vamos respeitar a governadora que está aqui. Isso é feio [ao ouvir vaias]. O reitor do IFRN esteve aqui e falou em cidadania, cidadania é respeito. Ninguém respeita quem não se respeita e respeita os outros. Por isso eu cumprimento a governadora Rosalba Ciarlini", afirmou a presidente.

 

Em sua fala, a governadora exaltou a inauguração dos Institutos Federais de Educação e parabenizou os alunos que receberam os diplomas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).
Já no fim do discurso, ainda sob vaias, a governadora afirmou que o governo vem se esforçando para tirar o Rio Grande do Norte da posição de "lanterninha" na educação em todo o país. “O tempo é o senhor da razão e a verdade não tardará", disse a líder do Executivo Estadual.

As novas unidades do IFRN inauguradas nesta quarta ficam nos municípios de Ceará-Mirim, São Paulo do Potengi e Canguaretama. Além de inaugurar as unidades, a presidente fez a entrega de certificados de conclusão de cursos profissionalizantes a cerca de 3.500 alunos do Pronatec. Os cursos foram oferecidos pelo IFRN, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), além de instituições do Sistema S, como Senac, Senat e Senai.

Autoridades do estado acompanham presidente Dilma em solenidade (Foto: Fernanda Zauli/G1)


DEM pede na Justiça o mandato do deputado federal Betinho Rosado

O Democratas pedirá na Justiça o mandato do deputado federal Betinho Rosado. O presidente nacional da legenda, senador José Agripino Maia, disse que a definição da executiva nacional é pela busca do mandato do parlamentar potiguar. “A decisão (de requerer o mandato) já etá tomada. O caso agora está com a Assessoria Jurídica que vai entrar com o processo”, disse o senador José Agripino Maia.
Betinho Rosado, cunhado da governadora Rosalba Ciarlini, tentou deixar o DEM com a justa causa da Justiça Eleitoral. No entanto, o pedido foi recusado pelo Tribunal Superior Eleitoral, em processo que teve como relator o ministro Castro Meira e contou também com o parecer negativo do Ministério Público Eleitoral.
Depois de naufragar na tentativa, Betinho Rosado anunciou a saída do DEM e o ingresso no Partido Progressista. Ao pedir na Justiça o mandato do cunhado da governadora Rosalba Ciarlini, o Democratas poderá beneficiar, caso consiga o pleito na Justiça Eleitoral, o suplente Rogério Marinho, principal líder do PSDB no Estado, que é o primeiro suplente da coligação.

Videocast: As vaias da governadora Rosalba ainda ecoam Brasil afora e a distanciam do projeto de reeleição


MORADORES DA RUA ALMAQUE DIAS FAZ APELO AO PREFEITO MUNICIPAL

Olá amigo blogueiro, gostaria de fazer uma reclamação sobre o trecho de calçamento que falta na rua almaquio dias que falta tão pouco pra ser concluída e nem se quer te previsão de quando será feito, estou falando da parte, de Eugenio cabeleireiro até esquina logo depois do Mercadinho do Bebé, por favor faça uma matéria cobrando o resto do calçamento.
Obrigado Parabéns pelo blog.


DO BLOG - REALMENTE FALTA MUITO POUCO PARA A RUA ALMAQUE DIAS SER TOTALMENTE PAVIMENTADA, ENTÃO TAI PREFEITO MANO O APELO DO POVO CABE A VOCÊ ANALISAR COM CARINHO E SABER QUE ALI TAMBÉM TEVE MUITOS VOTOS SEUS. 

Voos de Rosalba Ciarlini à Mossoró causam terceira cassação da Prefeita, Cláudia Regina.



Três cassações na Justiça Eleitoral e nenhum dia de afastamento do cargo de chefe do Executivo Municipal mossoroense. Foram essas as marcas que a Prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, do DEM, alcançou há poucos instantes, quando foi divulgada mais uma cassação dela. A informação é do site Portal No Ar.

Desta vez, a decisão de tirar o cargo eletivo foi da juíza da 34ª Zona Eleitoral, Ana Clarisse Arruda Pereira, mas que precisa ser confirmada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para ter efeito prático e a prefeita (juntamente ao vice, Wellington Filho, do PMDB) ser afastada do cargo, realizando no município um novo pleito eleitoral, suplementar.

Segundo o blogueiro Carlos Santos, de Mossoró, o processo trata, também, da participação da governadora Rosalba Ciarlini, do DEM, na campanha eleitoral de Mossoró. Mais precisamente pela utilização da aeronave oficial do Governo do Estado para diversas viagens à "Capital do Oeste" (foram 56 voos durante os meses de disputa eleitoral) para que a gestora estadual pudesse participar da campanha eleitoral de Cláudia Regina.

Tal atitude, para a Justiça Eleitoral, configurou abuso de poder político e, por isso, a cassação da prefeita. Por sinal, esse foi o mesmo motivo que causou a cassação de Cláudia Regina nas outras duas vezes, em decisões proferidas pelo juiz Herval Sampaio, da 33ª Zona Eleitoral.

No entanto, até o momento, nenhuma decisão contra a prefeita foi levada a julgamento no TRE. A segunda condenação, inclusive, só agora deverá ter recurso, uma vez que a defesa conseguiu protelar a decisão alegando suspeição de Herval Sampaio e, em seguida, embargando o parecer do Tribunal sobre o caso (que foi contrário a essa alegação).



FONTE:http://politicapauferrense.blogspot.com.br/