23 de abr de 2014

Marcco pedirá impeachment de Rosalba Ciarlini

Governo do Estado


Revista Bzzz e Marcco

Pela segunda vez, a Assembleia Legislativa do RN receberá o pedido de impeachment da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Desta vez, a iniciativa é do Movimento Articulado de Combate à Corrupção (MARCCO/RN), que agendou a apresentação formal do pedido para esta quinta-feira (24), às 10h.

Em nota enviada à imprensa, o movimento explica que irá pedir também o afastamento imediato da chefe do Executivo estadual. A justificativa citou exemplos dos problemas que foram considerados para o pedido.

“São problemas recorrentes noticiados diariamente na imprensa local: falta de atendimento médico aos pacientes SUS; péssima qualidade da água servida às populações do interior do Estado; falta de vagas e interdição da quase totalidade dos estabelecimentos socioeducativos; e incremento significativo da criminalidade urbana e da taxa de homicídios no Estado”, diz a nota.

Por fim, há a explicação de que o pedido tem como base a prática de crimes de responsabilidade previstos na Lei nº 1.079/50, que seriam, segundo o Marcco, motivos suficientes para que fosse determinado o impeachment de Rosalba.

Em novembro de 2013, a ALRN recebeu outro pedido de impeachment contra a governadora, feito pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde (Sindsaúde) e assinado também pelos vereadores de Natal Amanda Gurgel (PSTU) e Sandro Pimentel (PSOL).

Na oportunidade, o documento não seguiu o trâmite, uma vez que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa votou pelo não recebimento por considerá-lo inconstitucional.

Nota do Blog – Sinceramente, sinceramente… é pouco provável que o pedido avance e resulte no afastamento da governadora.

Não há interesse político da maioria da Casa, devido os estragos que isso promoveria no processo sucessório estadual.

Além disso, o próprio lengalenga burocrático tende a arrastar processo dessa natureza por meses.

Estamos no final da gestão. O fim já chegou.

Fonte : Carlos Santos

ESTADO DE ALERTA: Olho D’água do Borges está a beira de um caos no sistema de abastecimento da CAERN


Os moradores da cidade de Olho D’água do Borges correm grande risco de sofrerem um colapso no sistema de abastecimento d’água da cidade, caso não ocorram boas chuvas para recuperar seu manancial que já está no seu limite prudencial. A informação foi confirmada ao blog pelo funcionário da CAERN.

Segundo o funcionário da CAERN, a cada dia vem ocorrendo redução da quantidade de água no ponto de captação e que se a adutora que abastece a zona rural (Fazenda Veneza, Alivio, Inveja e Tourão) não for desativada, o colapso no abastecimento d’água da cidade será inevitável e ocorrerá já nos proximos dias.

Uma outra fonte que pediu pra não ser identificada, informou que o caminhão pipa do município, todo dia retira do poço da cacimba da fazenda dez carrada d’água de doze mil litros cada, totalizando 120 mil litro/dia.

Se não houver primeiro uma intervenção da natureza nos mandando chuva para repor o manancial, e depois das autoridades do município, estamos a beira de um grande caos. Acho que é hora de tomar providencias e usar o bom censo, para pelo menos se adie esse caos.

Enquanto estamos a beira de um caos, não vemos nenhuma preocupação por parte das autoridades competentes. Tá na hora dos vereadores da oposição mobilizar os colegas da situação, o executivo municipal, sociedade e a propria CAERN, para buscar soluções urgentes para este grande problema. 

Fica aqui o nosso alerta....
 
fonte:http://www.gilbertodias.com.br/2014/04/olho-dagua-do-borges-esta-beira-de-um.html#.U1eVmNJDuVU

CHICABANA ENCERRA EDIÇÃO 2014 DO UMARIZALFEST





Pelo terceiro ano consecutivo, a banda Grafith, de Natal, encerrará com chave de ouro a edição 2014 do UmarizalFest, quando estará no Corredor da Folia fazendo a festa para centenas de foliões que amam e se agitam com o swing e a versatilidade do grupo musical.
   A Banda Grafith é uma banda de música popular formada em novembro de 1988 em Natal, Rio Grande do Norte, por quatro irmãos que permanecem como integrantes da banda até hoje. O repertório sem limite de gêneros musicais ou preconceitos fez com que a banda conquistasse um público fiel de diferentes camadas sociais, os "grafiteiros".
     A Grafith sempre esteve adequada às novidades de cada geração. Nos anos 80, predominava o rock de Brasília, com Legião Urbana, Capital Inicial, também o Kid Abelha e os Abóboras Selvagens.
   A banda começa a espalhar pelo país um grande número de fã-clubes e admiradores, sobretudo no seu estado de origem, além dos estados do Ceará, Pernambuco, Sergipe, Paraíba e até no Rio de Janeiro.
   Alguns sucessos históricos da banda: O Bode, Jungle People, O Brasil canta, Camaleão, Fuleragem.
   A banda Grafith transformou-se em uma verdadeira explosão, e é, sem duvidas, a banda mais bem sucedida da historia do Rio Grande Do Norte, são mais de 20 anos de carreira com um auge de 122% nas paradas. Atualmente está mais conhecida pelo fato de que o lutador de mma Renan Barão entrou no octógono ouvindo um de seus sucessos.
(foto: banda Grafith).
Cesimar de Oliveira
Assessor de Imprensa

VEREADOR ZÉ MOURA (PSDB) PODERÁ NÃO ACOMPANHAR OS MESMOS DEPUTADOS DO GRUPO DO EX - PREFEITO NÉO.






Quem pensa que o vereador zé moura (psdb) vai acompanhar os candidatos do grupo do ex – prefeito Néo estão pensando tudo errado, em conversa hoje pela manha com o vereador ele me disse que irá possivelmente acompanhar as indicações de seu partido para os cargos de deputados estadual e federal.

O parlamentar irá possivelmente apoiar a candidatura de Gilson Moura para deputado estadual, e Rogério Marinho para deputado federal, quero lembrar a todos que Rogério marinho é o presidente do (psdb) do estado do rio grande do norte, e o vereador Zé moura não tem escolha ao meu ver, ele tem que seguir as orientações de seu partido, por que se não ele pode ficar sem partido e ter que se coligar em outro partido e ficar dependo de outros lideres políticos do nosso estado.

O Ex – presidente da câmara “Chico de Branca” já começou sua maratona de trabalho, o homem não dormi mais um segundo só pensando em politica.





O homem não dormi mais só pensando nas eleições desse ano, hoje muito cedo o ex – vereador e presidente da câmara já esteve aqui na minha lojinha para conversarmos sobre política, enquanto nós falávamos “Chico de branca” recebe logo uma ligação, imagine de onde direto da capital do estado, ele não quis me dizer quem era, mas pelo o que eu escutei posso afirma que era a Pré - candidato a deputado federal Rafael Motta.

Se dizem por ai que o Ex – prefeito Rogerio Fonseca é o gênio da lambada, então podemos dizer que chico de branca é a própria lâmpada mágica, se dizem por ai que Rogério é um bom articulador então agora os dois estão juntos de novo apoiando um mesmo candidato, se tudo que dizem for verdade Rogério Fonseca e Chico de Branca são os dois maiores articuladores políticos de nossa cidade.

Agora tudo isso só poderemos saber com o resultado das eleições desse ano.

O VOTO DOS SERIDOENSES ESTÁ SENDO BEM DISPUTADO PELOS DEPUTADOS DA TERRA

Dá pra contar quantos nomes vão disputar uma vaga na assembléia legislativa do Rio Grande do Norte nas eleições deste ano pela região do Seridó. Vamos tentar lembrar-se de todos:
- Nelter Queiroz (PMDB), Álvaro Dias (PMDB), Vivaldo Costa (PROS), Francielle Lopes (PPS), Antonio Petronilo (PMDB), Ezequiel Ferreira de Sousa (PTB), Carlson Gomes (DEM), Joana D’Arc Pires (PC do B) e Ivanildo Filho (PSB).
Ainda falta alguém? Se faltar… perdão!
deputados serido
 TAGS:ELEIÇÕES

Conta de energia fica 11,40% mais cara no RN a partir desta terça-feira (22).


Conta de energia fica 11,40% mais cara no RN. O reajuste de 11,40% na conta de luz das residências potiguares entra em vigor a partir desta terça-feira (22). 

O aumento autorizado no último dia 15 pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) também atinge indústrias que terão reajuste de 15,78%. 
As novas tarifas valerão para as 1,250 milhões de unidades consumidoras do Estado. 

O presidente do Conselho de Consumidores de Energia Elétrica da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern), João Lima, explicou que o aumento é uma medida para compensar as distribuidoras de energia que estão pagando uma energia mais cara. Para ele, essa medida reflete uma "falta de planejamento".

REELEIÇÃO DE ROSALBA ESTÁ SENDO TRABALHADA DEBAIXO DE SETE CHAVES POR CARLOS AUGUSTO


rosalba carlos augusto
- Quem imaginar que o chefe da Casa Civil, Carlos Augusto Rosado, que é esposo da governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, saiu da cena política do Estado está redondamente enganado.
Carlos está antenado mais do que nunca e trabalha silenciosamente nos bastidores para fazer de Rosalba candidata a reeleição. Ele não joga a toalha de feito nenhum e irá até as últimas conseqüências.Vamos deixar o tempo passar para ver o resultado.

FONTE:GOVERNADORIA

PT articula com Solidariedade e PCdoB aliança proporcional

O Solidariedade e o PCdoB deflagraram uma fase de negociação com o PT na busca de compor uma chapa proporcional para deputado estadual e federal. As duas legendas permanecem sem definição para o quadro majoritário.
João GilbertoKelps Lima, do Solidariedade: “Aliança está em discussão”Kelps Lima, do Solidariedade: “Aliança está em discussão”

“Não definimos nossa aliança para majoritária, estamos discutindo a aliança proporcional”, disse o deputado estadual Kelps Lima, presidente estadual do Solidariedade. Ele explicou que a reunião envolvendo os dirigentes do PT, PC do B e Solidariedade foi feita traçando diversos cenários e estatísticas. “Fizemos cálculos. Foi uma leitura da conjuntura para uma possível eleição proporcional. Não há nada definitivo”, disse o deputado.

Os dirigentes partidários acertaram que conversarão com os diretórios estaduais e marcarão uma nova rodada de negociação. Kelps Lima chamou atenção que os três partidos já integram um mesmo bloco na Assembleia Legislativa, com os deputados Fernando Mineiro (PT) e Fábio Dantas (PCdoB), além dele, mas ponderou que “no Legislativo é uma estratégia parlamentar, diferente do que está sendo feito agora que é uma tática eleitoral”.
João GilbertoFábio Dantas representa o PCdoB na Assembleia LegislativaFábio Dantas representa o PCdoB na Assembleia Legislativa

O deputado do Solidariedade confirmou que há uma afinidade com o PC do B, mas não está confirmado que os dois partidos terão uma posição conjunta. O líder do Solidariedade também confirmou que já manteve duas conversas com o deputado federal Henrique Eduardo Alves, pré-candidato ao Governo pelo PMDB. “Não temos ainda definição sobre nosso palanque na eleição”, comentou.

 
Presidente estadual do PT, Eraldo Paiva disse que o partido mantém do diálogo com outras legendas para ampliar o palanque da majoritária. “Nosso intuito é construir mais esse processo da chapa estadual e na reunião (com o PC do B e o Solidariedade) traçamos o cenário no Estado”, disse.

Ele confirmou que defende que o PT saia sozinho para o pleito da aliança proporcional, mas ponderou que a definição será “construída com a militância”. PT, PC do B e Solidariedade ainda não marcaram nova reunião para prosseguirem nas negociações.

Por enquanto, os dirigentes dos partidos evitam declarações definitivas sobre as alianças proporcionais. Presidente estadual do PT, Eraldo Paiva, é tem sido comedido ao falar sobre as possibilidades de coligações. Ele disse em entrevista recente à TRIBUNA DO NORTE que o partido está dentro de uma costura para consolidação da candidatura de Fátima Bezerra ao Senado Federal. Ele lembrou que há o diálogo também com o PSD, partido presidido pelo vice-governador Robinson Faria. “Estamos consolidando e discutindo a situação da chapa proporcional, tanto para federal e estadual. Saberemos tanto o PT como o PSD eleger nossa nominata”, completou.

Eraldo Paiva ressaltou que o partido do qual é dirigente está preparado para construir uma aliança. “A nossa nominata está preparada para federal e estadual. No momento certo vamos debater com o PSD e juntos alcançaremos nossos objetivos”, comentou.

Quartéis retomam ritmo de trabalho

Após dez horas de greve, os policiais decidiram, durante assembleia realizada em frente à Governadoria, voltar ao trabalho a partir do turno das 19h. Os presidentes das associações tiveram trabalho para convencer  a tropa que o melhor caminho seria suspender a paralisação e, assim, dar continuidade às negociações junto ao Governo do Estado. Os policiais aguardam o envio da Lei de Promoção de Praças à Assembleia Legislativa até o dia 1º de maio. Outros pontos da pauta de reivindicações serão discutidos no dia 5.

O presidente da AL, deputado  Ricardo Motta, afirmou que aguarda o envio da lei de promoção dos praças e estatuto do Itep para dar encaminhamento às pautas. “Estamos aguardando que cheguem para que possamos apreciá-las no mais breve espaço de tempo. Foi assim com as mensagens relacionadas à saúde e à educação aprovadas este ano pelos deputados estaduais”, disse.

 
O Governo assumiu compromisso com relação aos onze pontos de reivindicação [veja box]. Ainda durante a reunião com a cúpula da segurança, ficou acordado que os policiais que participaram do movimento de ontem não receberão nenhum tipo de punição.

Apesar dos “avanços”, como avaliaram alguns, nem todos os PMs e bombeiros que participaram da assembleia foram a favor do encerramento da greve. Quando a maioria decidiu suspender o movimento, alguns policiais vaiaram a decisão. A categoria espera agora que o Governo cumpra com o que prometeu. “Esse é um dia vitorioso. Temos o compromisso assinado pelo secretário de Segurança. Vamos aguardar e, caso não seja cumprido, voltaremos dia 7. Hoje [ontem], mostramos que temos força para fazer qualquer movimento”, disse o soldado Roberto Campos, presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM/RN.

Quartéis parados
Durante o primeiro turno de expediente dentro da paralisação anunciada pela Polícia Militar nessa terça-feira (22), a reportagem percorreu 14 bairros das quatro zonas da cidade e constatou que, nas onze unidades policiais visitadas, entre elas postos, batalhões, companhias e o Complexo Penal João Chaves, apenas duas não foram afetadas pela suspensão das atividades: o posto da polícia de bairro no conjunto Gramoré e o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). 

Durante o percurso, a reportagem viu apenas duas viaturas nas ruas, uma na avenida Doutor João Medeiros Filho e outra na avenida Moema Tinoco da Cunha Lima. As associações calcularam que 90% da corporação parou - o cenário não foi homogêneo no primeiro dia. Enquanto alguns batalhões não colocaram nenhuma viatura para fazer o policiamento ostensivo, como o caso do 1º Batalhão, nas Rocas, outros funcionaram normalmente, sem qualquer alteração, como foi o caso do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). 

Em alguns batalhões, a adesão não foi massiva, como nos 9º e 4º BPM’s, ambos cobrindo as zonas Oeste e Norte. Nos sete bairros da zona Norte, com cerca de 313,1 mil moradores, e nos dez bairros da zona Oeste, com 221,2 mil pessoas, duas viaturas e seis policiais circularam durante quase todo o dia. Sobre a paralisação, a população tem pontos de vista que variam entre o apoio aos direitos dos policiais militares e às críticas sobe a situação da segurança pública. Muitos reconhecem que policiais devem exigir boas condições de trabalho, mas contra-argumentam com a necessidade de garantir a segurança dos cidadãos.

Cenário da greve
1º Batalhão da PM (Rocas), zona Leste: nenhuma das oito viaturas fez a ronda policial entre a noite de segunda e a manhã de ontem. Policiais que aderiram ao movimento ou ficaram no batalhão sem exercer as atividades ou foram ao Centro Administrativo. 

Presídio Professor Raimundo Nonato Fernandes (Potengi), zona Norte: Dez policiais militares, que iriam assumir o expediente na manhã de ontem aderiram à greve. Os seis PMs que iam deixar o plantão de 24 horas tiveram que estender o horário para evitar que a unidade, com 395 internos, ficasse sem policiamento. Apenas duas guaritas funcionaram devido ao efetivo reduzido. Para compensar as ausências, foram remanejados um policial de cada um dos dois Centros Integrados de Atendimento ao Adolescente (Ciads) e dos dois Centros de Educação (Ceducs), além de dois transferidos do Complexo Penal João Chaves, onde três PMs e cinco agentes tomavam conta de 190 detentos do regime semiaberto.

4º Batalhão da PM – Potengi, zona Norte: a adesão levou ao fechamento de quatro dos nove postos policiais do bairro (em Jardim Progresso, Santa Catarina, Alvorada e Parque das Dunas), além de ter colocado na rua apenas duas das seis viaturas. Outros três veículos, pertencentes à Força Tática e que também fariam trabalho ostensivo, ficaram parados na manhã de ontem. 

9º Batalhão da PM – Cidade da Esperança, zona Oeste:
Outra unidade que estava com serviços irregulares na manhã dessa terça-feira devido à paralisação. Das usuais nove viaturas, apenas duas fizeram o policiamento ostensivo nos dez bairros da zona Oeste. Segundo o comandante, tenente coronel Spínola, as cinco bases comunitárias e dois postos policiais da área – em Jardim América e no Planalto – permaneceram fechados ontem pela manhã.

Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) – Panatis, zona Norte: Nenhum dos oficiais de serviço aderiram à paralisação e os que estavam de folga não foram impedidos de participar da paralisação e do acampamento no Centro Administrativo.

Batalhão do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) – Cidade da Esperança, zona Oeste
Segundo o coronel Freitas, comandante do CPRE, 50% da tropa aderiu à paralisação e 100% das motos do Esquadrão Águia pararam. Para a Grande Natal, quatro viaturas atenderam todas as demandas e mais uma que atendeu aos postos da Via Costeira e da Rota do Sol, em Pium. O efetivo normal tem 25 motos e seis viaturas, uma para cada posto fixo.

Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque) – Lagoa Nova, zona Sul
O número de faltosos por aderir à paralisação foi de sete dos trinta oficiais de serviço no dia de ontem, de acordo com o comando do batalhão. Geralmente, são seis viaturas circulando. Ontem de manhã havia apenas quatro.