4 de jul de 2011


O Vereador Washington Sales convida todos os amigos, parceiros, colaboradores, em fim todos que acreditam no trabalho do Vereador para um reunião nesta terça-feira as 19:00 na antiga casa de Bosco de Anamelia que hoje é Dr. Roberto Alencar e fica ao lado da Escola Estadual Paulo Abílio perto da Prefeitura, no ato o Vereador Washington Sales vai fazer uma prestação de contas do seu mandato aproveitando o recesso parlamentar, sintam-se todos convidados

Um abraço



Vereador Washington Sales


postado por cleumy candido ás 14:19

Mais vereadores pra quê?

A lei eleitoral permite: por causa da aprovação da PEC dos Vereadores, nas próximas eleições, em todo o país, as Câmaras Municipais juntas elegerão 7.709 vereadores a mais do que normalmente elegem.
Em Natal, a Câmara poderá passar dos atuais 21 para até 30, aumentando em 9 o número de parlamentares municipais.
O cumprimento da PEC não significa que mais 9 vereadores serão eleitos, e sim, ATÉ 9.
Presidente da Casa, o vereador Edivan Martins já decidiu e o Blog já publicou há um tempo: apenas 3 vagas serão abertas.
Pelo Brasil afora já é grande o índice de protestos contra o aumento de vagas para "mais políticos"...
Em Jaraguá do Sul (SC), a população fez campanha explícita para mostrar que a cidade não precisava de mais vereadores.
Nem lá...nem lô...


POSTADO POR CLEUMY CANDIDO ÁS 10:39

Ministério Público recomenda que Câmara de Olho D’Água anule concurso público

O promotor da Comarca de Umarizal, Rafael Silva Paes, emitiu uma recomendação para o presidente da Câmara Municipal de Olho D’Água dos Borges para que o concurso público seja anulado. Segundo o membro do Ministério Público, há indícios de ilegalidade, ferindo os princípios da moralidade e transparência, inclusive com dispensa ilegal de licitação da empresa promotora do concurso.

“Dentre os trinta e seis candidatos inscritos para o certame, foram aprovados em primeiro lugar para os três cargos públicos ofertados (assessor jurídico, redator de atas e agente administrativo) uma pessoa que prestava serviço ao Poder Legislativo, na condição de assessor jurídico, uma pessoa que exercia cargo comissionado por mais de uma década e uma parente por afinidade do Presidente da Casa à época”, escreveu o promotor na recomendação.

No documento, o promotor observou ainda “a Proposta de Preço formulada pela ACAPLAM (empresa contratada) data de 02 de fevereiro de 2008 e o parecer jurídico fora expedido em 04 de fevereiro de 2008, ou seja, em exíguo prazo que possivelmente impossibilitou uma ampla pesquisa de mercado e a escolha da empresa mais habilitada para proceder o certame, imprescindíveis mesmo em processos de dispensa de licitação”.

postado por cleumy candido ás 10:22

De olho em 2012, Wilma de Faria pressiona PSB a ter uma postura de oposição ao Governo Micarla de Souza


Wilma se reuniu com bancada do PSB na Câmara e pediu que vereadores façam oposição a Micarla


A ex-governadora Wilma de Faria, presidente estadual do PSB, cobrou ontem, em reunião do diretório municipal da sigla, que os vereadores do partido em Natal se afastem da administração da prefeita Micarla de Sousa (PV).

Wilma frisou que o partido é oficialmente opositor da gestão municipal e pediu que os parlamentares sigam essa orientação. "Pedi aos vereadores que façam uma oposição responsável e vigilante à administração municipal. Eles se comprometeram a agir dessa forma", declarou Wilma de Faria, em entrevista ao Diário de Natal.

Durante a reunião, o vereador Bispo Francisco de Assis (PSB), vice-líder da base governista na Câmara Municipal de Natal (CMN), assumiu o compromisso de deixar o cargo e se afastar da base.
De acordo com o líder do PSB na Câmara, vereador Júlio Protásio, a bancada do partido agirá de forma independente, posição já adotada por ele e o vereador Franklin Capistrano (PSB).

Os vereadores Adenúbio Melo (PSB) e Bispo Francisco eram os mais ligados à base governista, mas se comprometeram a mudar de postura. A vereadora Júlia Arruda (PSB) já faz oposição e Dickson Nasser anunciou que vai deixar o partido.

Júlio Protásio informou que o projeto do partido é viabilizar a candidatura de Wilma de Faria à Prefeitura de Natal, em uma disputa contra a prefeita Micarla de Sousa, no ano que vem.

"Nossa bancada já demonstrou que quer ter Wilma como candidata a prefeita. O PSB tem um projeto para Natal. Como temos a pretensão de lançar uma candidata contra a atual prefeita, é natural que ocorra o afastamento em relação à prefeitura. No entanto, não votaremos contra projetos que beneficiem a cidade", declarou Protásio.

Questionada sobre a possível candidatura a prefeita da capital, Wilma disse que o tema ainda não está em discussão. A ex-governadora enfatizou que o objetivo, neste momento, é fortalecer a sigla na capital. "As definições sobre candidatura ficam para um próximo momento", afirmou.

Durante a reunião, o PSB definiu um cronograma de ações para começar a discutir projetos para a cidade junto com a população.

O partido promoverá cinco encontros na cidade durante este ano. "Vamos incentivar filiações, capacitar a militância e fortalecer as bandeiras de luta do PSB", enfatizou Júlio Protásio.

Fonte: Diário de Natal

postado por cleumy candido ás 09:03

Sinte se diz indignado com decisão de Rosalba de pedir na Justiça a ilegalidade da greve dos professores


“Estamos profundamente indignadas com esse ato de desrespeito à luta em defesa da educação pública. Mas não será esta medida que irá inibir a luta da categoria e a ação deste Sindicato”.

A declaração é da coordenadora geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação(Sinte), Fátima Cardoso, ao comentar a decisão do governo do Estado de ajuizar Ação Civil Pública na Justiça pedindo a decretação da ilegalidade da greve dos professores da rede estadual de ensino.

Para Fátima Cardoso, a medida demonstra a falta de vontade de negociar e a intenção de ignorar a educação do Estado. Pelo governo Rosalba Ciarlini.

Outro coordenador do Sinte, José Teixeira, reforça a indignação da diretoria e explica que a medida será discutida com a categoria em assembleia nesta terça-feira(5) no Colégio Winston Churchill a partir das 8h30.

“Vamos nos defender judicialmente e ir ao ataque politicamente denunciando mais esse desrespeito do governo Rosalba Ciarlini”, diz Teixeira.

Na opinião do também coordenador do Sinte, Rômulo Arnaud, a medida não surpreende já que quando prefeita de Mossoró a hoje governadora não escondeu seu autoritarismo.

“É um ataque frontal ao nosso direito de lutar por nossas reivindicações. Mas acho que a governadora está dando um tiro no próprio pé. Seu governo já detém 59% de rejeição e esse tipo de medida só irá piorar esse quadro”, enfatiza Rômulo.

As declarações dos três sindicalistas estão publicadas no site do Sinte.

postado por cleumy candido ás 08:53