27 de dez de 2017

Pode ser uma saída para o RN….

… A privatização da CAERN, UERN e Potigás.  A concessão do Estádio Arena das Dunas.  E… otras cositas más!  Isso aí é um fardo pesado para o governo do Estado.

Artigo: O RN vive um capítulo deprimente

Estamos assistindo a um dos mais deprimentes capítulos políticos da história do RN.  Não tem discussão aberta, não há discórdia pública, não existe embate midiático, tudo acontece na surdina tenebrosa dos porões da politicagem em sua mais reles demonstração. Todos os senadores e deputados deram às costas a situação financeira do Estado, esquecendo a necessidade do povo e trabalhando apenas para derrubar o governador Robinson, como se isso fosse mais importante que o povo.  Enquanto o estado passa por situação de calamidade pública com insegurança e salários atrasados que afeta diretamente o funcionalismo do executivo, aqui falamos de milhares de famílias e não duas dúzias de privilegiados que formam a corte e receberam seus altos salários.  Aqueles que foram eleitos pelo voto aberto em um sistema dito democrático, que deveriam falar, agir e defender o povo, estão calados, omissos e ignorando a crise que toma conta da vida da população norteriograndense, aqueles que em outubro de 2018 vão as urnas votar e por sua quantidade podem fazer a diferença.  Não interessa ao povo se existe o egoísmo e a trama política para derrubar um de fortalecer o outro, a situação se mostra muito maior que essa rude disputa eleitoral, e deveria ser entendida como uma necessidade do povo e não uma mesquinha, pequena e deplorável disputa de poder e prestígio político.  É vergonhoso ver a omissão generalizada diante da situação, parece que o problema é da pessoa do governador e não de toda população, como se existisse apenas 01 culpado e o RN não tivesse uma recente (dos anos 96 até hoje) história desastrosa de administrações que nunca tiveram o compromisso em viabilizar as finanças, mas apenas e unicamente, de traçar o jogo político para se eleger e demarcar território eleitoral.  Que o povo do RN esteja aprendendo e entendendo como as situações são tratadas, a falta de respeito aos anseios e necessidades popular em nome da sobrevivência política de A e B. Que o povo se valorize e dê valor e peso aos seus votos. Prometer todos prometem, contudo o importante e determinante é fazer acontecer. 


Por Arthur Mascarenhas de Alvarenga Nobre