28 de mar de 2012

Rosalba anuncia primeira fazenda de energia solar


Governadora Rosalba

A visita aos Estados Unidos de uma comitiva potiguar foi proveitosa. Pelo menos, na avaliação da governadora do Estado, Rosalba Ciarlini. Na manhã de ontem (27), no 3º Fórum de Turismo do Rio Grande do Norte, a gestora confirmou a chegada de uma fazenda de energia solar ao Estado e novas tecnologias em energia eólica. Além disso, antecipou a visita de um grupo norte-americano de turismo, o MGM, que está interessado em investir na rede hoteleira da região Nordeste.
Segundo a governadora, sobre a energia solar, o primeiro contato havia ocorrido ainda em outubro do ano passado e, nesta viagem, foi firmado um acordo mais significativo: a construção de uma fazenda para a produção de energia solar no Estado.

"Esse grupo já está chegando agora no próximo mês para definir a área onde eles vão colocar a primeira fazenda de energia solar no nosso Estado, inclusive com a possibilidade de associar isso com a indústria de fabricação de equipamentos necessários. Então, isso é muito bom porque mostra que nós já estamos transformando em resultados concretos a busca lá fora de investimento", afirmou a governadora.

Com relação a energia eólica, a novidade é a nova tecnologia que o Estado teve conhecimento nos Estados Unidos. "Já existe aqui algumas empresas americanas trabalhando com energia eólica, mas agora há um novo sistema, com projetos menores, pequenos e médios, usando uma nova tecnologia, bem mais simplificada e adaptável a qualquer região do meio ambiente, sem precisar ocupar grandes áreas, que muitas vezes precisam ser muito bem avaliadas com relação ao meio ambiente. Essa não. São grupos menores mas também produtores de energia".

Com relação ao turismo, a comitiva potiguar, que contou com a presença dos secretários Benito Gama (Desenvolvimento Econômico) e Obery Rodrigues (Planejamento e Finanças) além do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ricardo Motta, mas não com a do Secretário Estadual de Turismo, Ramzi Elali, conseguiu agendar uma visita do grupo MGM a Natal até maio. "Esse grupo que entrar na América do Sul pelo Brasil e escolheram o Nordeste e nós tivemos lá e nos candidatamos para a entrada ser por Natal", antecipou Rosalba.

Conforme a gestora estadual lembrou, além da rede hoteleira, esse grupo é também emissor de turismo. "Eles estão em 70 países e divulgam os destino, inclusive de serem âncoras para que nos possamos atrair vôos internacionais para o Rio Grande do Norte".

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 08:16

Nenhum comentário:

Postar um comentário