20 de ago de 2015

DAMA DE ESPADAS: Assessora da procuradora-geral da AL foi presa destruindo provas

mprnA servidora Ana Paula Macedo de Moura, que atuava como assessora direta da procuradora-geral da Assembleia Legislativa, Rita das Mercês Rinaldo, foi presa por estar destruindo provas do suposto esquema de desvio dinheiro público instaurado no Parlamento estadual, segundo a promotora Keiviany Sena, do Ministério Público (MP).

Os desvios eram operacionalizados por meio de inserção fraudulenta de pessoas na Folha de Pagamento da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para que fossem emitidos “cheques salários” em nome desses servidores fantasmas.
Os cheques eram sacados, em sua maioria, pelos investigados ou por terceiros não beneficiários, com irregularidade na cadeia de endossos ou com referência a procurações muitas vezes inexistentes.
Os valores desviados dos cofres da Assembleia Legislativa em favor de tais servidores contabilizam o montante de R$ 5.526.169,22 (cinco milhões, quinhentos e vinte e seis mil cento e sessenta e nove reais e vinte e dois centavos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário