30 de out de 2015

‘Quero que seja feito justiça’, diz ex-governadora


rosalba_feira
O resultado do julgamento de ontem, no TSE, embora ainda não conclusivo, revela tendência de devolução dos direitos políticos à ex-prefeita de Mossoró e ex-governadora Rosalba Ciarlini. A não ser que haja reviravolta, e a maioria dos demais ministros discorde do voto da relatora Maria Thereza Rocha de Assis Moura.
Como especialistas consideram pouco provável que isso aconteça, o ambiente político começa a ficar favorável a Rosalba Ciarlini, e, com isso, ganha força o projeto da candidatura dela em 2016 à Prefeitura de Mossoró, para onde já venceu três eleições (1988, 1996 e 2000). Em 2006, foi eleita ao Senado e, em 2010, ao Governo do Estado.
Instantes após o julgamento, em entrevista ao Portal no Ar, com sede em Natal, Rosalba declarou: “Quero que seja feito justiça. É uma história de vida. Fui prefeita, governadora, senadora e sempre primei pela correção e, de repente, me deparo com uma situação dessas”.

Sobre o projeto de disputar a Prefeitura de Mossoró, não escondeu o desejo de recuperar a elegibilidade e se habilitar à disputa do Palácio da Resistência. “É uma caminhada dura. A luta sempre é grande. Mas estou muito otimista. Tudo no seu tempo será esclarecido”, comentou a ex-governadora em entrevista a’O Mossoroense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário