5 de set de 2011

Senador José Agripino se recusa a falar de aliança com o PSD no RN: “o PSD nem existe”

O senador José Agripino Maia reagiu ao ser questionado sobre uma possível aliança do DEM com o PSD no pleito de 2012. Embora o partido presidido pelo vice-governador Robinson Faria já tenha conseguido registro no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, o líder do DEM afirma: “o PSD nem existe”.

Confira a rápida entrevista que ele concedeu ao PANORAMA POLÍTICO:

Como o senhor avalia a defesa do deputado federal Fábio Faria para a base da governadora Rosalba ter candidato único para o pleito de Natal em 2012?

Não me cabe avaliar pensamento de A, B e C, ou integrante de outro partido. O meu partido pode ter candidato próprio, apoiar candidato do PSDB, pode ser que venham a se entender os partidos que fazem apoio a Rosalba. É prematuro falar agora. Não há definição.

Qual a relação do DEM e PSD hoje no Rio Grande do Norte?

O PSD nem existe.

E qual a relação do senador José Agripino e do vice-governador Robinson Faria?

José Agripino e o vice-governador Robinson já estiveram juntos e já estiveram afastados em muitas campanhas eleitorais.

E agora, no pleito 2012?

Pode ser uma coisa ou outra.

O PSD conseguiu registro em dez Estados, o passaporte está carimbado para o pleito do próximo ano?

Só se o TSE conferir as assinaturas que os TREs não conferiram. Esse partido o PSD conseguiu a certificação de muito menos assinatura do que o necessário, que são 490 mil. É preciso que o TSE receba certificação dos Estados e das assinaturas. Há uma quantidade de assinaturas ainda a serem atestadas. E o PSD quer que as assinaturas sejam conferidas pelo TSE contrariando uma resolução do TSE. Esse impasse será resolvido no TSE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário