1 de ago de 2011

Denuncias de Ronaldo Soares contra o prefeito de Assu repercute nacionalmente


O site G1 da Globo trouxe uma matéria nesta segunda-feira(01) sobre desvio de verbas que apontam irregularidades em dez cidades do Nordeste. Entre elas está o município de Assu no Rio Grande do Norte.

Confira a matéria:

Controladoria Geral da União (CGU) constatou superfaturamento e sobrepreço em obras públicas de pelo menos dez cidades do Nordeste que, entre 2008 e 2010, receberam verbas da União para reconstrução após tragédias, segundo relatório do órgão.

As dez cidades suspeitas de fraudes na aplicação dos recursos são de cinco estados: Piauí (Castelo do Piauí, Prata do Piauí e São Miguel da Baixa Grande); Ceará (Coreaú, Groaíras e Massapê); Maranhão (Dom Pedro e Grajaú); Rio Grande do Norte (Assú); e Sergipe (Maruim).

O ex-prefeito de Assu Ronaldo Soares( na foto de camisa amarela) já havia denunciado o prefeito Ivan Júnior pelo desvio da verba.

A Secretaria de Governo da Prefeitura do Assú (RN) afirmou que não houve superfaturamento, mas sim “desvio da finalidade” da aplicação da verba. Conforme a prefeitura, em 2009 uma forte enchente atingiu a cidade. A prefeitura então solicitou verba para reconstrução, mas disse que acabou utilizando parte do dinheiro para obras de prevenção. “Na intenção de evitar um problema maior, a prefeitura refez o que estava estragado e realizou outras obras de prevenção, todas relacionadas a enchentes.”

A Prefeitura do Assú afirmou que parte dos R$ 2 milhões recebidos acabou sendo bloqueado, mas que o governo federal vem liberando a verba aos poucos após justificativas apresentadas pelo município. A cidade tem, conforme a secretaria de governo, até o fim de agosto para apresentar todas as justificativas sobre irregularidades apontadas pela CGU ao Ministério da Integração Nacional.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 11:16

Nenhum comentário:

Postar um comentário