14 de jul de 2011

Geddel Vieira: "Com essa bobagem de bolo de casamento, Henrique Eduardo tá mais prá candidato a confeiteiro que a presidente da Câmara"


O peemedebista Geddel Vieira Lima, ex-ministro da Integração Nacional, disse ontem que as relações entre PT e PMDB não estão boas e fez duras críticas no Twitter ao líder de seu partido na Câmara, Henrique Eduardo Alves, por ter encomendado um bolo para comemorar a aliança entre as legendas.

"Com essa bobagem de bolo de casamento, o deputado Henrique Eduardo Alves tá mais pra candidato a confeiteiro que a presidente da Câmara", escreveu em seu microblog, no qual é seguido por 5.848 pessoas.

Para Geddel, o deputado teve uma ação individual, que não representa o sentimento do seu partido. O ex-ministro disse ainda que Eduardo Alves deveria ter medo do ridículo.

O bolo foi servido anteontem em almoço da base aliada.

Geddel, que rompeu com o PT baiano em 2009, considera que não há motivo para comemorar. "Fica a sensação que está tudo bem. Há segmentos do partido descontentes com a relação", disse Geddel.

O ex-ministro hoje ocupa uma das sete vice-presidências da Caixa Econômica Federal, cargo de segundo escalão da estatal. Ele diz não estar brigado com os comandos nacionais do PMDB ou do PT.

Henrique Eduardo admitiu as dificuldades, mas disse que a vontade do partido é que a relação se consolide.

Fonte: Folha de São Paulo

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 08:58

Nenhum comentário:

Postar um comentário