21 de mar de 2011

José Agripino Maia: "A opção que Micarla de Souza fez pelo dilmismo nos distancia politicamente"


DEM de Felipe, Rosalba e Agripino não é mais aliado da prefeita Micarla de Souza


Em entrevista ao jornal Tribuna do Norte, neste domingo(20), o senador José Agripino Maia, presidente nacional do DEM, anuncia o rompimento com a prefeita de Natal Micarla de Souza.

Segundo Agripino, a aproximação de Micarla com o governo de Dilma Rousseff é o principal motivo para o rompimento do DEM com o PV.

“Micarla fez uma opção na sucessão presidencial. Ela se aproximou de Dilma Rousseff pessoalmente, ela está certa porque precisa viabilizar recurso para administração, ela criou afinidades com o dilmismo que chega ao Estado com o PT. E todo mundo sabe que eu sou líder de um partido de oposição a Dilma. Isso nos afastou politicamente, nunca pessoalmente. A opção que ela fez nos distancia politicamente”, afirma o presidente nacional do DEM.

José Agripino afirma que a aliança de Micarla de Souza é com o PT e o dilmismo. E por causa disso, dificilmente o DEM fará aliança com Micarla no pleito de 2012.

“A aliança de Micarla é com o PT e dilmismo. A não ser que ocorra um reposicionamento dela (Micarla de Sousa) no futuro, dificilmente faremos uma aliança (em 2012). Por mais apreço que eu tenha pela prefeita, é difícil a convivência política. O Brasil não compreende. O Democratas e o PT são incompatíveis”, enfatiza o presidente nacional do DEM.

DEM terá candidato próprio
Agripino Maia diz ainda na entrevista à TN, que vai defender que o DEM tenha candidato próprio na maioria dos municípios do Estado, a começar por Natal.

“A gente vai avaliar na época certa, que é o começo do próximo ano. Dentro da aliança que temos, que é permanente com o PSDB e outros partidos, vamos ver qual a melhor situação. Vou pregar por onde andar uma meta de instalar diretórios em todos os municípios para que tenhamos candidatos. Ora, quem prega isso tem que pregar isso na sua cidade, na sua terra. Vou pregar também que tenhamos candidatos a prefeito na maior quantidade de municípios do Rio Grande do Norte, a começar pela capital.

Sobre a candidatura do deputado federal Felipe Maia a prefeito de Natal, Agripino desconversa. “Não vou defender o nome de ninguém. Como Felipe é meu filho, eu defendendo o nome de um filho parece uma pieguice. Candidatos vão surgir naturalmente até o começo do próximo ano. Não terei preconceitos a quem surgir como candidato mais forte no começo do próximo ano”, assinala o líder do DEM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário