13 de nov de 2015

'Espero justiça', diz desembargador acusado de desvios no TJRN

O desembargador aposentado Rafael Godeiro negou nesta quinta-feira (12) envolvimento com o esquema que desviou pelo menos R$ 14 milhões da Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. O ex-presidente do TJRN prestou depoimento nesta quinta-feira (29) no Fórum Miguel Seabra Fagundes, na 8ª Vara Criminal, onde responde a um processo por peculato - desvio de recursos públicos - referente ao esquema descoberto na operação Judas em 2012.


---------------------------------------------------------------------------------
"No dia 8 de dezembro completarei 49 anos de formado e espero que essa vida longa não seja achacoalhada, não seja manchada por um depoimento de uma única pessoa que atribui a mim fatos que nunca pratiquei. Eu espero justiça", afirmou o desembargador. A pessoa a qual se refere o ex-presidente do TJRN é a ex-chefe da Divisão dos Precatórios, Carla Ubarana, que foi condenada em um dos processos referentes à operação Judas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário