25 de mai de 2012

Vereador Júlio Protásio afirma: “a decisão da Câmara é muito frágil”

O vereador Júlio Proásio disse que a decisão da Câmara ao reprovar as contas do ex-prefeito Carlos Eduardo é “muito frágil”. “Está provado que a prefeita faz política com o fígado. Está configurado que a Câmara fez uma manobra política e não técnica”, disse.

Protásio afirmou que acredita na Justiça para manter a candidatura de Carlos Eduardo. “Está provado: foi uma decisão política e não técnica”.


UMARIZAL 25 DE MAIO DE 2012 ÁS 16:26

Nenhum comentário:

Postar um comentário