27 de jun de 2014

Inadimplência de firma vencedora de licitação impede a construção de 50 casas na zona rural de Umarizal, alerta vereador.

O vereador Bazoca (PROS) pediu que a gestão do prefeito Mano Onofre se esforce e busque uma solução para as 50 casas que seriam construídas na zona rural de Umarizal, mas que, por inadimplência da firma que ganhou a licitação para fazer a obra, as residências até o momento não foram construídas.

“Uma firma ganhou, mas está inadimplente com a Caixa Econômica Federal e não pode executar o serviço”, esclareceu o vereador.
De acordo com Bazoca, as casas estão aprovadas e aptas pela Caixa para serem construídas beneficiando 50 famílias. “Penso que o prefeito deva procurar o empresário da firma para pedir a ele que abra mão da obra e uma segunda firma pegue o trabalho. Se ele não aceitar, que o município interpele judicialmente”, pediu Bazoca.
Em aparte a fala do vereador, Armando Araújo (PSB) esclareceu que a culpa não é do prefeito “que tem que seguir uma legislação que mais atrapalha do que colabora”, mas sim da falta de zelo e responsabilidade das empresas que vem para Umarizal disputar as licitações.
“Mas fica o alerta de que não é culpa do prefeito, mas da empresa e quem sofre o prejuízo é a população”, concluiu.
Assessoria CMU

Nenhum comentário:

Postar um comentário