10 de abr de 2012

PSD sem tempo de TV

O PSD do prefeito Gilberto Kassab – e do vice governador Robinson Faria - recebeu um duro golpe do parecer do procurador geral Roberto Gurgel, que negou o tempo de televisão ao partido.

Era um dos trunfos da nova legenda para as eleições de outubro próximo.

A questão depende, claro, de julgamento do TSE. Os conhecedores do traçado jurídico-eleitoral apostam no mesmo entendimento pela Corte.

POSTADO POR CLEUMY CANDIDO FONSECA ÁS 09:36

Nenhum comentário:

Postar um comentário